História Professora da minha irmã - Capítulo 31


Escrita por:

Postado
Categorias Camila Cabello
Personagens Camila Cabello
Tags Camilacabello, Camren, Fifthharmony, Laurenjauregui
Visualizações 547
Palavras 3.308
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olha quem voltou???? Eu mesmo!!!!

Eu não pretendia demorar tanto...

Aqui está mais um capítulo para vocês❤

Qualquer erro me desculpem!!!

Boa leitura😘

Capítulo 31 - Praia!


Fanfic / Fanfiction Professora da minha irmã - Capítulo 31 - Praia!

Pov: Lauren: 


Entrei em casa, passei pela sala e vi que Vero e Lucy estavam ali.

- Cheguei! - Avisei.

Elas me encararam, Vero levantou e veio até mim, ela colocou meu cabelo para trás.

- Você tá pegando a mãe da Camila? - Vero perguntou incrédula.

- Claro que não! - Respondi segurando o riso.

- Que marcas são essas?... Não me diga que... - Ela não terminou de falar, apenas me encarava.

- Sinuh não estava lá, era Camila! - Falei. Lucy levantou e veio até mim também.

- Voltaram? - Lucy perguntou.

- Sim! - Falei. - Eu decidi dar mais uma chance! - Continuei.

- Eu te amo Lolo, mas eu não acho que ela seja a pessoa certa pra você! - Vero disse calma.

- Eu a amo Vero! - Falei.

- Eu juro... Se ela vacilar mais uma vez, quem vai resolver sou eu! - Vero disse.

A abracei, Vero é muito importante para mim, eu não sei oque seria de mim se não fosse ela e Lucy.

- Eu te amo! - Falei. Ela me apertou nos braços dela.

- Eu também te amo! - Falou.

Lucy se juntou a nós no abraço. Depois eu subi e tomei um banho para dormir.

...

Acordei no outro dia bem cedo, eu vou procurar um estágio.

Já estava na frente da empresa, quando eu esbarrei em alguém. Isso Lauren, parabéns começou bem.

- Desculpa! - Falei. Olhei para ele, era Zyan, então sorri.

- Laur? Que bom vê-lá! - Ele disse e beijou minha bochecha. - Oque faz aqui? - Perguntou.

- Estágio! - Falei. - E você? - Perguntei.

- Eu trabalho aqui, meu pai é dono dessa empresa! - Ele disse. Por essa eu não esperava.

- Achei que você concertava pias! - Falei brincando e ele sorriu.

- Ah, é apenas um hobby! - Entrou na brincadeira e eu sorri. - Mas vamos, eu te acompanho! - Ele disse sorrindo.

Subimos para o segundo andar, onde eu iria fazer uma entrevista.

Entramos em uma sala, Zyan sentou-se de frente para mim.

- Bom, vamos a entrevista! - Ele disse sorrindo.

- É você quem vai me entrevistar? - Perguntei.

- A princípio não era, mas eu quero fazer isso! - Falou. Apenas sorri.

- Nome? - Perguntou e eu gargalhei.

- Ana! - Brinquei.

- Está contratada! - Falou e eu sorri. - Estou falando sério! - Ele disse.

- Mas como? Você nem sabe se eu me encaixo! - Falei.

- Eu sei que é uma garota incrível, não vai decepcionar ninguém! - Ele disse. - Você começa segunda-feira! - Falou.

- Ah meu Deus, obrigada! - Falei.

- Quando chegar aqui na segunda, fale comigo mesmo, eu vou te explicar tudo oque você quiser saber! - Falou.

Eu não acredito, eu vou ter um emprego!

- Obrigada mesmo Zyan, isso é muito bom! - Falei. Ele sorriu.

- Vamos, me dê um abraço! - Ele disse ficando de pé, abrindo os braços.

Fui até ele e o abracei, depois me despedi dele e voltei para casa.

Quando entrei já pulei em Vero que estava deitada no sofá.

- EU CONSEGUI! - Gritei animada.

- Ah parabéns meu amor! - Ela disse e me abraçou.

- Começo na segunda! - Falei animada.

- Estou muito feliz por você! - Vero disse.

- Eu vou procurar um lugar para mim! - Falei. Ela fechou a cara.

- Não precisa ter preça, gosto de ter você perto! - Ela disse.

- Eu quero começar a ter minhas próprias coisas! - Falei.

- Você pode ficar aqui, não está atrapalhando, pelo menos aqui tenho certeza que você está bem! - Falou.

