História Projeto PEDRA - Capítulo 21


Escrita por:

Postado
Categorias Steven Universe
Tags Diamante, Experimeto, Gem, Homeworld, Pedra, Projeto
Visualizações 24
Palavras 4.206
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa Leitura!!

Capítulo 21 - Gems de elite


=== Terra - Dia atual ===

As gems estavam em choque com a situação quando viram o resultado da batalha que acabaram de acontecer. Ninguém conseguia entender o porquê daqueles quartos atacarem a todos da forma que o fizeram, sendo que ainda mataram Benitoite, embora também tenham sofrido baixas. Titanita tremendo foi pegar a pedra de Ortoclase que estava no chão junto aos pedaços de sua inimiga e à armadura da mesma. A pedra de Ortoclase continuava com a coloração vermelha, mas Titanita a pegou e suas mãos começaram a brilhar.

Titanita: Tudo bem, irmão, eu estou aqui, descanse, esperarei você acordar. Ficaremos bem.

Depois de ela ter dito estas palavras, as pedras em suas mãos voltaram à sua coloração normal, mas ele ainda assim não tinha se reformado. Era como se sua irmã tivesse o acalmado sem precisar que suas pedras projetassem seu corpo. Lágrimas ainda escorriam de seus olhos, mas ela abraçou a estrutura que segurava e fechou seus olhos. Taffeíta foi em direção a sua irmã e as duas se abraçaram e Titanita finalmente liberou toda a emoção que estava segurando enquanto sua irmã a confortava, enquanto olhava para os restos do quartzo, não com ódio, mas com um olhar confuso que parecia implorar por uma explicação. As crystal gems se reorganizaram, quem precisava foi levantado, e se reuniram em volta das duas.

Garnet: Eu sinto muito, eu não consegui sequer prever o que aconteceria aqui. Como se elas conseguissem se esquivar disso, nunca vi nada parecido. Eu sei que isto é difícil, Safira passou por isso nem que fosse um pouco, quando vocês chegaram, faço ideia de como é doloroso, saiba que estamos aqui caso necessitem.

Taffeíta responde com uma voz desanimada.

Taffeíta: Não foi culpa sua, ninguém sabia o que podia ter acontecido. Nós sabíamos do risco de vir para a Terra, mas isso foi demais para nós. Somos feitos para não só sermos ótimos guerreiros como também para suportar este tipo de situação. Nossa irmã se foi e estamos fazendo o possível para não perdermos o controle, não podemos nos perder. Não podemos perder o Ortoclase para isso que tenta o dominar.

Titanita parece ter aliviado seu pranto, mas ainda se agarra à Taffeíta com firmeza não a querendo soltar. Pérola as assiste, por mais que não as conhecesse sabia o que ela estava passando. Elas parecem se apoiar muito e é como se quando uma está frágil a outra segura com o máximo que consegue todo o peso. Taffeíta está assumindo uma posição cuidadosa, muito diferente de como ela ajeitar normalmente, enquanto acaricia os cabelos de Titanita e a abraça, fazendo o possível para que a mesma sofra menos, nem que seja um pouco.

Pérola: Precisamos ir, aqui não é mais seguro e não sabemos o que pode acontecer. Aquelas quartzos podem voltar e não sabemos do que elas são capazes.

Ametista: Se vocês não estiverem se sentindo muito bem ficamos mais um pouco.

Titanita parece se acalmar um pouco se afastando de Taffeíta e acariciando seu rosto.

Titanita: Vamos voltar, podemos pensar no que fazer em casa. Aqui estamos correndo perigo e não queremos que vocês paguem por nossas ações, já lhes causamos problemas o suficiente. Tivemos sorte de nosso irmão estar distraído e eu conseguir pará-lo. Me desculpem por tudo, de verdade.

Steven: Ninguém teve culpa, Titanita. Estávamos nos divertindo e elas invadiram, essas coisas acontecem, mesmo porque Homeworld ainda nos persegue. Não precisa se desculpar.

