1. Spirit Fanfics >
  2. Projeto Hunra >
  3. Capítulo 3 temp2

História Projeto Hunra - Capítulo 16


Escrita por:


Capítulo 16 - Capítulo 3 temp2


 

5 dias depois*

Alguns dias depois da tarde da piscina, como o grupo chamou, começou a chover muito forte, os ventos batiam na janela da sala de comando e Zim e Alex se concentravam em não virar o leme e derrubar o navio inteiro com tudo e todos juntos

-que horas são?- Zim olhou para Alex, esperando uma resposta

-acho que deve ser próximo de 3 da manhã, se essa chuva não melhorar vamos tem que chamar Hekate e Amélia para cá- Alex rapidamente olhou para o radar

-Mas que merda, não consigo enxergar nem meio metro a frente-Zim apertou os olhos tentando enxergar alguma coisa, mas sem sucesso- CHEGA, CHAME HEKATE E AMÉLIA

Alex correu para fora da sala e passou correndo pelos corredores, tropeçando em Luci, que ia na direção contrária dele. Alex apenas gritou desculpas e foi atrás das duas. Passou pela sala e as encontrou sentada na escada, tentando se acalmaram.

-o Zim tá surtando, acho que precisamos de ajuda lá-ele fez um sinal com o dedo e os três foram pra lá

Encontraram Zim e Luci tentando coordenar o navio para que não virasse com tudo, as luzes começaram a piscar e todos ficaram parados, buscando apoio um no outro. Zim trocou rapidamente com Hekate e Amélia trocou de lugar com Alex, que estava ao seu lado

-vocês estavam acordadas?- Zim se sentou em um banco que estava próximo ali e suspirou

-estávamos preocupadas com vocês- Amélia olhou para Zim e sorriu, fazendo o homem rir também

-só Selena que está dormindo ainda...-Hekate falou para o nada e continuou tentando controlar o leme- AI MERDA

O leme virou tão depressa que Hekate foi lançada ao chão, arfando. Luci correu na sua direção, a levantando rapidamente. Amélia e Zim agarraram o leme, fazendo o navio se estabilizar novamente, mesmo a chuva continuar a bater com toda a força nas janelas e nas laterais.

-ai que saudade do calor de 5 dias atrás-Alex se segurou no caixilho da porta e olhou para o grupo, esperando uma resposta

-esses 5 dias começaram a indicar que ia chover, não sabia que podia chover tanto assim- Zim olhou para os outros- como está a Hekate amor?

-está bem, apenas bateu a cabeça-Luci olhou para ele e para a amiga em seguida- como está?

-estou bem, só muito tonta- a bruxa colocou a mão na cabeça e olhou para frente, sem focar o olhar em nada

-calma, já estabilizamos isso- Amélia olhou para os outros

-eu vou ver se Selena está bem- Alex saiu da sala e começou a correr pelo navio

Passando pela porta da cozinha, encontrou Brian sentado em uma cadeira sozinho, olhando para o nada. Ele colocou a cabeça na fresta da porta e Brian olhou para ele

-quanto tempo mais eu vou ter que ficar aqui nesse lugar?- o cigano perguntou

-de acordo com os mapas e com Selena, vamos ficar mais 10 dias em alto mar- Alex saiu da cozinha, antes de Brian começar a reclamar

O garoto continuou a correr por todo o navio, até chegar na parte dos quartos. Ele se aproximou da porta do quarto de Selena e bateu na porta, recebendo apenas um resmungo de resposta. Ele abriu a porta de leve e perguntou se a garota estava bem. Selena concordou e sorriu para ele, se virando para dormir novamente em seguida

Alex fechou a porta e se virou para voltar a sala de comando junto dos outros. Passou novamente pela cozinha, esperando encontrar Brian por perto mas não viu o homem em nenhum lugar, então apenas deu de ombros e continuou andando, esperando não encontrá-lo no meio do caminho. Na sala de comando, tudo estava quieto, a chuva tinha se acalmado um pouco, pelo que dava pra se ver no vidro e Hekate e Amélia conduziam novamente o navio

