História Professor - Jimin (BTS) - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), BLANC7, EXO, Got7, K.A.R.D, Pentagon (PTG)
Personagens B.M, Jackson, Jeon Jungkook (Jungkook), Jiwoo, Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Kris Wu, Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Taichi
Tags Hentai, Jimin, Jungkook, Linguagem Inapropriada, Professor
Visualizações 1.415
Palavras 1.190
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii loucas e loucos por #Professor


Obrigada pelos favorites e comentários!!!
Vocês são DEMAIS ♥🌸

Boa leitura!

Capítulo 10 - Mensagem


Fanfic / Fanfiction Professor - Jimin (BTS) - Capítulo 10 - Mensagem


— Obrigada! — Falei com a mulher da loja, aquelas palavras dele não sai da minha cabeça. Entrei no táxi e pedi para ele me levar de volta ao hotel, minha cabeça está doendo muito, preciso me deitar um pouco.



Entrei no meu quarto, coloquei os presentes em cima da cômoda e me joguei na cama, Nara pegou em minha cabeça e disse que estou com febre, tomei um banho e um remédio, me deitei na cama pra dor passar.


— Vou chamar um médico S/n, essa febre tá só aumentando. — Minha mãe diz saindo do quarto. Acho que foi a bebida de ontem, sou fraca com qualquer tipo de bebida.


Um homem entra e começa a fazer um Check-up em mim, tirou minha temperatura e me recomendou repouso, ele sai do quarto me deixando sozinha assistindo um Dorama, quando eu tinha 13 anos, era só o que eu assistia, e pensar que eu achava que ia se encontrar com um garoto por ir e ser feliz para sempre. Escuto batidas na porta e sussuro um "entra".


— Oi S/n? — Pisquei os olhos algumas vezes pra ver se eu não tava delirando, não, eu não estava, SeokJin estava no meu quarto. — Tá tudo bem?  — Olhei para ele e sorri fraco, MEU CRUSH TÁ PREOCUPADO COMIGO. 


— Você, aqui em Nova York?  — Me sentei melhor na cama, derrepente minha cabeça solta uns Flashback e eu Arregalei os olhos. — Você quem me enbebedou ontem? — Ele rir e eu sorri ainda querendo saber a resposta.


— Sim, eu também já estava bêbado então não lhe conheci — Rimos um olhando para o outro, ele me olhava de um jeito diferente e a única coisa que eu pensava era : ELE ME NOTOU DEUS! — Então, se você melhorar daqui para mais tarde, você aceita jantar comigo?  — Ele pergunta segurando minha mão.


— C-claro! — Ele tira algo do bolso e me entregou, falou que era seu número e que eu ligasse mais tarde se eu melhorasse.


Me deitei melhor e dormi sorrindo.



P O V ' S JIMIN


Depois de deixar S/n sem palavras, peguei meu carro e fui até um motel, estou me aproximando de Nara, irmã de S/n, preciso saber mais sobre ela, ou o que ela está fazendo exatamente agora.


— Pronta pra ficar sem andar? — Perguntei entrando no quarto, deitei por cima dela e a dei um beijo, ele rir igual uma criança boba e tenta puxar minha blusa por cima do casaco que eu usava.


— Tenho uma surpresa, aluna! — Ela se senta mordendo os lábios, peguei a sacola que trouxe, tirei as algemas e uma venda, peguei os braços dela, estiquei até a cabeceira da cama e os prendi com as duas algemas, coloquei a venda em seus olhos e beijei sua boca. — Eu farei tudo para te dar prazer! Me levantei e a olhei sorrindo.


Tirei meu casaco, desabotoei minha blusa e a joguei no chão, tirei a calça junto da boxer preta que eu usava, completamente nu, fui até ela e puxei sua blusa, a mesma rasga e antes que Nara falasse algo, abocanhei seu seio esquerda e fiz massagem no outro.


Desci minhas mãos até a sua calça legging, a puxei junto de sua calcinha e os mesmos têm o mesmo rumo que minhas roupas, beijei sua virilha e ela tenta se soltar das algemas, passei a mão pela extensão de sua intimidade e ela arfa jogando a cabeça para trás.




Passei a ponta de minha língua pela sua entrada e subi para seu clitóris inchadinho de excitação, lambi todo seu pré-gozo e dei uma chupada em sua entrada fazendo um barulho gostosa, quando coloquei um dedo dentro dela, seu celular apita indicando que uma mensagem acabou de chegar.


