História Professor e aluna - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Aluna, Amor, Professor, Romance
Visualizações 16
Palavras 928
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção Adolescente, LGBT, Literatura Feminina, Romance e Novela, Suspense, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 7 - As férias


Depois que começo as férias eu tinha colocado na minha cabeça que eu tinha que seguir em frente, comecei a fazer coisas que eu nunca tinha feito antes, beber e ir pra festas foi umas delas. Eu queria muito esquecer ele mais toda tentativa era bloqueada infelizmente passei 1 semana fazendo as mesmas coisas bebendo e indo em festas. 

Uma semana depois meu tio me chamou pra ir na fazenda dele fica uns dias lá ia eu e minhas primas e minha tia, achei uma boa ideia, pq só assim eu me destraia a bebida e as festas já estava me matando era alguns km da onde eu morava eu ia fica lá até minhas férias acabar não era uma fazenda isolada tinha algumas outras fazendas, e eram do lado do meu tio então aquilo não fazia a fazenda um lugar intediante.

Meu tio tinha muitos amigos lá mais eu não conhecia nenhum eu não falava muito com minhas primas então não tinha ninguém pra conversar, mais me abria muito com minha tia mais eu estava com medo de fala com sobre o professor, mais independente de tudo ela não ia me julgar.

Como não falava muito com minhas primas eu preferi fica em um quarto só pra mim, pq assim elas não me viam chorando e como eu era mais velha precisava de privacidade as duas tinha a mesma idade 15 anos então era melhor assim, arrumei as minhas coisas, coloquei minha roupas no quarda roupa, arrumei a cama e fui me preparando pra tomar um banho. 

Minha tia entra no quarto e me chama....

Tia Lena: Thais ? Tá tudo bem filha ?

Eu: Oi tia tá tudo bem sim 

Tia Lena: Daqui apouco vamos jantar se quiser ido tomar banho.

Eu: Já estava arrumando minhas coisas 

Tia Lena: Essa viagem foi um pouco cansativa né ?

Eu: Um pouco, mais nada que um banho não resolva 

Tia Lena: O banheiro e o segunda porta do corredor a esquerda fica avontade

Eu: tá bom tia obrigada

Tia Lena: se vc tiver querendo conversar pode me chama, eu quero conversar com vc e saber o motivo de você está bebendo e indo em festas.

Eu: tá bom tia 

Ela sai do quarto e eu sou risada, por incrível que pareça ela ficou sabendo do que eu estava aprontando, meu Deus acho que não vou conseguir fala pra ela, mais eu devia fala ela e umas das tias que eu mais confio. Vou tomar banho depois penso com calma.

No banheiro...

Liguei a água e deixei ela rola assim como rolava minhas lágrimas, sentei no chão do banheiro e continuava chorando eu tava muito machucada, e fiquei me perguntando o porque de tanto sofrimento, era só um amor platônico ia passar rápido, mais não passava só piorava via as fotos dele na pág da escola e isso me deixa mais pior mais salvava todas pra mim lembra dos momentos que tive com ele.

Sai do banho e vestir as roupa, quando eu peguei minha roupa sentir um cheiro de perfume de homem e era dele, naquele momento eu sorri e fiquei ali cheirando aquela blusa fui janta e deixei ela em cima da cama.

Na mesa do jantar ...

Tio Stefan: Que comida maravilhosa

Tia Lena: eu sei que mando bem 

Eu: manda mesmo

Tio Stefan: Amanhã irá vim um amigo meu almoçar aqui 

Tia Lena: vou fazer um almoço bem gostoso Thais você me ajuda na cozinha? 

Eu: claro tia, ajudo sim

Eu: terminei de comer já vou me deitar tô cansanda

Tia Lena: mais já ? Tem certeza que tá tudo bem querida?

Eu: tá sim tia só o cansaço

Tia Lena: tá bom querida 

Eu: bença tia, bença tio tenha uma ótima noite 

Fui para o meu quarto apaguei as luzes e deitei com a blusa e coloquei fones de ouvido e fui ouvir músicas e olha as fotos dele, por incrível que pareça fiz uma playlist de músicas que me fazem lembra dele. Eu não entendia o pq eu tava sofrendo tanto eu nunca fui de sofrer desse jeito por ninguém.

No meio do choro e da música eu acabei dormindo e acordei com o sol batendo na janela, escovei os dentes e fui ajuda minha tia a fazer o almoço e logo minha tia começa a fala sobre oque eu andei fazendo.

Tia Lena: ontem eu fui no seu quarto, mais vc já estava dormindo queria conversar com você, você deu sorte por estar dormindo. ( Ela sorrir)

Eu: tá bom tia pode dá o sermão

Tia Lena: filha não estou aqui pra te dar sermão

Eu: tô brincando tia eu sei 

Tia Lena: só quero seu bem 

Não respondo nada 

Tia Lena: eu tô te achando estranha

Eu: Sério ? Quer dizer e coisa da sua cabeça tia

Tia Lena: filha tá acontecendo alguma coisa?

Eu: Tá tia, não queria fala mais tá sim

Tia Lena: o filha pode fala 

Eu: não e uma coisa fácil de falar e muito sério 

Tia Lena: faz assim a noite vou no seu quarto e a gente vai conversar sobre isso tá bom? Quando todos dormi eu vou lá

Eu: tá bom tia 

Deu 12 

Tia Lena: a o amigo do seu tio chego, me ajuda a levar a comida pra mesa Thais

Eu: tá bom já vou 

Peguei os pratos e os talheres e fui em direção a área coloquei tudo lá e voltei pra pega os copos e as colheres das comidas, indo em direção a mesa não tinha reparado no amigo do meu tio até que ele veio me comprimenta, eu não acreditava no que eu estava vendo.

Professor Adriano: Oi Thais






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...