História Promised Princess - (Imagine Park Jimin, BTS) - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bangtan Boys, Bts, Comedia, Drama, Hentai, Imagine, Imagine Bts, Imagine Park Jimin, Kim Taehyung, Opsgguk, Park Jimin, Romance, Você
Visualizações 564
Palavras 879
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi bolinhos *3
Gostaria de dizer que estou bem, tá?
Desculpa pelo sustinho hihi
Amo vocês <3
Muito obrigada por cada mensagem que vocês mandaram, sério, pensei muito esses dias e finalmente tá tudo començando a dar certo, cometi loucuras mas que mais uma vez me ajudaram a amadurecer.

Boom, esse capítulo é bem pequeno pois é mais voltado a uma pequena grande discussão entre TaeHyung e ______, enfim, boa leitura anjinhos meus <3

Capítulo 6 - Chapter 06 - Jealousy


Fanfic / Fanfiction Promised Princess - (Imagine Park Jimin, BTS) - Capítulo 6 - Chapter 06 - Jealousy

Promised Princess

Chapter 06

Jealousy

– Como quiser, Kim. – Tentei secar minhas lágrimas o mais rápido que pude e fazer o possível para transparecer uma mulher forte, como eu deveria ser agora.

– Boa garota, foi mais fácil do que eu pensei... – Analisou a situação apertando seus olhos em sinal de desconfiança – Eu vou repetir pra ver se fica bem claro na sua mente, gravado como uma tatuagem pra alertar a si mesma da incompetente que pode ser e acabar por matar sua melhor amiga, – O soldado apontou o dedo para a minha face, eu odiava que apontassem o dedo pra mim, ele estava testando os meus limites – eu acho bom você não querer bancar a heroína nessa altura do campeonato, sua estúpida. As paredes tem ouvidos e são facilmente subornadas, ir contra as minhas regras é pedir por morte. – Segurou meu maxilar e selou nossos lábios me arrancando uma careta – Ah! Quase ia me esquecendo! Espero que você pare de dormir com o Jimin, ouviu bem querida? – Selou novamente nossos lábios após acariciar minha bochecha esquerda. Esperei ele virar para sair do cômodo e limpei meus lábios com as costas da mão, eu sentia nojo.

– Espero que você morra. – Confessei vendo-o girar os calcanhares e colocar um sorriso demoníaco em sua face.

– Morreremos juntos, querida. – Piscou para mim e deu a entender que iria se retirar do meu aposento, porém fui mais rápida.

– TaeHyung, você precisa de um médico, isso é doentio, você não merece ter o amor de ninguém, se você me ama mesmo, deveria colocar a minha felicidade acima de tudo, mesmo que pra que ela aconteça eu precise vivê-la longe de ti. Esse TaeHyung não me atrai, ele só me traz medo e raiva, todo o amor que eu sentia por você desapareceu Tae, você jurou me proteger e agora é o que mais me causa dor! – Respirei fundo e tentei me acalmar percebendo que já me encontrava trêmula com medo da sua reação após o meu desabafo, ou ele iria aproveitar todas as minhas palavras e mudar, ou ele iria rir da minha cara e me lembrar o quanto sou a culpada por tentar salvar a sua vida e abrir mão do nosso amor.

Mas o que eu não esperava era que o soldado chorasse. Sim, ele estava chorando, chegava a soluçar e por um momento quis abraçá-lo, mas o garoto foi mais rápido e sentou no chão do meu quarto abraçando as próprias pernas, parecia uma criança indefesa e totalmente ferida.

– Eu odeio o Park com todas as minhas forças! Ele roubou tudo de mim! Eu odiava quando a minha mãe fazia questão de mimá-lo por ser sua bá e a mim ela deixava de lado! Primeiro ele tirou a minha criação, ______! Minha mãe preferiu criar um príncipe de meia tigela ao criar o próprio filho!! Fruto do seu amor com o meu pai, eu sou o fruto do ventre dela e ela prefere o Park a mim? Depois veio você, a única coisa que eu tinha já que minha mãe vive até hoje totalmente voltada as mordomias de Jimin, ela se tornou viúva e pobre! – Fungou pronto para dar continuidade – O Park não estava satisfeito em tirar a minha mãe de mim e tirou você de mim!! Ele não liga pra você ______! Ele só quer ver o meu sofrimento.

– Como ele poderia querer seu sofrimento em relação a mim se o rapaz nem sabe sobre nós dois TaeHyung?! Não deixe a ira te vencer e tomar conta do seu raciocínio, é só prestar mais atenção e perceberá que não faz sentido algum sua colocação sobre Jimin para comigo. Eu e o Park somos prometidos, você sabe muito bem disso, eu sempre deixei claro. O senhor não pensou que iríamos fugir juntos como nos romances, né TaeHyung? Se foi isso, essa opção não poderia nem ter entrado na sua cabeça apartir do momento em que eu disse que o que tínhamos era temporário e eu não iria arriscar a vida de ninguém para viver esse amor.

– Você está protegendo ele?! Depois de tudo o que tivemos juntos você protege ele?! – Perguntou incrédulo cerrando seus punhos e trincando o maxilar.

– Agora você lembra do que tivemos?! Por quê quando começou toda essa palhaçada não lembrou do que vivemos juntos? Por qual razão na primeira oportunidade você fez questão de tirar toda a minha alegria quando o que eu te fiz foi poupar a sua vida?! – Gritei finalmente enfrentando a fera com todas as forças que eu tinha.

– Eu fiz isso por que te amo e não vou suportar te ver nas mãos de outro! – Explicou de forma até que paciente.

– Pois então trate de virar homem e suportar esse ciúmes doentio seu! Procure ajuda, tanto faz, não me importo! Tire seu cavalinho da chuva se está achando que eu vou voltar para os seus braços – Me levantei da cama pronta para dar um fim nisso tudo, logo me colocando em sua frente e apontando o meu indicador em seu peito – Eu vou me casar com Park Jimin e farei questão de te colocar como o soldado que estará na cerimônia nos protegendo de possíveis ataques, só para olhar em teus olhos e mostrar que tudo o que você colherá, são frutos das tuas plantações!


Notas Finais


SAI DA FRENTE QUE ELA FICOU PISTOLA, LIGOU O FODA-SE E ENFRENTOU O DOIDO!
PALMAS PRA ESSA MENINA POR FAVOR!

Tá muito tarde, então não vou prolongar muito aqui, espero que tenham entendido o que aconteceu comigo e não se preocupem ok?

Enfim, o que acharam dessa ______ forte? Será se vai dar certo? Aaaaa

Vejo vocês na próxima ;3 @opsgguk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...