-está bem Hekate?-Alex entrou e perguntou para a bruxa, que olhava alguns mapas

-sim, estou melhor, só a cabeça que está doendo um pouco- ela sorriu e olhou para os outros

- sabe do que você precisa?- Amélia olhou com cara feia para ela- dormir

-eu já disse, não preciso dormir- Hekate olhou feio para a outra

-como assim precisa dormir?- Zim se levantou- sabe que você não pode navegar estando com sono

-eu sei, mas não consigo dormir- Hekate olhou para Amélia- você também não dorme a noite inteira

-a única diferença é que eu não navego, eu apenas ajudo caso você precise

-ESTÁ BEM, VOU DORMIR- Hekate passou o leme para Zim, que o segurou na hora- mas você vai também

-EU?- a ruiva exclamou

-SIM, você mesma- Hekate olhou para a outra e fechou os olhos- se você sabe que eu fiquei muito tempo acordada, então significa que não dormiu também, não é?

-eu dormi sim- Amélia cruza os braços e vira de costa

-gente vamos parar- Alex olhou para ambas

Hekate puxou Amélia da sala de controle, mesmo com a ruiva reclamando e pelos passos, ambas realmente foram dormir.

Alex se sentou no banco que antes Zim ocupava e ficou olhando o casal a sua frente. Como se entendesse que estava atrapalhando, Alex se levantou e falou que ia tentar tirar um cochilo no sofá, deixando os dois a sós

Na sala, Alex se sentou no sofá e ficou olhando pra cima, pensando em como seria quando chegassem no destino. Até sentir alguém perto, fazendo ele se virar de supetão. Hekate estava sentada, lendo um livro, de pernas cruzadas

- você não tinha ido dormir?- Alex se levantou rapidamente e apontou pra ela

- não consigo, só falei que ia dormir pra Amélia descansar um pouco também, ela anda bem cansada- A bruxa tirou os olhos do livro e olhou para ele

-eu nem notei- Alex se sentou ao lado dela é suspirou

-estamos no nosso próprio mundo esses dias- Hekate fechou o livro e olhou para ele-vai ser assim por um tempo

----------

Na sala de comando, Zim beijava Luci lentamente, os dois estavam abraçados -mesmo que Zim ainda esteja segurando o leme com uma das mãos- e a mão livre de Zim passava pela coxa da garota. Enquanto as mãos de Luci estavam no pescoço do amado. Luci se sentou na bancada com cuidado para não apertar nenhum botão e Zim se colocou no meio das pernas dela, sem partir o beijo

Rapidamente, Luci abriu a camisa de botão preta que Zim usava e ele ficou nu da cintura pra cima. Zim começou a mordiscar o pescoço da garota e apenas com uma mão conseguiu tirar a parte de cima do vestido da garota

Luci se deitou na mesa de controle e Zim passou a mão por de baixo de sua saia, fazendo a garota arfar de leve. Luci, por sua vez, agarrou a cintura do rapaz com os braços, encostando em uma cicatriz na cintura do rapaz, fazendo Zim gritar de dor

Zim, por obra do destino começou a gritar e não consegui enxergar nada por conta da claridade, lembranças horríveis de seu pai vinham a sua mente e ele lembrava das surras, dos gritos da mãe e da ardência que sentia enquanto apanhava quando criança, o navio começou a tremer e ele em alguns minutos voltou a consciência. Ele estava caído no chão e olhava para o teto, lágrimas escorriam do seu rosto. Havia sangue em sua mão e Luci estava caída no chão, com Hekate na frente dela, em pose de defesa

Alex segurava o leme com força e olhava para Zim espantado. Ele olhava constantemente para frente, para Zim e para Luci. O lugar ficou em silêncio por alguns poucos segundos, até Alex se pronunciar

