História Provocantes - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Big Bang, Cross Gene, EXO, K.A.R.D, Mamamoo, Monsta X, Red Velvet, Seventeen, Super Junior, TWICE, VIXX
Personagens B.M, Casper, Choi Siwon, D.O, G-Dragon, Hansol "Vernon" Chwe, Henry Lau, Hwasa, Irene, J.Seph, Jeon Wonwoo, Jiwoo, Kai, Ki Hyun, Kim Mingyu, Kris Wu, Lay, Lee Donghae, Lee Sungmin, Min Hyuk, Mina, Sangmin, Seungri, Suho, T.O.P, Tao, Won Ho, Zhou Mi
Tags Amor, Brigas, Casper, Chanbeak, Chen, Comedia, Coringa Brigas, Cross Gene, Drama, Fluffly, Gay, Henry Leeteuk, Hunhan, Intrigas, Irene, Jackson, Jongin, Junmeyon, Kai, Kaisoo, Kris, Kristao, Kyungsoo, Lay, Luhan, Mina, Minseok, Monsta X, Mortes, Red Velvet, Samgin, Sebeak, Sehun, Seveteen, Shownu, Shownu Chanhun A, Siwon, Suho, Sulay, Super Junior, Taoris, Twice Mono, Xiuchen, Yaio, Yifan, Zhang Yixing, Zitao Kihyun
Visualizações 53
Palavras 1.291
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Lemon, LGBT, Luta, Magia, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Chanbeak

Capítulo 7 - Joguem na fogeuira


Fanfic / Fanfiction Provocantes - Capítulo 7 - Joguem na fogeuira

Ilha de hashima.

Uma ilha cheia de prédios abandonados. Debaixo da ilha, uma mina de carvao, a ilha foi abandonada em menos de uma semana, por seus mais de 5 mil habitantes, devido a não produzir mais carvão. Assombrações e horror, foi o que restou naquela ilha, sendo ela perfeita para Bruxos de várias regiões fazerem morada.

Um local assombrado, onde os humanos não chegam perto. Esse era o covil de vários bruxos a séculos.

- Verno, vamos. Os preparativos da próxima lua de sangue está quase pronto. Precisamos nos apressar. - Chanyeol, O garoto de cabelos vermelhos chamava seu amigo para entrar.

- Como eu quero dar um basta nesses vampiros. - Comentou Verno chegando perto de Chanyeol.

Os dois entraram dentro do maior predio, no centro da cidade. 

Por anos, aquele lugar serviou de refugio, E uma grande magia se fez ali dentro. De vários sonhos destruídos e de várias tragédias que banhavam aquelas terras de sangue.

Era o ritual perfeito.

Os dois entraram, E as ruínas e destroços deram lugar, para um lar confortante, para viverem. Aquele lugar exalava magia. Vários dormitórios se expandiram pelo prédio, com o toque de cada conjurador. No centro do predio, foi construído uma imagem de Hecate, a deusa da magia, junto com a deusa No, a deusa da noite.

Uma fogueira enorme e acessa, estava crepitando com seu fogo. Os barulhos de tambor invadiam todo o predio. Mais de duzentos Conjuradores estavam ali.

Hoje era a noite da fogueira.

Na inquisição, muitos bruxos e humanos foram queimados, levando a queda de salem, mas na ilha de Hashima, se fez a Nova Salem, onde vários bruxos fugiam para treinar em sua melhor forma. E na noite de lua cresente, hoje os Conjuradores eram despertos pelo poder da deusa protetora dos conjuradores e por sua verdadeira forma.

O ritual da fogueira era simples, ou quase isso. Chanyeol e Verno já tinham passado. Despertando sua verdadeira natureza e habilidade. Se consistia em ser jogado na fogueira e com o fogo sagrado da tocha de Hecate, sua natureza conjuradora te revelava. E você teria que sair daquela fogueira usando sua habilidade.

O fogo era magico, se você fosse algum conjurador de algum dom especifico, Ela combateria aquele dom. Ou você passava ou seria consumido pelas chamas.

- Dessa vez eu espero que alguém seja bom. - Comentou Chanyeol olhando para os bruxos que estavam na ponte, prontos para serem jogados.

Chanyeol era um pirotécnico, um grande dominador de fogo, quando ele foi jogado na fogueira e seu grito rugiu dentro da fogueira. O fogo apenas virou uma grande fenix, rodando em volta de Chanyeol, o abraçando.

A fogueira tinha pelo menos 5 metros de altura. O fogo deslizava entre várias cores, fazendo um arco iris.

Vernon eram um dominador de raios, ele produzia tantos raios, que ele transformou a eletricidade em um casulo o protegendo do fogo e fazendo a fogueira soltar faíscas de energia.

- Está começando. - disse Verno para o amigo.

