História Proíba essa mentira- Imagine Park Jimin - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Hoseok, Jimin, Jin, Jungkook, Namjoon, Taehyung, Yoongi
Visualizações 66
Palavras 1.474
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Ecchi, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente, vou começar a postar um capítulo de cada famfic po dia, OK? Se não eu fico muito cheia

Capítulo 12 - Paz, finalm... Será?


Fanfic / Fanfiction Proíba essa mentira- Imagine Park Jimin - Capítulo 12 - Paz, finalm... Será?

{S/N POV's} 

Park contou todas as coisas que seus os seus "pais" fizeram, e eu preferiria não ter perguntado, eu fiquei chocada ao saber, a única coisa que eu queria era descer lá e denunciar os pais do garoto, mas... Eu não posso, não agora, e eu fiquei tão intertida nos meu pensamentos que não percebi os pais do Jimin atrás de mim (AT: eitaaa mas deu mera não? Pais do Jimin atrás Jimin?)

M/JM- olha só... Então quer dizer que você é uma mentirosinha? Não é novidade- senti uma pancada forte em minha cabeça e desmaiei

{Jimin POV's} 

Quando eu vi a S/N cair desmaiada na minha cama, eu paralisei, não soube como reagir, então só vi meus pais levarem ela do quarto e ouvi minha mãe trancando a porta. 

A única coisa que eu pensava era no que eles iriam fazer com ela, eu já sabia a resposta mas preferia não pensar nela, e sim em outras coisas mas a única coisa que vinha na minha cabeça era que eles iriam matá-la.

Mas..  Depois de tanto desespero, eu finalmente pensei em ligar pro Taehyung (bolinhos°BL°: MAS PUQUE TU NÃO PENSOU ANTES? —JM:culpem a autora, minhas lindas— AT:não vem me colocar no meio)  

•Ligação On•
-TAEHYUNG, EU PRECISO DE TU
TH- Que acontece? Seus pais? 
-SIM E... como você sabe? Ah deixa pra lá, eles levaram a S/N pra não sei lá aonde e eles vão matar ela
TH- QUE? Já tou indo, vou levar o Jungkook, meu amigo, policial 
- OK, mas vem logo eu tou preso, mas vou tentar sair
TH- OK 
•Ligação Off•

Depois que desliguei, fui tentar destrancar a porta, só que vai ser bem fácil, há eras  que eu fazia isso pra não ter que aturar meus pais me... Pra não ter que aturar eles 

Quando sai do quarto, desci as escadas e quando eu cheguei na cozinha ouvi a campainha, e quando abri vi Taehyung com o possível amigo policial 

TH- oi Jimin, esse é o Jungkook, ele é o policial que eu te falei 

JK- oi Jimin, olha... Antes de tudo, eu preciso saber algumas coisas dos seus pais

Ele perguntou exatamente tudo o que meus pais fizeram, tipo os assassinatos as torturas, tudo mais

TH- é exatamente o que você disse, Jungkook, mas... Como é que agente vai saber onde ela está? 

JK- Jimin, você tem alguma ideia? Tipo um lugar onde eles iam? 

- tem... Uma casa abandonada, onde até uma amiga minha foi estuprada lá(AT: lembram? A casa de "Eu queria poder me amar- imagine Namjoon") 

TH- que amiga? Eu sei que não é hora,  mas quem é? 

- Jheonny, Lee Jheonny

JK- p-pera... Quem?- pareceu meio confuso e intrigado- e-eu não acredito... 

- conhece ela?- assentiu em concordância 

JK- conheço sim... Ela é minha... Vamos deixar isso pra depois, agora vamos que se a S/N morrer, eu mato ela

- NEM fala isso- saímos correndo porta afora em direção ao carro do Taehyung 

{S/N POV's} 

Acordei num lugar estranho, uma casa abandonada pelo que eu vi. Eu não estava conseguindo me mexer direito, mas quando eu tive forças, levantei e caminhão em direção a porta, tentando abrir a mesma

- droga, trancada. O que eu faço?- lembrei da faca (sim, faca)que eu sempre levava comigo. Levantei a saia e tirei ela, que estava presa entre minha calcinha e minha pele, e comecei a abrir a porta 

Quando consegui, saí de vagarosamente daquele lugar, chegando logo atrás da parede da sala, e lá de trás pude ver aqueles dois psicopatas conversando e quase se comendo lá mesmo, o que é MUITO nojento 

P/JM- o que vamos fazer com ela?- passou a mão por baixo da blusa dela... ECAAAA

M/JM- não sei nem porque agente não acabou com a  vida dessa vadia- não sou maos que tu, pode ter certeza 

Passado alguns minutos ouvindo a conversa demorada, esperando eles darem brecha, ouvi um estrondo na porta, e logo vi Jungkook, Taehyung e JIMIN, com a policia inteira

OK, eu vou lá abraçar eles e nós três juntos vamos dar na cara desses vagabundo ou eu só vou ficar olhando e ver no que dá? Eu só vou ficar olhando e ver no que da, exaaaaatamente 

Já que eles não tinham saída, foram levados a força pela polícia, se rebatendo, mas foram

M/JM- seu desgraçado, você vai se arrepender, Jimin, você e aquela vagabunda- é o teu cu, OK? 