- Eu nunca vou saber agradecer tudo oque você e Lucy fizeram por mim! - Falei.

Eu sabia que ela não ia aceitar bem eu querer ir embora, mas eu queria ser independente.

- Cadê a Lucy? - Perguntei.

- Foi ver os pais dela! - Vero disse. - Keana vai vir aqui, para dormir! - Falou.

- Ah, ok! - Falei. Subi para meu quarto e troquei de roupa, colocando um short curto e uma camiseta que ia até o meio das minhas coxas.

Quando desci, Keana já estava lá na sala.

- Oi Lern! - Ela disse assim que me viu.

Me aproximei e beijei o rosto dela, e ela sorriu.

- Vou ficar o resto dia, e a noite com vocês! - Falou animada.

- Lucy vai dormir nos pais dela? - Perguntei e Vero assentiu. Será que elas brigaram?

Vero foi para a cozinha preparar algo para nós três almoçar, e Keana e eu ficamos na sala.

- Você fica cada dia mais bonita! - Falou.

- Que isso! - Falei um pouco envergonhada. Eu não sei reagir a elogios.

Ela sentou ao meu lado no sofá, colocando a mão na minha coxa.

- Eu falei com Taylor! - Sussurrou. Eu sinto tanta falta da Tay.

- Como ela está? - Perguntei.

- Está bem, ela perguntou de você! - Falou. Ok, agora eu estou surpresa.

- De mim? - Perguntei.

- Sim docinho, ela está sentindo sua falta! - Falou. Sorri. Eu amo a Tay, ficar brigada com ela não é algo que eu queira, seria ótimo ter minha irmã mais velha de volta.

- Eu também, sinto muito a falta dela! - Afirmei.

- Vocês poderiam se encontrar e resolver isso logo! - Falou Keana.

- É oque eu mais quero! - Falei e sorri.

Keana me abraçou, acho que ela sentiu que eu queria chorar.

Depois de algum tempo, Vero nos chamou e fomos almoçar. A comida estava ótima!

Terminamos de comer e Keana e eu ficamos responsáveis pela louça, já que Vero tinha cozinhado sozinha.

Quando terminamos a louça, Vero disse que precisava ir até o mercado, ia comprar algumas coisas.

Ficamos Keana e eu no sofá, não tinha nada para fazer então ela apenas fez pipoca e colocou um filme.

Eu nem estava prestando atenção, estava pensando em Vero e Lucy.

Ouvimos barulho na porta, Vero voltou rápido.

- Fizemos pipoca Vero! - Keana disse.

Olhamos para trás e não era Vero que estava ali, era Camila.

- Camz? - Falei e levantei do lado de Keana.

- Eu estou atrapalhando alguma coisa? - Perguntou encarando Keana.

- Claro que não! - Falei e sorri. - Estávamos só assistindo a esse filme! - Falei e apontei para a tv.

- Sozinhas? - Perguntou Camila, agora me encarando.

- Sim, Vero foi ao mercado! - Falei. Vi que ela respirou fundo.

Ela nada disse, apenas nos analisava.

- Eu vou subir e tomar um banho Lern! - Keana disse e subiu.

Camila me encarava séria, eu estou com medo que ela exploda.

- Eu estou com raiva, mas eu não quero brigar com você! - Falou e fechou os olhos.

Fui até ela e a abracei, ela retribuiu.

- Você não acha que uma ajuda proficional seria bom? - Perguntei.

- Eu não sou louca Lauren! - Ela disse.

- Eu não disse que você é... Mas seria legal procurar e melhorar isso! - Falei.

- Já vai passar! - Falou e deixou um beijo no topo da minha cabeça.

- Você sabe que não fizemos nada demais né? - Perguntei.

- Sim, mas só de saber que ela estava te tocando me dá vontade de socar a cara dela! - Ela disse.

Ela sentou no sofá me puxando fazendo eu me sentar junto. Comemos um pouco da pipoca até Keana se juntar a nós.

Camila colou em mim, em todo lugar da casa que eu ia ela ia atrás.

Levantei para ir ao banheiro e ela levantou vindo atrás.

- Camila eu só vou ao banheiro! - Falei parando de caminhar no meio do corredor.

Ela ficou parada e eu segui até o banheiro, depois que saí ela ainda estava ali.

- Tô me sentindo uma cantora pop e você é o segurança que não sai do pé! - Falei e ela me encarou.

