História Proibido - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Castiel
Tags Amor, Assédio, Irmãos
Visualizações 236
Palavras 1.717
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mau feito pode estar,mas para não deixar vocês sem

Capítulo 12 - Delírios


Fanfic / Fanfiction Proibido - Capítulo 12 - Delírios

Depois a festa correu normal e cada vez mais divertida,foi acabar as 03:00 da manhã,no dia seguinte,no sábado,eu e Cast iriamos passar o fim de semana em um sítio sozinhos!.Mamãe tem compromisso com viagens essa semana,Rosa vai curtir com o Leigh e...O resto não importa

Eu estou muito animada,estaremos sem Sinal,sem internet,sem nada mas ainda temos a Tevê e um ao outro.Sem contar que tem um belo lago aqui perto com cachueira,e a piscina poderia rodear todo o Sítio.Dragon veio com a gente,precisava ficar livre um pouco,assim como nós,Cast passou a viagem toda com a mão em minha coxa,não posso negar que...Foi adorável.Não sei como ele conseguia dirigir com uma mão só

Chegamos no sítio,era lindo e enorme coberto por verde e árvores,é meio deserto.A Ultima casa que vimos esta bem longe,na verdade da para ver algumas casinhas nos morros daqui.A Cidade fica um pouco perto

Eram 12:00 íamos sair 05:00 mais eu estava extremamente cansada e então saímos as 6 da manhã.Arrumar minhas coisas ,trouxe uma mala e Cast uma mochila ele diz que não tem essas frescuras de garotas,a mala é pequena e tem poucas coisas e trouxe uma mochila com coisas que usaria no caminho.Depois de arrumar tudo eu desci,Cast deixou sua mochila no quarto e desceu antes de mim.Me junto a ele a um Banco de balanço ,iria se sentar ao lado dele mas ele me fez se sentar em seu colo,eu fiquei meio cega por um segundo,só pode

—Dragon parece feliz!-Digo obviamente,corria feito doido pelo gramado

—Essa casa é enorme ,ele esta adorando!-Diz com humor na voz

—Esta bravo comigo?-Pergunto o olhando,ele me olha confuso 

—Não meu bem!Por que eu taria?  -Pergunta

—Por ontem eu e Matt?-Pergunto,ele suspira e olha para frente depois volta a me olhar

—Não! -Diz rápido -A culpa não foi sua,ele te beijou

Sorrio aliviada,não vou mentir quero muito beija-lo,muito mesmo.Mais 80% de mim quer,e o resto tem vergonha

—Eu...Eu posso,te beijar?-Pergunto timidamente,se eu fosse branquela estaria vermelha.Ele me olha com outro olhar como se fosse uma confirmação,e um sorriso safado surge nos lábios dele.E se aproximando de seu rosto eu junto nossos lábios em algo sereno,algo lento onde eu pudesse aproveitar a sensação de sentir o seu beijo,a sensação que algumas já sentiram.Tenho medo,medo de...Só eu sentir essa sensação,de quere-lo ,de a todo minuto querer beija-lo.Meu querido irmão poderia me Iludir?O que eu amo tanto?E o que eu estou realmente apaixonada?,Procuro não pensar nisso

O ar nos falta e nós acabamos com olhares,minha intimidade não só ficava molhada como também brotava uma queimação.Uma sensação que nunca senti com garoto nenhum,ainda bem que ele não ler mentes!

Nossos olhares ficaram tão intensos que quando vi já estávamos nos beijando de novo.De repente ele me coloca sentada de frente a ele,apertando minha cintura forte,eu gosto desse jeito Bruto dele,não que eu goste de apanhar mas eu sei que tudo isso é para me ouvir gemer,As suas mãos vão descendo para minhas pernas e parando em minhas coxas 

Paramos,e acabei dormindo naquele balanço e no peito dele

                        ★ ★ ★

Eu ia ficar na piscina,mas choveu.Então começamos a brincar na chuva ,sentir a água molhando era muito bom,teremos que dar banho en Dragon.Ele ficou na chuva e agora esta cheio de lama e fedendo 

Nossa brincadeira não foi tão inocente assim,ainda teve alguns beijos molhados emabixo da chuva

Entramos e damos banho no Dragon,sim estava frio mais secamos obviamente.Fizemos pipoca depois de tomar banho e ficamos assistindo um filme qualquer na Tevê o importante é que estávamos juntos