Connie: Deveríamos velar a Benitoite. Mesmo que não tenhamos a pedra dela, me desculpem a indelicadeza, ainda poderíamos fazê-lo. Um velório é uma cerimônia que as pessoas da Terra fazem para homenagear aqueles que partiram. Talvez vocês tenham visto um quando Ortoclase nos encontrou pela primeira vez na praia. Se vocês concordarem, um poderia ser organizado quando ele acordar.

Taffeíta: Nós podemos pensar nisso enquanto voltamos.

Eles fizeram seu caminho em direção ao teletransportador enquanto todos pensavam sobre o ocorrido. Aquela gem tinha morrido na frente deles, mesmo não sendo as Crystal gems a sofrer a perda um membro, elas compreendem o que os três estão sentindo. Todos estão indo calados até certo ponto do terreno, até Peridot quebrar o silêncio:

Peridot: Afinal quem eram aquelas quartzos? Quer dizer, mesmo que vocês não saibam, com certeza, quem eles eram, nem o que eles queriam, vocês devem ter uma idéia. Com certeza eles não estavam atacando vocês por nad--

Connie a segura nos ombros de Peridot a interrompendo.

Connie: Peri, dê um tempinho pra elas, elas estão muito abaladas.

Titanita: Tudo bem... é Connie, não é? Não se preocupe, como Taffeíta já disse fomos feitas para aguentar altas pressões psicológicas, mesmo esta. Precisamos continuar fortes por Benitoite e Ortoclase, se perdermos o controle, acabou. Mas o motivo principal é que ainda devemos explicações a vocês. Vamos contar o que pudermos enquanto Ortoclase não volta. Ah e obrigada por se preocupar.

Eles subiram no teletransportador que foi ativado em direção à casa de Steven. Lá todos se organizaram para se sentar e Steven preparou lanches para que todos pudessem comer, inclusive as gems. Pérola se absteve de comer o seu, então Ametista de voluntariou para tal.  Taffeíta e Titanita se entreolharam antes de comer o primeiro pedaço, mas continuaram assim que sentiram o sabor. Quando todos estavam acomodados em seus lugares, Titanita se pronunciou.

Titanita: Certo, Ortoclase parou na parte depois do julgamento, se não me engano. Vou continuar daí.

=== Homeworld - Durante a Guerra Gem (Narrado por Titanita) ===

Ainda estávamos na sala de julgamento enquanto esperávamos aquela Pérola ser levada para fora. Nossa mãe também dispensou a general quartzo que fez o símbolo de diamante, mas antes de sair, brevemente nos olhou com um olhar sério, provavelmente pelo fato de que não tínhamos escolhido condenar aquela gem.

Yellow Diamond: Bom, é assim que funciona um julgamento, a gem é julgada pelos termos de Homeworld e se condenada recebe as punições. No caso das rebeldes elas são na maioria das vezes condenadas e nem sempre elas seguem Rose Quartz.

Titanita: Quase sempre?

Yellow Diamond: É muito raro, mas algumas vezes elas conseguem escapar antes dos julgamentos, mas temos patrulhas que procuram por elas. Afinal, esta é nossa casa.

Ortoclase: O que vai acontecer com aquela pérola?

Yellow Diamond: Bom, ordenei as carcereiras que não a matem por agora, estou com algo em mente, mas direi quando estiver tudo feito. Vocês têm mais alguma pergunta?

Ortoclase: Bem, tem algumas coisas. Eu gostaria de saber o que está falando comigo, é algo do tipo “nos encontre”. E outra coisa é porque eu consegui abrir aquela construção que achamos na Terra? Tem algo dentro de mim, que não parece ser a mesma voz, mas esta parece que quer me matar. Por que fomos criados?