— M-me solta, pode ser a minha irmã. — Ela diz contendo o gemido, tirei meu dedo de dentro dela e fui até o seu celular. — Já olhou?  — Ela se remexeu na cama.


— Espera, vou olhar pra você.  — Abri a mensagem e li um “Estou saindo com o Jin, as chaves do quarto vai estar na recepção, não chegue tarde minha panqueca;-)”, soltei um suspiro e olhei pra Nara que continha um bico nos lábios. Aproveitei e digitei “S/n, não estou bem, estou voltando pro hotel”. — É uma mensagem da operadora. — Peguei as chaves das algemas e soltei os braços dela.


— Porque está me soltando, Oppa? — Me olhou quando tirei sua venda, vesti minha Boxer e minha calça, vesti a blusa junto do casaco e peguei a chave do carro que estava no chão.


— Também recebi uma mensagem, mais ao contrário da sua, a minha é importante. — Ajeitei o meu cabelo, peguei as roupas dela e joguei nela. — Tenho que ir, depois terminamos isso.  — Dei meu sorriso e ela retribuiu.


Sai dali e entrei no meu carro, ajeitei meu cabelo no espelho e soltei um riso fraco ao saber do desespero de S/n ao ler a mensagem.



P O V ' S  S/N


Minha febre avia passado, avisei a Jin é ele me chamou para um jantar hoje em um restaurante aqui perto, depois de mandar a mensagem a Nara, coloquei o celular para vibra, nada pode atrapalhar essa noite.


Vesti um vestido rosa claro, coloquei um salto médio na cor branca, deixei meu cabelo solto e coloquei algumas jóias em mim. Peguei uma pequena bolsa, coloquei o celular e alguns dólares que minha mãe havia me dado. Passei um perfume e a porta é batida.


— Você está... — Ele olha para meu corpo, depois volta a me olhar. — Linda!  — Sorri corada e ele rir, ofereceu o braço e eu entrelacei o meu, descemos e ele abre a porta de seu carro para mim, ele entra no outro lado e dá a partida para o restaurante.


— Obrigada. — Falei quando ele puxou a cadeira para mim sentar, pegamos cardápio e escolhemos os nossos devidos pratos.



[...]



— Você é tão linda, devia ter notado você antes. — Senti minhas bochechas queimarem, estávamos dentro do seu carro parados em frente ao restaurante, ele olhava para mim e eu para ele. — Vamos colocar uma música para animar! — Ele liga o rádio, logo começa a tocar Photograph - Ed Sheeran.


— Amo essa música...ela me faz chorar. — Ele sorrir e eu já sinto meus olhos marejarem com a voz de Ed. Peguei meu celular e olhei algumas notificações, vai ter show dele amanhã aqui, vejo a mensagem no KakaoTalk e logo abro. Era de Nara e tinha “S/n, não estou bem, estou voltando pro hotel”, arregalei os olhos e olhei para Jin.



— Nara, você está bem? Está se sentindo mal? Já tomou remédio? — Perguntei desesperada assim que entrei no quarto.


— Sim, porque?  — Semicerrei os olhos ao perceber que ela estava bem.


— Porque mentiu na mensagem?  — Ela franzi o cenho. — Porque mandou a mensagem dizendo que não estava bem? Você me fez perder o melhor momento do encontro Kim Nara!  — Bufei caindo na cama.


— Eu não mandei mensagem alguma S/n, você tá doida!  — Ela sai do quarto me deixando pensando na maldita mensagem. 






Se ela não mandou, quem mandou? 


Notas Finais


E aí?
Tá bom? Tá ruim?
Comentem pra mim saber se eu preciso melhor mais ou está bom 🎀

DESCULPA NÃO TER POSTADO O 1° CAPÍTULO DE SPICY GIRLS, EU TINHA ESCRITO MAIS DE 1.000 DE PALAVRAS, MAIS QUANDO FUI COLAR AQUI NO SPIRIT, QUANDO EU ESTAVA EDITADO, EU APERTEI EM CORTAR SEM QUERER 😭
ME PERDOEM, PROMETO DE DEDINHO ☝ QUE SÁBADO SAI ELE.

Favoritem ♥ e sigam meu perfil 👇 @Park_Annah3 🎀🌸

Lembre-se...Eu amo você ♥🎀🌸


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...