1. Spirit Fanfics >
  2. Project Down Vol.4 >
  3. Frente a Frente Com o Pesadelo

História Project Down Vol.4 - Capítulo 6


Escrita por:


Capítulo 6 - Frente a Frente Com o Pesadelo


Fanfic / Fanfiction Project Down Vol.4 - Capítulo 6 - Frente a Frente Com o Pesadelo

Joseph fica paralisado diante de Kevin que apenas olha para ele com um leve sorriso de canto de boca.

Kevin: Eu disse olá Joseph.

Joseph: Você deve ser o Kevin.

Kevin: Sou eu mesmo, não quer entrar e tomar um Danoninho?

Joseph: Eu vou encher sua cara de porrada.

Kevin: Aqui eu realmente não quero lutar...

Joseph: F#[email protected] Punho Dragão Imperador dos Ventos Uivantes...

Joseph tenta acertar a queima roupa o líder Umbu, mas Kevin defende seu ataque apenas com uma mão.

Kevin: Eu esperava mais...

Kevin ainda segurando a mão de Joseph após o ataque do Project solta uma poderosa rajada de energia que pela proximidade acerta em cheio o Project e não causa dano algum a estrutura do prédio. Joseph cai de costas no chão do térreo da sede.

Joseph: Droga – Diz cuspindo sangue – Com apenas um ataque ele fez isso comigo.

O Project ativa os olhos dos filhos de Uchida e seus olhos brancos para tentar achar alguma fraqueza no líder Umbu.

Kevin: Ah os olhos dos filhos de Uchida, faz um tempo que não vejo um desses, mas nunca vi eles junto dos olhos brancos da flor.

Joseph: Eu não sei de nada o que você está falando.

Kevin: Eu sinceramente não tenho tempo para ficar te explicando, Nightmare Disaster

Kevin abre a mão em direção a Joseph e de repente tudo fica escuro para Joseph que começa a sentir muito calor, quando ele vê está rodeado em fogo e sua pele começa a ter várias queimaduras.

Joseph grita de dor quando Kevin acerta outra rajada de energia que derruba novamente o Project.

Kevin: Fica quietinho aí - Diz apontando o dedo para Joseph.

Joseph: Nunca – Diz se levantando rapidamente – Punho Supremo do Dragão Imperador.

O ataque de Joseph vai em direção a Kevin que respira fundo e faz o sinal de negativo com a cabeça.

Kevin: Tem gente que nunca aprende...

O líder Umbu pisa no chão e dele vários feixes em forma de fios de energia vão surgindo dilacerando o ataque de Joseph e ao chegar até o Project acaba fazendo vários cortes profundos no Project que cai no chão.

Antes de desmaiar Joseph olha para Carina que dá um "tchauzinho" de deboche com as mãos.

Kevin: Merda, alguém chama um pedreiro pra arrumar isso.

Victor: Você que usou o Laceration Wires, não a gente.

Kevin: Mas o líder aqui sou eu então você vai chamar o pedreiro.

Syrus: E o que vamos fazer com ele?

Kevin: Vamos leva-lo para aquele lugar.

Syrus: Boa sorte, garoto... - Diz dando tapinhas no rosto do desmaiado Joseph.

Ao escurecer Lisandra estava na laje em cima do salão e da sala da sede dos Projects onde estava fumando maconha e logo Renan aparece ali.

Lisandra: Ai p#[email protected] que susto.

Renan: Dá um trago aí.

Lisandra: Toma – Diz entregando o beck para Renan.

Renan: Por que tá fumando aqui sozinha? - Diz fumando.

Lisandra: O Silas não é muito fã de drogas então sempre que quero dar um trago eu venho pra cá.

Renan: O Silas é um bosta.

Lisandra: Mas o que faz aqui?

Renan: Falei com o Kevin.

Lisandra: Sério? E o que ele disse?

Renan: Que não vai vir atrás de vocês.

Lisandra: Sério?

Renan: Claro que não p#[email protected], é o Kevin, um tremendo de um filho da p#[email protected]

Lisandra: Ah vai te F#d&r Renan, eu aqui toda esperançosa e tu de zueira aí.

Renan: Falando no Silas cadê ele?

Lisandra: Deve estar lá dentro.

Renan: Ok, vou ter que ir lá falar com ele

Lisandra: Qualquer coisa sabe onde me achar.

Renan vai até a sala da sede dos Projects onde Silas está jogando Yugioh com Lídia enquanto Kauê e Lilbert jogavam play4.

Renan: Tá muito boa essa folga hein.

Silas: Falou com o Kevin?

Renan: Falei.

Silas: E ele?

Renan: O filho da p#[email protected] disse que quer ver até onde vai seu poder estorvo de gente.

Silas: E o que mais?

Renan: Disse que vocês não tiveram desafios a altura e agora com o tanto de aliança que vocês têm ele vai ser seu rival.

Lilbert: Se o Kevin realmente vai vir atrás de nós precisamos estar mais preparados.

Lídia: Mais?

Lilbert: Claro, se eu não apareço no Costa e Silva o Victor poderia ter matado vocês.

Renan: Então entraram em contato com o vice-líder Umbu.

Silas: Ele parecia uma montanha de rochas.

Renan: A partir de amanhã vou pedir pra que Wilson e pai do estorvo de gente ajude vocês no treinamento.

Silas: E por que não vai ajudar também?