De repente a luz acabou

—A Não,que saco!-Cast diz frustado,Fiquei iluminando com a luz do meu celular,meu celular estava 97%,graças a Deus.A sala ficou iluminada,e parecia assustadora as sombras dos móveis

—Que Bosta!-Fico Frustada também

—Esta com sono?-Pergunta

—Pior que não!-Digo

Pego meu celular 

—O pior é que não tem sinal!-Digo

O jeito foi bater um papo,ficamos horas no sofá,era um sofá cama,fiquei deitada e ele deitou entre minhas pernas.Nesse momento estávamos rindo

—Eu aprontava muito!-Dizia ele sobre suas épocas de escola

—Não,você é comportado!-Ironizo

—Ela achou que tinha fantasma na escola.Quando era eu e o Lys!-Diz com humor e rimos

Depois ficou um silêncio constrangedor,ficamos olhando um para o outro

—Posso te fazer uma pergunta?-Pergunta ele

—Bom,sim!-Digo

—Se sente excitada com a minha presença?-Pergunta.Eu não sei direito sobre essas coisas e então olhei para ele o questionando sobre oque é isso -Sente vontade de me ter,uma molhação?

—Oh...Eh...-Eu fiquei envergonhada,como ele sabe que eu tenho esses desejos e essas sensações? -Bom é...

Ele me olha como se  dissesse "Não minta para mim"

—É,por que eu teria vontade?-Pergunto por cima de sua pergunta

—Aurora,não me enrole!Me responda, -Diz se levantando e ficando com um braço em cada lado do meu corpo.Olhando com o rosto grudado ao meu -Eu sou o seu irmão,e sou aquele que tirou seu BV,que te chupou...Ouviu seu primeiro gemido de prazer

—Eu,s-sinto.Mas isso não vem ao caso da conversa!-Estava tão envergonhada que abaixei o olhar

Ele levanta com uma mão,e me faz olhar em seus olhos cinzas escuridão.Tento abaixar mais ele não deixa

—Olha para mim meu amor! -Ele ordena -Quero ver seus olhos

—E-eu e-estou com vergonha!-Digo gaguejando

—Eu sei!e você fica muito atraente assim -Ele realmente disse isso? -Não sabe como é Deliciosa e como isso me maltrata,poder só ver e não poder ter é difícil.Gosta de me Maltratar?

—Não!Essas...Revelações são tentadoras-Digo muito mais envergonhada

—Me fale que é minha meu amor -Dizia me fazendo arrepiar e querer ele mais e mais -Ande!

Ordena

—E-eu...-Ele me da um tapa leve na coxa -Eu sou sua!

—Quero ouvir mais alto!

—Eu sou sua!-Digo mais firme

—Agora me quer? -Pergunta 

—Cast eu...-Ele me interrompe

—Hum?

—S-sim!-Confesso

—Eu também te quero minha princesa,mas não posso fazer nada com você.Se você não ter certeza se quer!-Pede permissão -Você quer,precisa ter certeza disso!Você quer?

—Eu...Eu!-Eu realmente não queria perder minha virgindade cedo mas,eu sinto que a cada dia eu o quero,eu quero que ele me mostre -Eu quero!

Meu coração dispara 

—Eu tenho certeza!Não vou me arrepender da minha decisão!-Digo decidida

—Relaxe...-Ele fala calmo e desliza suas mãos para minhas pernas me fazendo ficar violentamente arrepiada,e já começou tirando meu short e a minha blusa e depois começou a me beijar loucamente,nesse momento a única coisa que eu quero é ele,ele começa a a massagear meu clitóris com o dedão me dando um choque

—Oque você quer?-Pergunta

—V-você -Digo com dificuldade

—E oque quer que eu te Dê?-Pergunta

—P-prazer,quero que me me mostre oque as outras sentem!-Confesso tudo,agora não quero parar

Ele começa a chupar meu pescoço

—Tenho um desafio para te dar,se você fraquejar...Eu paro,mas se consegui eu vou te fazer delirar.Não pode me arranhar,e nem se contorcer!-Ordena -OK

—Ok!-Confirmou

Ele se abaixa e tira minha calcinha,ele começa a chupar com carinho e de um jeito que me fazia querer mais, ter mais acesso com sua boca.Posso me arrepender amanhã por isso mas agora,esta delicioso

Meus gemidos eram algo prazeroso de soltar,estamos no meio da mata, do nada,quem vai ouvir?Nosso pecado,nossa passagem pode estar concedida ,não tem nem como pedir perdão a Deus pois isso agora esta me fazendo querer mais e não se arrepender.Sinto que já estou ficando satisfeita e meu coração acelera rapidamente como se fosse romper e sair para fora.Um choque elétrico invade meu corpo e ele tira a língua e me sinto melecada mas isso não importa

