História Protector (Suga) - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bambam, Beakhyun, Blackpink, Got7, Jackson, Jennie, Jhope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jisoo, Jungkook, Lisa, Mark, Rap Monster, Rose, Suga, Taehyung, Youngjae, Yugyeom
Visualizações 33
Palavras 1.878
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Fluffy, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eita, demorei em mas postei kkk
Tá aí mais um capítulo.
Boa leitura 📖 e fui.

Capítulo 19 - Piano


Fanfic / Fanfiction Protector (Suga) - Capítulo 19 - Piano

 Abro meus olhos me acostumando com a claridade que estava no ambiente. Não estava tão claro, chuto eu que deve ser umas 6 da tarde. Me mexi na cama e percebi que estava totalmente sem roupas e só com um lençol sobre meu corpo. Viro para o lado e vi que estava sozinha.

Os flashbacks da minha primeira vez passam pela minha mente me fazendo sorrir involuntariamente. Eu mal podia estar acreditando no que eu tinha feito. Foi tão especial pra mim. Yoongi foi tão cuidadoso, amoroso, carinhoso. Me sinto uma boba apaixonada pensando assim.

Acordo dos meus pensamentos quando ouço uma música que vem das teclas de piano. Aqui tem piano? Desde quando?

Me levanto devagar da cama e pego a camisa branca de Yoongi no chão e me visto com ela e caminho descalça até o som da música me deparando com aquela porta em seu quarto, coloco a mão na maçaneta e giro a abrindo. Adentro aquele quarto e vejo Yoongi tocando em seu piano. Ele estava apenas de calças e sem camisa. Pude ver que em suas costas haviam alguns arranhões vermelhos. Vou em sua direção e me sento ao seu lado e o ouço tocar.

(MÚSICA BELLA’S LULLABY)

Depois de terminar a música Yoongi me olha de cima a baixo e sorri.

Yoongi- Gosto de ver você com a minha camisa. – sorrio e eu abaixo a cabeça com vergonha. – Você fica mais linda vermelha. – ele levanta meu queixo e me dá um beijo rápido. – Não queria te acordar.

Eu- Você não me acordou. – abraço sua cintura nua de lado e ele passa seu braço em minha cintura e beija o topo da minha cabeça e cheira meu cabelo. – Não sabia que você tinha um piano em sua casa. – me afasto ainda abraçada a ele e o encaro. – Quantos segredos mais você tem senhor Min?

Yoongi- Isso não era segredo! – ele sorri.

Eu- Não era não? – o olho incrédula.

Yoongi- Não! – responde sem dar importância.

Eu- Então... porque eu não sabia? – tombo a cabeça para o lado e o questiono.

Yoongi- Simples... porque eu não te contei. Não quer dizer que era um segredo.

Eu- Quer dizer sim.

Yoongi- Não quer dizer não.

Eu- Era segredo sim senhor Min Yoongi! – solto minhas mãos de sua cintura e cruzo os braços como uma menina birrenta.

Yoongi- Não era não.

Eu- Era sim. A porta tem até tranca. – aponto na direção da porta.

Yoongi- Porque você é tão chata? – ele sorri e me puxar pra ele.

Eu- Me chamou de quê? – abro a boca em forma de surpresa e me solto de seus braços me levantando fazendo uma cara emburrada e caminho para sair de lá.

Yoongi- Senhorita Mavie Peterson, volta aqui. – estava prestes a sair de lá quando sou puxada pela cintura e imprensada no piano por seu corpo.

Eu- Me solta! – tentava empurrá-lo, mas ele era mais forte que eu. – Você me chamou de chata.

Yoongi- Mas você é kkkkk – começo a estapeá-lo e ele segura meus pulsos.

Eu- Você ainda repete? – eu estava incrédula com a sua audácia.

Yoongi- Mas é a minha chata que eu amo. – ele se aproxima e dá um beijo demorado na minha testa.

Eu- Não adianta dizer que me ama. – falo dengosa e afundo meu rosto em seu pescoço e sinto seu cheiro bom.

Yoongi- Mas eu vou dizer que te amo todos os dias da minha vida e pra sempre mesmo que você me odeie. – fala e me afasto para olhar em seu rosto.

