1. Spirit Fanfics >
  2. Probably. If you love me, you will die. (Kim Taehyung) >
  3. "Reunião da equipe daqui 1h, no café Beojkkoch."

História Probably. If you love me, you will die. (Kim Taehyung) - Capítulo 21


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura! 📚

Capítulo 21 - "Reunião da equipe daqui 1h, no café Beojkkoch."


Fanfic / Fanfiction Probably. If you love me, you will die. (Kim Taehyung) - Capítulo 21 - "Reunião da equipe daqui 1h, no café Beojkkoch."

- Eu vou com você! - taehyung grita.

- É perigoso. Melhor não. - respondo. Ele cruza os braços.

- Por isso mesmo. Tenho que ter certeza de que você esta bem! Aquela garota é muito manipuladora e mentirosa. Vai saber se ela quer só te atrair pra um beco pra te matar? - ele pergunta. Respiro fundo.

- Tudo bem, você me convenceu. - respondo. - só acho melhor não contarmos nada a equipe.

- S/n...

- Eles podem acabar nos atrapalhando... Como da última vez.

- Mas eles podem nos ajudar!

- Então nos encontramos no endereço da soojin. Hoje às 22h. Combinado?

- Mas e se for...

- Ok. Nos vemos lá - respondo, pegando minha bolsa. Dou um beijo em sua bochecha e vou em direção a porta. Ele suspira.

Tae on:

Se a S/n acha mesmo que eu vou esquecer a possibilidade de a equipe 140 nos ajudar, ela está incrivelmente errada.

Assim que ela saí do escritório, pego meu celular e ligo para o Jimin, mas ele não atende. Resolvo ligar pro Jungkook, que atende a ligação com raiva.

- Kim Taehyung eu te odeio! - ele grita.

- Que foi dessa vez? - pergunto.

- eu tava criando coragem pra chamar soomin pra sair!

- Não creio! Desliga essa coisa agora e vai lá, é uma ordem! - brinco. Ele ri.

- Vou tentar...

Desligo a ligação.

Todos estavam ocupados?!

Escuto o barulho de alguém abrir a porta. Era o yoongi.

- Oi, o Jimin disse que você precisava de algo. Ele estava ocupado e pediu pra que eu viesse. - ele diz, entrando na sala.

- Ai que bom! Finalmente alguém que não está ocupado!

- Sim. Enfim... O que você queria? - ele pergunta, de braços cruzados.

- É que a soojin, uma moça que supostamente era cúmplice dos assassinos que estamos atrás, disse que quer vingança contra eles e deu à S/n o endereço da organização. - digo.

- Mas assim... Do nada?

- Isso. Eu conversei com a S/n e ela não quer chamar a equipe, e mesmo eu falando que pode ser uma armadilha ela praticamente me ignorou e saiu.

- Cara, vocês são um casal mesmo bem estranho. - ele diz, brincando com uma caneta.

- Eu sei, eu sei. Mas eu queria chamar a equipe, caso dê algo errado, sabe? - ele faz que sim.

- Podemos marcar uma reunião pra criarmos um plano. - ele sugere. Eu concordo.

- Chamamos a Hani? - ele pergunta.

- Acho que não... Mas tenho quase certeza que o Jimin vai acabar a levando.

- Então, vou mandar um recado pedindo pra que eles nos encontrem em alguma lanchonete aqui perto.

- Ok. - ele diz. Seu celular vibra. - Tae... Tenho que fazer uma coisa agora, tudo bem se eu sair?

- Claro.

- Tá, valeu. - ele diz, me dando um soco no ombro e saindo correndo.

Yoongi on:

Meu celular vibra com mais duas mensagens. Chinsun tinha me mandado umas dez mensagens, todas dizendo apenas: "Yoongi! Onde você está?". Visualizo as outras duas mensagens. "Estou na escada da empresa." "Pode vir aqui?"

Respiro fundo e vou até lá. Quando chego, fico sem entender nada. Ela estava sentada nos degraus da escada e Hoseok estava em pé, ao seu lado.

- Chinsun, você não tá bem. Vamos entrar. - escuto hoseok dizer. Ela segura firmememte o corrimão e faz que não.

- Eu não saio daqui até o Yoongi chegar. - ela diz. Eu me aproximo. 

- O que tá acontecendo aqui? - pergunto. Hoseok suspira, aliviado.

