1. Spirit Fanfics >
  2. Professor e aluna >
  3. O Dia do Baile

História Professor e aluna - Capítulo 24


Escrita por:


Notas do Autor


Oii gente, então to meia sumida aqui mais to arrumando algumas coisas muita gente ta me perguntando pq eu coloco a foto do Damon, gente o Adriano se parece muito com ele. Tem pedaços da série que parece muito com oque a gente viveu então vou estar mostrando aqui pra vocês. Esse capítulo e muito polêmico então se você é menor não leia pois tem coisas improprias aqui. Então é isso boa leitura não esquece de comentar oque vocês achou, obrigadaaa.

Capítulo 24 - O Dia do Baile


Fanfic / Fanfiction Professor e aluna - Capítulo 24 - O Dia do Baile

Chegou o dia do baile, nunca estive tão nervosa na minha vida, arrumando minha roupa do baile tinha comprado um vestido longo azul, minha cor preferida sempre foi azul, e ele sempre me trazia sorte. 

Arrumando minhas coisas pra mim já fica organizada com tudo, deixei o vestindo arrumado, e arrumei minha mochila pra ir pra escola, nos meninas tínhamos que ir pra escola a tarde então deixei tudo pronto. Logo depois fui ao salão arrumar meu cabelo,unhas sobrancelha, queria que tudo estivesse perfeito.

Demorei um pouco no salão mais saiu tudo como eu imaginava, chegando em casa peguei minha mochila e fui pra escola. Naty já estava me esperando na porta.

– oii amiga - disse ela 

– oiii nossa vc estar linda em 

– vc também seu cabelo estar lindo

Ficamos ali cvs um pouco e logo estarmos pra escola, a diretora chamou nós meninas pra fala alguma coisa e analisar nossos vestidos, caso se tivesse uma participante com vestido curto estaria desclassificada.

– olá meninas, como eu disse queria fala com vocês, hj e um dia muito importante eu espero que vocês tenha gostado dessa tragetoria, mais um ano termina e vamos completar ele com sucesso.

A gente mostrou os vestidos e tudo estava perfeito, ainda bem aquela parte foi um alívio pra mim pois se tivesse alguma coisa errada eu que ia escutar pois era eu que estava organizando o baile.

A gente começou a decorar a escola o pátio onde a gente iria dançar era uma decoração bem bonita cheia de flores pra tudo quanter lado estava muito nervosa, até que ouço uma conversa.

– eu acho que o parceiro daquela menina, não vai vim ouvir dizer que ele sofreu um acidente – dizia duas meninas olhando pra mim 

Nessa hora eu gelei tudo mais, acreditei que se tivesse acontecido alguma coisa o Gui iria me avisar, ele não disse nada, voltei a fazer oque eu tava fazendo, foi passando as horas e quando formos ver já estava tudo arrumado e chegou a hora. 

– Meninas vocês agora irá pro auditório pra se arrumarem tem maquiadora pra ajuda vocês e quem quiser arruma o cabelo coloquei algumas Cabelereiras pra ajudar vocês nesse grande dia. – disse a diretora 

Toda fomos pro auditório como eu estava com o cabelo já preparado não quis mexer mais enfim, só fiz a make e fiquei sentada ali durante um bom tempo fazendo make, queria estar linda, aquela preocupação de fica sem par tinha sumido pois tinha certeza que era mentira. 

– eai amiga como vc ta se sentindo? Disse naty

– aí amiga, com medo, muito medo 

– eu também to bastante nervosa 

– me da um abraço, vc ta tão linda 

Naty era minha única tranquilidade naquele momento sei uma acalmada, pessoas ia chegando na escola até que vi de longe o Adriano como ele estava lindo meu Deus, mais lindo que os dias normais fiquei admirando ele ali de longe. Sentia a falta dele mais ele tava bem sem mim e eu tive que me conforma com tudo isso. Avistei thauendersson ele entrou a onde a gente tava pra gente conversar, estava eu e naty, chamamos ele pelo vidro ele veio.

– miglas com vcs estão linda – disse ele 

– olha vc como ta elegante com esse terno arrasou bicha – disse naty 

– isso aqui é só um disfarce, queria mesmo ta em um vestido desse e maquiado igual vcs duas – disse ele é logo completou

– Thays o seu par o Gui pediu pra te avisar que ele não irar vim pois sofreu um acidente 

– oque eu vou fazer agora ? 

– amiga fica calma muito par aqui algumas meninas não veio espera, na hora vai aparecer alguém pra vc dançar tenho certeza você ta tão linda, calma não fica nervosa – disse ele 

– vc viu quem ta ali Thays ? – pergunta naty

– vc ta falando do Adriano ? 

– sim né gata kkk

– Vi sim, o par dele também não estar aqui, poxa que menina besta, ele ta tão lindo hoje meu Deus 

– e muitaconhecidencia o par de vocês não terem vindo justo hj dia de baile – disse thauendersson

Fiquei muito pensativa mais com medo ao mesmo tempo, o baile estava preste a começar e eu estava sem par, ainda bem que eu era a última menina a descer, era mais facil correr. O baile iria começar as 21 horas, e já eram 20:55 faltava 5 min, eu estava tão nervosa nesse dia. 

