História Protecting (Yoonseok) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Açucar Azedo, Amor, Bangtan Boys, Bts, Chimchim, Híbrido, Hoseok, Hybrid, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kookie, Love, Namjoon, Rap Monster, Sex, Sexo, Suga, Taehyung, Yoongi
Visualizações 712
Palavras 2.025
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii
Nunca escrevi uma fic sobre híbridos ou coisa do tipo, mas espero que esteja bom ^-^

Capítulo 1 - Um experimento chamado Yoongi


Fanfic / Fanfiction Protecting (Yoonseok) - Capítulo 1 - Um experimento chamado Yoongi

Jimin On

 

Eu tinha conseguido. Eu criei um híbrido. Metade humano e metade gato. Ele demoraria um tempinho para acordar, então apenas esperei. 

 

No tempo de espera, fiquei mexendo nos papéis e até lhe dei um nome. Seria Min Yoongi. Espero que ele seja dócil como planejei e goste de mim como eu gostarei dele. 

 

Continuo mexendo nos papéis, quando escuto um barulho. Vou até a "cela" em que Yoongi está e entro lá, fechando a portinha atrás de mim. Chego perto dele devagar e observo sua calda começar a balançar devagar. 

 

Segundo meu projeto, ele já saberia falar como um humano normal, mas sim, teria características felinas. Puxei seu rostinho para vê-lo e me choquei. Ele era tão lindo... eu não tinha visto seu rosto ainda. 

 

Fiz um carinho em seu cabelo e ele abriu os olhinhos devagar. Sorrio apreciando sua beleza

 

YG: Q-quem é você? - ele diz baixinho 

JM: Sou seu criador - digo ainda sorrindo

YG: Ah... - ele parece processar a informação - e... quem sou eu?...

JM: Seu nome é Min Yoongi 

YG: Yoo...gu...?

JM: *risos* não pequeno. Min YoongI

YG: Yoongi...

JM: Sim - faço um carinho em sua cabeça como agrado e ele sorri 

YG: Eu gosto de carinho - ele fecha os olhinhos 

 

Era tão adorável. Sua cauda balança feliz 

 

JM: Está com fome? - pergunto 

YG: Sim!! - ele diz alegre 

JM: Que tal um pouquinho de leite? 

YG: O que é leite?

JM: Espere um momentinho, vou trazer 

YG: Ok

 

Saio da "cela" e deixo a portinha aberta. Prefiro chamar aquele lugar de casinha, pois é um nome menos ameaçador. Pego um pouco de leite, coloco em uma mamadeira e levo até Yoongi

 

JM: Espero que você goste - lhe entrego a mamadeira e ele não sabe o que fazer com aquilo 

 

Começa a chacoalhar a mesma, então resolvo dar o leite eu mesmo

 

JM: Venha - digo deitando sua cabeça no meu colo e pegando a mamadeira - vou te alimentar 

 

Coloco a mamadeira em sua boca e ele começa a beber. Com o tempo, o leite acaba e Yoongi se levanta dando um pequeno arroto me fazendo rir 

 

YG: Por que está rindo?

JM: Você é muito fofo - digo sorrindo 

YG: Você também é... am... como posso te chamar?

JM: Meu nome é Park Jimin, mas pode me chamar de papai 

YG: Tudo bem papai

JM: Vou lavar sua mamadeira, já volto 

YG: Ok

 

Passo pela portinha e vou até a pia do laboratório. Lavo a mamadeira e coloco ela em uma estante. Olho pra a casinha e Yoongi não está mais lá. Entro em um desespero rápido que logo acaba, quando eu encontro o híbrido sentado no chão brincando com um pano

 

YG: Papai, posso ficar com isso pra mim? - ele pergunta esfregando o rostinho no pano

JM: Claro - digo sorrindo e pego ele no colo - agora venha, quero examinar você 

YG: E o que é examinar papai?

JM: É quando você quer ver se está tudo bem com o outro 

YG: Oh! Mas eu estou bem! - ele diz me olhando enquanto lhe carrego até à mesa 

JM: Eu sei pequeno, só quero ter certeza 

YG: Ok papai - ele sorri 

 

Lhe coloco sobre a mesa e ele se senta. Faço exames de tudo. Sangue, vista, audição. Tudo parecia estar funcionando perfeitamente bem. Aquele híbrido era perfeito! E era meu!

 

JM: Está tudo certo com você - sorrio pra ele que balança o rabo e sorri de volta 

YG: Que bom! - ele me dá uma lambida no rosto - O que a gente faz agora papai? 

JM: Agora, o papai vai descansar. Você fica aqui entendeu?

