História Promete? Eu Prometo - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Blackpink, EXO, Got7, TWICE
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Kim Taehyung (V)
Tags Bangtan Boys (BTS), Bigbang, Blackpink, Chanbaek, Exo, Jeon Jungkook, Jungkook, Kim Taehyung, Kookv, Kpop, Namjin, Taekook, Twice, Vkook
Visualizações 12
Palavras 1.717
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, LGBT, Luta, Musical (Songfic), Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Sobre o Dae-Hyun, o cabelo de não é longo como o cabelo de uma mulher ele vai até os ombros ok, eu estava lendo o cap anterior e eu achei que ficou meio estranho o "longos cabelos" então eu to dando uma explicaçãozinha aqui

Perdão qualquer erro

Boa leitura ❤😉

Capítulo 16 - Capítulo 16


~No Dia Seguinte   ||   6:53 AM~

Finalmente sábado, logo de manhã Taehyung me chamou para irmos passear pela cidade, coisa que eu nunca faço!  

Em poucos minutos ele chega aqui e eu ainda estou jogado na cama! Foi difícil mas me levanto cheio de preguiça de sair de casa e vou para o banheiro, sr hoje fosse qualquer outro dia eu não sairia de casa nem que me pagassem, mas acontece que eu tenho um sábado inteiro à aproveitar com Taehyung! Visto uma calça de couro, uma camisa de manga longa branca e um all star que quase nunca uso, com preguiça que tenho agora não vou me preocupar em ficar bonito. Taehyung chega pouco tempo depois disso e praticamente pula em mim, segundo ele, estava com saudades. 

- Mas você me viu ontem.. - eu digo à ele enquanto o mesmo continua a me abraçar -. 

Tae- Exato!  Faz muitas horas!  - não vou mentir.. Queria ficar assim para sempre mas temos muitos ruas à andar! Taehyung ne solta e me olha com um sorriso - Vamos madame?  - ele brinca -. 

- Claro meu caro senhor! 

~Q. D. T. ~

Estamos passando por um grande parque, há vários casais e várias pessoas passando com cachorros e até gatos!  Ando pensando seriamente em  adotar algum animalzinho, acho que seria divertido ter a companhia de um amigo peludo à todo tempo comigo!  Taehyung e eu entramos no parque apenas para ver o grande número de pets que estavam ali. 

Graças ao trabalho eu tenho condições financeiras boas para adotar algum animal e enche-lo de comida!  

Na saída do parque, Taehyung continua me contando histórias engraçadas de sua infância, sinceramente, ele não para de falar um segundo!  Mas eu gosto disso, ele é sempre tão feliz e otimista que chega a dar inveja!  Eu, estou calado apenas pensando sobre adotar algum bichinho ou não. 

- Tae, mudando um pouco o assunto.. Oque acha de eu adotar algum bichinho?  - pergunto assim que ele chega no final de um das suas desastrosas histórias infantis, Taehyung conseguia ser ainda mais desastrado quando criança! -. 

Tae-.. Ah, eu acho que seria legal mas o ruim é que você passa muito tempo fora de  casa e caso for algum cachorro ele pode não gostar muito.. 

- Tem razão.. Seria melhor um gato certo?  Eu acho que gatos são mais independentes.. Eu estava pensando sobre isso à um tempo e eu realmente quero algum bichinho, apesar de eu nunca ter tido algum eu sempre gostei da ideia de ter um um gato ou um cachorro.. - eu digo a Taehyung que apenas olha em  volta e aponta para uma loja (?) -. 

Tae- Se você quer mesmo, ali é um Pet Shop.. - apenas sorrio e vou em direção ao estabelecimento -. 

Vários gatinhos, vários cachorrinhos, eu  não sei qual escolher!  No final de um corredor, há um gatinho filhote encolhido, dormindo,  os pelos dele são completamente brancos e não são muito grandes, ele tem uma pequena área engessada da pata esquerda da frente, " é por isso que ninguém quer você não é amiguinho.. " eu digo baixo olhando para o pequeno animal à minha frente, todo mundo aqui, só olha os mais bonitos, mais saudáveis de raça, os que não tem uma aparência assim, ficam aqui a vida toda. Pego o gatinho no colo e faço carinho no pequeno rosto do animal fazendo com que ele feche os olhinhos novamente. 

? - Tem alguma idéia de nome? - uma mulher pergunta colocando meu novo "filho" em uma "casinha" de transporte -. 

- Na verdade não.. - eu olho para Taehyung e ele me mostra vários nomes de gatos na internet. Um, em específico me chamou atenção, não acho que seja muito comum mas eu gostei!  - Acho que esse.. Eu gostei.. - Eu digo o nome a mulher e ela sai do local, minutos depois, ele retorna, com uma coleirinha escrito " Quincy " o nome que escolhi a poucos minutos atrás. Ela coloca a coleira no pescoço do animal e diz:

? - Prontinho Quincy, você ganhou um novo lar! Espero que seja feliz amiguinho!  - Ela direciona o olhar a nós - Peço que tenham cuidado com ele.. Ele foi achado a poucos dias abandonado nas ruas e com a patinha quebrada, felizmente já tratamos disso mas ele não está cem por cento curado.. Daqui duas semanas, vocês terão que leva-lo à um veterinário para tirar o gesso e ver se está tudo bem com ele, certo?  

- Claro.. - Após isso, comprei também um pacote grande de ração, uma caminha, alguns brinquedinhos,  shampoo especial para filhotes e tapetes higiênicos para ele fazer as coisinhas dele lá! 

~Q. D. T.   ||    11:32 AM~

Mesmo com a patinha quebrada esse gato consegue correr muito!  E aparentemente gostou muito dos brinquedos!  Taehyung está na sala de estar brincando com ele e eu estou preparando algo para comermos, acabei apitando por lasanha mesmo. 

