História Promised Princess - (Imagine Park Jimin, BTS) - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bangtan Boys, Bts, Comedia, Drama, Hentai, Imagine, Imagine Bts, Imagine Park Jimin, Kim Taehyung, Opsgguk, Park Jimin, Romance, Você
Visualizações 524
Palavras 1.544
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Primeiro: Jung Jaehyun eu te amo.
Segundo: Desculpa pelo horário, murro na insônia e no bloqueio que só vai embora de madrugada.
Terceiro: AMO VOCÊE MEUS BOLINHOS <3
Boa leitura, beijinhos hihi

Capítulo 7 - Chapter 07 - Até que a morte nos separe


Fanfic / Fanfiction Promised Princess - (Imagine Park Jimin, BTS) - Capítulo 7 - Chapter 07 - Até que a morte nos separe

Promised Princess

Chapter 07

Até que a morte nos separe

– Taehyung? Está fazendo o que aqui?! Sozinho com a minha noiva?! Não teme pela sua vida?!! – Jimin entrou em meu aposento se deparando comigo perto de Taehyung, se tem mais alguma coisa para dar errado, que aconteça logo.

– Você se importa Jimin? O fato d’eu poder foder a “sua” mulher nas suas costas te corrói? – Volta tudo se algo tiver que dar errado não, que não seja possível! – Bom saber. – Sorriu malicioso me encarando da cabeça aos pés enquanto mordia o lábio inferior, ele queria acabar com qualquer paciência que Jimin tivesse, que de fato nessa altura do campeonato não existia, sua irmã sendo sequestrada e agora sua noiva possivelmente com o soldado que ele não ia com a cara?

– Jimin, não dê ouvidos a ele! Não temos nada! – Meu noivo virou em minha direção vermelho de raiva, enquanto cerrava os punhos.

– Então o que ele está fazendo aqui?! Porquê tão próximos?!! Não é a primeira vez que o vejo no seu quarto ______! Eu fiz de tudo pra fazer com que tivesse amor no nosso relacionamento e você jogou tudo fora, se fosse antes de tentarmos juntos fazer dar certo eu juro que entenderia, mas foi enquanto eu tentava te dar amor ______!!

– Achei que iria demorar mais pra descobrir que era corno, riquinho. – TaeHyung gargalhou totalmente irônico, adorando a desgraça alheia.

– O que eu tive com TaeHyung foi antes de tentarmos, eu juro! Tens a minha palavra! – E o citado mais uma vez riu da situação. – TaeHyung, retire-se por favor!

– Como quiser, docinho. – Isso foi o estopim, porém fui mais ligeira e querendo evitar maiores confusões abri a porta com tudo e empurrei TaeHyung para a fora, trancando-a em seguida.

– Jimin, sente-se aqui. – Dei batatinhas no colchão ao meu lado do qual eu havia acabado de sentar.

– Eu não quero te ouvir, sua voz está me dando náuseas. – Confessou passando a mão por seu rosto, totalmente frustrado.

– Eu não perguntei se você quer me ouvir! Eu ordenei que você sente ao meu lado! Você ainda está no meu reino, no meu palácio, me obedeça! – Fui grossa sabendo com quem estava lidando, pedir com carinho não iria adiantar, ele mesmo relutante cedeu, eu sabia que ele não iria contra seus princípios.

– Você me dá nojo agora. – Sussurrou sentando ao meu lado e apoiando seus cotovelos em suas coxas grossas e apoiando seu rosto em suas pequenas mãos.

– Me desculpa, mas eu juro que cortei todos os meus contatos íntimos com ele no dia em que NaNa esteve aqui e no dia em que você me beijou, eu estava disposta a abrir mão pra tentar algo novo com você, mas também porque eu não queria arriscar as nossas cabeças, eu não o amava tanto ao ponto de morrer por ele, ou morrer com ele. Era algo temporário, acredite em mim Jimin, eu disse que me casaria com você e a partir de um determinado momento romperia com TaeHyung, ele concordou de início, mas depois se tornou um homem possessivo e disse que mataria se eu não ficasse com ele! – Respirei fundo sentindo lágrimas escorrem pelo meu rosto.

– Por que a hipótese de que ele esteja com a minha irmã passou pela minha cabeça? – O garoto perguntou me sem tirar os olhos de todas as minhas ações; onde eu limpava as minhas lágrimas insistentes o tempo todo.

– Por que ele está e eu te peço que mantenha a calma, finja que não sabe por mais difícil que seja, eu sei do que ele é capaz e ele veio aqui hoje para me pedir que eu não te conte, pediu para que eu diga a todos que não quero mais esse casamento e depois que eu o encontre nesse endereço. – Mostrei o pequeno bilhete a ele que não tardou a ler. – Precisamos ter calma e por mais que você desconfie de mim, estamos juntos nessa Jimin, ele colocou a minha melhor amiga no meio disso e eu estou disposta a me entregar pela vida dela.

– O quê?! Ficou louca?! Eu não vou deixar ele te levar! Eu gosto de você e... – O menino arregalou os olhos ao perceber o que falara e travou na hora, mexendo os lábios tentando dizer algo, mas não saía som algum de seus lábios. – D-Digo... Não seria bom uma princesa se arriscar, seu progenitor iria matar à todos que aparecessem em sua frente e-e...

