História Procura-se Virgem - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias TWICE
Personagens Chaeyoung, Dahyun, Jihyo, Jungyeon, Mina, Momo, Nayeon, Personagens Originais, Sana, Tzuyu
Tags 2yeon, Chaeyoung, Dahyun, Drama, Jeongyeon, Jihyo, Mina, Momo, Nayeon, Romance, Sana, Taeyeon, Tzuyu
Visualizações 180
Palavras 622
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Ficção, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


A Taeyeon será a mãe da Nayeon aqui.
Erros serão corrigidos depois.
Boa leitura.

Capítulo 1 - Capítulo 1.


" Procura-se virgem, não é necessário experiência. " 

Nayeon concentrou-se focando no número do telefone na parte inferior do anúncio pessoal e engasgou. Pegou a sequência de números e discou, tamborilando os dedos sobre a mesa enquanto escutava o zumbido eletrônico da linha. Quando ouviu a voz familiar no outro extremo gritou: 

__ Omma! Como pôde? 

__ Como pude o que querida? __ Sua voz não enganou Nayeon nem por um minuto.

__ Refiro-me ao anúncio no Cidadão. __ Distraidamente, pegou um lápis vermelho da coleção de utensílios de escrita no copo de plástico azul ao lado do telefone e em seguida grifou o anúncio.

__ Oh, você viu o que fiz? __ O modo despreocupado da mãe a perturbava. Porém sua mãe não esperava que sua filha o visse. 

__ Sabe quantos loucos vão ligar com um anúncio assim? 

__ Sim, querida. Eu sei. Você é a primeira. 

Os dedos de Nayeon se estederam no plano sobre a mesa. 

__ Omma!!

Por que eu? Perguntou-se ela. Por que fui amaldiçoada com uma mãe que se envolve neste tipo de coisas. 

__ Então querida, está ligando para se candidatar? __ A nota de esperança em sua voz pôs Nayeon com a guarda armada.

__ Para que, exatamente? __ perguntou, com cautela.

__ Para casar-se com a Yoo Jeongyeon, é óbvio. 

Oh, não. Não Jeongyeon outra vez. 

Yoo Jeongyeon. Sua mãe tinha estado atrás dela pelos últimos dois anos para que conhecesse a filha de seu chefe e Nayeon tinha evitado o evento com sucesso, até o momento. Agora parecia que a meta de sua mãe já tinha evoluído para o matrimônio. Ela reprimiu um gemido.

__ Qual a relação deste aviso com casar-se com a filha do Yoo Changjoon? 

__ O Sr. Yoo está esperando muito tempo para que Jeongyeon se decida. Tendo em vista o tipo de pessoa que é, decidiu procurar uma esposa para sua filha ele mesmo. Pediu-me para ajudá-lo. Como todos sempre estão falando sobre o poder dos anúncios, pensei em experimentar. 

Nayeon dobrou a seção do jornal pela metade, depois na metade outra vez, deixando o anúncio grifado em vermelho bem na frente dela.

__ Isto não está indo um pouco longe demais? Além disso, você é a chefe d pessoal da empresa Yoo, não dá vida pessoal de sua família. __ Nayeon ouviu sua mãe suspirar pesadamente.

__ Querida, o Sr. Yoo vê a escolha da esposa para sua filha como um aspecto importante na continuidade dos negócios. 

Nayeon suspirou pesadamente. 

__  Ele sente que isto é parte do negócio e... bem, eu não poderia dizer não. 

Nayeon engoliu em seco não estava muito disposta a ser intimidada. Quando será que vai aprender?

__ Sim, poderia. Se ele tentar demiti-lá poderia processá-lo. Seria a piada de todos fora dos tribunais quando as pessoas descobrissem que a despediu porque se negou a ser uma casamenteira para sua filha. __ Um suave suspiro de sua mãe sussurrou na linha. 

__ Querida, já sabe que não gosto de criar problemas.

Nayeon sabia disso muito bem. Quando seu antigo padrasto tinha estado ocupado rasgando-a em pedaços, fazendo-a sentir como a tola mais incompetente na terra, sua mãe tinha mantido seu silêncio. Depois, recolheu os pedaços da autoestima de sua filha e a ajudou a remenda-los de novo, mas Nayeon sempre quis que entrasse em cena e a realidade falasse por ela. O pai desta jovem Yoo a repreendeu? Perguntou-se Nayeon. Provavelmente não. Ela era provavelmente mimada e vivendo da fortuna do pai. Provavelmente tem tudo o que quer. Quer uma esposa, assim, seu papai acaba de ordenar a sua serva para pôr um anúncio no jornal e conseguir uma. Seu olhar voltou para a primeira linha do anúncio. 

" Procura-se Virgem " 

Isso soava como um anúncio de sacrifício humano. 



Notas Finais


Então galera, a estória não tem tantos personagens, então acho que não vai dar pra ter todas as meninas, enfim veremos...


Até logo 😊


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...