1. Spirit Fanfics >
  2. Ps; Eu te amo >
  3. Chapéu de Palha

História Ps; Eu te amo - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura!

Capítulo 1 - Chapéu de Palha


Trafalgar Law era, no fim, apenas mais um apaixonado que aspirava poesias e amava tudo que possa ser relacionado a Monkey D. Luffy, um garoto de lindas madeixas pretas, olhos profundamente negros que carregavam mais sentimentos que aparentavam e uma bela e delicada cicatriz, fina e beirando ao adorável, que parecia ter sido moldada apenas para se encaixar na perfeição do rosto dele. 

 

O que normalmente não é uma descrição para uma cicatriz, já que sempre imaginamos uma coisa feia e desagradável, embora Law achasse impossível algo relacionado ao garoto se tornar assim, talvez até ela fosse moldada perfeitamente, igual tudo naquele pequeno corpo. 

 

Luffy era, sem dúvidas, a personificação da beleza. Era normal atrair atenção aonde passasse, sua personalidade altamente simplista e sincera eram marcas registradas do garoto, Law sempre observava ele andando despreocupadamente pelo corredor da faculdade, como se não fosse um crime possuir tal beleza. 

 

Mas Law era totalmente o oposto, com grandes olheiras e uma feição nada agradável, amigos que podia contar nos dedos e, para ajudar com a sua pose de bad boy, tinha o corpo inteiro marcado por todos os tipos de tatuagem. Uma moto velha era o seu tesouro e único bem material que havia no seu nome, o resto inteiro era de Corazón, embora ele insistisse que eram dos dois. 

 

Desde que se entende por gente ser um cirurgião era o sonho de Law, a faculdade é um passo grande para o futuro, quando conseguiu chegar lá ele apenas se imaginava focando somente nos estudos e sem ligar para nenhuma besteira que os jovens faziam na sua idade, e bom, fora quase isso que aconteceu. 

 

Mas seus planos mudaram drasticamente quando um novato adentrou em sua amada faculdade, quando o boato se espalhou, Law não poderia se importar menos. Não conseguia entender porque tanto alvoroço por uma pessoa, e pensou que nunca fosse compreender, não até ele mesmo ter o visto com seus próprios olhos. Law com certeza nunca se esqueceria desse dia, a três anos atrás. 

 

Uma forte chuva caía pelas ruas, muitos alunos esperavam dentro da faculdade, se recusando a arriscar tentar encarar aquela tempestade. Law balançava seu guarda-chuva vagarosamente enquanto encarava os carros passando pela rua movimentada, estava inerte de tudo ao seu redor, mas mesmo assim pode perceber quando um corpo passou ao seu lado correndo em direção a saída. 

 

Levantou os olhos rapidamente, tendo em sua visão um chapéu de palha que balançava com o vento, logo depois percebeu o portador deste, que pulava alegremente na calçada, sorrindo com os braços abertos enquanto a chuva caia sobre si. 

 

O primeiro pensamento foi o quanto ele era um idiota, não demorou muito pra perceber este ser o tão famoso novato. 

 

Law o observou mais atentamente, o cabelo molhado já estava grudado em seu rosto, o grande sorriso estampado parecia ficar cada vez maior, suas vestes encharcadas mas o garoto não parecia se preocupar menos, ele pulava e ria sentindo a chuva em si como uma criança que ia ao parque de diversões pela primeira vez. 

 

De repente, foi como se o mundo virasse câmera lenta, Law percebeu o exato momento que o garoto pulou para trás e chegou a rua, que parecia ter muito mais movimento que antes. O carro que vinha em alta velocidade buzinava mas o garoto parecia sequer ouvir alguma coisa, e antes que Law pudesse perceber, seu corpo se mexeu sozinho e lá estava ele correndo pela chuva na direção do novato. 

 

Estava por um fio, ele podia sentir seu coração quase escapar pela boca, o corpo agindo por puro instinto. 

 

Seus braços rodearam a cintura do desconhecido, jogando ambos corpos para trás sem nenhuma delicadeza. Logo Law pode sentir o impacto do chão, e o vislumbre do carro passando dois trigésimos de segundos depois que eles saíram da rua. A sua respiração saia de seu corpo em lufadas de ar forte, a chuva fria caindo em seu rosto e sua roupa no chão sujo logo estariam encharcadas. 

 

Novamente naquele dia o chapéu de palha apareceu em sua visão, Law percebeu que ele estava encima de si e o soltou imediatamente, logo sentando no chão pra se recompor. 

 

— Você é louco?! – Law disse enquanto torcia sua blusa, ainda sentindo a chuva forte caindo sobre os dois. 

 

Não escutou resposta alguma então deixou sua roupa de lado e encarou o garoto, que pra sua mais completa surpresa, estava sorrindo. 

 

— Isso foi legal, shishishi. – O garoto passou levemente a mão pelo nariz, sorrindo largamente em seguida. — Yo! Meu nome é Monkey D. Luffy. 

 

Law pensou que ele pudesse ter batido a cabeça e ficado louco, ou que essa era a personalidade dele, por mais estranha que fosse. 

 

— Trafalgar Law. – Respondeu a contragosto, afinal ainda tinha que ser educado. — Você poderia ter sido atropelado, onde isso é legal? 

 

— A vida é uma aventura, não é isso que a torna mais especial?! – Luffy disse empolgado, embora Law não compartilhasse o mesmo sentimento. 

 

Antes que pudesse dizer qualquer coisa, o garoto de chapéu de palha se levantou do chão rapidamente. 

 

— Valeu pela ajuda, Tral

 

Luffy ajeitou o chapéu de palha em sua cabeça, correndo pro lado contrário ao seu enquanto pulava novamente e sorria alegremente. 

 

Depois desse encontro inesperado, a vida de Law mudou drasticamente.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...