- Por que você não coloca uma calça? - Ela perguntou ignorando oque eu tinha acabado de falar.

- Porque não está frio aqui! - Respondi óbvia.

- Mas você poderia colocar, ela fica olhando para suas pernas! - Camila disse. Encarei ela incrédula.

...

Pov: Camila: 


Eu estava de olho em Keana, ela não tirava os olhos de Lauren, e eu a peguei encarando as pernas de Lauren, já que Lauren usava um short curto.

Acabei de pedir para ela colocar uma calça, pois já está me incomodando demais.

- Coloque uma calça logo, está realmente me incomodando! - Falei com calma.

Ela não falou nada, apenas entrou no quarto dela. Fiquei parada na porta, depois de alguns minutos ela saiu e vestia uma calça de abrigo.

Nem me olhou e desceu as escadas, desci atrás.

- Vero tá demorando né? - Keana disse para Lauren.

- Estou preocupada já! - Lauren disse.

- Quer ligar para ela? - Keana perguntou oferecendo o celular o qual Lauren pegou.

Lauren digitou algo no celular de Keana e depois levou o mesmo para o ouvido.

Olhei para Keana que comia Lauren com os olhos, assim como antes. Qual o problema dela?

- Ela não atende! - Lauren reclamou.

- Vamos esperar ela voltar! - Keana disse.

- É amor, fique calma! - Falei.

- Você ficou um amorzinho com essa calça Lern! - Keana comentou sorrindo. Tive que me segurar para não socar a cara dela.

Lauren não disse nada, apenas me encarou.

Respirei fundo e consegui me controlar para não voar na cara dela.

- Você vai dormir aqui Camila? - Keana perguntou.

- Não sei! - Respondi.

- Acho que provavelmente Vero volta daqui a pouco, então não tem como dormir na cama dela, vamos ter que dormir todas juntas! - Falou e sorriu.

Nem a pau que ela vai dormir ao lado de Lauren.

- Eu durmo no sofá sem problemas! - Lauren disse.

- Claro que não, sua cama é grande! - Keana disse. Como ela sabe? Será que ela já dormiu com Lauren lá?

- Eu não vou dormir aqui! - Falei morrendo de raiva.

A tarde passou rapidinho, já estava anoitecendo e nada de Vero aparecer, Lauren já estava pirando.

- Precisamos ir atrás dela! - Lauren disse.

- Mas onde? - Perguntei.

- Eu não sei... - Lauren disse nervosa.

- Vamos manter a calma, Vero é responsável ela deve estar tirando um tempinho só para ela! - Keana disse com uma das mãos no joelho de Lauren.

Fuzilei ela com meu olhar, mas a vaca não tirou a pata suja de cima de Lauren.

- Eu vou indo amor! - Falei. Lauren me encarou.

Levantei e ela levantou também me levando até a porta.

Deixou um selinho em meus lábios, vi que Keana nos encarava e puxei Lauren para um beijo de verdade.

Ela não correspondeu, então desci para o pescoço dela.

- Camz, para! - Ela pediu.

Ignorando totalmente o pedido dela, escorreguei uma de minhas mãos para a bunda dela. Voltei a beijar os lábios dela, mas ela virou o rosto no meio do beijo.

- Não estou no clima! - Ela disse baixo.

- Fala sério Lauren! - Reclamei.

Então sai de lá sem dizer nada, e ainda bati a porta. Oque custava ela me dar um beijo decente?

Entrei no meu carro e peguei um cigarro...

...

Pov: Vero:


Já está anoitecendo, eu ainda não fui para casa. Lucy foi visitar os pais dela porque cismou denovo que eu estava de rolo com uma coléga antiga da faculdade.

Mas ela apenas mandou uma mensagem me convidando para uma festa na casa dela, a qual eu nem pensei em ir.

Tivemos uma discussão e ela disse que passaria a noite com a família e que era para eu refletir um pouco.

Eu me senti triste por ela pensar que eu teria algo com minha amiga, nem posso dizer amiga, é uma ex coléga. Estamos a tanto tempo juntas que ela não deveria ter esse tipo de ciúmes.

Eu estou na praia, gosto de vir aqui quando me sinto triste.

Peguei meu celular e vi várias chamadas perdidas de Keana. Droga, Lauren deve estar preocupada.

Liguei de volta para Keana, nem chamou duas vezes e já atendeu.

- Vero? Você está bem? Onde você se meteu? - Era a voz de Lauren.

- Eu estou bem meu amor, calma! - Falei.

