História Proud and in Love - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jisoo, Jungkook, Lisa, Personagens Originais, Rap Monster, Rosé, Suga, V
Tags Bangtanboys, Bts, Minyoongi, Suga
Visualizações 103
Palavras 2.234
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Estupro, Insinuação de sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii turu bom? Espero que sim!
Fiz esse capítulo com muito amor e carinho ♥
Espero que goste!
Boa leitura :)

Capítulo 23 - Vamos contar piada! É bem melhor...


Fanfic / Fanfiction Proud and in Love - Capítulo 23 - Vamos contar piada! É bem melhor...


[…]



  Hoje, resolvi ir ao clube de rap. Foi o de sempre; batalhas, apresentações, sugestões para melhorias do clube, entre outras coisas. Eu, apenas batalhei uma vez com uma garota e no resto do tempo, só observei. Me despedi de alguns amigos, e fui embora mais cedo pra casa.

  Quando cheguei em casa, como de costume, joguei minha mochila em qualquer canto e corri para conectar meu celular no carregador. Quando consegui o ligar, fui checar as mensagens de Yoongi. Como o esperado; nenhuma mensagem. Aish que ódio! Onde esse puto está?!

 Enfurecida, ligo meu rádio no último volume e começo a dançar. 

  Sempre quando estou triste ou com raiva, eu danço, com intenção de extravasar. E funciona. Dancei tanto, que não vi o tempo passar, já estava anoitecendo quando me deito cansada no sofá. Alguns minutos depois de repouso, me levanto e vou para a cozinha. Procurando pela geladeira encontro uma lasanha congelada, a coloco no microondas enquanto desbloqueava a tela de meu celular. Como antes. Nenhuma mensagem dele. Sem paciência, envio uma mensagem a ele e aguardo sua resposta. 

  E aqui estou eu, já deu tempo de descongelar minha lasanha, come-la, lavar o que sujei, tomar banho e me deitar, mas, nada, nenhuma mensagem dele ou ligação. 



[...]




  E minha semana foi assim; acordar, ir pra escola, chegar em casa e dormir. 

  Hoje, é o quarto dia que Yoongi falta na escola, ele nunca falta! Até por que isso prejudicaria sua bolsa...

  Decidi não ir também pra escola, além de eu estar destruída por dentro, tenho que preparar tudo pra festa de amanhã a noite. Já consegui organizar muitas coisas; luzes de balada, equipamentos de DJ, as bebidas e aperitivos que comprei já estão em seus devidos lugares. A única coisa que falta, é mudar os moveis de lugar. Bom, vou deixar isso pra amanhã!

  Quando olho pro relógio, vejo que já era meio dia, decido levantar para fazer algo para comer mas, sou interrompida pela campainha. 

  -Aish quem é?… - reclamo pra mim mesma enquanto ia abrir a porta. 

  -Surpresa! - ao abrir a porta me deparo com três amigas sorridentes e com… isso são sacos de dormir? Elas me abraçam, e logo já estavam se sentando no sofá. Como já dizia minha omma "De dinheiro, mas, não de intimidade!"

  -Huum... a que devo a honra da ilustre visita de vocês? - pergunto me sentando no sofá com elas. 

  -Então... Vamos acampar?! - anuncia Rosé e logo as três estavam dando pulinhos e gritinhos animados. Eu mereço...

  -Okay, okay! Vocês vão acampar, entendi... e eu com isso? - cruzo os braços e olho deboxada para Rosé. 

  -Aish! Odeio essa frase... - bufando, Rosé revira os olhos e conclui - …obviamente, que você vai conosco! - e mais uma vez, os gritinhos e pulinhos começaram.

  -Tá bom! Até parece, eu tenho uma festa pra organizar minhas queridas! Então, não pretendo sair de casa, e muito menos ir pro meio do mato! 

  -E quem disse que nós íamos pro "meio do mato"? - diz Jisoo com um sorriso travesso no rosto. - …vai ser aqui na sua casa mesmo! - puta que pariu, se essas meninas continuarem pulando e dando esses gritos fininhos, ou eu as mato, ou me mato mesmo...

  -Quem? - digo pra elas. 

  -Todas nós! - até isso elas fazem juntas? 

  -Convidou vocês?! - digo e começo a rir da cara triste delas. - …que porra... okay okay, não chorem! Eu deixo esse "acampamento" acontecer aqui. - esses gritos e pulos novamente... - …mas só SE VOCÊS PARAREM DE FRESCURA NO CU, e não gritarem mais! - termino de falar com um sorriso forçado. 

  -Não prometemos nada! - diz Jisoo e Jennie simultaneamente. E logo a viadagem começou...

  -Toma no cu! Agora vocês vão ver! - pego uma almofada e bato na cabeça delas várias vezes. - …ri agora suas pestes!… e você dona Rosé? - digo me aproximando perigosamente dela ao ver que a mesma segurava o riso. - …vai rir é? - pergunto sugestiva, e logo, começo a bater com a almofada nela. 