Quando eles foram levados, sai de trás da parrde e abracei meus três heróis, os três sem noção mas são heróis sim. 

JM- ah, graças a deus, eu achei que você  ia morrer, eu tava muito preocupado, eu não sabia o que tava acontecendo eu... 

-Jimin, eu tou bem, não se preocupe, OK? 

TH- OK, agora é minha vez. S/N, caralho eu fiquei preocupado, quando o Jimin ligou e disse aquilo, velho eu juro que quase infartei, irmãzinha você vai me matar? Eu... 

Eu/Jimin/Jungkook- CALA A BOCA TAEHYUNG

TH- ah, então vão cagar 

Depois de um tempo de depoimento pra polícia, finalmente fomos liberados, e o que foi muito melhor: eu peguei a guarda do Jimin. 

Quando chegamos em minha casa, lógico, com as coisas do Jimin já arrumadas, eu só deitei no sofá, coloquei cinqüenta tons de cinza, e fiquei assistindo 

JK- Jimin, posso falar com você?- Jimin assentiu e foram em direção a cozinha- SN, só vou roubar ele um pouquinho 

- rouba, pode roubar, eu deixo, pode ir

TH- S/N, você deveria estar assistindo filmes assim? 

- who mais de dezoito, e eu sou a mais velha, então eu assisto o que eu quero 

TH- é mais velha, mas a mente é mais noca, me dá esse controle logo- e assim começa a terceira guerra mundial, mais conhecida como briga de irmãos ou treta fraternal 

{Jimin POV's} 

- você quer me perguntar sobre o assunto de hoje mais cedo? 

JK- sim, é que... A menina que você falou... 

- de onde você conhece ela? Ela é amiga sua também? 

JK- ela é... A minha namorada, e eu não sabia que tinha acontecido isso com ela 

- ela não contou pra ninguém, ela contou pra mim porque... Bom eu convenci ela de algum jeito

JK- ela te contou tipo... Os detalhes? Quem foi? Quantos anos ela tinha? 

- foi um cara, pai de uma amiga nossa, a Jheonny tinha seis anos 

JK- ai meu deus- ele tentou não chorar, mas foi em vão

- tudo bem, a culpa não é sua dela não ter contado, é que ela achou melhor assim- dei um abraço nele

JK- é que... Eu amo mesmo aquela garota, e saber disso é muito difícil, entende?  

- entendo sim, você faria qualquer coisa pra voltar no tempo e fazer com que não tivesse acontecido 

JK- isso... - desfizemos o abraço- vamos lá pra sala, a S/N e o Taehyung ficaram sozinhos, e eu tou com medo de ter que prender um dos meus amigos, mais provável a S/N, por assassinato 

- eh... Pensando bem acho que agente nem devia ter os deixado sozinhos 

Quando voltamos pra sala, vimos  a S/N tentando morder o Taehyung, o Taehyung empurrando a S/N tentando pegar o controle das mãos dela, ela por cima dele, e ele dando tapinhas pra ela sair 

-que está acontecendo aqui?- deram um pulo e voltaram ao normal 

TH&SN- FOI ELE/ELA QUE COMEÇOU, BATE NELE/NELA

JK- vou sair daqui pra não me estressar

TH- e eu vou sair, tenho um encontro daqui a pouco, e Jungkook me conta cono você quase foi pego, quase transando com sua namorada?

{S/N POV's} 

Aaahhh mas o Taehyung me paga. Ele que começou, eu estava quieta assistindo filme, vocês tão de prova(BL&AT: não nos meta nisso)

JM- vai dar a ideia de filme de novo?

- não, não vou... Na verdade, vamos fazer algo mais necessitado, hum?- derrubei ele no sofá e sentei por cima dele

JM- ah só estava esperando você falar-e beijou,e quando nossas roupas já estavam todas no chão, comecei a rebolar em cima de seu membro- a-ah, vai mais rápido, amor- e assim fiz, ele logo gemendo mais ainda, assim como eu 

Jimin num movimento rápido me deitou  no sofá, ficando por cima de mim, logo me penetrando de uma vez. Estocando cada vez mais rápido e fundo, nos fazendo gemer muito alto, e com certeza incomodando algum vizinho, mas nos dois estávamos foda se pra eles

Passado um tempo, chego ao meu limite, e logo Jimin chega ao seu. 

Fomos pro meu quarto tomar um banho e quando terminamos, exato: comer e assistir filmes

★Um mês depois★

-Jimin, eu tou bem não preci... -antes de terminar de falar, mais uma vez eu corri pro banheiro pra vomitar, com Jimin atrás de mim (AT: Jimin atrás Jimin) 

JM- você não está bem, hoje mesmo agente vai ao médico, S/N

- eu estou... - nais outra vez- Jimin... Eu tenho que te contar uma coisa. Eu tava guardando isso faz tempo

JM- o que? O que aconteceu? 

- Jimin... 











... Eu estou grávida




Notas Finais


LEIA AS NOTAS DO AUTOR, OK? BRIGADA TE AMO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...