História Professora da minha irmã - Capítulo 27


Escrita por:

Postado
Categorias Camila Cabello
Personagens Camila Cabello
Tags Camilacabello, Camren, Fifthharmony, Laurenjauregui
Visualizações 571
Palavras 1.718
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Volteiii... como estão?

Vamos ver como a treta se desenrolou?

Espero que vocês gostem!!!!

Qualquer erro já sabem, certo?

Boa leitura!😘

Capítulo 27 - Capítulo 27


Pov: Camila: 


- ESTÁ MALUCA? - Perguntei.

- Me solta, está machucando! - Ela reclamou tentando tirar minha mão do braço dela.

- Eu solto se você entrar para podermos conversar como duas adultas! - Falei.

- Conversar oque? Você vai pedir desculpas e depois dizer que quer mudar para depois fazer o mesmo denovo! Chega Camila! - Lauren disse tentando sair de meus braços.

- Aquele idiota estava dando em cima de você! - Falei.

- Eu não vou repetir a briga, eu vou para casa! - Lauren disse.

- VOCÊ VAI SUBIR COMIGO! - Gritei.

- Eu não quero Camila, me solta! - Pediu.

- Amor... por favor! - Pedi.

- Chega Camila, não está nos fazendo bem, e eu já estou cansada! - Ela disse.

- Você não vai terminar comigo! - Falei incrédula.

- Vou! Vai ser melhor assim. - Lauren disse.

- Melhor para quem? - Perguntei irritada!

- Para nós duas! - Ela disse.

- VOCÊ GOSTOU DO ZYAN E POR ISSO TÁ TERMINANDO, PARA PODER FICAR COM ELE! - Afirmei irritada.

- Claro que não... Para de gritar! - Choramingou.

- CALA A SUA BOCA! - Esbravejei.

- Me deixa ir embora! - Pediu.

- APOSTO QUE VAI SE ESFREGAR EM ZYAN! - Cuspi as palavras.

- Esse seu pensamento só prova que o certo é acabar logo com isso! - Lauren disse baixo.

Soltei ela e ela começou a caminhar.

- Vadia! - Falei. Ela ouviu e se virou vindo até mim.

- Oque disse? - Perguntou.

- VADIA! APOSTO QUE QUER SAIR COM ZYAN! - Gritei. Ela me encarava, parecia irritada. Mas não disse nada apenas virou as costas. Mas antes que ela pudesse dar um passo segurei o braço dela.

- VOCÊ NÃO VAI ME DEIXAR! - Gritei.

- Camila, para! - Pediu.

- VOCÊ É MINHA, ENTENDEU? - Falei. Ela negou com a cabeça.

- Por favor... - Choramingou.

- SE EU VER VOCÊ COM ZYAN, EU VOU ARREBENTAR A CARA DELE! - Falei.

A soltei, ela me encarou e virou as costas começando a caminhar.

Me ajoelhei no chão e fiquei olhando ela caminhar cada vez para mais longe de mim.

Senti as primeiras lágrimas e sabia que elas não seriam as únicas, depois das primeiras eu não conseguia mais parar.

Consegui me levantar e subi para meu apartamento, quando entrei lá eu desabei.

Vi a mochila de Lauren ali, eu perdi ela, ela tinha acabado de ir embora.

Fiquei deitada no sofá mesmo, não quis fazer mais nada.


Pov: Lauren: 


Minha garganta está doendo, minhas lágrimas não param de cair, então foi tudo tão de repente, ela apareceu e virou meu mundo de cabeça para baixo, e não eu não estou reclamando, foram sensações maravilhosas.

Mas o ciúme dela, é algo que não depende de mim, pois eu não preciso dar motivos para ela surtar. Eu estou assustada, eu pensei que ela iria me bater, eu senti muito medo.

Eu a amo, está doendo acabar oque mal começamos, eu gostaria de construir algo com ela, e como gostaria mas aquele ciúme ia nos prejudicar como já estava prejudicando.

Ela queria bater em pessoas, isso não está certo, ela machucou meu braço pois ela o apertava e isso também não está certo.

