1. Spirit Fanfics >
  2. Professor dedicado - Do Kyung-soo (EXO) >
  3. Aposta?

História Professor dedicado - Do Kyung-soo (EXO) - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


primeiramente eu quero me desculpar pela grande demora para postar o capítulo.

Eu estava super ocupada nesses meses (ainda estou na verdade), estou tendo aulas onlines, o que é bem desgastante pra mim 😭

Bom, espero que perdoem-me por isso! 💝

Boa leitura ❤

Capítulo 5 - Aposta?


Fanfic / Fanfiction Professor dedicado - Do Kyung-soo (EXO) - Capítulo 5 - Aposta?

Depois do ocorrido com as luzes dentro da universidade e com os alunos mais calmos, o presidente do comitê começou a sua fala.


O mesmo estava falando sobre novos planos para a universidade, eu estava ao lado de Mia em frente dos professores.

Meu olhar passeava pelo Kyungsoo, o mesmo notava na maioria das vezes e quando tal ato acontecia, eu rapidamente virava meu rosto para outra direção.

Mia: Por que você está secando tanto o professor?

Perguntou baixinho, isso me deixou um pouco envergonhada.

— Para de ser louca, eu não estava olhando para ele

Respondo me fazendo de desentendida, não devo satisfações para ela.

Mia: Ah é? então o que o presidente do grêmio estava falando agorinha pouco.

Começamos a caminhar, já que o presidente da universidade disse que a pequena reunião tinha acabado.

— Ele estava falando sobre os planos para a universidade.

Dei de ombros e entramos em nossa sala, sentamos em nossa fileira.

Mia: Que tipos de planos, hum?

Rolei os olhos com raiva, e cocei os cabelos

— Não enche, Mia!

Passei a mão no rosto e abri meu notebook.

Mia: Aí! me desculpa.

Resmungou e começou a anotar algumas coisas em seu caderno, coisas tipo as perguntas que ela tinha perdido.

Soyeon: Galera, vai ter uma festinha na balada Zone, vão querer ir?

A mesma falou super animada, até estranhei essa animação toda. espero que Mia neguei esse pedido pois se ela aceitar eu vou montar um grande sermão para ela, porque da última vez eu me ferrei todinha.

Mia: Mas é claro que eu vou topar né.

A própria respondeu e olhou para mim com um sorrisinho amerelo.

– O que? Não, você não vai.

Falei com fúria, ela não sabe mesmo as consequências que ela pode causar se tiver alguém da nossa escola como os professores ou algo do tipo?

Mia: Ah, vamos lá S/N! vai ser legal

Fez uma carinha de cachorro sem dono, mas eu olhei para ele indignada.

– Eu não vou, se você se meter em alguma confusão igual da outra vez e for parar na delegacia, pode apostar que eu vou deixar você lá até o dia amanhecer!

Falei num tom de ameaça, mas a mesma parece que não se importou muito, já que deu por ombros.

Soyeon: Você é tão fresquinha

Rolou os olhos e se sentou na poltrona ao lado de Mia.

– Eu? fresquinha? Só pode ser brincadeira

Fiquei indignada com a declaração dela, não sou fresquinha, eu apenas prezo muito pela minha reputação, já que meu futuro depende de minha competência.

Mia: Tenho que concordar, você ultimamente está muito chatinha, você deveria se distrair um pouco como nós duas

Apontou para Soyeon que deu um riso de lado, eu estou com tanta raiva que é perigoso eu socar a cara dessas duas.

– Qualé? eu não vou e ponto final.

Suspirei e logo a sala ficou toda em silêncio pois o professor Kyungsoo tinha entrado com o olhar sério de sempre.

Do: Bem, quero os trabalhos na minha mesa, agora!

Colocou sua pasta em cima da mesa e se sentou, alguns alunos ficaram se olhando um pouco tenso, eu não estava diferente... eu confesso que tinha me esquecido totalmente do trabalho.

Mia: Mas professor... não era para daqui três dias?

Perguntou com receio, mas realmente era para daqui três dias.

Do: Ninguém terminou os slides? ninguém mesmo?

Cruzou as mãos e encostou em seu queixo, olhou para todos os alunos e deu um sorrisinho de lado por não ouvir nenhum comentário

Do: Eu nao vou dizer nenhuma palavra, vão para a sala de apresentações, os alunos de artes plásticas tem alguns projetos para apresentar.

Todos saíram da sala rapidamente, pois saibam que se demorasse mais um pouquinho eles iriam ouvir um grande sermão do professor.

