1. Spirit Fanfics >
  2. Projet second chance >
  3. O fato que você mexe comigo pra caralho

História Projet second chance - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Publicação na madrugada... quem ama? Eu mesma há, mas aurota e esses pedidos saindo mais rápido que o primeiro capítulo de Second chance?? Vish kk nada para comentar estou inspirada hoje.

Com vocês nosso pedido feito pela @BlacWindow

Isabella Schuyler × Sirius Black + vermelho +

(Musicas adicionadas no capítulo)

Não tenho opinião sobre esse capítulo sou pessima com hots K

Boa leitura mortal.

Capítulo 3 - O fato que você mexe comigo pra caralho


Fanfic / Fanfiction Projet second chance - Capítulo 3 - O fato que você mexe comigo pra caralho

A noite estava uma delícia para uma balada em grã Bretanha, isabelle caminhou pelas ruas da cidade sentindo seu santo bater contra o chão, o som da balada podia ser ouvido a alguns metros que a ruiva se encontrava. A fila estava imensa mas ela não precisava disso, ela conhecia os donos do lugar e entrava quando quissese.

── Ola bella. - Comprimentou o segurança.

── Muita gente hoje? - A ruiva perguntou interresada.

── Mais do que imagina honey. - Ele disse por fim abrindo a porta e logo a garota entrou, sentindo a vibração do lugar, a batida da música envolvia a garota que em poucos segundos estava no meio da multidão mexendo sua cintura na batida da música.

A madrugada se seguia assim como o quantidade de bebida que Isabella Schuyler admiria em seu organismo, sua mente estava completamente bagunçada, enquanto ela insistia em continua a dançar naquela multidão de pessoas, sua visão estava sonza fazendo a garota sorrir bobamente em alguns segundos.

Ela jogava seu cabelo ruivo para os lados enquanto mexia seu corpo sentindo a musica fluir entre seu corpo, era tão bom aquele sentimento de não se importar com nada pelo menos por uma noite, era magnífico.

── Isa?

A voz conhecida causava arrepios na pele exposta da Schuyler, ela se virou encarando a figura de Sirius Black a sua frente, o calor passou pelo seu corpo, fazendo ela morder seus lábios cobertos pelo batom vermelho.

── Olá Sirius. - Seus olhos filtraram os deles. ── Quanta consciência.

O fogo emanava entre eles como uma corrente que os trazia um para o outro, Sirius sentia saudade do corpo dela contra o seu, daquele lábios vermelhos contra sua pele. Ele estava sedento por ela.

Isabelle se aproximou do black colocando seus braços entorno do pescoço do garoto o trazendo para perto de si.

── Quer dançar Black? - Ela sussurou contra seu ouvido mordendo levemente o módulo de sua orelha, ela sentiu quando seu corpo ficou tenso reagindo aos toques da ruiva.

── Eu quero. - As palavras sairiam de sua boca antes dele conseguir raciocinar o que acontecia naquele lugar. Ambos estavam bêbados demais.

Então a música tocou e eles entrando no ritmo com seus corpos colados sentindo o calor que seus corpos apresentavam, Black posicionou sua destra na cintura da garota para facilitar os movimentos que ocorreria naquela pista.

baby, lá vai você de novo, lá vai você de novo, me fazendo te amar

Sim, eu parei de usar minha cabeça, usando minha cabeça, deixei tudo ir

Você ficou preso no meu corpo, no meu corpo como uma tatuagem

A música fluía por eles enquanto dançavam, Sirius segurou na coxa da bruxa colocando mas seus corpos, a ruiva olhou em direção aos lábios carnudos do Black que sorriu atrevido. Ela lembrava como seus corpos eram perfeitos e lembrava as loucuras que fizeram naquele armário de vassoura.

Ela o beijou sentindo o gosto de whisky sobre os lábios do garoto, era tão saboroso sentir Sirius Black novamente, suas linguas se encontraram querendo espaços entre elas explorando ambiente conhecido bem por Isabella Schuyler. O moreno apertou com força a coxa direita da menina que gemeu contra os lábios do Black que sorriu ao fazer tal atrevimento.

Seua corpos estavam tão envolvidos que não ligavam para as pessoas ao redor, isabella queria sentir o corpo de Sirius contra o seu, ela queria sentir novamente sua boca contra sua pele alva causando arrepios. A deixando louca.

── Devíamos ir para um quarto Black. - A bruxa falou ao encarar os olhos acinzentados do mesmo.

Então o Black sorriu e puxou a ruiva pela multidão, até chegar no fundo da balada onde ficava os quartos vazios, assim que ambos entraram no quarto, Sirius a encostou na parede a virando de costas.

Ele beijou seu pescoço deixando sua língua explorar o lugar, a pele da garota estava quente, implorando para o toque do mais velho, ele abaixou as alças do vestido colado da grifana e beijou gentilmente enquanto roçava seus corpos.

── Sirius! - Ela o chamou chamando a atenção dele. Rapidamente ela se virou encarando o mesmo. ── Nessa noite, me faça sua.