Yellow Diamond: Olha, acho que vai ser um pouco decepcionante o que eu vou dizer para vocês, mas eu não sei ao certo a resposta para duas das suas perguntas, mas estou pesquisando a respeito. Olha, quando você estava sendo criado, eu utilizei uma tecnologia de um povo que já se extinguiu faz muito tempo, porém sua tecnologia é superior a nossa. Este povo criou a nossa raça, eu não sei o porquê disso mas assim como eu disse anteriormente eu estou procurando saber, mas consegui utilizar o que eu sei para te criar. Provavelmente a outra voz deve ser proveniente da mesma fonte, vou investigar mais a fundo fique tranquilo. Agora sobre a sua terceira pergunta, no começo, você foi criado para ser o melhor soldado que Homeworld já teve e no começo nenhuma diamante exceto eu tinha esperanças de que isto iria dar certo. Mas quando eu descobri esta, digamos, nova tecnologia, tudo mudou, pois, a White passou a concordar com o eu plano, e é claro que as outras diamantes acataram à decisão dela, afinal, mesmo que sejamos juntas a autoridade diamante ela tem mais influência que nós.

Ortoclase e Titanita pareciam estar em choque.

Titanita: Fomos criados pra sermos armas? Você não nos ama?

Ortoclase: Por que “o soldado” e não “os soldados”?

Assim que ouviu isto, nossa mãe ficou do nosso tamanho e nos puxou para perto dela com a mão esquerda em meu ombro direito e a mão direita no ombro esquerdo de Ortoclase.

Yellow Diamond: Nunca pensem deste jeito. Tudo bem, eu admito para vocês que no começo vocês foram criados com esta intenção e o projeto se chama projeto PEDRA. Porém assim que eu vi você, Ortoclase, tudo mudou, foi como se algo dentro de mim dissesse que eu tinha que cuidar de você, te proteger com tudo o que eu tenho. Foi por este motivo que falei que era sua mãe quando você nasceu. Titanita, você veio depois, mas a sensação foi a mesma, vocês não são mais armas para mim. Eu falei “o soldado”, pois no começo eu não fazia idéia de que teria mais material para fazer uma irmã para você. Tenham certeza de uma coisa, eu amo vocês mais que tudo. Mais que minha autoridade, mais que Homeworld, mais que as diamantes. Vocês entendem?

Ortoclase segurou no braço de nossa mãe.

Ortoclase: Eu saí como planejado?

Yellow Diamond: Claro que sim, bem melhor do que eu esperava.

Ortoclase: Eu estou perguntando isto, porque aquela quartzo que fez parte do júri disse algo sobre a autoridade diamante sempre a decepcionar, e que eu não era o que ela esperava.

Titanita: Já tive problemas com ela também, ela me falou que eu não era feita para ser uma general, porque ela tinha mais anos de experiencia ou coisa do tipo.

Neste momento ela mudou sua expressão para séria.

Yellow Diamond: Ela não sabe do que está falando, vou encontrar ela e ela vai se arrepender, pode ter certeza disso. Não vou deixar que ela fale assim com nenhum de vocês. Filhos, vocês têm que começar a impor a autoridade de vocês, vocês não são qualquer gem. Quando vocês perceberem que alguma gem está sendo, digamos, folgada, vocês podem coloca-las no lugar delas, assim que mantemos elas na linha, e por isso que permitimos uma defesa para elas no tribunal. Caso elas sejam absolvidas a trataremos com rigidez até que ela se encaixe de novo em Homeworld. Agora eu quero que vocês sejam mais autoritários. Ortoclase, você tem a autoridade maior que o de um marechal e sua irmã é uma marechal vocês tem muita influência em Homeworld, portanto, usem-na. Vamos fazer o seguinte, vou ficar de olho naquela quartzo, mas um de vocês a colocará no lugar, este será um teste para vocês. Se a encontrarem façam isto e me contem como foi, caso ela continue a causar problemas tomarei medidas mais drásticas ela é uma importante general mas não é a única. Agora, devido ao tempo, só poderei responder a mais uma pergunta, depois podemos conversar mais.