Ele sobe e começa a lamber minha barriga até chegar nos meus seios,não uso sutiã perto dele e nem em casa.Ele Não ligava se eu ficasse andando para lá e para cá sem sutiã.Ele passa a língua entre meus peitos,e chega aos meus olhos,me olhando fixamente faminto,segurou meus braços e quando pensei que ia me beijar ele aproximou o rosto em meu pescoço e foi levando até meus peitos e abocanhou sem dó massageando um e mamando outro a vontade de arranha-lo era imensa,mas eu não quero que ele pare ,começo a apertar o sofá com os dedos dos pés.Ele para,levanta e tira a bermuda me analisando e olha para meu corpo soltando um sorriso psicopata,ele tira totalmente a roupa,e seu membro me deixa espantada,não sei se...É muito grande ,Ou eu nunca vi um pênis

Ele percebe minha reação e sorri Cheio de segundas Intenções me deixando intimidada.Ele se aproxima apertando-me contra ele,minhas pernas estavam totalmente arreganhadas.Levo um total choque quando sinto ele colocar dois dedos em minha entrada,apenas brincando com meu gozo e depois adentra em mim.Foi fazendo movimentos rápidos e lentos e depois mexendo ,era desconfortável não vou negar mais fui me acostumando aos poucos,e realmente foi ficando algo mais satisfatório.Percebendo isso ou não,ele parou e já ia perguntar o por que

—Se doer,e quiser parar e só avisar!-Diz

 Mais ai sinto sua Glande na minha entrada fazendo a primeira coisa que fez com os dedos.E depois ele adentrou,não entrou escorregou,e depois entrou foi exatamente 220 volts

Eu queria arranha-lo,Mas não posso,quero ir até o fim.Sinto seu primeiro gemido,olho ele e percebo que ele fechou os olhos ,seus braços sustentavam o seu corpo.Esta doendo,muito,Lara sempre disse que doía mas não tanto assim,parecia que mastigava seu Pênis,estava quase pedindo para parar mas um ponto de prazer surgiu.Eu estava totalmente dobrada e ele reto introduzindo,meus joelhos estavam na minha cabeça

—Quer parar?-Pergunta

—Não!-Respondi com dificuldade 

Gemia loucamente,mordi meu lábio fortemente,na hora não doeu até por que meu corpo esta focado em um ponto.Mas senti o gosto ferroso do Sangue

Ele começa a gemer mais vezes,achei que só eu estava se satisfazendo.Cheguei ao ponto que queria mais

—Mais...-peço

—Não te escutei!-Disse provocando

—Eu quero mais Rápido! Mais!-Digo com mais força.Começo a Arranhar o sofá

Ele começa a ir mais rápido.De onde tira tanta força

—Tão apertada!Tão deliciosa!Gostosa!-Ele começa a dizer sacanagens em meu ouvido.Eu realmente estava delirando

E já estava deitado por cima de mim,poderia sentir seu ar quente em meu ouvido.E senti um prazer me invadir e um gemido longo saiu de mim,meu corpo pedia para tremer mais eu me segurei

Faltava pouco para estar satisfeita,e me sentia em uma explosão de Prazer.Ele continua,seu corpo se esfregava ao meu ,eu estava cansada.Ele me olhava predador ,e não conseguimos quebrar o olhar ,Fecho os olhos sentindo 

E logo sinto um jato quente me invadir ,Cast geme alto e parece ter estourado.Da mais estocadas e para retirando seu membro de mim

Se deitando entre minhas pernas e deitando sua cabeça em minha cabeça,eu massageava seus cabelos

—Ganhei seu desafio!-Digo Sorrindo cansada

—Oque sentiu?-Pergunta

—é isso que as mulheres sentem quando se deitam com você?-Pergunto

—Não!-Diz.Eu estranho -Eu as faço gozar.Mas você queria te fazer explodir, te fazer sentir oque nenhum homem te fará sentir na vida

—E como fui?-Pergunto

—Me fez gozar maravilhosamente -Diz safado rio

Dormimos assim.Não me arrependi,mas sei que não irei me arrepender.Estávamos muito cansados para ir ao quarto



Notas Finais


Pessoal desculpem Por esse capítulo estar ruim OK?

Só para constar,ele gozou e não tirou dela?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...