História PS: Te quiero - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Sou Luna
Personagens Ámbar Benson, Benício, Emília, Gaston, Luna Valente, Matteo Balsano, Nina, Personagens Originais, Simón
Tags Lutteo
Visualizações 141
Palavras 971
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Literatura Feminina, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Não é só isso! - II


°Narração Matteo°


Deixo novamente uma carta na caixa de correio de Luna, como de rotina nos últimos meses. Resolvo nao esticar muito tempo ali, como todos os dias fazia. Deixava as cartas sempre na Mansão de Âmbar - e seu agregado, Simon - para não correr o risco de Lili - mãe de Luna -ver. Sempre parava ali e pensava sobre tudo que tava acontecendo. Tínhamos recentes 18,  anos, e ela estava prestes a se casar, e eu ja estava morando sozinho. Mas essa semana eu tava decidido a pelo menos  ve - la uma vez. Ela era minha melhor amiga, meu primeiro beijo, a única família que tenho, e não posso toca - la, no minimo ve - la.


Voltei para casa e me joguei no sofá. Não tinha planos nenhum para vida. Faculdade, emprego, nada. Mas não era hora de pensar nisso. Vamos resolvendo aos poucos tudo isso, começando com minha vista a Luna

Sidney - 20:30 P.M. - Mansão Smith


°Narração Luna°


- Hora de tomar coragem e ir! - digo de frente pro espelho, tomando folego para ir para casa.


- Está pronta? - Âmbar entra no quarto.


- Você sabe que não!- digo e rio - mas vamos. - digo arrancando uma risada da loira.


Parada em frente a Mansão Valente - que é um grande exagero ja que só moramos eu e Lili, minha mãe - chegando perto da porta ouço vozes. O que é esteanho, minha mãe engravidou precocemente e não comseguiu manter amizades. A não nem de domingo a noite, Sebastian me deixa em paz.


- Oi filha! Venha cá! - minha mãe fala, mas antes sou parada por Sebastian.


- Oi amor - ele me da um selinho.


- Olá - digo timidamente. - o que devo a sua visita do nada am...amor? - ainda me da um no na garganta pronunciar isso.


- Então querida- minha mãe segura minha mão - o que acha de Cambridge? A faculdade?


- Longe...- digo desconfiada.


- Recebi uma proposta de emprego como professora - minha é jovem, tem seus 34 anos - sim, me teve com 16 - parou tudo quando nasci. Embora ela tenha muita grana, sua paixao sempre foi dar aulas, e desistiu disso por mim.


- Isso é ótimo mãe! - digo com lágrimas de emoção nos olhos.


- Mas lembra que eu ganhei uma bolsa lá...- Sebastian começa.


- Vamos ter que adiar o casamento! - minha mãe fala de uma vez. E um sorriso enotme se forma no meu rosto. Algo tinha ali. Não podia ta dando tudo tão certo.


- Amor - Sebastian começa - nós temos que ir amanhã de manhã  - hoje era domingo - e com nós, digo...- eu interrompo.


- Você e minha mãe, entendo- digo apressadamente.


- Não filha, - agora é a vez da minha falar. Não aguento mais ficar olhando para os dois lados. - nós, são, eu, Sebastian e você.


- O QUE? - grito agudo e me levando.


- Filha acalme - se - minha mãe diz calma e os dois levantam.


- Quando que vocês começaram a controlar minha vida - eu não queria ir. Não queria não terminha escolhas. E sabe o pior? Conheço eles, eu não vou estudar. Vou ficar só no apartamento, certeza.


- Amor é só até as proximas ferias! Ai nos casamos no verão. - Ele diz como se fosse óbvio.


- Então querem que eu fiquei presa a você - aponto pra Sebastian - só até casarmos? - na minha cabeça era simples: eles tinham medo de que eu desistisse de tudo, se eles não estivessem por perto para ficar colocando coisas na minha cabeça.


- O que é isso Luna Valente! -minha mãe grita - é apenas para decidir as coisas do casamento!


- E desde quando eu decido alguma coisa - digo simples e subo para meu quarto, e começo a fazer o que faço de melhor. Escrever cartas. Para Matteo, mais especificamente. Começo a contar tudo o que estava acontecendo, desabafando por completo. Só precisava que Âmbar entregasse de imediato.


Eram por volta de 21:50, quando pesso para Âmbar vir, com a desculpa de que deveria acalmar a amiga, e faze - la ver as coisas com clareza.


Âmbar chega em torno de 10 minutos, e bum! Ja são 22:00 horas.


°Narração Matteo°


Estava atoa lendo um livro qualquer na cama, até que tocam a campainha. Âmbar. Com uma carta em mãos. Significa que Luna esta desesperada.


Ela me entrega a carta e logo diz que tem que voltar para Luna


Ou seja, Luna não estava bem. Significa que seria uma carta da quelas que, por mais que me doa dizer isso, tem marcas de lagrimas por toda a folha.


Abro a carta, me sento, e começo.


Oi Moreno!


Infelizmente não te trago notícias boas. Na verdade é um desabafo bem tenso.


Sebastian apareceu do nada na minha casa, junto com minha mãe, dizendo que iremos para Cambridge. Sim! A faculdade.


Minha mãe recebeu uma proposta de emprego e Sebastian uma bolsa. Dizem que querem que eu vá com eles até o casamento. E sim! Conseguimos adia - lo. Depois do casamento eu não ficarei com eles em Cambridge, poderei voltar.


Mas eu sei que não é só isso! Pois eu já não decido nada mesmo, como assim eles me querem por perto para decidir? Isso é completamente sem sentido. E muito estranho.


Sei que você tem coisas mais importantes para fazer. Mas sei que você é inteligente! Você sempre foi o melhor aluno da classe e, etc, etc, etc. Por favor, não consigo mas fazer isso sem você. Preciso que me ajude a descobrir o que está acontecendo. Só que de longe isso ficará ruim.


Ja entendeu o que eu quis dizer ne?


Ass: Morena


PS: Te quiero



Notas Finais


Gostaram? Deixem sua opiniões nos cmts °-^
Quanto mais vc comentam, mais dias da semana eu posto!
O que acham que Matteo vai fzr?
E o que Lili e Sebastian estão aprontando?
Deixem suas especulações!
Até o prox cap!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...