Ortoclase olhou para mim e sinalizou para que eu perguntasse algo. Eu pensei um pouco e, ao pensar no que minha mãe falou eu perguntei.

Titanita: A senhora nos falou que a White é a mais influente entre vocês, mas o que faz dela mais poderosa? Ela não tem a mesma força e quase o mesmo tamanho que vocês? Acho que só a Pink é menor.

Nossa mãe ia falar algo, mas se interrompeu e fez uma expressão como se tivesse lembrado de algo.

Yellow Diamond: Ah, sim, aquela que vocês viram não era a White. Quando o assunto é vocês dois, a atenção dela é atraída, mas ela manda uma espécie de mensageira para falar conosco. Quando estávamos planejando sobre o projeto ela mandou esta mesma mensageira ir conversar com a gente na base lunar que pertencia à Pink, mas ela não deixa Homeworld há muito tempo mesmo.

Ortoclase: Por que?

Yellow Diamond: Teremos que deixar este assunto para depois, meu filho, preciso resolver alguns assuntos. Como eu disse, tenha paciência.

Assim, ela começou a andar para longe de nós quando meu irmão decidiu chamá-la.

Ortoclase: Por que PEDRA?

Ela se virou

Yellow Diamond: Planeamento para Encalço e Destruição Rebelde Autárquico.

Assim ela se teletransportou e comecei a pensar nestas palavras, quando Ortoclase me chamou.

Ortoclase: Você sabe o porquê desta sigla?

Titanita: Bom, Planeamento vem de planejar, que é o que o projeto era no começo provavelmente. Encalço significa procurar, rastrear ou coisa do tipo, então Encalço e Destruição Rebelde é basicamente o que temos que fazer, ou seja, achar e destruir as rebeldes. Autárquico significa que algo não precisa de liderança ou controle. O que eu entendi com este nome é que fomos designados para destruir as rebeldes sem depender de reforços ou superiores, o que me parece ser bem ambicioso.

Ortoclase: Você acha que conseguiremos fazer isso?

Titanita: Estamos treinando para isso, então, acho que sim, daremos o nosso melhor, certo?

Ortoclase me devolveu um sorriso.

Titanita: O que faremos agora?

Ortoclase: Bom, você lembra que a nossa mãe nos disse que não tínhamos visto ainda a White? Eu fiquei curiosa em saber como ela realmente é. Eve ter um bom motivo para as outras diamantes a respeitarem tanto, não é?

Quando ele falou isso, eu comecei a pensar nas possibilidades, pois, mesmo que soubéssemos onde procura-la, quais as chances de que ela iria querer falar com a gente e não nos mandar embora? Por outro lado, eu pensava sobre nossa influência em Homeworld e no fato de que, assim como as diamantes, Ortoclase era um dos próceres. O máximo que White poderia fazer era nos dar uma bronca. Mas eu pensava, também na possibilidade de White se irritar com Yellow por deixar que nós “invadíssemos” o espaço dela, mas enquanto eu me perdia em meus pensamentos senti uma mão tocar em meu ombro.

Ortoclase: Vai dar tudo certo. Vamos fazer um acordo, se a White não gostar de nos ver lá, eu vou dizer que te convenci a isso e que você não teve nada a ver.

Aquilo me fez sorrir, ele estava realmente curioso em saber quem era a líder de Homeworld.

Titanita: Não vou deixar que isso aconteça. Pode ficar sossegado que se isso acontecer, vou fazer questão de levar a culpa junto. Vamos lá?

Ele me olhou com um olhar muito entusiasmado, como se tivesse ganhado algum prêmio ou algo do tipo, e assim nós nos teletransportamos para a mesma sala que Ortoclase mencionou que dava acesso ao tribunal.

Ortoclase: Espera, antes de irmos eu quero levar a minha pérola.

Titanita: Você não acha que já está forçando muito a sua sorte?