YG: Entendi 

JM: Se algum estranho aparecer e tentar falar com você, você não fala. Volto amanhã de manhã pra ficar com você. Sugiro que durma um pouquinho, ok?

YG: Ok - ele pula da mesa e abraça minhas pernas 

 

Faço um carinho em sua cabeça e saio do meu laboratório. Aquilo era incrível! 

 

Para garantir a segurança de Yoongi no meu laboratório, além de trancar todas as portas, a sala era cheia de câmeras, então ninguém chegaria perto dele sem eu saber. 

 

Voltei para casa e fiquei monitorando as câmeras. Ele estava cheirando algumas paredes, mas logo entrou na casinha segurando o pano, se deitou em um cantinho aconchegado e dormiu. Ah... Yoongi era tão fofo...

 

Desliguei o telefone e resolvi dormir logo. Me deitei e dormi. Comecei a sonhar. Por uma estranha razão, Yoongi apareceu no meu sonho. 

 

Ele estava sentado na mesinha do meu laboratório balançando a cauda. Foi então que eu percebi que ele não estava pelado. Ele vestia uma calcinha de renda rosa. E aquilo de alguma forma, me deixou excitado. 

 

Cheguei perto dele e o peguei no colo, levando ele para um sofá. Parecia com o sofá da minha casa. Ele se sentou sobre meu colo e lambeu meu pescoço 

 

YG: Papai é tão gostoso quanto leite - ele diz e começa a dar beijinhos em meu pescoço

 

Quem havia lhe ensinado aquilo? Ah! É mesmo, aquilo era só um sonho. Então talvez não tivesse problema em continuar. 

 

Yoongi tirou minhas calças e quando ia me tocar, eu acordei.

 

Que sonho era aquele? Por que eu não impedi Yoongi? Eu deveria sentir aquilo por um híbrido? Ele é tão inocente, não devo sentir aquilo! Devo amá-lo apenas como criador, e ponto!

 

Olho para o lado e são 3h da manhã. Ligo o celular e checo as câmeras. Yoongi ainda está deitado agarradinho paninho. Senti algo estranho as áreas de baixo. Que droga Jimin, pare com isso!

 

Desligo o celular e tento voltar a dormir, mas meu amiguinho lá embaixo pedia aquilo. Aish. Me levanto e vou até o banheiro... não me orgulho muito disso...

 

*Quebra tempo*

 

Entro no meu laboratório em silêncio mas nem adiantou. Yoongi levantou a cabeça e logo acordou animado ao me ver 

 

YG: Papai! - ele corre até mim e abraça minhas pernas 

JM: Oi pequeno, dormiu bem?

YG: Dormi sim, e você?

JM: Eu... dormi também... - digo me lembrando do meu sonho 

YG: Que bom - ele lambe meu rosto 

 

Vou até minha mesa e me sento. Começo a mexer no computador e percebo que Yoongi apenas observa de longe 

 

YG: Isso é o quê? 

JM: Isso é um computador. Aqui eu tenho informações sobre tudo 

YG: Oh! Que legal - ele se aproxima pra ver mais de perto 

 

Continuo mexendo até que lembro. Comprei um brinquedinho para Yoongi se distrair 

 

JM: Comprei algo pra você - digo me levantando e pegando minha bolsa

YG: Pra mim? - ele pergunta surpreso 

JM: Sim! - então pego o ratinho de borracha e dou pra ele 

YG: O que é isso papai?

JM: Um brinquedo. Veja - aperto o bichinho - se você apertar, ele faz barulho 

YG: Oh! - ele pega o ratinho e aperta - eu adorei! Obrigada papai! 

 

Então faço um carinho em sua cabeça e volto ao meu computador. Fico escutando Yoongi brincando com o ratinho que fazia barulho o tempo todo. Era um pouco irritante sim, mas ele estava feliz, então estava tudo bem. 

 

De repente me virei e dei de cara com o Yoongi mordendo o ratinho. Seu bumbum estava empinado pra mim e aquilo não me ajudou nem um pouco. Sinto a minha área de baixo ficar animada... droga...

 

Yoongi vira pra mim e inclina a cabeça um pouquinho para o lado ao ver um certo volume na minha calça 

 

YG: O que é isso? - ele pergunta se aproximando 

JM: N-nada... 

 

Ele põe as mãos nas minhas pernas e olha mais de perto. Sinto uma gota de suor que não existe cair. Aquilo estava piorando as coisas. Então Yoongi toca no meu volume 

 

YG: Por que isso está parecendo querer levantar? - ele pergunta com seu rostinho inocente 

JM: Por nada pequeno, está tudo bem - digo cobrindo o volume com as mãos 

YG: Eu quero te examinar papai, quero ver se você está bem 

JM: Acho melhor não...