- Você quase me matou! - Falou. - Onde você está? - Perguntou.

- Estou na praia! - Falei.

- Estou indo para ai! - Lauren disse.

Nem me deixou responder e desligou. Espero que ela venha sozinha, não que eu não goste de Keana, mas só me sinto a vontade com Lauren.

Fiquei sentada na praia, no mesmo lugar, acho que por uma hora!

Então senti uma presença ao meu lado, depois braços me rodeando. Eu sabia que era Lauren.

- Você me assustou! - Ela disse ainda abraçada em mim.

- Tá tudo bem! - Falei. - E Keana? - Perguntei.

- Ela me deixou aqui e foi para casa dela! - Falou. - Mas oque aconteceu? - Perguntou.

- Briguei com Lucy! - Falei.

- Por que? - Perguntou.

- Lembra que você foi ver o estágio? - Perguntou e eu assenti. - Recebi uma mensagem da minha ex coléga, ela me chamou para uma festa. Então Lucy surtou e acabamos brigando! - Falei e respirei fundo.

- Conseguiram conversar ou só discutiram? - Perguntou.

- Lucy não me deixou falar direito, apenas disse que ia para a casa dos pais dela! - Falei meio triste.

- Olha Vero, isso é bom que vocês vão poder esfriar a cabeça! - Falou fazendo carinho nas minhas mãos.

- Mas ela realmente acha que EU iria TRAIR ela? - Perguntei.

- Tenho certeza que não é isso, Lucy deve ter ficado com ciúme e agiu por impulso, mas não porque acha que você faria algo errado e sim porque sabe que a garota quer que você faça... Entende? - Perguntou.

- Um pouco... eu odeio brigar com ela! - Falei sentindo algumas lágrimas brigando para cair.

- Eu sei! - Falou. - Tenho certeza que as coisas vão se resolver! - Lauren disse.

- Desculpa ter te deixado sozinha com Keana! - Pedi. Eu sabia que podia dar problemas caso a Camila ficasse sabendo.

- Não ficamos muito tempo sozinhas, Camila chegou lá! - Falou e eu arregalei meus olhos.

- Ela brigou com você? - Perguntei.

- Não... quer dizer... não sei! - Falou.

- Não entendi! - Falei confusa.

- Não brigamos... Ela apenas quis me beijar mas eu estava preocupada com você e disse a ela que não estava no clima... Bem ela ficou chateada e saiu batendo porta! - Falou. Camila é mesmo uma otária!

- Você não está errada, não se preocupe! - Falei.

- Keana me disse isso! - Falou. - Eu só quero evitar brigas, mas Camila é bastante complicada! - Respirou fundo.

- Ela precisa de psicólogo Lolo, parece que tem duas Camila! - Comentei.

Ela apenas deitou a cabeça no meu ombro abraçando minha cintura.

É tão bom estar com ela, Lauren tem algo nela que só de estar perto já te faz bem. É o tipo de pessoa que mesmo tendo passado tudo oque passou, só tem doçura e carinho por todo mundo.

Eu nunca vou conseguir descrever o quão maravilhosa ela é, e o quão bem ela me faz.

...

Pov: Dinah:


Estava bem deitada no meu sofá, Mani tinha ido ajudar Ally a fazer alguma surpresa para Troy e então iria dormir lá. Elas até me convidaram, mas eu preferi ficar em casa comendo.

Estava distraída quando Camila entra igual um furacão pela porta, depois a fechou com força.

- Use mais força, não quebrou ainda! - Comentei. Ela estava séria. - Oque deu em você? - Perguntei.

- Nada! - Falou rápido.

- Você tá com cheiro de cigarro, desde quando você fuma? - Perguntei enquanto me aproximava dela.

- Não enche Dinah! - Falou.

- Qual a besteira que você fez dessa vez? - Perguntei.

- Não fiz nada! - Falou.

- Encheu o cu de cigarro por que? - Perguntei.

- Lauren... não quis me beijar! - Falou.

- Com esse cheiro de cigarro, quem iria querer? - Perguntei.

- Eu não tinha fumado, ela estava preocupadinha com a Vero, fui beijar ela e ela disse que não estava no clima! - Falou.

- Você é muito insensível! - Falei.

- Eu? Ela que não quis me beijar! - Falou irritada.

- Você precisa tomar um banho, tirar esse cheiro de cigarro e pegar o pouco de sensibilidade que tem para começar a usar! - Falei.

