História Problems - Jeon Doyum ( 1the9 ) - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias 1the9, 24K, Ahn Jae-Hyeon, Bang Yongguk, Bangtan Boys (BTS), Cosmic Girls (WJSN), Gugudan (GX9), Sensational Feeling 9 (SF9)
Personagens Ahn Jae-Hyeon, Bang Yongguk, Bona, ByungHo, Changsun, Chani, Cheng Xiao, Cory, DaeIl, Dawon, Dawon, Dayoung, Eunseo, Exy, Haebin, Hana, Hongseob, Hui, Hwiyoung, Hyeyeon, Inseong, Jaeyoon, Jeon Jungkook (Jungkook), Jeonguk, Jinhong, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Kim Tae-woo, Kisu, Lee Seung-hwan, Luda, Mei Qi, Mimi, Min Yoongi (Suga), Mina, Nayoung, Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rowoon, Sally, Sejeong, SeokJun, Seola, Shin Ye-chan, Soobin, Soyee, SungOh, Taeyang, Xuan Yi, Yeonjung, Yeoreum, Yoo Yong-ha, Youngbin, Zuho
Tags 1the9, Jeon Doyum And Heejung, Sorceress, Vampire, Wolf
Visualizações 11
Palavras 1.230
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei, doente mas voltei, por que eu demorei pra postar? Porque eu estava super sobrecarregada por causa da escola, e agora doente, dificulta um pouquinho né, hoje eu ainda to melhor, porque ontem nem conseguir ligar o celular eu consegui por causa da dor de cabeça que dava só de olhar. Mas bom, voltei e é isso que importa.

Capítulo 3 - Chapter three


Fanfic / Fanfiction Problems - Jeon Doyum ( 1the9 ) - Capítulo 3 - Chapter three

11 anos depois 


JUN HEE POV'S


Como todos sabem, meus pais morreram quando eu tinha dois anos, tenho poucas lembranças deles, e dos seus amigos que decidiram o que fazer comigo, moro com meu "pai", Yoongi, que ficou com minha guarda, e o Hoseok, amigo dos meus pais, que veio junto com Yoongi e eu pra cá. 


Eu só tenho dois amigos, Mathew, que venho da argentina, e Sany, que veio de Dallas, Mathew tem 14 anos, e Sany 12, e eu tenho 13.


Tem umas crianças na escola que não gostam de mim, me chamam de estranha, eu não ligo, só as ignoro. 


Estava terminando meu desenho quando Appa yoongi entrou no quarto me chamando. 


  - Jun Hee, está na hora de ir pra escola — disse ao se encostar no batente da porta —


Fechei o caderno de desenho, e me levantei, pegando minha mochila. 


  - Appa vai me levar hoje? — perguntei olhando-o e ele assentiu sorrindo —


  Saímos de casa, dando tchau pro Hoseok, e entramos no carto, chegando na escola appa Yoongi me olhou, enquanto eu tirava o sinto. 


  - hoje eu não vou poder busca-la na saída, tudo bem se ir sozinha? — disse me olhando —


  - tudo bem appa, sei que é ocupado — sorri minimamente e ele beijou minha testa, antes de eu descer e entrar na escola —


[…]


Na saída, aquelas meninas vieram me incomodar, durante as aulas ouvi cochichos, dos alunos falando que Anne iria brigar na saída, só não esperava que ela fosse cassar briga comigo. 


  - olha se não é a bastarda — disse Anne se aproximando —


  - olha se não é a tábua — zoei seu corpo vendo alguns alunos rirem e fazerem aquele tão conhecido "wooh" —


  - quem pensa que é?! — esboçou raivosa dando um passo pra frente —


  - eu que te pergunto, quem pensa que é pra falar que eu sou bastarda? É por que meus pais morreram tentando me proteger? É por que seu amigo me adotou e me trouxe pra cá? Aposto que nem saber o significado de bastarda você deve saber — falo dando um passo pra frente — a única bastarda aqui é você, que se acha tanto porque sua mãe que estorque seu pai, tirando dinheiro que você nem sequer sabe pra onde vai, sua mãe nem é casada com seu pai, e te usa pra tirar o dinheiro dele, acho que você é a única bastarda aqui. 


Ao terminar de falar ela pulou em cima de mim, me batendo, dando socos e tapas, que eu nem sentia, e eu? Sorria como psicopata, vendo ela me bater com tanta força, mas ser a única a se machucar, afinal, eu não sou normal, eu me regenero. 


  - seu monstro! — Anne gritou ao perceber que eu nem machucada estava, a empurrei, e dei um soco em seu rosto, deixando a marca do anel que usava. —


  - o único monstro aqui é você, que se acha no direito de diminuir alguém. — falei antes de pegar minhas coisas, e sair dalí, a caminho de casa, enquanto andava, senti como se alguém me observasse, ignorei, e continuei o caminho —


DOYUM POV'S


° flashback - dia da morte de Adrian, S/M e Jimin °



Sally me levou para aquele lugar de novo, aquele lugar onde só seres anormais ficavam, seres excluídos da sociedade humana, seres inexistentes pra eles. 