- Aí, o yoongi chegou. Vamos? - Ele pergunta. Chinsun olha pra mim e se levanta, sorrindo.

- Tava com saudade de você. - ela diz, segurando a minha mão. Olho para Hoseok.

- Ela tá bêbada...?

- eu encontrei ela aqui e pedi pra ela entrar, sabe lá se aparece um sequestrador e leva ela... Mas sim. Acho que está.

- Eu só tomei duas latinhas. Nada de mais. - ela diz, dando um tapa no braço do hoseok, depois volta a atenção pra mim. - Agora que você tá aqui a gente pode sair, né?

- Nada disso, a gente vai entrar e eu vou te dar um chazinho pra você melhorar.

- Mas chá é ruim! - ela diz, soltando a minha mão. - eu não quero chá! Quero ficar com você.

Respiro fundo.

- Você queria sair, não é? - pergunto. Ela faz que sim. - Mas você não pode.

- Por quê não?

- Você não ta bem. Olha, vamos fazer um trato. A gente vai ao shopping se você tomar o chá e ficar melhor. Pode ser?

- Tá booom, eu vou. - ela diz, pegando a minha não e ma puxando para dentro da empresa. - mas só por que você tá pedindo. E vem logo, vocês dois.

Ela ri. Tenho a leve impressão de que estou corado.

- Chinsun, por que você bebeu? - pergunto.

- Sei lá, eu estava com medo. 

Com... Medo??

Jk on:

- o que o taehyung queria? - soomin pergunta.

- Nada não... Era só besteira. - invento. - Mas enfim, está livre amanhã à noite? - pergunto. Minha voz sai falha.

- Acho que sim. Por que?

- é que eu pensei... Podiamos ir ao cinema. Tudo por minha conta. O que acha? - Digo. Minhas mãos tremem. Ela fica levemente corada.

- Ah, claro! - ela coloca uma mecha do seu cabelo atrás da orelha. - posso ver quais filmes estão passando. Te mando mensagem.

- Claro. - respondo. Ambos sorrimos. Meu celular vibra. Era o yoongi.

"Reunião da equipe daqui 1h, no café Beojkkoch."

- O que foi? - Soomin me pergunta. Mostro à ela a mensagem.

- Também recebeu isso? - pergunto. Ela olha seu celular e faz que sim.

- Bom, já que falta apenas uma hora é melhor já irmos. Quer uma carona? - pergunto. Ela ri.

- Sim, obrigada. Mas... Você tem carro?

- Tenho uma moto... Se você quiser, e um capacete reserva. - digo, com vergonha. - o que acha?

- Eu nunca andei de moto. Parece divertido! - ela diz. Rimos.

(Qdt - 1h)

Assim que chegamos ao café, vejo meus colegas em uma mesa no canto.

- Ali.

- Boa tarde, pessoal. Já tá todo mundo aqui? - Soomin pergunta. Namjoon faz que não.

- Ainda falta o jimin e o seokjin. Eles não devem demorar...

Pouco depois, Jimin chega. Só não entendi o motivo pelo qual ele trouxe a hani com ele.

- Eu falei! Deveria ter apostado uma pizza! - Yoongi diz à Taehyung, ao ver os dois juntos. 

- Oi gente, espero que não se importem de eu ter trago a hani comigo... 

- Sem problemas. - Chinsun diz. Hani sorri.

- Acho que pelo que eu fiz antes, devo muito à vocês. Eu meio que compliquei toda a situação desde... Bom vocês sabem. A miyumi e tudo mais.

- ei, você é praticamente parte da equipe agora, pode se sentir à vontade. - Hoseok diz.

- Obrigada. - ela diz, se sentando ao lado de Jimin.

- Oi gente! Espero não ter me atrasado. - seokjin diz, chegando e se sentando à mesa.

- Bem na hora. Bom, temos que começar a reunião, certo? - Taehyung diz. - Acho que tenho um plano. Só preciso da ajuda de vocês. Se puderem....

- Com certeza. Taehyung tem o meu apoio. - yoongi diz, com pouca animação.

Taehyung diz a sua idéia, e todos concordamos.

- Então combinado. 22h no endereço que foi mandado pela soojin. Não deixem que a S/n descubra nada. Entendido? - taehyung finaliza.

- Eu achei que eu fosse o líder aqui. - namjoon resmunga.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...