1. Spirit Fanfics >
  2. P.S. Eu te amo >
  3. Letter

História P.S. Eu te amo - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Letter


Stiles sabia que não iria sobreviver, não desta vez. Ele já sobreviveu a várias coisas, e sua vida foi relativamente boa. Ele se sentia bem.

Nogitsune era forte e a única maneira de matá-lo de vez seria a sua morte, então foi o que ele fez. Não permitiu que Allison morresse então morreu em seu lugar, morreu nos braços do seu melhor amigo.

- Stiles, vai ficar tudo bem. Você vai sobreviver, eu prometo - Scott falava com pausas para os seus soluços, ele não queria perde-lo, ele não podia perde-lo.

- Scott, tá tudo bem - A voz era fraca, e seria inaudível se o outro não fosse um lobisomem. Stiles continha um sorriso pequeno no rosto, ele não queria ver o amigo chorando - Não dói.

Os batimentos foram parando de vez levando o lindo brilho que os olhos castanhos tinha. E um uivo de tristeza foi dado pelo alfa, sendo acompanhado por vários outros e também pelo grito estridente da banshee.

- STILESSS.

Eles venceram o nogitsune, mas perderam um grande amigo, irmão e filho.


◃───────────▹


O sheriff chorava aos prantos na frente do túmulo do filho, enquanto o pack observava. 

O cheiro de tristeza no ar só deixava tudo mais melancólico, o que fazia seus lobos internos choramingarem. 

Todos continuariam chorando ao olhar o túmulo se uma garota não tivesse ido na direção deles. A garota continha um sorriso triste e segurava uma caixa de tom cinza relativamente grande. 

Ela parou bem na frente do pack e começou a falar com uma voz calma e doce. 

- Olá... Eu sou uma amiga de Stiles. Você provavelmente não sabem da minha existência - Ela fala com se estivesse divagando - Ele pediu um favor para mim... Que eu entregasse essa caixa para vocês depois de sua morte. 

- Você sabia que ele iria morrer? - Noah pergunta com certa irritação na voz, quem era aquela garota para interromper o seu momento triste pela perda do seu filho. 

- Oh, eu não tinha certeza... Mas Stiles sabia - Ela fez uma pausa e observou a caixa - Ele disse que aqui dentro tinha cartas... Cartas para a família dele. 

Com essa palavras Scott andou até a garota e pegou a caixa de seus braços. 

- Obrigado... - Ele fala e a menina simplesmente acena com a cabeça já se virando para ir embora.

- De onde conhece o Stiles? - A voz de Lydia foi ouvida. 

- Isso é uma longa história. Talvez ele tenha contado em uma das cartas... Ou não - A desconhecida fala por cima dos ombros e logo volta a caminhar para fora do cemitério. 

A palavra estranho passava pela cabeça de todos os presentes, mas talvez eles descobririam algo ao abrir a caixa.


◃───────────▹


Todos se encontravam no loft observando a caixa no meio da sala. 

- A gente vai ficar só observando ou vai abrir logo essa caixa? - Lydia perguntava sem paciência o que fez alguns revirar os olhos. 

- Tenha paciência, Lydia - Scott falava cansado - O sheriff deve abrir a caixa, e esperaremos o tempo dele. 

Noah suspirou com isso, a responsabilidade caiu sobre as costas dele. Ele era o sheriff e tal mas... Estava com medo. 

O filho sabia que iria morrer, o que tinha nas cartas? Mas ele teria que abri-la uma hora ou outra.  

Se aproximou da caixa e a abriu. 

No seu interior havia vários envelopes da cor bege com uma lua as fechando. Mas no meio de todas havia uma diferente toda preta, ele a pegou e a abriu logo começando a ler. 

- “Ei, pessoal. Se vocês estão lendo essa carta quer dizer que eu estava certo e eu morri. 
A pessoa que entregou a caixa para vocês é uma amiga minha que eu conheci quando eu fui em uma festa qualquer, mas isso não é importante agora. 
Essas cartas. Eu fiz essas cartas para vocês, cada um de vocês. Depois que vocês lerem algumas irão entender melhor”.
Fiquem bem. Eu amo vocês. 
ℳ𝒾ℯ𝒸𝓏𝓎𝓈𝓁𝒶𝓌 ‘𝒮𝓉𝒾𝓁ℯ𝓈’ 𝒮𝓉𝒾𝓁𝒾𝓃𝓈𝓀𝒾


Um silêncio permaneceu no loft por um tempo. Alguns ficavam quietos, outros choravam em silêncio, e outros nem disfarçavam e choravam alto. 

- Que tal - Peter começa com a voz quebrada - Lermos uma por dia?

- É uma boa idéia - Scott apoia - Nós reunimos aqui todos os dias para lermos uma carta... Todos de acordo?

Todos simplesmente concordaram, seria bom não ler tudo de uma vez. Se lessem tudo seria como assistir todos os episódios de sua série preferida de uma vez, deprimente. 

- Eu leio - Allison falou indo em direção a caixa e pegando um envelope. 

Antes de abrir ela admirou a lua que ali estava, Stiles tinha bom gosto para essas coisa. 

A morena soltou um suspirou e finalmente abriu para começar a ler. 

- “De: Stiles Stilinski
             Para: Peter Hale”

Todos ficaram surpresos com o nome citado e Peter não pode evitar um sorriso, o garoto não tinha esquecido de si. 

- “Iai, lobo psicopata, como vai a vida? Espero que não esteja tão arrasado com a minha morte. Eu fico triste quando você fica triste”.

Peter rio com essa afirmação, porque era a pura verdade. Uma vez o castanho pegou o mais velho chorando escondido e só de ver seus olhos lagrimejaram e ele abraçou o lobo. Os dois prometeram que não contariam para ninguém, e seria tipo uma piada interna só dos dois.


- “Eu espero que você comesse a se dar bem com Malia, ela é durona mas no fundo ela te ama” - Ao ouvir isso Malia olhou para o pai, Stiles estava certo ela amava o pai só era difícil admitir isso em voz alta - “A gente não é tão próximo mas no damos até que bem e eu desejo que você seja feliz”.

Peter também desejava que Stiles fosse feliz, aonde quer que ele esteja. 

- “P.S. Eu te amo, mas não se acha muito não”. 

Isso causou uma pequena risada pela sala e ansiedade. Queriam ler tudo de uma vez e matar a curiosidade do que estava escrito nas outras cartas, mas já haviam combinado do outro jeito. 

Allison guardou a carta dentro do envelope, fechou a caixa e foi até Peter. 

- Acho que você deve ficar com ela - A menina estende o envelope para o lobo que o pega rapidamente. 

Ele não pode se conter e apertou a carta com certa força contra o peito. A guardaria em um lugar seguro para não a perder. 

Ninguém julgava a ação dele, fariam o mesmo. 

E por mais que quisessem já abrir outra carta esperariam o dia seguinte. 

Só esperavam que o dia passasse rápido.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...