Eu- Sabe que eu nunca te odiaria. Nem quando você me disse aquelas coisas eu consegui te odiar. Na verdade, eu estava me odiando por não conseguir te odiar. – sorrio ao lembrar disso. – Nem era verdade quando eu disse que te odiava, foi só da boca pra fora. – abaixo a cabeça e ele me abraça pela cintura.

Yoongi- Eu me odiei mais do que nunca por te magoar. – me afasto um pouco e lhe dou um selinho rápido.

Eu- Esquece isso. Já passou. – falo e acaricio seu rosto me aproximando e o beijando.

Yoongi me beija com intensidade e me aperta cada vez mais contra o piano. Sinto suas mãos descer da minha cintura até as minhas coxas fazendo impulso para que eu me sentasse no piano e entrelaçasse as pernas em sua cintura. Coloco minhas mãos em seu cabelo e puxo com um pouco de força. Suas mãos apertam com força a minha cintura e me pressiona cada ver mais contra seu corpo. Ele passa a beijar meu pescoço me fazendo morder os lábios. Sinto chupões fortes sendo depositados em minha pele. Sua boca vai descendo até o vão dos meus seios que está exposto por conta da camisa um pouco aberta.

Yoongi- Adorei minha camisa em seu corpo mas eu prefiro ele sem roupa alguma. – ele diz e rasga a camisa me deixando totalmente exposta a ele. Yoongi joga os restos da camisa no chão e ataca meus lábios e vai descendo até o pescoço. Ele passa a dar mordidas leves me fazendo pender a cabeça para trás e fechar os olhos com força. Me deito por completo em cima do piano. Sinto sua boca em meus seios me fazendo gritar seu nome alto pelo contato imediato.

Eu- Yoongi... – abro meus olhos e vejo Yoongi me olhando e me segurando com firmeza. – O que foi?

Yoongi- Estou admirando seu corpo. – sorrio envergonhada pela situação em que estou. – Estou com a mulher mais linda do mundo. – ele sorri e se inclina para me beijar e dessa vez é um beijo calmo e tranquilo, que me passa paixão, ternura e segurança.

Desço minhas mãos passando por seu pescoço e o pressiono mais contra mim em busca de mais contato. Passo minhas mãos por seu abdômen e desço até sua calça o ajudando a abrir. Yoongi desgruda sua boca da minha e se afasta ficando de frente pra mim. Ele desce sua calça junto com a cueca e passa a me observar enquanto suas calças chegam ao chão.

Agora estamos empatados. Ambos sem roupa alguma. Não sei se fico mais tranquila ou mais nervosa. Não é a primeira vez que ele me vê nua mas a vergonha e a timidez ainda me predominam. Fecho minhas pernas e sinto minhas bochechas queimarem.

Yoongi- Nunca vou me cansar de admirar seu corpo. – Yoongi abri minhas pernas e fica entre elas. Ele se inclina e beija minha barriga o que me faz arrepiar por completo. – É tão sensível. – escuto uma risada sua. – Está mais vulnerável do que quando eu te tornei minha. – um beijo no vão dos meus seios e depois vai subindo até a minha boca. Ele abri os olhos e me olha. – Eu te amo Mavie.

Eu- Eu te amo Yoongi. – ele juntou nossas testas e depois me deu um selinho longo. Coloquei minhas mãos em cabelo e puxei devagar.

Senti Yoongi me penetrar devagar. Ainda doía um pouco, eu ainda tinha que me acostumar. Seus movimentos eram lentos, o bastante para me enlouquecer.

Yoongi- Você me enlouquece... Mavie. – ele dizia rouco em meu ouvido entre gemidos enquanto ele acelerava seus movimentos.

Desci minhas mãos pelas costas dele o arranhando e pude ouvir um gemido de dor. Levei minhas mãos até seus cabelos e o puxei para um beijo para abafar meus gemidos altos. Ele cada vez mais aumentava os movimentos me fazendo fincar minhas unhas em suas costas.

Eu- Yoongi... Ãmm...

Yoongi levanta seu tronco e segura com força minhas pernas as deixando mais abertas e acelera seus movimentos.