E lá se passaram os 5 a diretora nos chama e manda todas ficarem nas suas posições chamei a diretora e disse que talvez não iria dança pois meu par tinha sofrido um acidente, ela me respondeu já arrumei um par pra você, fiquei mais tranquila, mesmo sem saber quem seria. Nos organizamos de acordo com a cor do vestido das meninas, e eu era a última por minha escolha, então começou o baile.

– olá pessoal, meninos e meninas, funcionários e funcionários hj e um dia muito especial como foi planejado esse dia só nós sabemos como foi difícil, mais um ano estar se terminando, quase né gente, então sem mais delongas vamos chamar as meninas.

– com vocês nossa aluna do 3 a com o seu par Júnior, Gabrielly pode descer 

(Palmas) 

– com vocês nossa aluna do 3 b com seu par Gabriel, Helena pode descer 

(Palmas) 

– com vocês nossa aluna do 3 c com seu par Henrique, Juliana pode descer

(Palmas) 

– com vocês nossa aluna do 2 a com seu par Fred, Luiza pode descer 

(Palmas)

– com vocês nossa aluna do 1 ano D com o seu par Thauendersson, Nataly pode descer

(Palmas) 

Agora seria minha vez eu estava tão nervosa 


– Com vocês nossa aluna do 1 D com o seu par, ( ela não disse quem era) Thays pode descer 

(Palmas) 

Não dava pra acreditar no que eu tava vendo serio, meu Deus engoli seco mais eu estava na frente te muitas pessoas, lá estava meus amigos me olhando e eu estava pálida. 


 – serio que e você meu par Adriano? Disse eu baixinho 

– Foi a elania que me pois aqui, minha parceira também não veio tava desesperado como você 

– ela disse que tinha arrumando um par pra mim mais não disse que era você 

– então ela iganou nois dois, pra mim ela disse a mesma coisa – fala ele bem baixo

– e agora oque a gente faz Adriano 

– vamos ter que levar isso até o fim

Ficamos em nossas posições e começou a dança naty e thauendersson olhava pra mim rindo e eu ficava mais dessesperada. 



Cada olhada que ele me dava era uma facada diferente foi ali que todas as coisas que eu sentia por ele volto meu Deus, eu me sentia cada vez mais estranha ele me olhava no fundo dos olhos e não dizia nada só dançava, suas mãos passava em minha cintura eu me tremia toda caramba Adriano. 



Como era difícil olha pros olhos dele ele apena me olhava não dizia nada, pela minha cara dava pra ver o quão tensa eu estava.



Cada olhada que ele me dava era um arrepio diferente nem eu sei explica oque eu tava sentindo,  era muito confuso, era um frio na barriga que eu não conseguia controlar. Ele olhava no fundo dos meu olhos e em seguida olhava pra minha boca e essa olhadas se repetia por dirversas vezes.



Último passo de dança, acabou graças a Deus, ou não soltei a não dele e sair correndo pro banheiro naty veio atrás de mim e eu estava muito confusa.

– Amiga eii você tem que volta pra lá, calma respira, o resultado vai sair agora, vamos logo quando acaba a gente conversa.

– eu não consigo ir lá, não consigo olha pro Adriano mais 

– amiga calma vamos 

Naty me puxou e eu acabei voltando meu nervosismo estava acabando logo saia o resultado é eu ia pra casa só queria minha cama pra chora.

– uau que dança foi essa, meninos e meninas vocês mandaram muito bem queria agradecer nosso professor Adriano que aceitou dançar hoje aqui com nosco. Jurados vou passa na mesa de vocês pra pega o voto da nossa dançarina que mandou mais bem na dança e na escolha do vestido, logo mais volto aqui. – disse a diretora 

– Thays oque foi aquilo amiga - disse naty

– eu nem sei oque fala mano

– vc e o Adriano dançou muito bem, eu amei ver vocês dois daquele jeito vcs arrasou – disse thauendersson 

– vcs merece muito ganha torço por vocês – disse naty

– bem pessoal estou aqui eu com o resultado os jurados disse que não foi fácil todos vocês estava dançando super bem mais como todo concurso de baile temos que te um casal que se destacou meninas quero parabenizar todas, vcs sai daqui todas sendo campeã. Mais quem leva o troféu de melhor dançarina é melhor vestido e você Thays com seu par Adriano meus parabéns sobem aqui nó palco. Eu não estava acreditando que eu tinha ganhado meu coração estava a mil. 

A diretora nus abraçou e me deu um presente na hora nem abri, colocou uma faixa em mim de miss do baile e pro Adriano deu uma coroa e um presente, desci do palco e fui até os meninos pra gente conversar já era tarde e eu precisava ir embora.

