1. Spirit Fanfics >
  2. Psico - Sycaro >
  3. Cap 1 - Viajem a trabalho

História Psico - Sycaro - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Eh n pretendo fazer essa fic grande!! Tipo, os caps serão de tamanhos indeterminados igual a quantidade deles '^'

Resumindo, essa fic é pra eu sair do tédio... E PQ EU N AGUENTO MAIS ENTRA NO PINTEREST E VÊ ESSA CAPA SEM TER IDÉIAS MUITO LOKAS :'D

Mas o conteúdo é clichê. Tipo, o tema ,_,

Então

Eis q vc n tem criatividade pra fic nova :'D

|
|
\/

Capítulo 1 - Cap 1 - Viajem a trabalho


Oq vc faria no meu lugar? Estar perdido é uma coisa, vc encontrar "certa pessoa" tirando a vida de alguém é outra... Pior ainda quando a pessoa é conhecida.

Rodrigo olhava sem dó nem piedade para o corpo de uma jovem garota ao chão. JP estava em cima da lata de lixo, apenas mostrando um longo sorriso psicopata, enquanto quase lambia o sangue da faca em sua mão praticamente. 

Mas perai... Pq começar pelo final... Se podemos contar tudo desde o começo?



Pov. ???

06:00 da manhã

Fortaleza


Eu acordei dessa vez sem os gritos da minha mãe. Oq é bem estranho. Ela costuma me acordar mais cedo. 

Eu me levantei sentindo aquela leve fraqueza ao acordar - ainda mais cedo - e fui até a sala no andar de baixo da casa em busca da minha mãe, porém, logo vi algumas malas em cima do sofá, oq eu estranhei logo de cara.

[??] - Oh, bom dia filho - uma mulher de cabelos negros como a noite, presos em um rabo de cavalo bem longo, e q era dona de belos olhos claros, surgiu na cozinha usando um vestido branco - Dormiu bem? Acordou cedo hj - Ela perguntava me lançando um olhar simpático. Agradeço por ela me ver com carinho. Tenho pena de qm a minha mãe já n gostou na vida dela

[Rodrigo] - Nhe. Só senti falta da senhora me gritando lá em cima - Eu olhava em volta vendo q algumas roupas, toalhas e algumas outras coisas estavam jogadas pela casa - oq é toda essa bagunça?

[Mãe] - Ah! Seu pai n te contou?! - Ela me olhava com as mãos na cintura e com um olhar meio bravo. Nada meio q fora do normal vindo dela. Ela era meio irritadinha mesmo

[??] - Alguém me chamou? - Um homem dessa vez, apareceu na porta da frente da casa. Ele tinha cabelos castanhos e orbes bem escuras. Usava uma camisa preta e uma calça jeans. Ele tinha o semblante confuso enquanto olhava pra mim e pra minha mãe.

[Mãe] - Seu abestado!!! N contou pro Rodrigo oq vamos fazer hj!!! - Ela olhava pra ele bem P da vida

[Pai] - É... Vc q ia contar querida ;-;

[Mãe] - ahn? ;-;

[Rodrigo] - Meu Deus ;-;

[Pai] - Eu pedi pra tu contar aquele dia, pq eu teria q ir trabalhar mais cedo e n daria tempo - Ele da alguns passos pra ficar mais perto de nós

[Mãe] - Eu n me lembro então n aconteceu - Ela falava com o nariz bem impinado e com os braços ainda cruzados. E eu tava como? Perdido? Exatamente!

[Pai] - A-Ah, blz né? Fazer oq? - Ele da de ombros e vem até mim - seguinte, eu e sua mãe precisamos ir até outra cidade para "trabalharmos" - Ele dizia fazendo aspas com os dedos oq me fazia entender oq ele queria dizer.

[Rodrigo] - Ah~ Agora tudo faz sentido :^ 

[Mãe] - Vc ficará sozinho aqui em casa - Ela dizia vindo até mim tbm - Mas é por tempo indeterminado ok? Acha q da conta?

[Rodrigo] - Ficar esse tempo todo sozinho n deve ser tão ruin assim - eu pensava - Tudo bem! Podem ficar tranquilos, e n se esqueçam, n se preocupem de mais comigo. Isso atrapalha o serviço gente -w-

Os dois se entreolharam e soltaram um "Ok então" , "Confiamos em vc" e blá blá blá. Pra um adolescente q gosta de ficar sozinho - como eu - essa seria uma ótima oportunidade de ter um tempo só pra mim né?

Quando eles disseram q iam terminar de se organizar, eu fui me trocar - Já q eu estava com um fucking pijama de tubarão :D - e assim q o fiz, voltei lá pra baixo pra poder comer meu café e ir pra PRISÃ- Digo, escola :'D

Já na cozinha eu comia enquanto via meus pais gritando estericamente atrás de isso, aquilo, fulano, ciclano, beltrano, Uber, chaves e muitas outras coisas. 

Eu estava calmo e pouco despreocupado. N sou eu q estou indo viajar, mas dava pra ver a agitação em seus olhares. Aposto q a viajem foi dada de última hora. Ou n estariam tão "empolgados" assim. Normalmente quando viajavamos era tudo tão organizadinho. Agora tá o caus! Uau mãe :^

Dentre uma corrida ou outra q esses dois abestados q eu carinhosamente chamo de mãe e pai, eles logo estavam prontos. Banhos tomados, malas prontas e... Bem, "objetos de trabalhos" prontos.

[Mãe] - Já estamos indo querido - Ela veio até mim e me deu um beijo delicado na testa - se cuida

[Pai] - Acha mesmo q consegue se virar aqui? - Ele se recostava na bancada q tinha na cozinha e me olhava brincalhão

[Rodrigo] - Pois saiba meu querido pai, q caso eu fique sem opções de comida, eu tenho meu querido amigo... - Eu vou até uma prateleira e puxo meu delicioso - MIOJO!! :D

Ambos soltam algumas risadas e se despedem de mim. Eu fui ver a hora e eram... 06:57.

Ah-

Eu tava atrasado

Puta novidade ein 


Notas Finais


ORA ORA ORA!!

OQ TEMOS AQUI GALERA?!?!

OUTRA FANFIC DE UMA CERTA PESSOA CHAMADA SAKIRA Q TEM OUTRA FANFIC PRA POSTAR TBM??!?!

Q aliás... ESTÁ ATRASADA PARA UM KRALH-

POREM, ENTRETANTO, TODAVIA, ESSA MESMA ESCRITORA TEM Q TIRAR UM PERSONAGEM DESSA MESMA FIC TBM?!?!

Exatamente...

Agora eu vou escrever mais :D

Uma flor 💮 e um limão 🍋 pra inspiração

Um beijo pra qm quizé e até :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...