Pronto!  Almoço feito!  Coloco ração no potinho de Quincy e acordo Taehyung que estava dormindo no sofá! Brincar com um gato cansa tanto assim?  

~Q. D. T.   ||   18:27 PM~

Novamente em um parque, Taehyung e eu andamos conversando e nos sentamos em um banco frente ao grande lago no centro do parque, a fonte no lago o deixa ainda mais belo. Fico absevando a leve movimentação na margem do lago e sou pego de surpresa com Taehyung beijando me na bochecha e levando os beijos até minha boca, iniciando um beijo calmo, ele leva uma de suas mãos até meu rosto fazendo um certo carinho no local, Taehyung se separa de mim e desce os beijos parando em meu pescoço, onde deixava beijos e chupões, oque me fazia soltar baixos gemidos. 

-P-Pare com isso Taehyung, estamos em um lugar público! - Tento me soltar desça tentação, coisa que não dá certo! - É sério... Para Tae.. 

Tae- Aish 'tá!  Jungkook.. Não é o aluno que veio ontem 'pra nossa classe?  O.. O.. Dar alguma coisa... 

- Dae-Hyun.. Vamos até lá?!  Ele me parece muito sozinho!  - Nós nos levantamos e fomos até o misterioso Dae-Hyun.. A única coisa que o ouvi falar foi  "obrigado".. Ele é estranho mas é lindo!  Eu me sinto mal por estar com Taehyung pensando no quão lindo é outra pessoa... Nos aproximamos dele e vemos ele desenhando algo, aparentemente ele, uma mulher e mais um homem. " os pais dele? " penso - Oi Dae!  Me aproximo sorrindo amigavelmente para ele que rapidamente fecha o caderno que estava desenhando. 

Dae- Oi - ele responde seco nos olhando, os olhos dele, são realmente lindos! -. 

- Podemos nos sentar aqui com você? - ele permanece calado e se afasta sentando na ponta do banco. Algum tempo depois Taehyung e eu conseguimos fazer ele falar mais de uma palavra, não cono se fosse mos amigos mas estava mos conversando normalmente - Se não se importa eu queria te perguntar uma coisa.. Seu cabelo é descolorido ou oque? - eu pergunto pelo fato dele ter cabelos brancos -. 

Dae- Não.. Eu nasci assim.. Eu sou albino.. Por isso provavelmente nunca irão me ver de dia na rua, minha pele é muito sensível ao sol, eu preciso passar vários cremes para sair de casa.. - ele diz simples com sua voz grossa e rouca de sempre olhando atentamente para o lago -. 

Algumas horas depois Dae-Hyun vai embora ne deixando sozinho com Taehyung denovo, como já era tarde nós voltamos para meu apartamento onde Taehyung passaria a noite hoje.

Tae- Oque está fazendo Kookie? - Taehyung se aproxima de mim que estava na sacada-. 

- Só olhando as estrelas.. O céu..  - Taehyung me abraça - Eu acho que me acalma pensar que de lá minha mãe está me observando, cuidando de mim e me preparando para o próximo dia... Por isso eu sempre faço antes de dormir... As vezes falo aqui sozinho esperando algum sinal.. Algum sinal de que ela está me escutando... Sinto saudades.. Muitas... - sinto algumas lágrimas descendo sobre meu rosto e Taehyung aperta mais o abraço, envolvo seu pescoço com os braços e o beijo quase implorando para ele fazer toda essa tristeza ir embora -. 

Taehyung me pega em seus braços e me  leva até a cama onde ele me deita,  me cobre e se deita ao meu lado me puxando para perto de si-. 



Acordo normalmente as seis da manhã, desço as escadas e vejo meu pai assistindo as notícias na TV enquanto minha mãe preparava o café da manhã. 

M- Olá, querido!  Bom dia!  Como se sente?  Está melhor?   Você estava muito mal ontem! - ela se aproxima de mim e me abraça. 

~Q. D. T.   ||   17:56 PM~

-Mamãe, mamãe!  Olha isso!  - corro até minha mãe que estava sentada me olhando - Que inseto é esse?  

M- É só uma formiga meu amor - ela sorri - Agora trate de devolver ela para a família dela por que se não eles vão ficar tristes! - ela ri e eu corro até o local onde achei o inseto, assim que ia colocar a formiga no chão ela me pica e eu com raiva pisei nela - Oque foi querido oque aconteceu? - me olha preocupada me vendo chorar -. 

- E-Eu matei ela... Eu matei ela mamãe!  Agora a família dela vai ficar com raiva e eles vão me matar também! 

M- Não chore, isso não vai acontecer, está bem? Eu nunca deixaria! Vem cá meu amor - Ela abre os braços e eu a abraço - Não chore está tudo bem! 



Escuto vozes me chamando.. Isso é estranho.. Quem está me chamando?.. 

Abro os olhos, me  sentando rápido na cama e vejo Taehyung me  olhando preocupado, meus olhos estão cheios de lágrimas.. Foi tudo um sonho.. Não! Foi uma lembrança! Uma lembrança de minha mãe..

Taehyung me abraça e eu continuo a chorar, queria não ter acordado... Queria ter me juntado a minha mãe e fazer novas lembranças junto dela... 

Tae- Jungkook.. Não chore, está tudo bem!  - Taehyung, ele fala como ela.. Retribuo o abraço me permitindo chorar e me acalmar aos poucos.. Só você pode fazer isso, só você me acalma assim tão rápido e me faz me sentir tão bem!  Só você consegue me fazer tão feliz!  Kim Taehyung! 




Continua.                                               

 







Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...