Ele sorriu.

Ortoclase: Bom, pode ser que ela mais ajude do que atrapalhe, porque como já aprendemos, gems importantes possuem pérolas, não é mesmo? E outra coisa, nossa mãe falou que está se esforçando para conseguir uma para você. Podemos ajudar nisso perguntando pra gem mais influente de Homeworld.

Por mais que o plano dele parecesse ser feito apenas de suposições, tudo o que ele falou fazia bastante sentido. Yellow tinha falado para sermos mais autoritários, e nada mais autoritário que ter em poder uma pérola. Andamos em direção a nosso quarto e, por onde passávamos, as gems nos cumprimentavam, alguns nos chamavam de “senhor Ortoclase” “senhora Titanita”, enquanto outras apenas faziam um diamante com os braços, mas ninguém ousava nos olhar torto como antes. Isso não deveria ser surpresa, visto que já tinha passado bastante tempo desde que a notícia sobre nosso status tinha começado a se espalhar.

Nós chegamos na porta e Ortoclase entrou, para buscar a sua subordinada, porém eu preferi ficar do lado de fora. A ansiedade de ver White era muita e, como eu era uma marechal agora, eu precisava manter uma postura respeitável. Enquanto eu esperava por meu irmão, eu ouvi vozes atrás de mim.

???: Sua imprestável!!

???: Me perdoe! Não foi minha intenção!

Quando me virei, pude observar uma aquamarine azul que gritava com sua pérola, enquanto a mesma recolhia painéis, que eu presumo que continham informações sobre o local de trabalho da sua chefe e alguns destes pareciam estar rachados, provavelmente pelo impacto. Aquela ágata continuou jogando desaforos naquela pérola, mas não pude me conter quando a mesma a levantou usando aquela espécie de varinha e jogou com força no chão a sua pérola que já tinha pego alguns painéis, mas caiu no chão junto com os mesmos. Andei rapidamente em direção a elas e chamei aquamarine com o tom mais firme que consegui. A mesma, quando me viu, fez uma pequena reverencia.

Titanita: O que está acontecendo aqui?

Aquamarine tentou falar em um tom firme, porém respeitável comigo.

Aquamarine: Senhora, esta pérola imprestável deixou cair painéis importantes no chão. Mas não se preocupe, ela não fará de novo, pois eu já me cansei dela. Vou quebra-la agora mesmo.

Neste momento ela apontou sua varinha para a gem no chão que colocou os braços em frente ao seu corpo e se encolheu, mas eu segurei a aquamarine pelo braço. Eu não podia defender aquela pérola e me tornar uma gem “boazinha”, então tive uma ideia e olhei no fundo dos olhos dela e perguntei com uma voz ameaçadora.

Titanita: Você vai o que?

A gem que estava sendo segurada ficou sem jeito.

Aquamarine: Bom... senhora... vou quebra-la ela não serve, digo, olha para ela, nem sequer consegue segu---

Eu a interrompi com um tom alto.

Titanita: Ah então quer dizer que por causa de um acidente você vai desperdiçar recursos valiosos que Homeworld está tentando economizar ao máximo? É isso mesmo? Acho que você que deve ser quebrada sua incompetente! Você vai quebrar ela e depois? Vai fazer o que com os pedaços? Vai usá-los de faquinhas para destruir as rebeldes? Não, melhor ainda! Vá para a Terra e fale para as rebeldes “olha, Crystal gems enquanto vocês preservam seus membros eu sou uma idiota que quebra um dos meus subordinados sem motivo, mas não esquentem que eu vou destruir vocês sozinha!”

Aquamarine: Minha senhora... eu só...

Titanita: Cale a boca! Sua atitude foi inaceitável, onde já se viu desperdiçar recursos escassos? É quase traição! Você não quer esta pérola? Então ótimo! Porque ela não é mais sua, suma daqui e refaça todos esses painéis, você consegue levantar gems com esta varinha, não é? Então limpe essa bagunça!