– Pensando seriamente em sair desse curso

Falei ao passar por Kyungsoo, eu estava conversando com Ruby espero que o professor não tenha ouvido

           Quebra de tempo 

As apresentações foram super legais e criativas, fiquei por um bom tempo admirando algumas das pinturas.

– Olha essa pintura, Ruby.

A cutuquei já que a mesma estava ao meu lado. Eu e Mia não estávamos nos falando desde o ocorrido que aconteceu agorinha pouco, acho que ela ficou brava ou algo do tipo

Ruby: São tão detalhadas, se estivessem à venda, eu com certeza iria comprar.

Respondeu tocando na pintura, era realmente tudo detalhado e bem feito.

– Eu estou pensando em mudar de curso.

Falei caminhando até outro quadro de pintura e em vez ou outra eu olhava para Kyungsoo, mas não ficava o encarando por muito tempo

Ruby: É sério mesmo? bom, aí é com você né?

Sorrio gentil, e começou a analisar o outro quadro todo pintado, por um desenho que eu não sabia qual... era estranho, mas era bastante interessante.

– Por que esse desenho não tem nome? será que nem mesmo o pintor sabe o que é?

Dei uma risada baixa, e Ruby me deu um belo de um tapa em meu braço

Ruby: O professor está do nosso lado, quer mesmo que ele escute isso?

Olhei para o lado para checar se ele realmente estava, e bom, já sabem né? ele estava com os braços cruzados ouvindo a explicações dos universitários sobre as pinturas.

– Ele nem ouviu

Dei de ombros e depois de um tempinho vendo aqueles quadros comecei a ficar com tédio, não estava com vontade de olhar quadros e tentar descobrir o que se tratava.

Ruby: Você ouviu o que as meninas estavam falando ali?

Disse me puxando para fora da sala rapidamente.

— O que elas estavam falando?

Perguntei arqueando a sombrancelha, eu não tinha prestado atenção na conversa das garotas, então fiquei curiosa.

Ruby: Elas fizeram uma aposta... uma aposta para ver quem pega o professor Kyungsoo.

Falou perto do meu ouvido para que ninguém que passasse escutasse.

— O que? a Mia está envolvida nisso?

Arregalei meus olhos e cruzei os braços

Ruby: Sim, a Mia, Soyeon a E:U e a Soji.

— Isso é sério mesmo? não acredito que a Mia está envolvida nisso...

Olhei de relance para o grupinho de garotas e elas estavam sorrindo e fitando o professor Kyungsoo...

Ruby: Você sabe como é a Mia né? mas pensei que ela estava com o Taemin..

Olhou para mesma direção que o meu olhar e ficou observando as atitudes das meninas.

– Eu também pensei, ela não está falando comigo desde que aconteceu aquilo na sala...

Suspirei frustrada e me encostei na parede

Ruby: Eu acho que o professor Kyungsoo não é do tipo que pega alunas, ele me parece ser tão sério e concentrado no que faz.

— Então... elas irão perder tempo à toa.

Coloquei uma mecha de cabelos atrás de minha orelha, e vejo o professor Kyungsoo passar ao nosso lado.

Do: O que fazem aqui fora?

Parou em nossa frente e nos olho seriamente

– Hã... nada demais, estávamos ficando com tédio de ver aquelas pinturas.

Respondi um pouco envergonhada, esse cara não precisa fazer nada para me deixar sem sentido.

Do: Podem voltar para os seus dormitórios, mas antes vão até a sala pegar os seus materiais.

Mudou sua expressão para uma mais tranquila, e nos curvamos antes dele sair da nossa visão

Ruby: Por que eu senti um climinha entre você, hum?

Me deu um empurrãozinho de leve e deu risada.

– Você é tão besta... vamos pegar nossas coisas, quero descansar um pouco.

            Algumas horas depois

Eu estava em meu dormitório, Mia estava se arrumando para ir na tal festa, a mesma nem olhou em minja cara ou falou algo... estou estranhando essa atitude dela, acho que Soyeon colocou coisas na cabeça dela.

Não fiz questão de falar nada também, apenas fui para o banheiro tomar um banho e me arrumar para ir encontrar o Kyungsoo no bar de ontem. Confesso que estou um pouco tensa e ansiosa para esse " encontro".

Após estar arrumada, olhei para o relógio do meu celular e arregalei os olhos ao ver o horário, já era 18:35... estou cinco minuto atrasada.

Mia: Vai sair com quem?

Perguntou após eu abrir a porta, suspirei baixo e me virei para ela

– Com uma amiga minha.

Respondi e a mesma me olhou rapidamente mas não falou nada, apenas continuou a se produzir para a festa.