- Eu a amo! - Falou.

- Eu não dúvido disso! - Falei. - Sobe lá e toma um banho! - Falei.

Ela subiu e eu peguei uma calça de abrigo e uma camiseta minha para ela.

Deixei na cama e ela entrou no banheiro, desci e fiquei na sala esperando ela.

Ela desceu depois de meia hora, de cabelos molhados e sem aquele cheiro horrível.

- Olha só para você! - Falei e ela forçou um sorriso. - Está mais calma? - Perguntei, ela assentiu.

- Eu fui uma idiota! - Falou.

- Que bom que você sabe! - Falei.

- Obrigada! - Falou sarcástica.

- Camila, eu vou te dizer uma coisa, porque sou sua melhor amiga e só quero o seu bem, ok? - Falei e ela assentiu. - Procure ajuda proficional, ou se separe de Lauren, você não vai fazer bem a ela assim! - Falei sincera.

- Não vou me separar de Lauren, eu a amo! - Falou rápido.

- Então procure ajuda, se não é isso que vai acontecer! - Falei.

- Mas eu vou dizer oque? - Perguntou.

- Que tal algo como "olá eu sinto ciúme possessivo da minha namorada eu fico muito agressiva, poderia me ajudar?" - Sugeri.

Ela não disse nada, apenas se encolheu no sofá.

Fui até ela e a abracei, apertando ela em meus braços.

- Vai te fazer bem amiga! - Falei. Senti ela me abraçar forte.

- Obrigada Dinah, eu te amo muito! - Falou.

- Eu também te amo bunduda! - Falei deixando um beijo no topo da cabeça dela. - Eu vou com você se você quiser! - Me ofereci.

Eu sabia que deveria estar sendo difícil para ela também, essa Camila possessiva é tão nova para nós quanto para ela.

Camila nunca foi de se apegar a ninguém, ela sempre ficava com garotas por um noite, no máximo duas. Era uma galinha de carteirinha.

Eu não apoiava ela com Lauren, pois achei que ela usaria Lauren igual usa essas garotas, e Lauren é uma garota jovem, poderia dar problemas a ela.

Quando vi que ela estava apaixonada e que Lauren fazia bem a ela, meu apoio total foi a elas.

Mas Camila mudou tanto, ela tem ciúme até se alguém olhar para Lauren e isso não é normal e muito menos saudável.

Lauren mais cedo ou mais tarde vai cansar disso, isso vai desgastar a relação bonita que as duas podem ter. Se Camila não procurar ajuda, certeza que a relação delas não vai para frente.

Eu como melhor amiga de Camila vou fazer o possível para ajudar ela, vou começar levando ela a ajuda proficional, assim podemos saber o porque desse ciúme todo e oque fazer para passar.

...

Pov: Zyan:


Estava caminhando na praia quando meus olhos focaram nela. Linda! Estava sentada na areia com uma outra garota.

Me aproximei das duas, quando Lauren me viu, abriu um sorriso lindo, enquanto a amiga dela me encarava confusa.

- Olá! - Cumprimentei chegando perto.

- Oi! - Lauren disse. - Ele é Zyan! - Falou para a garota ao lado dela. - Ele que me deu o emprego! - Falou animada.

- Ah, eu já gosto de você! - Amiga dela falou. - Prazer, sou Vero! - Apertou minha mão.

- Não esperava te ver aqui! - Falei para Lauren.

- Eu não esperava vir aqui hoje! - Ela disse.

- Podemos dar um mergulho! - Sugeri. A amiga de Lauren levantou.

- Vamos! - Falou.

Lauren levantou e tirou a blusa e a calça que usava, eu não sou nenhum tarado, mas foi impossível não reparar no quão linda ela é.

Depois eu tirei minhas roupas também, e Vero fez o mesmo.

Então saímos os três correndo para a água, estava gelada, mas muito gelada!

- Meu Deus, eu tô com frio! - Lauren reclamou. A amiga dela mergulhava e nadava sem parar.

Me aproximei de Lauren e a abracei, senti ela ficar um pouco tensa, sorri para ela, talvez ela fique mais tranquila.

...


Notas Finais


E então????? Oque acharam??

E essa história da Taylor estar sentindo falta da Lauren? Iiiiiii

Será que a Camila vai procurar ajuda???

Será que vai dar treta com o Zyan? Sei não...

Briga do casal Vercy :c

Espero que tenham gostado!!!❤

Até o próximo capítulo... ❤👀


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...