Eu acho que ela precisa de um tempo, talvez ela melhore isso e enxergue que foi melhor, eu não sei lidar com essas coisas.

E eu tentei, eu quis mesmo ficar com ela, como quero agora! Mas essas crises não me fazem bem e nem para ela.

Eu não conseguia parar de chorar, quando cheguei em casa, rezei para que Vero e Lucy estivessem dormindo, não me entendam mal eu amo minhas amigas, mas agora eu quero chorar sozinha!

Entrei, e elas estavam na sala. Droga!

Elas em encararam, expressões confusas, e as duas logo correram até mim quando viram que eu chorava.

- Lo? Oque aconteceu? - Vero perguntou me abraçando.

Apenas o abraço me fez chorar mais. Lucy se juntou a nós.

- Vamos colocar ela no sofá amor! - Lucy disse.

Então nos sentamos no sofá. As duas me abraçavam.

- Oque aconteceu bebê? - Vero perguntou.

- Eu e Camila terminamos! - Consegui dizer.

- Ah meu amor! - Lucy disse e me abraçou forte.

- Ela fez algo com você? - Vero perguntou. Neguei, não quero confusão

- Vocês estavam tão bem! - Lucy disse.

- Ela ficou com ciúme denovo, eu achei melhor terminar. - Falei. - Mas agora tudo oque consigo pensar é em como quero o abraço dela! - Confessei.

- Vai ficar tudo bem, você fez o certo! Ela tem que melhorar. - Lucy disse fazendo carinho nos meus cabelos.

- Eu a amo! - Confessei. E instantâneamente minhas lágrimas aumentaram.

...


Pov: Camila: 


Acordei e estava no sofá agarrada em uma blusa de Lauren.

Lembranças da noite passada invadiram minha cabeça, eu preciso falar com Lauren.

Levantei e lavei o rosto, e sai correndo para a casa de Vero.

Quando cheguei lá bati na porta e Lucy abriu.

- Lauren está? - Perguntei. - Por favor me deixa falar com ela! - Pedi.

- Vai para casa Camila! - Ela disse.

- Lucy, por favor me deixa falar com ela... - Pedi e ela suspirou.

- Ela não quer te ver, respeite isso! - Falou.

- Lucy! - Eu estava quase implorando.

- Não posso te ajudar, desculpe! - Ela disse e fechou a porta.

Mas que droga! Sai de lá e voltei para casa, me deitando na minha cama e decidindo que ali seria meu mais novo lar.

...

~ 1 semana depois ~ 


Já faz uma semana que eu não tenho nenhum sinal de Lauren, isso está me matando!

Eu a procurei e tentei falar com ela de vários jeitos, ia ao parque sempre que possível mas ela não estava lá, ia na casa de Vero mas sempre tinha alguma desculpa, pedi até para minhas amigas tentarem falar com ela, ela as recebeu mas pediu que não falassem sobre mim.

E agora eu estou enlouquecendo, eu não sei oque ela tem feito, não sei se ela está bem, as meninas, quando foram lá me disseram que ela estava com uma cara péssima e que mal sorria, e isso me cortou por dentro.

Agora eu estou no parque sentada no banco amarelo, já tenho quase certeza que ela não vem mas estar aqui me faz sentir perto dela, e eu me apeguei a vir aqui.

Estava distraída em meus pensamentos quando a vi, ela estava distraída com uma flor nas mãos, ela não me viu mas eu não consegui tirar meus olhos dela.

Ela estava tão linda, usava uma camisa xadrez vermelha que ia até a metade de suas coxas, certamente usava algum short mas não dava para ver.

Me levantei caminhando até ela.

- Lauren! - Saiu quase como um sussurro.

Ela tirou os olhos da flor e me encarou, não estava sorrindo, parecia assustada, mas continuava linda!

- Oh meu Deus, senti sua falta! - Falei animada. Eu queria abraçá-la, mas eu tinha medo de o fazer e ela se afastar.

- Oi Camila! - Ela disse simples.

- Acho que precisamos conversar! - Afirmei. A boca dela é tão linda, estou com tanta vontade de beijar.

- Ah... eu tenho que ir! - Ela disse se virando para ir embora mas a segurei pelo braço.

