História Professor bonitão - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Suga
Visualizações 39
Palavras 725
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Hentai
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - .


Nnh)Pela manhã me levantei entrei no chuveiro,desci e tomei meu café logo após seguindo ao colégio.

 Hoje era Sexta-feira,o dia que eu odeio!

 Motivo?A uns tempos atrás a escola inventou de por uma nova aula,educação sexual.

 Tudo era normal,tinhamos uma professora nojenta que dava aula,mas ela pediu demissão e foi morar em outra cidade.

Ela era uma beta super legal,mas precisou ser substituída por outro,Min Yoongi,este a qual me da nos nervos.


 Esse alfa simplismente fode intensamente com meu psicológico.

 Em suas aulas me usa para demonstrações.

 Já o vi varias vezes espiando minhas coxas fartas e o pior,o fardamento que ele usa é apertado, oque me da a bela visão de seus músculos,oque sempre resultava em minha lubrificação descendo em abundância por minhas pernas.

 Cheguei na escola e me sentei,passei a aula quieta em meu lugar.

 Chegou a última aula,Educação sexual.

 Ele entrou na sala,nos comprimentou e logo passou a falar sobre se...enfim,deu a aula.

 E eu juro que tentei prestar total atenção,mas como nunca consigo, não seria diferente.

 Aquelas duas bolinhas brilhosas ficaram me encarando e o seu olhar queimava sobre mim me deixando meio desconfortável.

 Quando a aula se encerrou todos saíram.

 -S/N?-Me chamou.Eu já estava na porta apenas parei e murmurei um:

 -Pois não.

 

 Autora On

 

 O alfa loiro olhou a ômega de cima a baixo.

 

 -Percebi que está incomodada com algo-indagou.

 -Impressão sua.

 -Acho que não.-A ômega abaixou a cabeça.-Eu sei que não está bem com alguma algo.

 -”o jeito que você me deixa excitada talvez”-sussurrou em um tom baixo,mas muito baixo,tanto que se o Min não fosse um lúpus não teria a ouvido.E quando se deu conta do que havia feito corou rapidamente.

 -Bom saber que te deixo nesse estado-S/N continuou calada querendo sair daquela sala e enfiar a cabeça em um buraco.

 

Até se sentir apertada por um par de mãos que passara por sua cintura fina a virando bruscamente de costas pra porta,esta que fora trancada.

 -Oque está fazendo-disse de uma forma manhosa.

 -Não era você que estava tão excitada agora pouco.

Deixou um chupão no pescoço da mais nova.

-Professor...Pare.

-Não me chame de professor por agora...essas formalidades não são necessárias nesse momento.

 Um beijo fora dado nos lábios finos da ômega,que retribuiu sem pestanejar,a mochila fora derrubada e a blusa jogada para um lado qualquer.

 

 E quando se deram conta já estavam livres de qualquer peça que combrisse seus corpos a não ser as íntimas.


 O Alfa passoi as mãos as coxas da menos apertando deixando uma marca ali,elevou o corpo pequeno e molinho até o Birô deixando-a sentando e se encaixando entre suas pernas.

 

 A ômega dizia várias palavras desconexas quando sentiu o sutiã ser tirado e atirado a qualquer canto,seus ceios fofinhos foram apalpados.


-Sensível aqui-perguntou apertando mais ouvindo a pequena gemer alto.

Levou a língua aos mamilos rosados enquanto sua mãos adentrava a intimidade alheia massageiando.


A calcinha fora retirada rápidamente.

S/N por sua vez abaixou a cueca do Alfa vendo o membro pulsante sair de dentro daquela peça sufocante.


A ômega expelia lubrificação em Abundância que ajudou na entrada de dois dedos intrusos em sua intimidade ela gemeu e seu corpo arqueou se contraiu…


E depois de uns minutos, os dedos não bastavam mais.


Levou as mãos ao membro alheio o masturbando lentamente enquanto o alfa a fazia revirar os olhos com as mãos em sua intimidade.


-Me fode logo-choramingou,se sentiu vazia a ter os dedos retirados de si.


Sem aviso a intimidade fora invadida pelo membro do alfa e ela gritou em pura luxúria e prazer.


A extensão enorme do membro se movia rapidamente dentro de si,os dois ofegavam e gemiam descontroladamente.


O professor mordeu o pescoço da ômega apalpando os ceios fofos.


Estava amando aquilo,vendo a ômega tão entregue,tão vulnerável a si.


Os gemidos não eram controlados e além deste era ouvido o som dos dois corpos se chocando.


A ômega arqueava as costas e apertava as pernas na cintura do Alfa.


Sua entrada se contraia tentando expulsar o intruso que ali estava.


-Esta gostando?-perguntou vendo a mesma assentir,puxou seus cachos-responda-me baby.

-Siim...D-Daddy...Mais rápido por favor…

Com estocadas rápidas e violentas ele acertou o ponto G da menor vendo o corpo mole cair sobre si.

 

Sentou-se na cadeira com o corpo sem forçar.

Segurou a cintura e impulsionou o próprio quadril.


Indo cada vez com mais brutalidase e a ômega quase berrou ao ter um segundo orgasmo.


E o Alfa se desfez dentro da mesma.


-A tanto tempo eu queria fazer isso.

-Oh…-a ômega riu soprado-entendo




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...