1. Spirit Fanfics >
  2. Próxima parada : amor de intercâmbio >
  3. E L E V E N

História Próxima parada : amor de intercâmbio - Capítulo 11


Escrita por:


Notas do Autor


Olaaaa amadas tudo bom?? Espero que simm hein

Fiquem com mais um capítulo de hoje e não esqueçam de comentarem pra tia porfavorzinhooo 🥰

Boa Leitura amo vocês ❤

Capítulo 11 - E L E V E N


                 Manhã seguinte

Acordei com uma enorme dor de cabeça, e meio tonta, fiz minha rotina matinal e desci até a cozinha onde estava a Joana fazendo o café da manhã

- bom dia - ela falou assim que me viu entrando na cozinha

- bom dia - sorriu

- bom dia pra todos - Noah falou entendo na cozinha logo em seguida

- bom dia - falamos

- olha eu vou ter que sair por que vou fazer umas compras de algumas coisas que estão acabando e já volto antes de fazer o almoço - assentimos com a cabeça e ela saiu com sua bolsa na mão

- e ai dormiu bem depois da noitada ?

- sim - continuei a comer minha torrada com bacon  sem olhar pra ele

- por que eu to sentindo que você está estranha comigo ? Não gostou de ontem ?

- aquilo foi um erro e não vai se repetir - falei seria e o olhei em seguida

Na verdade aquele beijo foi o melhor de toda a minha vida, mais eu não podia deixar isso ir em frente porque se a gente continuasse eu iria me apaixonar por ele e depois eu iria sofrer por ter que me despedir dele para ir embora, e eu não queria isso.

- por que ? - me olhou sem entender

- não vou ser só mais um de seus esquemas, eu já sei sobre você e seu papel de bom moço

- espera quem te contou isso ?

- eu ouvi quando as duas meninas entraram no banheiro e falaram que eu seria sua próxima vítima

- pois elas estão erradas... Ta certo que eu era assim antes, mais do ano passado pra cá eu mudei, e não sou aquele mesmo que todos da escola conheciam, eu jamais faria isso novamente, não quero machuca mais ninguém

- vai ser difícil agora acredita de uma hora pra outra... Estávamos nos dando tão bem e descubro isso

- Diana sei que é difícil mais por favor eu estou sendo sincero, acredite em mim, se quiser pode falar com o pessoal  do grupo se eles viram ou não uma melhora em mim

- Noah eu não quero ser usada novamente, então acho melhor a gente ficar como ta e esquecer o que rolou na festa

- não da pra esquecer Diana, o que rolou foi intenso e jamais conseguiria mesmo se eu quisesse tentar esquecer, isso que você ouviu foi boatos, na verdade tem toda uma história por trás disso, então deixa eu explicar...

- agora não Noah, eu quero ficar um pouco sozinha - sai dali indo para o quarto e fechando a porta em seguida

Deixei algumas lágrimas caírem e logo limpei em seguida, eu não gostava de chorar na frente de ninguém, na verdade odiava, isso me mostrava frágil, e por dentro eu era, só que eu tinha que manter minha pose de durona

- oi Dylan - sorri ao atende a ligação de vídeo chamada que meu irmão que pareceu na tela do celular

- oi Ana - sorriu e eu dei um sorrisinho  ao ouvir o apelido carinhoso que ele havia colocado em mim desde 8 anos de idade - e aí como você ta ?

- eu to bem - dei um suspiro. Por mais que eu e ele éramos bem abertos um com outro eu não estava afim de relembrar o assunto para me deixar mais mal ainda, então eu achei melhor disfarçar para não dar assim tão cara - e você ?

- ah ta tudo normal, na verdade tenho novidade

- hm, o que é ? - perguntei animada

- eu to quase namorando

- mentira ! Ta falando sério ? Não creio - ele riu

- sim, super verdade, bom eu e ela estamos saindo já faz uns meses só que agora eu to pensando em pedir ela em namoro

- faz muito bem, tomara que ela seja legal, e te coloque na linha né ?

Dylan era meio pegador, só que não tinha uma reputação alta ao ponto de todo mundo comentar e tal, mais eu sei que se ele achasse a menina ideal  iria tomar um jeito na vida

- e vou, eu percebi que com ela vai valer a pena, ela é bem tranquila, e boa demais e me entende muito

- que bom então, já é um bom começo- sorri, eu amava ver a felicidade estampada na cara do meu irmão, dava para ver isso, e o que eu mais queria era que ele fosse feliz e tivesse um alguém que o amasse muito

- e você com os boys daí amiga ? - fez uma voz feminina e eu dei uma crise de riso, ele adorava fazer isso quando me perguntava sobre os garotos, porque seguindo ele isso fazia o assunto soar mais tranquilo

- ah por enquanto estou de boa, to focando nos meus estudos

- hm entendi, mais já deu pelo menos um beijinho ne ? - imitou a voz feminina novamente e dei um riso

- ah só um, mais já passou, mudando de assunto como ta a mamãe ? Eu liguei duas vezes pra ela mais não me atendeu então eu deixei quieto

- ela ta como sempre né, trabalhando muito e mal para em casa, papai a mesma coisa mais ele as vezes liga de vez enquanto, ela não admite mais ta morrendo de saudades de você, esses dias pra trás a vi com sua foto na mão e falando algumas coisas que eu não entendi

- sério ? - dei um sorriso, minha mãe era mesmo bem teimosa e não gostava de demostrar o que sentia pelos outros, fazia isso em segredo, mais eu sabia que no fundo ela sentia saudades, só não admitia

- sim, você que ela só gosta de manter a pose de durona, e que por dentro é toda sensível

- é, eu sei - deixa um suspiro

- tenho que desligar porque vou estudar pra uma prova amanhã

- ta bom, boa sorte, até, beijos te amo

- obrigado, até, beijos te amo também- desliguei a chamada de video e fui até a cozinha beber uma água

Ao deixar o copo de volta ao armário eu escutei um som de violão e uma voz masculina cantando que estava vindo do jardim, fui até lá de vagar e me deparei com Noah tocando violão e cantando a música I'm yours, fiquei atrás dele escutando enquanto ele cantava o ultimo refrão

- não sabia que cantava tão bem - falei assim que ele terminou de cantar e o mesmo levou um susto fazendo nos dois rir

- ah obrigado - sorriu - eu gosto de fazer isso no tempo livre, me ajuda a expressar

- é bom quando encontramos algo que consegue fazer a gente se expressar

- sim - deu um suspiro - eu fui até o seu quarto pra gente conversar, mais escutei você falando com o seu irmão então achei melhor não interromper

- o que queria falar ?

- que eu não sou mais daquele jeito, tem uma história por trás disso e eu queria que ouvisse antes de pensar algo mal de mim

- ta bom pode falar - dei um suspiro me sentando ao lado dele  e ele deixou o violão de lado 


Notas Finais


Xoxo raidesoll 💋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...