Renan: Eu tenho mais o que fazer... Enfim, já vim aqui agora vou embora.

Silas: Se o Kevin entrar em contato de novo avisa ele que se ele quer guerra, ele que venha.

Renan: Eu direi...

Em Mongaguá Kevin e Carina vão a um supermercado para comprarem coisas para a sede e vão conversando.

Carina: Parece que finalmente aprendeu a sair da sacada hein.

Kevin: Se eu não sair de vez em quando vão se esquecer que eu existo e aí vira um caos.

Carina: Pega os danones de coco ali.

Kevin: Qual sua fixação com danone de coco?

Carina: Sei lá, eu gosto.

Kevin: Falando em gostar, precisava transar com o cara Project?

Carina: O que foi? Tá com ciúme? - Com um sorriso safado.

Kevin: Eu? Ciúme de você? É apenas uma colega de trabalho. Me incomodo que tenha o levado para a sede para isso, poderia ter feito na sua casa.

Carina: Eu estava com vontades, se outra pessoa me desse bola quem sabe eu apenas tivesse o atraído para lá...

Kevin: Vai ter que se esforçar mais pra isso...

Carina: Por que o mandou para aquele lugar?

Kevin: Vou deixar Salt e Palmer cuidarem dele uns dias, vamos ver o que acontece depois.

Carina: E enquanto aos outros Projects? Virão atrás deles.

Kevin: Nenhum deles tirando o líder e aquele Lilbert tem algo a mais para me mostrarem, então deixe que venham.

Carina: Estou interessado naquele Gabriel Kauê, senti algo estranho quando toquei nele.

Kevin: Iiih, se for pra sentir algo estranho por ele sinta longe da sede.

Carina: Para de ser chato – Diz socando o ombro dele - Você vive me dando patada, desse jeito eu vou parar de falar com você.

Kevin: Iria ser um presente...

Os dois vão para o caixa e pagam tudo o que compraram e logo começam sua caminhada em direção a sede da Umbu, eles atravessam tranquilos a passarela, porém logo após no caminho os dois presenciaram um assalto e Kevin sem pensar duas vezes deixa as compras com Carina, pega uma barra de ferro e vai até os assaltantes.

Kevin: Eae... - Diz acertando a barra de metal na cabeça de um dos assaltantes.

Assaltante2: Merda...

O assaltante que estava armado se prepara para atirar em Kevin, mas ele coloca suas mãos na frente da pistola e o assaltante atira, porém a bala para na pele de Kevin sem nem o ferir.

Assantalte2: Não...

Kevin segura o pescoço do assaltante e começa a enforca-lo o levantando levemente do chão, mas em uma atitude estranha ele o deixa no chão e para de enforca-lo. Kevin então usa suas mãos para dar tapinhas nos ombros do assaltante, tudo isso sorrindo levemente.

Kevin: Au revoir...

O líder Umbu de repente soca a cabeça do assaltante de baixo para cima o decepando e a cabeça vai parar metros dali.

Assaltante1: Ai meu Deus...

O assaltante que restou sobe da moto e começa a acelerar, porém Kevin utiliza o Laceration Wires que também havia utilizado em Joseph que vai avançando até chegar na moto a fazendo desmontar.

Kevin vai até o assaltante ferido e o levanta pelo pescoço, ele pede misericórdia, mas Kevin com sua mão perfura sua barriga e arranca seu coração jogando o corpo e segurando o coração quando Carina chega até ele.

Carina: Por que fez isso?

Kevin: Esses ratos de esgoto podem fazer essas coisas em qualquer lugar, menos na minha cidade – Diz jogando o coração no chão - Tem algum pano aí?

Carina: Só papel toalha.

Kevin: Vai servir...

Na sede dos Projects Renan e Lisandra continuam na laje fumando maconha quando ele volta a falar sua proposta.

Renan: Então, o Kevin ta vindo e ele não costuma ser compreensível, não acha que está na hora de vir para a Down?

Lisandra: Que tipo de amiga eu seria se os abandonassem agora?

Renan: Uma amiga viva eu suponho.

Lisandra: Olha Renan eu ainda estou pensando seriamente nisso, mas eu não falei ainda com o Silas sobre isso e... Eu não quero ir agora, não estou preparada para isso.

Renan: Entendo... E o Joseph?

Lisandra: Ah sei lá, ultimamente estamos distantes, só sexo.

Renan: Se for pra ter só sexo termina, ou não continua tendo um ser fixo pra transar.

Lisandra: É, mas se for pra ser assim pra que ser namorado.

Renan: Amizade colorida sei lá, mas se tem algo que posso dizer depois de todos esses anos é que um relacionamento não se sustenta apenas com sexo, uma hora ou outra um ou outro procura novos ares.

Lisandra: O que está tentando dizer?

Renan: Por enquanto nada, mas pensa no que te falei, pensa em tudo o que te falei, mas agora tenho que ir.

Lisandra: Quando vou te ver de novo?

Renan: Quando comprar mais dessa erva, essa é da boa – Diz mostrando o beck para ela.

Lisandra: A Psiquíase tem, vai lá com eles, pro rei das gangues com certeza vão fazer desconto kkk.

Renan: Até Lili... - Diz sumindo na noite.

Lisandra continuou na laje olhando para as estrelas esperando respostas na sua cabeça enquanto pensa em seu futuro... 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...