  -Não s-s/n, para para! - tenta dizer ela em meio aos risos. - …Jennie, Jisoo! Socorro! - antes que eu pudesse me virar, Jisoo e Jennie vem em minha direção e começam a me atacar com almofadas. - …agora você vai ver! - pronto! Rosé, Jisoo e Jennie contra mim! Que covardia...

  Ficamos um bom tempo brincando de guerra de almofadas, e só paramos quando percebemos que estávamos todas suadas e ofegantes. Obviamente, todas trouxeram roupas pra dormir aqui em casa, então, enquanto eu arrumava o quintal dos fundos para colocar as coisas do acampamento, disse pra elas irem tomarem banho e vestirem seus pijamas. Quando arrumei tudo, peguei em meu armário alguns doces e salgadinhos, e levei lá pra fora. 

  Até que pareceu um acampamento mesmo, cantamos, dançamos, brincamos, nos divertimos muito! Enquanto elas estavam entretidas com alguma coisa da revista da Rosé, tenho uma idéia. Histórias de terror! Mas é claro que elas disseram não quando sugeri isso... mas quem disse que elas mandam na minha boca?!

  Tem uma história que Taehyung contou pra mim, que é muito aterrorizante! Eu me borro de medo dela... É essa que vou contar! 

  Me ajeito no meio dos cobertores e começo a contar a história, as garotas estavam morrendo de medo! Todas se abraçavam, e de vez em quando fechavam os olhos, meu Deus... em que mundo que fechar os olhos vai ajudar a passar o medo de uma história de terror? Puta que pariu...

  Enquanto eu fazia um suspense pra contar o final, e então dar um susto nelas, ouço alguns barulhos em uma das moitas do meu jardim. Mas que porra é essa? Decido ignorar mas, confesso que me deu medinho...

  -S/n... eu tô com medo! Vamos contar piada é bem melhor! - reclama Jennie apoiando a cabeça no ombro de Rosé.

  -Shh! Já tá no final... voltando, quando Emilly estava indo para os fundos da casa dela, ela escuta uma risada, uma risada bem, maligna diga-se de passagem… - quando termino de dizer, escuto o barulho do portão dos fundos ranger, o que mostrava que alguém estava entrando... - …quando ela finalmente chega ao jardim dos fundos, ela vê seu irmão, pendurado em uma árvore! Bom, metade dele… e quando ela vira pra trás... - antes que eu terminasse, sou interrompida, as meninas olham pra trás de mim, e soltam um grito de susto. E agora? Virar ou não virar? Caralho...

  -Cacete... - suspiro e lentamente me viro pra trás. - …T-Taehyung?! 

  -Eu mesmo! - ele da um grande sorriso pra mim, e em seguida me jogo em seus braços. - …que saudade que eu tava... pra que assustar a gente seu besta?!… ah, e cadê o Kookie? 

  -Como assim cadê ele? - pergunta ele se desfazendo do meu abraço. - …ah, e, oi meninas! - Tae as cumprimenta, e volta sua atenção a mim. 

  -Cadê ele ué? Só você voltou da viajem! 

  -Tá doida s/n? - Tae ri. Mas eu não vejo nenhuma graça... ele da um cascudo em minha cabeça, e entra em casa. Oxi...

  -Querem saber o final da história? 

  -Não! - dizem elas com um olhar assustado. Bando de medrosas...

  Minha noite foi maravilhosa! Bom, tirando a parte que Taehyung joga eu e as meninas na piscina... esse tarado! Eu sei muito bem o porque dele ter feito isso, só, por causa que o pijama da Rosé era branco... 

Já que todas nós estávamos dentro da piscina, ficamos brincando um bom tempo. Só paramos quando percebemos que já estava amanhecendo. Depois de todas tomarem banho, fui tomar o meu banho. 

  -S/n! Eu tô com fominha... - diz Jennie batendo a mão em sua barriga, e enchendo as bochechas de ar. Eu admito, ela é muito fofinha... - …prepara alguma coisa pra mim? 

  -Quase me convenceu... - rio da cara dele. - você tem duas pernas e duas mãos. Vai na geladeira e no armário e pega o que você quiser! - sorrio pra ela, e subo pro meu quarto. 

  Enquanto tomava banho, como das outras vezes, meus pensamentos foram até Yoongi, onde é que ele tá? Será que nós terminamos? Bom, não houve um término porque pra que isso ocorra, ou eu, ou ele, tem que dizer "acabou tudo" caso contrário, nós ainda estamos juntos… 

Depois de colocar uma roupa qualquer, desço pra tomar café. 

  -Gente... cadê o Tae e a Rosé? - pergunto me sentando na mesa com Jisoo e Jennie. As duas lançam um sorriso malicioso uma pra outra e depois me encaram. 

  -Olha, nós não sab… - antes que Jisoo pudesse terminar, Jennie a interrompe. 

  -O Taehyung vai levar a Rô pro mot... 

  -Jennie! - repreende Jisoo.

  -Como é que é?! - digo me levantando e colocando as duas mãos na mesa. - …que vagabundo... Quando eles voltam? 

  -Vai demorar com certeza... - diz Jennie sorrindo maliciosa. 

