História Promised (min yoongi -ABO) - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Abo
Visualizações 18
Palavras 852
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom pra deixar bem claro,essa é a visão da mãe de Ana,como tudo aconteceu para dar início a história.

Boa leitura
😊

Capítulo 2 - Início


Fanfic / Fanfiction Promised (min yoongi -ABO) - Capítulo 2 - Início

Kim Gisele on

____________

21/09/2000

____________

O dia estava ensolarado,estava fazendo o almoço enquanto observava Ana pela janela,minha pequena faz três aninhos hoje é e muito esperta ,tinha a pele morena e os cabelos bem enroladinhos iquais aos meus e os olhos puxados como o do pai ,adorava as flores em nosso jardim e brincar em meio a elas.

Moramos em Daegu na parte mas afastada , não temos muitos vizinhos pois muitos tem medo do que a escondido nas matas aqui perto, Termino o almoço e vou chamá-la.

—aninha -chamava chegando no quintal.

—Ana cadê você?-comecei a me desesperar pois não a achava em nenhum lugar ,até que a escuto gritar.

—não... -corro em direção a mata o mas rápido que podia.

A encontro sentada nas raízes de uma árvore com um lobo médio de pelagem branca com olhos azuis.

—aninha.. ,filha.. , não se meche tá -sussurava chegando em passos lentos perto dela.

O lobo a olhava tão intensamente chegando cada vez mas perto dela,não me permitindo me aproximar.

—filha ,fica paradinha tá ,ele n vai te fazer mal -tentava a acalmar pois já via os olhinhos se encherem de lágrimas.

—ommaa..-me chama fazendo biquinho prestes a chorar.

—vai ficar tudo bem meu amor,só não se mecha tá bom-tentava a todo custo me aproximar,mas a cada passo,o lobo rosnava mas.

Até que,o lobo coloca o fucinho em seu pescoço fungando para sentir seu cheiro,e com uma velocidade impressionante raspa as garras em seu pescoço.

Ana grita e o lobo corre para mas dentro da mata,vou em direção a ela a pegando no colo.

—tá tudo bem ,Omma tá aqui ,tá tudo bem meu amor -a acalmava ainda olhando em direção a onde o lobo havia ido, não o vendo mas.

Olhei para o seu pescoço já sabendo o que aquilo significava.

____________

20/09/2005

____________

Ana está com oito aninhos,esperta como sempre,depois do ocorrido a cinco anos atrás,a marca ainda não havia sicatrizado,Ana sempre me perguntava o porquê,e eu sempre cortava o assunto dissendo que ainda não era a hora,o lobo não apareceu mas depois daquile dia,mas sei que ainda a vigia de longe.

—ana,já fez suas malas?-subi em direção ao seu quarto.

—porque tenho que ir omma?-me olhou tristonha.

—vai ser legal florzinha,sua avó quer muito ver você-falei me abaixando para ficar do mesmo tamanho que ela .

—mas porque omma?…,quero ficar com você-com os olhinhos cheios de lágrimas,ela se joga em meus braços.

—você não entende agora,mas vai entender quando crescer-a fiz me soltar e segurei seu rosto deixando um beijo em sua testa .

—mas meu aniversário é amanhã omma,quero passar aqui-ela tenta a todo custo achar uma forma de não ir.

—eu sei minha flor,e como você não vai está aqui,acho que o certo é eu entregar seu presente hoje , não acha?-falei tirando uma caixinha do meu bolso ,vendo um largo sorriso em seu rosto.

—obrigada omma……-ela seca seu rosto com as mãoszinhas e começa a abrir seu presente.

—e lindo, é tão brilhante-falava admirada ao olhar o colar com uma pedra azul delicada como enfeite.

—prometa a omma que nunca vai o tirar?-a perguntei colocando em seu pescoço.

—nen pra tomar banho omma?-fala risonha

—nen pra tomar banho-falo rindo junto com ela e aperto a ponta do seu nariz.

—prometo de dedinho-me mostra o dedo mindinho entrelaçando no meu.

____________

21/09/2010

____________

Ana completa hoje 13 anos,pelas fotos que meu manda ela está linda,Tem estudado bastante ,e me liga todos os dias,ainda pergunta sobre a marca,mas sua avó a fez acreditar que era uma promessa,ela pergunta que tipo de promessa,mas não a contamos, não ainda .

—feliz aniversário minha pequena-falo a vendo do outro lado tá tela do computador.

—nao sou mas uma criança omma -fala tentando parecer que está com raiva.

—pra min e,como as coisas estão indo?,tem acontecidos algo de interessante?-falo a olhando enrolar um cachinho em seu dedo.

—aqui está tudo normal ,só tenho tido sonhos estranhos,mas não são pesadelos, são sonhos bons-fala olhando para o nada com um sorriso bobo.

—e eu posso saber como são esses sonhos ?-a olho desconfiada.

—e simples mas muito bonito,sonho que estou perdida no meio da floresta,é um menino lindo aparece,ele estende a mão pra min,e fala pra min não ter medo, porquê ele sempre vai está lá pra me proteger-diz abaixando a cabeça e sorrindo com as bochechas um pouco coradas.

—e sempre o mesmo sonho?-a pergunto curiosa.

—sim,e ele sempre está lá pra me ajudar, vovó me falou que é meu príncipe encantado,mas n vejo ele assim,ele me parece mais o lobo da chapeuzinho vermelho,mas em uma história diferente,ele está la pra me proteger omma, não pra me fazer mal.

____________

02/03/2016

____________

Com 18 anos ,Ana foi para os EUA fazer a tão sonhada faculdades de arquitetura, serão 3 anos de longos estudos,mas nunca estive tão orgulhosa de minha menina.

Ana se tornou uma mulher forte e independente,sempre nós falamos pelo computador pois a proibi de vir me visitar,ela sempre questiona o porquê mas nunca me desobedeceu,ela ainda tem a marca em seu pescoço,mas não pergunta mas sobre,sei que pode ter sido uma decisão errada tela mandado para longe e me privando de passar os melhores momentos de seu crescimento comigo,mas para tudo tem um motivo,é um dia ela vai descobrir o que lê foi prometido,mesmo que não tenha opção de escolher seu destino,pois já foi traçado.


Notas Finais


Só pra esclarecer,o menino que ela via em seus sonhos teria uns 18 anos ok, não apoio a pedifilia longe disso,mas preciso que ele seja mas velho.
Só posso dizer isso
Espero que tenham gostado
Até aproxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...