Neguei com a cabeça e comecei a correr para fora do campus igual uma louca, eu poderia ter me arrumado mais cedo né? quem mandou eu dormir.

Comecei a andar normalmente quando saí da universidade, fiquei observando algumas lojinhas de roupas abertas, cada roupa uma mais bonita que a outra.

Alguns minutinhos caminhando, cheguei na esquina do barzinho, e antes de entrar no estabelecimento, respirei super fundo... eu estou nervosa ok?

" Vamos lá "

Abri a porta do barzinho, fazendo assim o sininho tocar, avisando que alguém estaria entrando.

Olhei para todos os lados para ver se encontrava o Kyungsoo, vi o mesmo em uma mesa nos fundos o mais velho acenou ao cruzar meu olhar com ele.

Sorri fechado, e caminhei até a mesa onde ele estava sentado.

Do: Pensei que não iria vir mais.

– Não sou a que desmarcar compromisso

Me sentei em sua frente, e percebi que o mesmo já tinha pedido uma garrafa de soju.

Do: Bom saber disso.

Sorrio mostrando os dentes e começou a colocar um pouco da bebida em um copo que estava vazio

Do: Você me parece tensa, tome um pouco... mas não quero que exagere.

Colocou o copo em minha frente, e eu acenti com a cabeça

– Eu não sou de beber muito, relaxa.

Revirei o pequeno copo e fiz uma breve careta

Do: Queria falar sobre ontem a noite...

Me olhou com um olhar meio diferente, não era um olhar sério, era um olhar daqueles que quer descobrir os seus piores segredos, sabe?

– Ah... aquilo não foi nada, a Mia estaba bêbada

Falei com a voz trêmula e coloquei um pouco mais de soju no meu copinho

Do: Não exagere na bebida...

Me avisou novamente e colocou a garrafa ao seu lado

– Certo...

Sorri sem mostrar os dentes, e revirei o copo antes de realmente parar de beber.

Do: Então você não me acha atraente?

Perguntou fazendo eu me engasgar com a minha própria saliva.

– É... sério que temos que ter essa conversa aqui?

Virei meu rosto para o lado, para me certificar se não tinha ninguém da escola por ali

Do: Se quiser podemos ir para outro local

Revirou o copo de uma vez e eu peguei o soju que estava perto dele, e coloquei mais um pouco em meu copo. O maior me olhou com reprovação já que ele não queria que eu bebesse muito.

– Melhor irmos para um local mais privado...

Coloco o copo em cima da mesa novamente e faço careta após sentir o gosto da bebida descendo em minha garganta.

Do: Esta bem, vou te levar para um local que não tenha muitas pessoas.

Se levantou sorrindo, e pegou o sei casaco, pagou pela bebida e saímos do bar

Do: Eu estou com meu carro.

Pegou as chaves em seu bolso, e destravou as portas do carro. O mesmo abriu a porta para que eu pudesse entrar, e logo em seguida fez o mesmo.

– Respondendo sua pergunta, eu acho sim você atraente.

Mordi meu lábio inferior rapidamente, e olhei no rosto do mais velho que estava com um olhar supreso.

– Acho que o álcool subiu pra cabeça

Dei um risinho super sem graça, pois eu tinha acabo de admitir que ele era uma pessoa atraente.

Do: Muitas garotas me dizem isso, não precisa ficar tímida.

Falou super convencido e me olhou fixamente, eu retribui o seu olhar... não estava tão tímida como ele acha que estou.

– Você é tão convencido...

Olhei para seus lábios que estava vermelhos por conta do pequeno frio que estava fazendo hoje a noite, fiquei um pouco tempo admirando seus lábios carnudos e avermelhados.

Do: Tá esperando o que?

Me assustei um pouco com a sua fala repentina, mas continuei com o meu olhar em sua boca.

Fechei meus olhos fortemente, e tirei o cinto de segurança que me prendia ao banco.

Coloquei meu celular no banco de trás, e subi em cima do colo de Kyung-soo, que me olhou assustado mas deixou um sorriso sapeca escapar.

Do: Você é rápida

Colocou a não por volta de minha cintura, e apertou o local

– Você não sabe o quanto!

Peguei em seu rosto e ataquei seus lábios sem aviso algum. Kyungsoo no mesmo momento retribuiu ao beijo pedindo logo em seguida a sua passagem com a língua, que logicamente eu vou cedida por mim.




" Posso não estar participando da aposta, mas quem pegou o professor Kyungsoo primeiro, fui eu!



 

 

 


Notas Finais


desculpa pelos erros, não tive tempo para revisar 😭

Não desistam de mim 🧡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...