E agora estou me sentindo estúpido, estúpido rastejando de volta para você

Então eu atravesso meu coração e espero morrer

Que eu só vou ficar com você mais uma noite

E eu sei que disse isso um milhão de vezes

Mas eu só vou ficar com você mais uma noite

Ele a beijou novamente sentindo a presa da menina para ter seu corpo nu contra o seu, suas mãos apertaram sua cintura e fazendo encarar ele indignada.

── O que tá fazendo? - Ela perguntou. ── Suas mãos!

── Estão na sua cintura. - Black respondeu o óbvio e ela revirou os olhos passando suas mãos pelo peitoral do garoto.

── Por isso mesmo. Eu não sou freira, coloque elas num lugar mais útil. - Ela ordenou fazendo o garoto sorrir novamente, as mãos do black foram rapidamente em direção a sua bunda onde deu impulso para a ruiva ir para seu colo.

── Melhorou? - Ele perguntou.

── Mais ou menos. -Ela sorriu ao atacar seus lábios novamente.

Tente dizer não, mas meu corpo continua dizendo sim

Tente dizer para você parar, mas seu batom me deixou tão sem fôlego

Eu vou acordar de manhã provavelmente me odiando

E eu vou acordar me sentindo satisfeito, mas culpado como o inferno

Sirius a guiou em direção a cama a deitando sobre os lençóis daquela cama, as mãos da Schuyler foram ágeis para conseguir desbotar a blusa cheias de botões do grifano, a destra do bruxo foram ao ziper do vestido que isabella usava, no final foi apenas um tecido sobre o chão. Ele beijou seu corpo deixando marcas avermelhadas e roxas em sua pele, ele rapidamente tirou seu sutiã deixando seus seios a mostra. Tão lindos e absurdamente grandes.

Ele abocanhou o seu direito fazendo o trabalho completo, chupando, mordendo como uma criança malvada, isabelle passou a mão sobre os músculos do Black, sua unha fez o trabalho de marcar a pele brozeada do Herdeiro Black, que agora beijava sua barriga, passava sua lingua pela extensão do corpo da garota que apertou o lençóis da cama sentindo seu corpo reagir completamente aos toques indecentes do Black.

Sim, baby, me dê mais uma noite

Sim, baby, me dê mais uma noite

Sim, baby, me dê mais uma noite

Sua língua fez um belo trabalho, fazendo a garota soltar gemidos e frases que nem mesmo ela entendia, a cada revirada de olhos ela sentia a sensação gostasa sobre seu ventre, os dedos de Black entraram em Isabelle a fazendo morder os lábios ferindo seus doces lábios vermelhos.

Oh meu Deus, estou muito perto, oh

Mas esse sentimento é tão bom

Acho que estou amando mais do que deveria.

As estocadas contra a mesma a faziam entrar nas nuvens, como os dedos de Sirius Black faziam seu corpo pegar fogo.

── Me foda Sirius, quero sentir você dentro de mim. - Isabelle pediu sentindo seu corpo clamar por àquilo. Ela colocou a mão no cinto da calça do menino e a abriu com rapidez se livrando das peças de roupa que o moreno tinha.

── Com prazer amor! - Ele Sussurou em seu ouvido antes de penetrar na garota. As fortes estocadas contra a ruiva fizeram emitir sons altos de agrado, era tão gostoso.

Isabella não sabia se ainda era o álcool fazendo efeito, mas fodasse ela nao ligava para isso, não mais, não naquele momento.

Sua pele na minha pele, não pode ajudar o que eu sinto, ooh

Mas você não pode saber, não há lugar que eu preferiria estar, honestamente

Quando eu seguro você perto de mim

eu quero que você

Enquanto suas unhas estavam nas costas do moreno, ele beijava seu pescoço segurando seu cabelo ruivo com força. Isabelle sentiu suas pernas tremerem sentindo aquela sensação tão conhecida lhe preencher por completo. Ela arfou inclinando sua cabeça para trás por puro prazer.

Ele mordeu seu ombro cravando seus dentes em sua pele branca e sensível, o Black sorriu ao sentir o gosto metálico invadir sua boca, ela gemeu chamando o nome do Sirius.

── Cachorro! - Ela falou sentindo seu corpo cansado.

── Tigresa. - Sirius falou ao beijar a ruiva novamente.

E abraçados eles dormiram, naquela cama em uma balada no meio da grã Bretanha, em suas férias para o último ano de hogwarts.

Logo de manhã Sirius acordou sentindo as lembranças da noite passada, a cama estava vazia com apenas um bilhete encima da comoda.

"O fato é que você mexe comigo pra caralho Sirius Black"

Ass: você sabe quem… mas não aquele.


Notas Finais


Capítulo não revisado ✖

Eai gente rola ou não? Hihi parte de mim gostou de escrever, me dediquei bastante nesse hot meia boca K

Prometo ser rápida com os pedidos, menina quanto pedido eu fiquei?? Amados da uma segurada se não, não tem primeiro capítulo de Second chance Haha.

Estou adaptando o capítulo de Second chance com da primeira versão K (vamos economizar criatividade para quando eu realmente precisar escrever um capítulo de 3000 palavras) em nome de Merlin vai sair bom amém. Há 🐍❤✊

Até a próxima
Beijo das trevas


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...