  -Cala a boca Jennie... - bufo e começo a tomar meu café. Jennie e Jisoo já tinham arrumado suas coisas quando a campainha toca. - …atende pra mim meninas? - peço colocando um pedaço de bolo na boca. As duas apenas assentem e fazem uma mini corrida pra ver quem chega primeiro na porta. Essas duas, só tem idade, porque mentalidade...

  -Bom, primeiramente, boa sorte, e, segundamente... - começa a dizer Jennie. 

  -Essa palavra não existe... - cantarola Jisoo.

  -Aish, me deixa... Bom, vamos deixar vocês a sós, tchauzinho! - as duas me dão um beijinho na testa e logo saem da cozinha. Me deixar "a sós" com quem? 

Aa, a sós com ele! Que caralho ein...

  -Oi… - diz ele timidamente. 

  -Oi… - falo desviando meu olhar do seu e voltando a comer. 

  -Olha s/n... me desculpa por não dar notícias... eu estava resolvendo uns assuntos... - Eu mereço...

  -Desculpas aceitas. Era só isso? - pergunto o olhando friamente. 

  -S/n, não faz isso...

  -Isso o que? Não tô fazendo nada... 

  -Me tratar com frieza... me perdoa eu te amo... - ele da um beijinho em minha nuca e me abraça, comigo ainda sentada. - …por favor… - sussurra ele fazendo com que cada parte do meu corpo se arrepiasse. 

  -Vai se fuder. 

  -Amor… por favor me perdoa... eu não vou sair daqui enquanto você não me perdoar! - choraminga ele apertando mais ainda seus braços em meu pescoço. 

  -Tá me sufocando cacete! - digo empurrando seus braços. - …Min Yoongi, você é um desgraçado...

  - Se você não me perdoar, eu... Aigoo s/n! Eu não aguento ficar longe de você!... me perdoa, eu te amo jagiya...

  Tento não sorrir mas, ao lado de Yoongi, é impossível... - …tá bom! Eu te perdôo! - me viro e começo a dar vários selinhos nele. 

  -Eu te amo tanto s/n... Não importa o que aconteça lembre-se disso, nada nem ninguém vai mudar meu amor por você, ouviu bem? 

  -Ouvi... - sorrio e vou até sua orelha. - …eu também te amo muito! 

  Peço ajuda para Yoongi, e juntos começamos a arrumar o quintal dos fundos. 

  Yoongi, estava muito estranho, tão, carinhoso... Não que eu esteja reclamando mas, ele, me abraça a cada dois minutos, só nos últimos dez minutos, ele disse que me ama seis vezes! Tá estranho, mas tô amando.

  Depois de almoçarmos, ficamos abraçados o resto da tarde, e, quando eram quase seis horas, fui me arrumar, já que a festa começava as 19:30. Yoongi, disse que iria passar em sua casa para se arrumar também.

 Só hoje, perguntei inúmeras vezes quem bateu nele da outra vez, mas,como sempre ele não me disse. Que ódio! 

 Quando terminei meu banho, vesti um vestido preto, uma bota de mesma cor com um salto não tão alto, fiz uma maquiagem não muito leve e depois de me perfumar bastante, desci e esperei os convidados chegarem. 

  Aos poucos, as pessoas foram chegando, Jennie e Jisoo chegaram antes mesmo da hora. Essas garotas...

 No som, já tocava uma música bem alta, me junto a Jimin e seus amigos e começamos a dançar. Jimin, é muito talentoso, dança muito bem. Dançávamos juntos uma música que ambos sabiam a coreografia, quando vejo Yoongi abrir a porta. Pela sua cara, ele não está bem...

 

  -Yoongi! Que demora... o que aconteceu? - pergunto chegando perto dele. 

  -Nada. - ele sorri segurando em minha nuca e cola seus lábios nos meus. E de repente, a música parou, tudo ficou um completo silêncio, as pessoas que antes ali dançavam e bebiam sumiram, era só eu e Yoongi. E é sempre assim que me sinto quando estou com ele. Em um mundo a parte. Um mundo somente meu e dele… - …vamos aproveitar essa festa? - sorrio e segurando em sua mão, o puxo até onde as pessoas dançavam. 

  Eu e Yoongi dançamos coladinhos durante um bom tempo, e, sempre no intervalo de uma música pra outra, ele bebia uma dose de alguma bebida, eu, tomei algumas, e quando percebi que já estava muito "felizinha" parei. 

  Conversei um pouco com alguns amigos e amigas e fui me sentar um pouco.

  -Amor… vamos lá pra cima... tô cansado... - Yoongi senta ao meu lado no sofá e sussurra em meu ouvido enquanto acariciava minha coxa. 

  -Ainda são dez da noite… Você cansa rápido Min Yoongi... - coloco meus braços em volta de seu pescoço e sorrio provocante para ele.

  -Tem uma coisa que eu não me canso fácil quando estou fazendo... 



Continua...


Notas Finais


Quem quer Hot comenta euu!
Espero que tenha gostado ♥
Até o próximo capítulo!
-Beijocas.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...