- Por favor! - Pedi. Ela me encarou.

- Não temos oque conversar, terminamos! - Lauren disse.

- Não fale assim! - Falei.

- É a realidade! - Ela disse.

- Eu queria pedir desculpas... pela forma que agi! - Falei. Ela respirou fundo.

- Você não precisa, já passou! - Falou.

- Eu sinto sua falta! - Falei. Tentei tocar o rosto dela mas ela desviou. - Oque foi? - Perguntei.

- Eu... ah... é eu tenho que ir! - Ela disse parecendo nervosa. Segurei novamente no braço dela mas ela o puxou rapidamente.

- Não posso te tocar agora? - Perguntei. Ela me encarava.

- Camila... - Ela ia dizer mas a cortei.

- Depois de tudo que tivemos, você vai mesmo ficar me ignorando? Como se não me conhecesse mais? - Perguntei incrédula.

- Eu preciso de um tempo, você pode respeitar isso? - Perguntou.

- Você já teve uma semana, porra eu sinto tanto a sua falta, tenho vindo aqui todos os dias só para te ver! - Falei. Ela passou as mãos pelos cabelos.

- Tudo bem, oque você quer? - Perguntou.

- Eu quero você, quero ficar com você como antes! - Falei rápido, talvez mais rápido do que eu esperava. - Me dê mais uma chance, por favor! - Pedi.

- Camila... - Sussurrou.

Só deus sabe o quanto eu estou me segurando para não beijar ela agora mesmo.

- Não gosta mais de mim? - Perguntei insegura.

- O pior é que eu gosto! - Ela disse.

- Então fica comigo, eu vou mudar, eu prometo! - Eu nunca fui de implorar, mas se for preciso eu me ajoelho aqui.

Ela negou com a cabeça, me aproximei dela e ela tentou desviar mas eu fui mais rápida.

A puxei pela cintura colando nossos corpos.

- Por favor! - Pedi. Estávamos bem próximas.

Ela me encarou, tirei uma das mãos da cintura de Lauren e acariciei a bochecha dela com a mesma.

Aproximei meu rosto do de Lauren, encarando os lábios dela, fui me aproximando pronta para finalmente beija-los, mas ela virou o rosto.

- Camz! - Sussurrou.

Continuei com meu rosto bem próximo do dela.

- Eu preciso de você! - Confessei e beijei a bochecha dela demoradamente.

Como eu estava com saudade dela, puxei o ar pelo nariz e senti seu cheiro, fechei os olhos para aproveitar a sensação maravilhosa que me atingiu.

Senti meus olhos começando a lacrimejar, eu não posso começar a chorar agora!

- Lolo? - Chamei e ela respondeu com um som nasal. - Me perdoa? - Pedi sentindo minhas lágrimas já começando a cair.

- Camz... para! Eu... eu preciso ir! - Lauren disse se afastando de mim.

Dessa vez a deixei ir, fiquei assistindo ela se afastar até conseguir caminhar para minha casa também.

Quando cheguei, me joguei no sofá e me permiti, mais uma vez chorar.

...

Pov: Lucy: 


- Amor, estou preocupada com a Lauren! - Vero disse. Lauren tinha acabado de chegar chorando, ela tinha ido ao parque, passou aqui e disse que queria ficar sozinha.

- Podemos levar ela em alguma balada para ela se distrair, oque acha? - Sugeri e Vero me encarou.

- Eu acho uma ótima idéia! - Ela disse e sorriu.

Deixamos Lauren sozinha o resto do dia, mas quando estava anoitecendo subimos até lá para arrastar ela para alguma festa.

Abri a porta e ela estava encolhida na cama, Vero e eu nos aproximamos.

- Lo? - Vero chamou. Ela levantou a cabeça e nos encarou.

...


Notas Finais


Então como estamos? Lauren não cedeu...

Acham que levar Lauren em uma festa vai fazer bem a ela?

Oque vocês esperam da Camila?

Obrigada pelos 100 favoritos, isso me deixou feliz❤

Até o próximo capítulo, que provavelmente vai surpreender vocês 🙊 a boca chega coçar para dar spoiler hahahaha...

Beijinhos😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...