Aquamarine: Marechal eu... sim.

Titanita: Sim o que?

Aquamarine: Sim senhora.

Assim que ela falou isso que fui perceber que havia gems paradas olhando para nós no corredor de todos os lados.

Titanita: O que foi? Querem ser quebradas? Voltem ao trabalho!

As gems rapidamente começara a andar e a aquamarine, que terminou de recolher o material do chão, estava o levando pelos corredores, se misturando às outras gems. Aquela pérola ainda estava no chão sentada olhando para mim. Com a coloração rosa, um cabelo que ia até os ombros e uma pedra situada em sua bochecha, ela me observava, provavelmente esperando que eu fosse dizê-la alguma coisa.

Titanita: Levanta daí.

A pérola se levantou rapidamente e foi ao meu encontro.

Pérola: Eu gostaria de agradecer pelo que a senhora fez, eu achei que seria quebrada, mas a senhora me salvou!

Ela tinha um olhar muito aliviado e um sorriso no rosto. Lagrimas estavam brotando de seus olhos, mas eu me senti na obrigação de continuar sendo firme.

Titanita: Eu não salvei ninguém pérola. Você derrubou aqueles painéis e é bom que você não o faça de novo. É trabalhoso elaborar aqueles painéis, mesmo que seja possível consertá-los gastando menos recursos que para produzir uma pérola. Agora me acompanhe.

Eu comecei a andar para onde eu estava antes deste incidente e meu irmão me observada da porta com sua pérola ao seu lado. Ele piscou para mim, provavelmente estava me parabenizando pelo jeito que lidei com a situação, mas não podia fazer isso agora, pois tínhamos que manter a postura. Sua pérola diferente das outras estava de cabeça erguida e com a postura ereta, mas não olhava para ninguém nos olhos. A pérola verde, de Ortoclase, percebeu a presença da que me acompanhava e olhou fixamente para ela, porém não esboçou nenhuma outra reação, mas acho que era justificável seu comportamento, visto que nunca tinha se aproximado de outra de seu tipo.

Ortoclase: Precisamos ir. Titanita, vamos na frente. Pérola, ande ao lado desta outra e fiquem atrás da gente. Não se distanciem.

Pérola Verde: Desculpe-me a intromissão, mas onde iremos?

Ortoclase: Iremos ver a White Diamond.

As pérolas pareciam assustadas quando falamos isso. Como se estivéssemos indo a um lugar onde não seriamos bem-vindos.

Pérola Rosa: Senhora Titanita, a senhora sabe que White Diamond está muito acima de nós. Não estou questionando a senhora. Só acho que talvez seja uma má idéia um—

Ortoclase a cortou e em seguida começou a andar me puxando levemente pelo braço.

Ortoclase: Não se percam.

Assim nós seguimos nosso caminho em direção ao local desejado. Nossas pérolas em primeiro momento estavam bem afastadas de nós, embora prestassem bastante atenção por onde andávamos para não acabarem se perdendo, mas eu sentia que elas estavam muito nervosas. Mas quando estávamos mais ou menos na metade do caminho pude notar vozes falando baixo atrás de mim e pude notar que elas conversavam. Por um lado, eu achava que era bom que elas conversassem pois assim a ansiedade delas iria se reduzindo, porém, será que era uma boa idéia? Tinhamos que manter nosso status, será que essas gems não se rebelariam mais tarde? Eu me perguntava sobre o que elas conversavam e estava começando a afundar em meus pensamentos quando senti alguém me segurar pelo ombro esquerdo e me frear. Quando voltei a mim estávamos próximos ao local onde White Diamond estava e era realmente muito grande aquele lugar. Nossas pérolas pararam ao nosso lado e contemplaram o lugar olhando boquiabertas e pude notar que tremiam um pouco.

