1. Spirit Fanfics >
  2. Professor Potter >
  3. Bonjour :)

História Professor Potter - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Eu não morri... só que, né, estou perto.
Essa história está descontinuada, ou seja, não vai ter mais. Sinto muito senhoras e senhores.
Se algum de vocês tiver interesse em pegar a ideia, ou até mesmo os primeiros capítulos inteiros e continuar, vocês tem minha bênção. Já que eu sou preguiçosa demais para isso, vocês podem roubar.
O que eu vou postar aqui é o que eu tenho escrito do segundo capítulo, mas será apenas isso.
Sinto muito.

Capítulo 2 - Bonjour :)


Os corredores estavam vazios e só seus passos podiam ser ouvidos. Sua túnica bruxa verde-esmeralda esvoaçava junto de seu cabelo enquanto andava em direção ao Salão Principal. Harry havia passado no Beco Diagonal naquele último mês antes das aulas começarem.

Se surpreendeu ao passar pelo Gringotts e descobrir que a morte o tinha deixado uma fortuna naquela vida, assim como livros de magia negra muito interessantes. Ele também aproveitou para comprar roupas e uma vassoura. Não era porque era um professor que seria impedido de voar, mesmo que não pudesse jogar com os alunos.

Chegou ao salão, cumprimentando os fantasmas e os outros professores. Sentou-se ao lado do que seria o lugar de Dumbledore. Harry tinha comprado um anel que protegia sua mente de contra ataques. Muito útil contra Dumbledore e Riddle. Pensou.

Ainda não sabia qual abordagem usaria contra Tom. A morte o tinha dito para fazer o que quisesse, mas aquilo era um tanto vago demais. Por enquanto, iria apenas observar, afinal, ele não sabia como o menor seria… seu único contato foi com o diário e bem, não foi exatamente uma experiência muito boa.

Potter tinha quase certeza que Riddle era monitor da Sonserina esse ano, talvez aqui pudesse ser útil para eles se aproximarem? Pensando agora, ser professor de Tom não era exatamente a melhor posição para ganhar a confiança do moreno… Vou ter que trabalhar com o que tenho. Harry pensou.

Nesse momento, os alunos começaram a entrar sorrindo e conversando no salão. A maioria não pareceu notar a falta de Galateia, apenas alguns corvinos e sonserinos notaram sua presença. Ele sorriu para todos, mas sua atenção foi desviada quando uma cópia quase perfeita de Draco Malfoy entrou no salão.

Aquele deve ser Abraxas. Pensou o moreno. A genética Malfoy era impecável. Potter só poderia diferenciar Draco do avô por causa dos cabelos. Abraxas tinha cabelos longos até as coxas, superando quase todas as meninas da escola. Harry soltou uma risada baixa, imaginando Abraxas pedindo ajuda para pentear um cabelo tão longo.

Ao lado de Malfoy estavam Avery, Carrow, Black, Rosier, Lestrange e, entrando quase por último no salão, estava Riddle. Potter não tinha certeza o que esperava, mas com certeza não era aquilo. Tom parecia adorável! Que ele era bonito, Harry havia descoberto durante seu segundo ano… Mesmo assim, sem o Basilisco ou o cenário assustador da Câmara Secreta, Riddle parecia quase angelical. Se o dissessem naquele momento que Tom era um lunático e ele não soubesse disso, Harry negaria sem sequer piscar.

Dumbledore e os primeiranistas entraram no salão por uma porta à parte, mas Potter mal prestou atenção. Estava surpreso demais até para notar que, em dado momento, Avery apontou para Harry e Tom o olhou. Saiu de seu devaneio apenas quando o Diretor Dippet o apresentou para a escola.

- Devido ao triste falecimento da Professora Merrythought, gostaria de apresentar o novo professor de Defesa Contra Artes das Trevas, senhor Harrison James Riley.

Harry se levantou e sorriu para o salão, ouvindo os alunos educadamente aplaudindo-o. Voltou a sentar-se e o jantar se iniciou. Dumbledore sentou-se ao seu lado e sorriu. Potter não confiava nem um pouco neste Dumbledore, afinal, ele era bem mais jovem.

Durante o resto do jantar, tentou ignorar as tentativas de conversa de Alvo, que parecia irritado por não saber nada sobre o novo professor. Apesar de ter vasculhado o Ministério em busca do histórico de Riley, ele não havia achado nada. Até onde ele sabia, Harrison James Riley poderia ter nascido ontem.

Quando o jantar chegou ao fim, Harry observou Riddle, em sua aparência angelical, deixar o são Salão Principal com os novos sonserinos. O moreno foi para seu quarto, sentou-se em sua cama e olhou em volta. Seus olhos pararam em seus papéis de aula, sua organização e suas notações. 

Teria a última aula com o quinto ano, Sonserina e Grifinória. Esperava que tudo corresse bem, já que o Diretor Dippet já havia aceitado suas propostas de aula.

 

---§---

 

- Bom dia, alunos. - Harry sorriu. - Sei que esta é a última aula antes do almoço, mas peço a atenção de todos. - Potter, agora Riley, olhou os alunos do quinto ano, que o encaravam de volta. - Meu nome é Harrison Riley, podem de chamar de Professor Riley.

Harry fez uma pausa, esperando algum dos alunos falar algo, ou mesmo mostrar alguma reação, mas ninguém abriu a boca.

- De acordo com os registros de aula da Professora Galanteia, - Ele continuou. - O conteúdo do ano anterior de vocês foram bicho-papões, grindylows, hinkypunks, kappas, barretes vermelhos, vampiros e lobisomens, o que significa que estão adiantados, pois, esta seria a matéria deste ano. Estou correto?

Alguns alunos balançaram a cabeça afirmativamente, murmurando algumas outras coisas.

Harry não tinha olhado para o grupo de Riddle ainda, mas sabia que todos o olhavam, podia sentir a presença mágica vindo de canto da sala onde estavam os sonserinos.

- Neste caso, explicarei o conteúdo deste ano. - O moreno sorriu e balançou a varinha, fazendo o giz escrever no quadro preto conforme ele falava. - Como o quinto ano é o último ano em que Defesa Contra a Arte das Trevas é uma matéria obrigatória, e vocês estão adiantados. - Harry fez uma pausa, abrindo um pouco mais seu sorriso. - Veremos este ano, arte das trevas.

Alguns alunos se entreolharam e murmurinhos começaram de todos os lados. Harry podia sentir o interesse de alguns alunos (maioria Sonserina) e o receio de outros. Um aluno da Grifinória levantou a mão, parecendo nervoso.

- Sim? Senhor…

- Potter, senhor.

 

[É isso, acabou, não vai ter mais... leiam as notas do autor]


Notas Finais


:)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...