– Parabéns amiga - disse eles me dando um abraço bem apertado 

– obrigada gente obrigada mesmo

– vc vai embora agora ? Pergunta naty

– acho que sim ta tarde 

– naninanão tem uma festa você vai fica aqui com a gente, a gente da um jeito de te leva em casa vamos – falou thauendersson

Me arrastaram pra festa que tava tendo na escola mesmo eu acabei ficando por eles guardei meus presente eu fui pra pista dançar, Adriano me olhava muito e como eu ainda gostava dele retribuir. Dancei muito nessa noite até a dor que eu estava sentindo tinha ido embora. Até que Adriano me chama pra conversar e eu aceitei ir.

– ta se divertindo ? Pergunta ele 

– to sim e você ?

– também bailes de adolescentes, não é coisa pra mim mais, mais eu gosto de estar aqui 

– você está muito lindo hoje, com esse terno, parabéns a gente dançou bem 

– igualmente, você também estar maravilhosa 

– obrigada 

– posso te leva em casa ? Quando quiser ir embora ? Ta meio tarde pra você pega ônibus 

–  claro pode sim, mais com uma condição leva o thauendersson e a naty na casa deles também 

– ta bom levo sim 

A festa tava muito boa mais tava na hora de ir embora então fomos chamei os meninos e a gente entrou no carro primeiro deixamos o thauendersson que morava perto e a naty foi depois e eu como sempre a última. No caminho os meninos veio fazendo muita bagunça e o Adriano sória não falava nada.

– professor você não fala nada não - disse naty 

– Professor não, aqui fora e Adriano mesmo professor vcs me chama na sala kkk mais eu falo sim, naty não pensava que você era doida desse jeito na sala de aula é tão comportada 

– pois e kkk tenho duas personalidades 

– mais tem que se assim mesmo 

Deixamos eles na casa dele e fomos a caminho da minha casa. 

– como vc ta Thays - disse ele

– eu to bem, e vc ?

– bom estou bem 

– oque você achou ? Esperava outra pessoa pra dançar com você ?

– confesso que não, eu que tinha que fazer essa pergunta pra você

– a fiquei assustada não viu minha cara kk não imaginava que era você que estaria lá, mais eu amei dançar com você 

– eu também 

– eu sinto sua falta Adriano – disse eu meia alterada ( meia bebada ou não )

– calma você bebeu hoje ?

– foi só dois copos mais sei oque eu to falando, você fez todos meus sentimentos voltarem hoje naquela dança 

– serio ?

– sim 

Não falamos mais nada estava perto de casa ele parou o carro e olhou no fundo dos meu olhos e disse 

– eu também sinto sua falta gosto muito de você ainda é meio complicado, ter dançado com você hoje foi a melhor coisa que poderia ter acontecido, olha nos seus olhos e te tocar outra vez, obrigada por isso

– eu gosto de você ainda 

O silêncio permanece, e a gente se beija no carro que beijo era aquela as coisas foram esquentando e a gente não ligou pra nada ele desceu o banco do carro e eu fiquei por cima dele o beijando que loucura. 

Ele foi tirando minha roupa e eu a dele deixando só de calça e sem camisa achei que a gente ia transar ali mesmo dentro do carro, não satisfeitos, a gente resolveu ir pro meu quarto sem que meus pais percebiam.

– vamos entra pro meu quarto sem barulho meus pais estão aqui hoje 

A gente entrou e ele foi logo me pegando no colo e me jogando na cama fizemos alguns barulhos, claro mais não estávamos ligando era gostoso estar ali com ele então ele começou a tira a minha calcinha e meu sutiã, fazia muito tempo que não tínhamos relações então foi muito gostoso aquilo.

– você quer que eu pare ? Ta te machucando pode falar

– não, não para não ta gostoso 

Ele colocava a mão na minha boca pra não gemer muito alto mais era impossível, ele era tão maravilhoso, e era muito experiente. Ele me colocou de 4 e começou a bater na minha bunda e puxa o meu cabelo e eu amava isso, depois me colocou na parede e me pegou no colo minhas pernas ele segurava e eu segurava na sua nuca, eu segurava pra não gemer mais era muito impossível ele era muito bom no que fazia. 

Quando tudo acabou Adriano deixou do meu lado fomos pro banheiro do meu quarto e tomamos banho juntos troca de carinho e mais sexo, mano no banheiro foi mais intenso me emprenho no box do banheiro e puxava meu cabelo e falava no meu ouvido ele era muito gostoso. 

Me sequei e vesti um blusão e ele ficou de cueca em cima da minha cama e eu olhava pra ele com uma cara de boba apaixonada, deitei com ele e ficamos ali.

– Thays eu te amo, saiba que isso sentimento é muito verdadeiro e eu não quero usar você pra nada eu quero fica com você pra sempre 

– eu também quero Adriano, mais amanhã a gente conversa melhor só me beija agora

A gente se beijo, e ele ficou ali fazendo carinho em mim até que eu pegasse no sono ouvi ele vestindo roupa acordei com o barulho do cinto. 

– não queria te acordar, mais tenho que ir 

– ta bom meu amor 

– me leva até na porta - disse ele 

– levo 

Deixei ele na porta ele me deu um abraço e um beijo percebi que ele queria fica mais, mais tinha que ir despedimos e eu fui me deitar, amanhã seria outro dia e eu ia descurtir tudo com ele, fui dormi com um sorriso no rosto.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...