– Jimin, tudo bem. Eu quero me arriscar e vou fazer isso pela única amiga que tenho, prometa-me que entrará no plano e ah! Preciso que finja que acredita na hipótese do sequestro ser fruto dos planos de rebeldes. Eu vou me sacrificar pela Nana e por você, sei o quanto sua irmã é importante pra mim e muito mais para ti. – Suspirei pesado pensando em como de alguma forma poderia escapar das garras de TaeHyung depois de estar em seus braços.

– ______, a gente vai dar um jeito! Esquece esse plano idiota, iremos tentar salvar ela de lá sem ter que arriscar te perder! – Colocou suas mãos fofinhas uma de cada lado do meu rosto, fazendo carinho em minhas bochechas. – Eu não quero te perder também.

– Você fica fofo assim, mas não é uma questão do seu querer infelizmente, é uma questão de salvar quem eu coloquei em perigo. – Coloquei minhas mãos por cima das suas acariciando-as e sentindo o garoto se aproximar de mim depositando um selar em meus lábios.

– Eu estou mais calmo. – Respirou fundo sorrindo para mim, transmitia confiança – Vamos criar um plano sem te arriscar, salvar a Nana e por fim ficaremos juntos, com TaeHyung no xadrez.

– Jimin, isso não é um conto de fadas! TaeHyung está louco achando que você rouba tudo o que é dele. – Vi o príncipe franzir o cenho não entendendo minha afirmação.

– Como assim? Primeiro que você não é dele, é minha e segundo que não me lembro de ter algo ou alguém além de você. – Umedeceu seus lábios levando suas mãos para os seus fios loiros, onde puxou eles para trás, uma mania que eu poderia admirá-lo fazê-la em um looping infinito.

– Lembra de sua bá? – Perguntei com minhas mãos em meu colo enquanto brincava com meus dedos.

– Dona Kim! Como esquecer? – Um sorriso lindo formou-se em seus lábios. – Ela sempre foi muito atenciosa, sempre deu tudo de si para mim e para Nana, depois de alguns anos descobri que ela tinha um filho, o qual ela negava, por ele ser má índole, se envolver com drogas e essas coisas, depois que ele mudou de vida e se tornou um homem de bem, além dele parar de mandar ameaças para o nosso palácio, ele pareceu aceitar que nossa bá se tornou um pedaço de nós e não iria se afastar, ele se tornou um... Soldado. – Jimin sussurrou a última palavra como se agora tudo fizesse sentido.

– Por que raios estamos aqui ainda?! Calmos?! Ele já deve estar lá fora e minha amiga pode estar correndo perigo! – Exclamei indignada por ainda não estarmos colocando nosso plano em ação.

– TaeHyung não vai sair daqui, os portões do palácio estão fechados, os únicos soldados permitidos à sair já foram escolhidos enquanto um certo soldado estava ausente e infelizmente perdeu a reunião de última hora.

– Mas se ela estiver passando frio? Fome? É horrível ficarmos parados sem podermos fazer nada!! – Estava frustrada, era angustiante a sensação de impotência.

– Eu já rezei muito para que ela esteja bem hoje de manhã, não há o que fazer e eu sei que minha irmã é uma garota forte, não será agora que me deixará na mão, só podemos esperar para jogar o jogo que TaeHyung tanto quer, ele jogou os dados, agora que arque com as consequências disto, querida. – Me puxou para deitar em seu peito e beijou o topo da minha cabeça.

Jimin, apesar de todos os problemas à sua volta, todas as dúvidas, ele não deixou de estar do meu lado, apesar de todas as perguntas entaladas em sua garganta, ele soube ser paciente e gritar por mim quando eu não tinha mais voz, ele preferiu me apoiar mesmo se eu estivesse errada, esteve ao meu lado desde essa época até hoje, se eu precisasse de um abraço, ele me dava muito mais que um abraço, no meu homem eu sempre encontrei o conforto que nunca tive, a proteção que nunca tive e é assim até hoje.

Pessoas tentaram nos derrubar, nos separar, mas estamos nessa caminhada até hoje, juntos, mesmo com todas as dificuldades, nosso amor sempre foi maior do que todos os nossos problemas, Jimin é a minha luz na escuridão, a estrela que mais brilha na galáxia do meu coração, a peça que faltava no meu quebra-cabeça, não importa quantos anos passarmos juntos, sempre serei capaz de me apaixonar cada vez mais por ele, até que a morte nos separe.

Mas nem ela foi capaz de separar espíritos jovens que a cada dia que envelheciam, se amavam mais.

Nem a morte foi capaz de ir contra o amor mais puro que já havia passado por ali, nessa vida e na próxima, sempre juntos. 

I'm headed straight for the castle

They wanna make me their queen

Estou caminhando em direção ao castelo

Eles querem me fazer sua rainha

Castle – Halsey


Notas Finais


Mas o q a senhora quis dizer com morte separar vocês dois querida ______? Está insinuando algo?
Cuidado que os meus leitores disseram que não querem morte na fanfic sua poc >:cc

Oi meninxs turu pom, gostaria de dizer que amo vocês e que tô com mto sono então provável que esteja bostejando pelos dedos rss

JUNG JAEHYUN EU TE AMO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...