1. Spirit Fanfics >
  2. Project Down Vol.4 >
  3. Rocso

História Project Down Vol.4 - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Project Down

(Vol.4)

"Project Down entra agora em uma nova fase, a partir de agora todas as peças foram montadas para seu aparecimento (não tão) triunfal, a partir de agora teremos um vilão 'fixo' por assim dizer..."(Netoboy)

"Toda forma de poder
É uma forma de morrer
Por nada..."
(Engenheiros do Hawaii)

Sinopse: Praticamente um ano se passa após a derrota da Anomalia Problemática, agora é agosto de 2016 e os Projects continuam unidos com exceção de Thiago Paiva que partiu em busca de conhecimento e habilidades. Agora eles serão confrontados por quem estava nos planos de fundo de tudo que enfrentaram até este momento...

OPG-Produções

Gerenciador e administrador do grupo: Matheus Barreto
Roteiro: Netoboy Whatever
Arte: Netoboy Whatever
Personagens: Netoboy Whatever; Heros Henrique; Renan Brandão.
Direção criativa: Netoboy Whatever; Heros Henrique; Giulia Couto; Hyrum Lima.

Ótima Leitura a Todos

Capítulo 1 - Rocso


Fanfic / Fanfiction Project Down Vol.4 - Capítulo 1 - Rocso

Agosto de 2016, Silas e a maioria dos Projects estão quase se formando na Etec de Cubatão. Lilbert está viajando para cuidar de sua mãe que havia se acidentado na cidade de Ipatinga em Minas Gerais. Thiago é outro que não está mais junto com eles, mesmo sendo um Project, ele está ausente desde o início do ano de 2016 para conseguir novos conhecimentos em técnicas e outras coisas complementares.

Silas, Kauê e Arisato após sairem mais cedo da Etec, o que era raro, vão até a escola José da Costa no Jardim 31 de Março, uma escola relativamente perto da que eles estudavam.

Arisato: Ae primo, pra que você quer um baixo, você nem toca baixo.

Silas: Eu não toco baixo ainda... - Insinuando que irá aprender.

Neste momento os portões da escola se abrem e logo de primeira Silas vê Maria Heloiza saindo, os dois se encaram durante alguns segundos e até chegam a dar um leve sorriso de canto de boca até que uma voz conhecida faz Silas parar de olhar para ela.

Rodrygo: Ae cara quanto tempo – Diz com um baixo na mão.

Silas: Tempão mesmo né kk – Diz o abraçando.

Rodrygo: Tá aqui a encomenda.

Silas: E tá aqui o dinheiro – Diz entregando o dinheiro pra Rodrygo.

Rodrygo: Ae valeu, mas agora tenho que ir por que minha irmã é meio impaciente e já foi na minha frente.

Silas: Ok, falou cara – Diz se despedindo – Ah, vê as aparece pra jogar um fut quando eu te chamar.

Rodrygo: Ok – Diz correndo.

Silas: Esse moleque é o raio jogando mano.

Arisato: A gente viu você e a Maria se encarando ali, quando você vai falar com ela de novo.

Silas: Ela falou que era melhor não nos falarmos mais, então...

Os três vão até a sede dos Projects onde Joseph estava deitado tranquilamente no sofá escutando Linkin Park.

Silas: Vida boa hein...

Joseph: Só no Linkin Park mano, ae quais as novidades.

Silas: Comprei um baixo.

Arisato: E vimos a Maria Heloíza.

Joseph: P#[email protected] cara essa mina já disse que quer distância de tu.

Gabriel Kauê: Não fomos ver ela, fomos comprar o baixo e por coincidência ela apareceu.

Joseph: Ah sim, não que eu me importe, mas com a priminha do Kauê na Etec você fala com ela Silas.

Silas: Ah falo sim, quase todo dia.

Gabriel Kauê: É aquelas conversar supre constrangedoras todos os dias, mas sim conversam...

Arisato: Ainda bem que o fato de o Silas ter pego a melhor amiga dela não atrapalhou nenhuma das amizades.

Silas: Esquece essa merda aí cara.

Ana Heloíza: Oi gente – Diz chegando e beijando Arisato.

Joseph: Ae desde quando tá rolando isso ae – Diz em relação a Arisato e Ana.

Gabriel Kauê: Já faz tempo um tempo cara.

Ana Heloíza: Só falta ele ir falar com meu pai né.

Silas: É só o delegado da cidade, por que ele deveria ter medo? - Sendo irônico.

Joseph: Eu to tão ausente assim pra não saber de uma coisa dessas.

Arisato: Sim.

Gabriel Kauê: Sim

Silas: Tu não vai pra escola, vai quando quer na verdade, só aparece aqui em reuniões e milagrosamente hoje, fala com ninguém mais e tirando a Dressa e a Lisandra ninguém mais sabe direito de tu.

Joseph: ... P#[email protected], falando desse jeito me sinto um merda...

Lisandra: Amor achei esses vinte reais do lado da cama, acho que são seus – Diz aparecendo só de toalha e cabelo molhado – Oi gente.

Arisato: Acabei de visualizar o milagre que o trouxe aqui hoje...

Mais tarde naquele dia eles resolvem todos ir ao cinema em Santos e se preparam para pegar o ônibus quando alguém misterioso aparece.   