-Zim, oque você fez?- as palavras não passavam de curtos sussurros

-eu...não sei- Zim olhou para Luci, que ao contrário de Alex, invés de espantada, estava brava

-VOCÊ QUASE ME MATOU!-ela saiu dos braços de Hekate e se levantou, ajustando o vestido

-eu não...-O homem olhou para ela, esperando que fosse uma brincadeira de mal gosto

-VAI ME DIZER QUE NÃO SE LEMBRA DE TER ME ATACADO?- Luci se aproximou dele, mas mantendo uma distância severa

-você gritou Zim, e eu e Alex corremos até aqui...encontramos Luci no chão e você gritando-Hekate se pronunciou, se levantando e indo para trás de Luci

Zim olhava para Luci, como se estivesse pedindo desculpas, mas a garota não olhou na sua face, apenas se aproximou dele e desferiu um tapa forte no rosto do homem, que cambaleou e caiu sentado. A garota tirou a aliança que usava em sua mão e entregou na mão dele

-Zim, não posso aceitar oque fez comigo hoje, olhe esse ferimento- Luci apontou para a clavícula, onde continha um grande corte, fundo e que não parava de sair sangue

-eu fiz isso?- ele perguntou para Luci, que apenas concordou, e saiu da sala

-é oque parece, não é?- Hekate olhou para Alex, que acenou com a cabeça e saiu da sala

-por que fez isso Zim?- Alex segurou o leme somente com uma mão e olhou para o amigo

-A gente estava junto, e do nada eu senti...-ele parou no meio da frase, tudo remetia aquelas lembranças horríveis

-sentiu vontade de machucar Luci?- O garoto suspirou e olhou para frente- não acredito Zim

-eu também não acredito que fiz isso- Zim falou se levantando e vestindo a camisa, tirou a aliança e guardou ambas no bolso da calça, saindo da sala

No quarto de Luci, Hekate fazia uma faixa em cima do corte. A garota estava quieta e olhava constantemente para a amiga machucada. O ferimento parecia que daqui alguns dias iria sarar, mas no momento apenas escorria mais e mais sangue

-oi gente, ouvi os gritos- Selena entrou no quarto e fechou a porta

-oi Selena- Luci olhou para a outra é sorriu levemente

-oque aconteceu?- A morena se sentou ao lado de Hekate e ficou olhando para Luci

-eu e o Zim estávamos...bem- ela virou o rosto para a porta e respirou fundo-dai no meio da coisa toda, o Zim gritou e me atacou

-mais porque?- Selena olhou para ambas, esperando uma reposta

-eu não sei o porque- Luci olhou para as amigas em súplica- eu vou sair desse quarto, não quero mais ficar com Zim

-você pode dividir o quarto comigo- Selena se levantou e olhou para Hekate, que sorriu para ela

Selena e Luci foram para o seu próprio quarto e Hekate ficou ali, para pegar algumas coisas de Luci, como roupas e adereços. A bruxa sentiu a porta abrindo e ao se virar, viu Zim entrando no quarto, com o olhar perdido. Ele olhou para ela, mas no momento que ia lhe perguntar algo, Hekate respondeu

-estou pegando as coisas de Luci- a garota pegou a sacola que havia separado e colocou mais algumas coisas

- pra que?- o homem se sentou na cama

-graças a oque você fez, Luci vai dormir no quarto de Selena....-Hekate abriu a boca e quando ia falar, o homem a interrompeu

-OQUE? MAIS...-ele se levantou e olhou para a porta, cogitando correr em encontro de Luci

-POR UM TEMPO, ELA VAI FICAR LÁ POR UM TEMPO- a bruxa parou na porta do quarto, abrindo lentamente- ela vai demorar pra superar oque você fez...

Zim se deitou na cama, olhando para o teto, tentando entender oque havia acontecido, oque havia feito, e oque faria dali em diante. Longe de Luci




Notas Finais


As crises passaram, né...quem não tem crise existencial em pleno 2021?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...