YG: Por favor... - ele pede com tanto jeitinho que eu acabo cedendo 

 

Então ele abre minha calça que nem fez em meu sonho e tirou a mesma. Só que no sonho ele parou, ali ele realmente pegou em meu membro. Ele pegou e eu soltei um gemido 

 

YG: Está doendo seu pipi papai?

JM: N-não... - tento parar de gemer 

YG: Mas porque está falando com essa voz? Parece estar machucando...

 

Eu não estava mais conseguindo me segurar. Yoongi estava pelado, tocando em meu membro de um jeito maravilhoso. Estou fora de mim, pois pego ele no colo e digo para que faça silêncio. 

 

Lhe penetro devagar e ele grita

 

YG: O que está fazendo papai?

JM: Fique quietinho ok?

YG: Ok...

 

Jimin Off

Yoongi On

 

Por que papai estava colocando e tirando o pipi dele de mim? Aquilo machucava, mas eu não podia gritar, pois ele disse pra ficar quieto. Eu não gostei daquilo, mas parecia agradar papai, então aguentei calado. 

 

Yoongi Off

Jimin On

 

Ele não parecia reclamar de nada. Ele estaria gostando? Bem... para não se recusar, deveria. Então continuei. 

 

Depois daquele dia, Yoongi passou a me olhar um pouco diferente. Mas ele não recusava quando eu lhe pedia para lhe penetrar. Então ele estava querendo aquilo. Ou estava apenas tentando me agradar...?

 

Não, acho que não. Ninguém aguenta essa dor por puro amor ao outro. Ele devia gostar mesmo. Então continuei fazendo isso por semanas. Até que um dia, cheguei de manhã e encontrei Yoongi dormindo.

 

Coloquei minha bolsa na mesa de entrada e fui até ele, que acordou assustado

 

YG: Agora papai? - ele diz ao abrir os olhinhos 

JM: Bem... não é uma má ideia 

YG: E-eu não quero agora...

JM: Por que não?

YG: Porque você me machuca - ele diz se sentando 

JM: Mas é só um pouquinho - digo e vou encostar nele porém ele me morde 

YG: Me desculpe! - ele diz repentino 

 

Ai! Aquilo estava doendo! Não sei o que aconteceu comigo, mas eu resolvi lhe punir. Peguei ele e lhe penetrei. Ele deixou como sempre mas assim que terminou, ele não quis olhar para a minha cara. 

 

Fiquei o dia todo no computador pesquisando assuntos para meus próximos experimentos, quando acabo dormindo na cadeira...

 

Jimin Off

Yoongi On

 

Estou com medo de papai. Ele me machuca, mesmo eu pedindo para que ele pare. Eu não estava mais aguentando aquilo. Eu iria fugir. 

 

Percebi que ele dormiu na cadeira. Corri até sua bolsa, peguei as chaves e abri a porta devagar. Dei uma última olhada naquele lugar onde eu havia nascido e morado. Eu estava com medo de partir...

 

Mas meu medo de papai era maior. Então passei pela porta, fechei e sai correndo sem rumo algum.

 

Vejo algumas pessoas andando, até que uma delas grita

 

Xx: *grito* QUE ANIMAL HORROROSO!! E AINDA ESTÁ PELADO!! 

 

A moça sai correndo me deixando triste. Ela me chamou de horroroso e isso doeu no meu peito. Ela também disse que eu estava pelado... papai nunca reclamou disso... 

 

Me escondo atrás de uma árvore e vejo muitas pessoas andando. Todas elas vestiam roupas, que nem papai. Eu deveria usar também? 

 

Corri até uma lata de metal e derrubei a mesma no chão. Tinha coisas fedorentas lá e aquilo me espantou. Me afastei e encostei em algo 

 

Xx: *grito* OH MEU DEUS! É UMA ABERRAÇÃO!! - o garoto grita olhando pra mim 

 

As poucas pessoas ao redor me olham e saem correndo. Por que aberração? O que eu tinha de errado? Corri até uma ponte e me escondi debaixo dela. A dor no meu peito continuava e de repente, gotas de água começaram a cair dos meus olhos. 

 

Eu estava triste. Aquelas pessoas não me entendiam. Fiquei chorando e observando as pessoas de longe andando normais vivendo suas vidas. Será que um dia eu poderia ser uma delas? 

 

Penso isso um pouco mas lembro do garoto me chamando de aberração e a moça me chamando de animal horroroso. Talvez eu nunca fosse fazer parte deles... volto a chorar. E não consigo mais parar...

 

Yoongi Off



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...