Rocso: Com licença, mas vocês são a gangue Projects.

Silas reconhece a voz e logo um ataque por parte de Rocso acontece, mas no reflexo todos ali conseguem desviar do ataque.

Silas: Você de novo.

Joseph: Quem é esse merda?

Ana Heloíza: É um cara que atacou eu e Silas uma vez.

Lisandra tenta empurra-lo com sua telecinese, mas misteriosamente ele parece não sofrer nada e ainda os ataca.

Rocso: Pata de Jaguar – Com sotaque espanhol

O ataque acerta Joseph que para longe, mas mesmo atingindo ele acerta um soco no estomago de Rocso antes de parar longe. Rocso acaba parando três metros dali e logo os Projects vão em direção dele, mas ele utiliza mais uma de suas técnicas.

Rocso: Furia del León - Diz fazendo vários espectros de leões

Os espectros de leões atacam os Projects que mesmo tentando se livrar deles acabam feridos.

Joseph: Meteoro do Dragão - Diz ao longe.

O ataque de Joseph vai em direção a Rocso, mas ele devia e vai para cima de Joseph. O Project soca e chuta, mas o adversário é esguio e desvia de todos os ataques, quando iria socar a cara de Joseph, Lídia aparece dando um carrinho em Rocso e o socando no queixo e o fazendo parar longe.

Lídia: Quem é esse cara?

Joseph: Atrás de você.

Lídia se vira rapidamente e soca, mas Rocso defende o ataque e em seguida crava suas unhas grandes na mão de Lídia, fazendo sangrar e a Project gritar de dor, em seguida ele segura o pescoço de Lídia com a outra mão cravando as unhas em seus pescoço e fazendo sangrar também.

Silas aparece por trás e começa a enforca-lo o fazendo soltar Lídia no chão e Joseph começa a socar a barriga dele, mas utilizando apenas a pressão do se poder Rocso afasta dos dois e de quebra Lídia que estava perto.

Neste momento Kauê solta uma bola de fogo que o acerta queimando parte de sua blusa do Vélez Sarsfield, logo Rocso raivoso parte para cima de Kauê que começa a trocar socos e chutes com ele, mas logo o gangster da Umbu usa seu jeito esguio para chutar o queixo do Project fazendo ele bater quase no topo de uma árvore e caindo com tudo no chão.

Arisato: A malemolência desse cara é muito alta.

Silas: Eu não lembro de ele ser tão forte assim da última vez.

Rocso: Deixe me apresentar novamente, sou Rosco Sanchez, 3º Oficial da gangue Umbu

Silas: Tá legal eu não sabia que ele era oficial da Umbu.

Rocso: Essa era a única azul que eu tinha – Diz se referindo ao uniforme do Velez

Silas: Se era a única por que veio com ela e não a branca como da outra vez?

Rocso: Não imaginei que teriam poder pra fazer isso.

Silas: O que quer com a gente dessa vez?

Rocso: Eu disse que se continuassem trilhando o caminho em que estavam iríamos nos encontrar de novo, enfim vocês derrotaram o Vigia que era um dos nossos em fase de testes e depois eliminaram as anomalias, que foram aqueles que tiveram um soro que não deu certo em suas veias, chegou a hora de parar vocês.

Lídia: Só derrotamos as anomalias porque o rei das gangues nos ordenou e ainda perdemos um dos nossos na batalha – Diz se levantando.

Rocso: E vocês acham que ele não sabia de nada, ele usou vocês pra nos tirar da toca.

Arisato: Pelo visto deu certo então.

Rocso: Em partes, mas vamos ao que interessa, a hora da morte de vocês

Os oitos Projects atacam ao mesmo tempo, mas Rocso vai desviando e atacando cada um deles até que sobre somente ele e Silas.

Silas: Pararraios – Diz ativando sua técnica.

Silas tenta acertar Rocso utilizando sua velocidade, mas sempre no último segundo o gangster da Umbu desviava milagrosamente até que ele acerta um ataque no peito de Silas que o faz parar longe.

Rocso: Foi bom enquanto durou, mas agora já era, navaja felina sangrienta – Diz ativando sua técnica.

Rocso prepara para atacar os Projects mas de repente ele é tem a mão desviada para outro lado, logo após é segurado e derrubado no chão.

Wilson: AEOOOOO – Gritando.

Wilson soca Rocso causando uma cratera no local do impacto, imediatamente Wilson se afasta do local. Rocso desnorteado tenta se levantar, mas tem sua camisa puxada por Silas Filho.

Silas Filho: Pararraios – Diz ativando a técnica

Silas Filho soca Rocso com o Pararraios, o gangster da Umbu que bate em uma árvore e cospe sangue devido não só a eletricidade e a força do soco de Silas Filho, mas o ataque anterior de Wilson.

Rocso: Merda, não imaginei que eles viriam

Joseph: Sensei...

Silas: Pai...

Silas Filho: Volte para onde veio gangster ou então iremos acabar com você agora.

Rocso: Eu não sou louco de enfrentar dois membros do lendário trio de estripadores da antiga gangue Unity, Silas Filho e Wilson Sant'Anna. Mas eu voltarei – Diz desaparecendo.

Silas: Trio de estripadores? O que significa isso?

Silas Filho: Neto, precisamos conversar... 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...