- Hoje a lua cresce na noite, cresce em volta de magia. - Hades, era o representante de Nova Salem, um cara alto o bastante que poderia ser um jogado de basquete, cabelos negros e cortados sociais, do lado de sua cabeca, eram Brancos. Seus olhos bem negros, sua pele era branca que nem cera, usava sempre ternos ou mantos negros, mas naquela noite, seu terno de risca giz, estava em volta de um manto negro. Seu rosto pontudo, seu nariz era arrebitado e levava consigo um sorriso maldoso. - Nossas pequenas crianças estão virando Conjuradores, estão se mostrando prontas para a maior idade. Elas vão abraçar seu legado, abraçar quem são. E vamos acabar com os medos, E com aqueles opressores, bebedores de sangue que a anos vem nos matando e nos usando.

Todos estavam ali, os gritos de vibração poderiam ser ouvidos por toda ilha. Um corvo pousou no ombro de Hades e ele pediu para colocarem os meninos e meninas na fogueira.

O primeiro que foi jogado, foi engolido pelas chamas verdes, uma explosão saiu de dentro da fogueira indo para o céu e pequenos fogos de artifícios explodiram no alto.

O garoto saiu das chamas, sem se queimar e muito menos dizer uma coisa.

O segundo já era mais escandaloso. Gritava e berra que não queria ir. Que aquilo era uma loucura. De cabelos roxos e com uma cara que parecia de chincila. Ele foi jogado na fogueira. E o fogo virou roxo.

De dentro do fogo, uma grande serpente saiu. Ela deveria ter 8 metros de altura, era da cor negra e sibilou, olhando diretamente para Verno, como se ele tivesse a encantando. A cobra sibilou e fez uma reverianca a Hades e voltou a ser o garoto de cabelos roxos. Um metamorfo.

A cada um, o fogo da fogueira se tornava uma cor diferente. Já que fogo é vida, ele dava a cada conjurador uma vida nova.

- Nao, nao, eu não sou um conjurador, eu... queria apenas ficar aqui, sou apenas um morador de rua. Nao, nao...

O último garoto que estava sendo empurrado para ser jogado ao fogo, era de cabelos negros, Seus olhos desmotrava medo e deveria ter um metro e meio de altura. Sua voz graciosa e esganicada, atraia a atenção de Park. Que olhou subitamente para a Ponte.

- O que eles vão fazer com ele? - os olhares eram voltados para a ponte, Verno chegou mais perto do parapeito onde eles estavam sentados.

- Vão queima-lo vivo. Sabe das regras em Nova Salem. Todo não conjurador sera morto.

Chanyeol não a acreditava que iriam matar aquele garoto. Sua raiva rugia e seu peito era massacrado pelos apelos do pequeno.

- Não posso deixar...

- Pode sim. Se o senhor Hades, ver isso, você será morto. Sabe que o poder dele é a morte. Não pode...

- Não ficarei aqui olhando enquanto jogam ele na fogueira. Só por ser diferente. - Rebateu Chanyeol. Mas já era tarde demais.

O garoto foi jogado. Gritos de dor e agonia saiam da boca do menino. O fogo rodopiava, como se tivesse achando graça de tudo o que estava acontecendo. O fogo poderia ter vida própria e esse deveria ser o jeito dele de se divertir.

O fogo aumentou mais 4 metros de altura e voltou ao normal. Então era assim que alguém era queimado vivo?

- Já chega.

A voz do menino se fez presente.

Um brilho intenso se formou dentro da fogueira. Que aumentava de proporção.

- Eu sou Byun Baekhyun. Sou o legado de Salem e não serei queimado vivo.

O brilho do sol se fez presente dentro das chamas. Que foram engolidas pelo calor. Chanyeol teve que fechar bem seus olhos, mas a luz ainda atravessava suas pálpebras e chegava ao cerebro.

Até que tudo ficou escuro e ele teve que piscar várias vezes para se situar onde estava. Algumas pessoas que estavam perto da fogueira, desmaiaram, o fogo voltou a sua cor natural e tinha um garoto do lado de fora da fogueira. Os olhos de Park se iluminaram a ver a beleza dele.

Byun o observou e sorriu para o grandão, mas logo desmaiou.

- Levem o garoto daqui. - ditou Hades, sentando em seu trono a oeste da fogueira. - Hoje meus queridos bruxos. Estamos vivendo a beira de uma guerra. Esse garoto mostrou para nós o quão forte somos e que podemos vencer. Podemos trazer o equilibrou de volta a terra. Matando esses vampiros. Quem está comigo?

Um grito brutal saiu de cada conjurador vivente naquele lugar. O que não sabiam era que em meio as chamas. Hades estava sendo controlado por uma pessoa. Uma pessoa que deveria está morta. Mas seu desejo de vingança a deixava mais viva e inquieta do que os próprios humanos.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...