Yoongi- Eu quero ouvir você gritar meu nome. – ele passa a me penetrar com mais força e rapidez. Posso sentir ele tocar meu útero. Reviro meus olhos de tanto prazer que eu sentia.

Eu- ÃMM... YOONGI... – praticamente gritei seu nome.

Ele se inclina e começa a beijar meu pescoço. Levo minhas mãos até seu rosto e o puxo para um beijo desesperado. Yoongi segura firme em minha cintura enquanto me beija e acelera mais me fazendo arquear às costas. Yoongi apoia sua testa na minha e geme alto me preenchendo com o seu gozo. Ele cai sobre mim e respira ofegante assim como eu.

Yoongi- Eu te... Amo... Mavie. – junta nossas testas.

Depois de alguns minutos nessa posição e tentando regularizar a respiração Yoongi sai de cima de mim e quando eu ia descer do piano ele me pega no colo estilo noiva. Sorrio pelo seu ato e deito minha cabeça em seu ombro. Saímos do quarto e nos direcionamos ao banheiro. Ele me coloca no chão e enche a banheira. Nós entramos e tomamos banho juntos sem malícia só carinhos e beijos durante o banho. Saí enrolada numa toalha e me dirigi ao meu quarto enquanto Yoongi se vestia. Escolhi uma calcinha branca e um blusão azul, minha cor preferida. Calcei minhas pantufas e fui até a penteadeira e me assustando quando me olho no espelho. Estou cheia de marcas roxas no meu pescoço. Subo o blusão e minha barriga está da mesma forma. Meu Deus. O que o Yoongi fez comigo? Penteio meus cabelos e passo perfume. Escuto minha barriga roncar e dou risada. Me direciono a porta para sair do quarto e desço as escadas, sigo em direção a cozinha.

Eu- Estou morrendo de fome. – abro a geladeira e dou de cara com o paraíso, um pote de sorvete, morangos e um pote de Nutella. Meus olhos brilharam. Pego tudo e coloco em cima da bancada, vou até o armário e pego uma tigela enorme colocando nela o sorvete os morangos e por último despejo a Nutella. Me sento e começo a comer como uma desesperada que não vê comida a dias. Tenho certeza que estou toda lambuzada mas... Quem se importa?

Yoongi- Com licença. – olho para a porta e o vejo de braços cruzados e devidamente vestido olhando pra mim com um sorrisinho. – Você quer um guardanapo? – nego com a cabeça e volto a comer. – Está gostoso? – ele se aproxima e eu aceno positivamente com a cabeça. – Posso experimentar? – aceno com a cabeça e sou surpreendida por um beijo dele. – Hmm... Está gostoso mesmo. – diz ele passando a língua pelos lábios.

Eu- Eu ia preparar outra coisa mas aí eu vi aquele sorvete me chamando e eu tive que comer ele. – ele beija minha testa sorrindo e se senta ao meu lado.

Yoongi- Não tem problema, mas é melhor você comer comida de verdade porque você ficou doente e ainda está se recuperando.

Eu- Tá bem. – sorrio e dou um selinho nele o melando de Nutella.

Yoongi- Seu pescoço está lindo a propósito. - sorri e eu bato em seu braço.

Eu- Não tem graça, estou toda marcada. - falo tentando esconder as marcas com a manga da blusa.

Yoongi- Que bom. Assim nenhum cachorro pulguento vai se aproximar de você.

Nós ficamos um tempinho na cozinha comendo besteiras e depois fomos para a sala principal e nos sentamos no chão e ligamos a lareira. Ficamos agarradinhos perto do fogo trocando beijinhos e algumas mãos bobas. Conversamos sobre as nossas famílias, nossos gostos, nossos objetivos no futuro e tudo mais.

Hoje eu percebi que não consigo viver longe do Yoongi, ele se tornou a minha vida. A minha dependência. Ele é meu melhor amigo. Ele é meu coração. Ele é o amor da minha vida.


Continua??


Notas Finais


Link para a música⬇⬇⬇
https://youtu.be/Od-3oxpFWB0
Eu amo escuta-la.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...