Ortoclase: Chegamos, mas agora tem uma coisa que eu quero resolver antes de acessarmos o local. Eu notei que vocês pérolas estavam muito preocupadas com este lugar, então eu acho por bem vocês voltarem. Mas ai vocês me perguntam, para que eu trouxe vocês aqui? Pelo simples fato de que vocês precisam saber que estamos aqui para caso Yellow Diamond pergunte. Quero que vocês façam uma coisa. Vocês só informarão onde estamos se Yellow Diamond perguntar, mesmo que a própria White pergunte onde estamos, o que obviamente não vai acontecer, vocês estão proibidas de informar. Pérola, a minha eu digo, acompanhe esta outra até a nossa sala e nos aguarde lá junto a ela, voltaremos assim que possível e se alguém aparecer lá querendo falar comigo ou com a Titanita nos informe assim que chegarmos, entendido?

Pérola Verde: Sim senhor.

Ela fez o símbolo de diamante com as mãos e deu leve chute na canela da pérola rosa para que fizesse o mesmo, o que aconteceu, e as duas voltaram pelo mesmo caminho pelo qual viemos. Nós passamos um tempo procurando um jeito de entrar, andando pelas redondezas do prédio e tentando acompanhar algumas gems importantes, mas nunca chegávamos a lugar algum. Porém, enquanto andávamos encontramos uma gem bem diferente. Era uma pérola branca com a cabeça com uma rachadura que parecia estar com um dos olhos danificados. O sorriso que ela tinha em seu rosto parecia não ter sentimento algum, seus braços estavam abertos e ela nos olhava fixamente. Paramos em frente a ela e então ela veio até nós, com as pernas paradas como se estivesse parada em uma esteira e então se pronunciou.

Pérola Branca: Acredito que vocês sejam Ortoclase e Titanita. A senhora White Diamond deseja vê-los.

Fiquei impressionada com isso. Isso quer dizer que ela sabia que estávamos a procurando? Como? Será esse um dos motivos pela qual ela é tão respeitada?

Ortoclase: Claro. Te acompanharemos.

Assim que ele falou isso, a pérola se aproximou mais de nós e nos envolveu em uma bolha. Aguardamos alguns segundos e quando a bolha se abriu estava em nossa frente uma gem gigantesca e brilhante que tinha seus braços abertos. Eu olhava impressionada para aquele ser e quando olhei para Ortoclase ele estava com um sorriso no rosto. A pérola que nos trouxe não estava mais lá.

Titanita: White Diamond?

White Diamond: Olá Ortoclase e Titanita! Sua mãe me falou muito de vocês! Acredito que queriam me ver. Mas qual o motivo de sua visita?

Ortoclase: Prazer em vê-la. Nossa mãe mencionou que nós não haviamos te conhecido pessoalmente e por isso estávamos curiosos para saber como a senhora é.

White Diamond: Agora conhecem.

Ela deu uma risada leve.

White Diamond: Bom, fiz uma excessão para vocês visto que são filhos da Yellow mas também mandei minha pérola chama-los, pois tenho uma missão para vocês. Como sua mãe deve ter contado sobre a raça que nos criou e sobre como vocês foram feitos. Quero que vocês peguem uma nave e vão para a Terra procurar mais informações sobre nossos precursores. Podem levar quem e o que vocês quiserem, desde que voltem com resultados positivos. Como primeiro passo eu sugiro que entrem no laboratório que vocês acharam e procurem lá. Avisem a mãe de vocês. Alguma pergunta?

Antes que um de nós respondesse ela continuou.

White Diamond: Ótimo, prazer em conhece-los. Conto com vocês.

Assim uma esfera nos envolveu e quando notamos estávamos fora do prédio novamente, onde nos separamos de nossas pérolas.

 


Notas Finais


Esta aí mais um episódio da fanfic. Quem puder deixar algum feedback, critica ou coisa do tipo eu ficaria muito feliz em ler para saber o que estão achando. Obrigado por ler!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...