História Problemas ... - Amor Doce - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce
Visualizações 35
Palavras 581
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Luta, Magia, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa Leitura~
(Sim, estou inspirada hoje)

Capítulo 4 - "Oque Aconteceu?!"


Fanfic / Fanfiction Problemas ... - Amor Doce - Capítulo 4 - "Oque Aconteceu?!"

>20:45 da noite<

>Apartamento n° 230<

-Ai... 

Geo limpa seu rosto e tenta fazer seus pulsos e o nariz pararem de sangrar. Ela passa uma fita em seus pulsos e Finalmente consegue deixar seu nariz normal. Ela sai do banheiro e anda até a sala e se senta no sofá ao lado do Marley

Marley: Au! Au! Ele sobe no colo da Geo

-... Suspiro

>Volta no tempo: 16:00 da tarde<

>Pátio<

Ambre: Meu brinquedinho voltou Sorri

-Ambre... Não começa...

Ambre: Oww oque foi? Vai chorar esquisita? 

-... 

Ambre: Oque foi? Porque me olha assim? 

-...

Ambre: Vamos diga! Ela me empurra

Kentin me segurou antes do impacto no chão e me ajudou a ficar de pé.

Kentin: Ei! Quem você pensa que é!?

Ambre: Não se mete garoto, esse é um assunto comigo e com ela 

Ambre me puxa para perto dela agressivamente pelos pulsos e me levanta com a minha gola do uniforme e levanta me encarando com um sorriso

-A...A...Ambre...

(Estou ficando sem ar!)

Ambre: Risos 

Na mesma hora, Kentin empurrou a Ambre no chão e eu caio, ralando meu joelho. Ambre encara eu e o Kentin de uma maneira diferente

Ambre: Você vai ver na próxima... E você não se meta com MEUS assuntos! 

Ambre deixa nós parados no pátio e saiu da escola. Kentin preocupado se aproxima de mim

Kentin: V-você está bem? N-não machucou nada né?

-Não... Eu estou bem...

Estava voltando para dentro mas eu paro em frente á porta

-Obrigado por me defender... 

Kentin: N-não há de que! 

-Nos vemos amanhã...?

Kentin: Sim! 

Eu viro para trás e solto um pequeno sorriso que acabou deixando ele mais constrangido, Eu me despeço dele e volto para o Grêmio

>19:45 da noite<

>Mercado<

Hyotto: Tem certeza mesmo que está bem?!

-Se estou dizendo, é porque estou Hyo...

Hyotto: Quando eu ver ela denovo, ela vai ver só!

- Risos fracos Não exagere...

Hyotto: Ei! Aquele não era o cereal que você queria?

-Boa visão Hyo 

>Um tempo depois...<

-Tem certeza que não quer ficar?

Hyotto: Sim, eu consegui alugar uma casa. É pequena mas ela é perfeita para mim!

-Se você diz ... Até amanhã Hyotto

Hyotto: Até!

Hyotto deixou a sacola no chão, Eu a pego prestes á entrar no prédio. Até alguém me puxar para o jardim de uma casa abandonada e me erguer pela gola da minha camisa

-Ghhh...!

Ambre: Nos encontramos denovo...

-A...A...Ambre...!

Estava ficando sem ar novamente, Ambre me soltou e jogou a sacola para o lago próximo da casa.

Ambre: Alguém vai ficar sem café da manhã Ela sorri

Ambre se aproximou de mim no chão, tentando recuperar o fôlego, e me amarrou na árvore próxima. Ela colocou também um pano em minha boca e se afastou

(Socorro.... Alguém...?)

Ambre: Eu não me arrependo de nada do que irei fazer...

Ela me vendou. Estava completamente sem maneira alguma de fugir ou pelo menos me defender. Naquela noite, ela me socava, espancava, cortava e principalmente me ofendia. Eu apenas estava ali, sofrendo de dor emocionante e física... Quando tudo acabou, ela me jogou e saiu com um sorriso em seu rosto

-A...Argh... 

(Está sangrando muito...)

>Voltando, 20:49<

Marley: Deito ao lado dela

-Porque...? Porque tinha que ser eu...? 

>Dia seguinte, 6:42<

Hyotto: Geo! Me espera!

-...

Hyotto: Nossa você anda bem rápido e-

Eu ollho para ele

Hyotto: O-oque aconteceu com você?!

Hyotto desesperadamente me olha sem reação e preocupado, Geo não disse nada e apenas seguiu em frente

Continua



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...