1. Spirit Fanfics >
  2. Promise >
  3. Olhares

História Promise - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - Olhares




Olhava para o espelho com o vestido preto em minhas mãos enquanto colocava por cima de meu corpo para vê se ficaria bom, o clima não estava tão frio naquele dia por esse motivo o grande lascado que ia até à coxa.


-Ficará ótimo em você.-A voz bem conhecida por mim me fez desperta de meus pensamentos, encarei o loiro quando entrou em meu quarto.


Eu não tinha o costume de fechar a porta, aliás ele nunca viera me visitar, mas depois desse acordo parecia que tudo mudara. Agreste não estava vestido, mas sim com um roupão, pois acabara de sair do banho e aquilo era visível devido aos seus cabelos molhados.


Uma visão um tanto intimidadora, mas controlei meus hormônios antes que eu saltasse para cima daquele homem. De fato depois de nossa conversa o clima estava muito mais leve, aliás era a primeira vez que eu vi ele chorar e eu odiava vê homem chorando.


-Tem certeza?-Perguntei voltando a atenção ao espelho.


-Sim, eu tenho.-Apareceu no campo de minha visão e pude vê ele morde os lábios.-Por que não se vista? Direi se realmente está bom.-Argumentou se sentando em minha cama.


Virei-me para frente encarando aqueles olhos verdes que naquele momento estavam vazios, ou seja, eu não sabia oque Agreste estava pensando, mas só de estar sentando em minha cama naquele posição sensual atiçava os meus sentidos me fazendo praticamente querer-me jogar em cima dele e sentar naquele colo.


-Tudo bem...-Andei até o banheiro fechando a porta e começando a retirar minhas roupas.


Comecei colocando a peça escura sobre o meu corpo, tendo dificuldade para fechar ele, então acabei desistindo de tentar aquilo e sair do banheiro encontrando meu esposo na mesma posição que antes. Agreste olhou para mim com uma dúvida estampada em sua cabeça, aliás o vestido estava largo por não está fechado.


-Me ajude...-Virei-me dês costas ouvindo um suspiro sair de seus lábios, e pude ouvir quando o mais velho caminhou até mim, colocando sua mão no fecho do vestido, mas seus dedos esbarraram em minha pele oque me fez arrepiar. Um simples contato que me levava ao céu e, ao mesmo tempo, ao inferno.


-Como eu disse antes o vestido ficou ótimo em seu... Corpo.-Sussurrou rouco a última palavra bem perto de meus ouvidos.-Coloque um casaco, pois está frio lá fora...-Ele estava se preocupando comigo?-Posso opinar sobre algo?


-Oh! Claro.-Sorrir olhando o reflexo de nós dois no espelho.


Adrien colocou a mão em meu coque e desfez o meu penteado deixando meus cabelos soltos, ele me olhou no espelho com aquele olhar intenso me causando arrepios pelo meu corpo inteiro. Sua mão se posicionou na minha cintura e ele fez a questão de juntar nossos corpos.


-Você fica melhor assim...-Sussurra.-Muito mais bonita...


Retirou a mão de minha cintura e afastou seu corpo sorrindo de lado, ajeitou a gola do roupão e caminhou até a porta do quarto provavelmente indo se arrumar. Ainda me mantida afetada com seu comentário, amigos fazem isso correto? Olhei-me no espelho colocando a mão em meus fios azulados vendo minhas bochechas coradas.


——————


Terno, nunca pensei que Adrien ficaria tão bem com aquele terno em seu corpo. O mais velho estava deslumbrante e aqueles cabelos loiros eram um charme estando totalmente puxados para trás com pequenos fios soltos. Suspirei descendo das escadas enquanto seus olhos estavam fixos nos meus.


-Gabriel irá adorar vê o quanto você evoluiu.-Ditou me assustando.


-Evoluiu?


-Lembro-me que no dia do nosso casamento no cartório a senhorita veio com roupas comuns ao menos estava arrumada.-Acabei rindo daquilo.


Realmente eu estava normal demais enquanto o loiro estava bem-arrumado, minha raiva era explícita naquele dia por esse motivo o olhar incrédulo de Gabriel.


-A face de Gabriel ao me vê vestida daquele jeito foi a melhor.-Adrien riu acompanhando-me até o carro.


-Foi naquele momento que eu comecei a gostar de você.-Travei no lugar ao ouvir aquilo.-Digo em forma de amizade...-Explicou me fazendo suspirar em alívio, mas ao mesmo tempo, eu estava triste ao ouvir aquilo.


-Esta tudo bem...-Entrei no carro juntamente com o loiro.


Durante todo o caminho ficamos em puro silêncio, a música tocava de forma baixa no carro enquanto eu olhava para as ruas de Paris vendo varias pessoas andando tranquilamente. Um suspiro saiu de meus lábios sem motivo oque chamou a atenção do loiro, pois de relance vi ele olhar para mim.


-Aconteceu algo?-Interroga olhando para a pista.


-Não é nada demais...


-Não é isso que parece.-Insistiu no assunto.


-Iremos ficar juntos para sempre...-Comecei.-Sei que não gostamos um do outro, mas o fato de isso não acontecer me deixa triste.-Adrien olhou para mim surpreso.-Oque eu estou tentando dizer é que eu tenho o desejo de me casar verdadeiramente com alguém que eu ame e possivelmente ter filhos. Esse sempre foi meu sonho...


Um silêncio predominou o ambiente e eu sabia que Agreste não iria responder à altura, mas aquilo mudou assim que uma de suas mãos repousaram sobre a minha.


-Sabemos bem que não podemos trair um ao outro.-Ditou sério.-Também tenho a certeza que ambos ficariam magoados caso isso ocorresse, podemos tentar...


-Tentar?


-Tentar algo a sério...-Parou o carro na grande mansão me deixando atordoada com sua proposta.


-Você não...


-Eu estou falando sério. Marinette.-Retirou as chaves do carro olhando para mim.-Acredite eu tenho os mesmos desejos que você e sei que não tem muita saída para nós, então oque custa tentar?


-Isso é tão repentino...


-Deixarei você pensar sobre isso.-Suspirou como não gostasse da resposta que eu dei.


Eu não estava entendendo Adrien, antes ao menos estava falando comigo para agora querer recomeçar tudo de novo fazendo esse relacionamento falso em verdadeiro. Aliás, por qual motivo eu estou recusando sua proposta, ele era bonito e estava nos padrões a qual eu sempre almejava para um homem. Naquele momento eu tinha duas opções ou aceitaria aquilo, ou recusava por conta de minha promessa.






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...