Eu sabia que meu pai e os pais daquela garotinha já estavam mortos naquele momento, e eu estava curioso pra saber se ela estava bem, mas agora, eu me preocupava com outra coisa. 


  - finalmente, meu filho — soyee veio ao meu encontro, me abraçando e me pegando no colo, ela me mostrou onde eu dormiria e toda a casa —


Enquanto eu comia algo feito por ela, seu namorado, Hui, entrou. 


  - oh, não sabia que já estava aqui — disse me abraçando de lado, e me dando um beijinho na testa — será um prazer te-lo com a gente meu pequeno — disse sorrindo —


° fim do flashback °


Hui e Soyee sempre foram bons comigo e com appa desde meu nascimento, sabia que quando appa morresse eles que cuidariam de mim, e assim foi. 


Me criaram por 11 anos, do melhor jeito possível, esses dois são anjos com máscara de demônios. 


Eles me criaram pra ser o melhor, tanto que hoje ajudo os outros guardas do rei em várias coisas. O rei sabe que sou filho do Adrian, mas ele permitiu que eu fosse criado por Soyee e Hui. 


Hoje eu tenho 16 anos. 


Estávamos em Los Angeles, Califórnia estados unidos, a ordem do rei, estavamos atrás daquela garotinha, filha dos amigos do appa, eu estava ajudando-os, podem me chamar de cretino ou babaca, mas se não fosse por aquela família, appa estaria vivo. 


Sei que pode ser idiota isso, mas é o que eu acho. Não a culpo, afinal ela nem sabia e nem sabe o que aconteceu, e talvez seja melhor assim. 


  - alí — Chansung disse ao avistar a garotinha caminhando sozinha pra casa — sozinha? Está facilitando as coisas pra nós... — ele iria atacá-la, mas o impedi —


  - o rei disse que não era pra atacá-la ainda, tinhamos que observá-la, pra ter certeza que não tinha mais ninguém igual... — o lembrei e ele revirou os olhos — sabe 1que quero tanto quanto você acabar com a única pessoa restante da família que levou appa a morrer, então se controle, não podemos botar tudo a perder assim. — ele bufou, e voltamos a observá-la de longe, até ela entrar na casa —


[…]


  - ainda pensa naquela garotinha? — Soyee omma me perguntou, me tirando dos desvaneos, e a olhei — realmente quer ve-la morta? — me abordou com perguntas — querido, sabe que te apoiaremos em tudo, mas está disposto a entrar em uma guerra novamente? 

  

Omma tinha razão, estava confuso de mais, mas não sei se estava pronto pra guerra que estava por vir com minhas ações futuramente. 


  - pense bem antes de se arriscar e se expor assim okay? — concordei e ela beijou minha testa, saindo do quarto, e eu voltei a olhar pro caderno com as minhas anotações —


  - eu estou pronto pra arriscar tudo? —perguntei-me antes de fechar o caderno —


[…]


TAE YANG


  - vocês tem que se preparar, não sabemos quando a guerra será declarada nem quando começará — Soyee falava pra nós —


  - nós sabemos disso, desde que Adrian estava vivo, já tinhamos falado sobre isso — ZuHo disse nos lembrando —


  - agora temos algo a mais pra proteger, aquela garotinha é a nossa única esperança de ganhar essa guerra. — Soyee disse —


  - ela precisa ser treinada ainda, seus poderes ainda estão em estágio 1. — In seong disse — temos muita coisa pra fazer ainda, mas é difícil tentar mexer as coisas quando os guardas do Yonggok vigiam ela. 


  - eles já sabem que nem todos os seres são a favor do Yonggok, eles sabem que esses seres vão lutar pra conseguir que a garotinha destruía ele de uma vez por todas, então vamos ter que nos arriscar! — Falei e todos concordaram —


  - vamos acabar com aquele desgraçado de uma vez por todas, nem que morramos nessa guerra futura! — Eum seo disse, e todos gritaram de euforia —


POR FAVOR LEIAM AS NOTAS FINAIS








Notas Finais


Oiii pessoas maravilhosas que eu amo, e eu sei que vocês me odeiam dksksksk, é brincadeira, mas se você me odiar mesmo saiba que eu não ligo :)
Eu fiz algumas alterações na fanfic, adicionei outros personagens de outros grupos, então, se vocês forem ver nas categorias da fanfic, vocês vão ver os outros grupos que eu adicionei, como sf9 e wjsn.
Não tem previsão de quando eu vou postar de novo, afinal eu estou realmente SUPER SOBRECARREGADA, mas eu estou me esforçando pra essa fanfic ir pra frente, então por favor, me entendam e me perdoem pela demora.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...