1. Spirit Fanfics >
  2. Prostituta >
  3. Você..

História Prostituta - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Voltei,sumi não é mesmo?me perdoem vou voltar(tentar) com tudo e com vários capítulos

Capítulo 4 - Você..


Fico olhando pra ele,realmente não poderia julgar as pessoas pela aparência,ele é uma pessoa bem bonita,mas não posso falar que ele é igual a todos nem o conheço.

- Sabe- chego perto dele e vejo que ele estava atento a mim- acho que hoje não,quem sabe outro dia? - Sorri e vou me afastando dele.Ouvi sua voz me chamar,mas não sei muita atenção e vou indo no vestiário colocar minha roupa normal e tirar toda aquela maquiagem,ainda bem que eu poderia ir embora cedo,sem nenhum programa por escolha minha queria descansar hoje.

...

Depois de alguns minutos chego no apartamento que dividia com minha amiga de trabalho,na verdade eu acho que era a única pessoa que eu realmente poderia confiar. Como a mesma não tinha chegado ainda aproveito para fazer uma comida para nós e também decido tomar um banho e aí sim poder relaxar pra aguentar o dia de amanhã.

...

8:30 da manhã 

Sou acordada por alguém pulando em minha cama,queria muito matar o tal ser que estava fazendo aquilo,apenas respiro fundo e abro meus olhos lentamente.

- O que foi? - falo meio que em tom de grosseria e sem interesse algum 

- Você tem que acordar já está tarde - Ela se senta na minha cama e fica me observando 

- Mas ainda está cedo - Falo olhando em meu celular e vendo que horas eram 

- É que eu tinha acordado e queria que você acordasse também,não queria ficar sem fazer nada 

- Agora você vai fazer nada,mas com minha companhia?

- Bem melhor do que fazer nada sozinha - Ela da um sorriso meigo,fico com vontade de voar nela,mas fico tranquila sem me estressar,eu não sou uma pessoa que me estressa rápido ou que explode,sou bem compreensiva e não acho razão pra surtar por coisas assim ou por outras coisas.

- você tem sorte que gosto de você - forco um leve sorriso e vou me sentando na cama- acho que hoje vou ensaiar mais músicas pra dançar e talvez me arrumar mais hoje.

- você nem precisaria se arrumar,todos daquela boate caiem matando em você,tanto homens quanto às mulheres,você poderia ter quem você quisesse,mas você é boba e não tenta nada.

- Isso se chama ser esperta para não dar falsas esperanças e nem se iludir e ficar igual uma boba atrás de alguém - solto um leve riso- isso não é pra mim.

- Você é madura demais pra tudo,não dá nem graça te provocar nem nada - a mesma se levanta e sai do cômodo que eu estou.

Fico em meu quarto,com a porta fechada, para ensaiar as danças e pensar no que faria hoje,Senhora Hee min não deixaria eu ficar só dançando por muito tempo,iria querer que eu fizesse mais programas.

...

Estava já quase nada hora do meu trabalho,decido ir tomar um banho,entro no banheiro,na trajetória de ir pra lá já vou tirando as roupas que estavam no meu corpo,dessamaro meus cabelos e entro no box,ligo o resgistro e deixo a água que agora estava morna cair por todo meu corpo e cabelo,o banho estava até que bem relaxante,depois de alguns minutos volto pra realidade e volto ao meu banho e logo o terminando,tinha que secar meus cabelos,ainda fazer uma maquiagem e procurar uma roupa adequada para lá.

Estava totalmente pronto cabelos levementes úmidos,os quais não ligava de deixar assim,estava com um "vestido" preto e colado que mostrava bem as curvas de meu corpo,uma bota até o joelho e uma maquiagem até que bem básica,não queria ter trabalho pra tirar qusmdo chegasse,ou se eu vinhesse para cá né.

Minutos depois...

Estava entrando na boate e vou diretamente para o lugar que todas as meninas ficavam,me olho no espelho e não vou negar estava bem bonita,algumas meninas ficavam me olhando com certo olhando de raiva?realmente não entendi o porque desses olhares,até porque não tinha o porque essa raiva.

Já era a minha vez,vou subindo no palco e meio que não conseguia ver a plateia,por causa das luzes,mas um rosto eu consegui ver,o rosto do menino da noite anterior,sério que ele veio?,pensei que já tinha desistido.

A música começa a tocar e vou dançando,fazendo movimentos lentos e sensuais,vou fechando meus olhos e sentindo a música,poderia dizer que estava dançando em sincronia com a música.

...

Quando ia descendo a Dona do bordel me chama,vou até a mesma.

- Sophia você vai ter que fazer um programa,o cara pagou bem e estava aqui antes mesmo de você chegar,ele falou que o motorista vai vir buscar você - Apenas afirmo e pego meu casaco e fico lá fora.

Um carro preto chega perto de mim e um cara sai do carro

- senhorita Sophia? - ele chega perto de mim 

- sim,sou eu 

- Meu senhor mandou eu vim te buscar - Falou e foi abrindo a porta de trás do carro,entro na carro e não falo nada o caminho todo,estava curiosa pra saber quem era,as com certeza o moço não iria falar nada. 

Chegamos e o mofo abre a porta do carro pra mim. 

- Muito obrigada - Sorri e logo vou saindo do carro.

- Você pode entrar já,o meu senhor está te esperando lá dentro já.

Vou andando devagar até a porta e logo vou abrindo a mesma,entro devagar e vejo uma pessoa de costas no sofá

- olá - falo e vejo a pessoa a pessoa se virar- você?...



Notas Finais


Se cuidem gente,lavem as mãos direitinho,usem álcool em gel,não saiam de casa,estamos num momento perigoso pensem na saúde de vocês e dos outros.💜
Espero que tenham gostado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...