História Psicologic (Yugyeom) - Capítulo 2


Escrita por: e Loh_Kook97

Postado
Categorias Got7
Personagens Yugyeom
Tags Imagine Got7, Imagine Yugyeom
Visualizações 136
Palavras 2.566
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção Adolescente, Hentai
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Friends With benefits


- Sr. Kim - Kyungsoo me chama e olho para ele. - vou precisar sair.

- Que horas volta? - Pergunto.

- Só amanhã. - Ele responde.

- Então devo fechar? - Perguntei.

- Não, tenho pacientes importantes hoje. Então você vai cuidar deles.

- Eu? - Pergunto me levantando. - Mas... Mas...

- Mas o quê? Você não está fazendo psicologia? Então pode atender alguns pacientes. - Ele fala.

- Está bem. - Concordo.

Depois ele saí e meu dia começa, atendi um homem com problemas financeiros, uma mulher com problemas com o marido e fui almoçar. Quando voltei do almoço olhei o horário e... A próxima que eu atenderia seria a (S/N), entrei na sala pensando no que falar para ela, e em como resolver nosso pequeno "problema". Mas estava bem difícil. Eu fiz merda e ela não me perdoaria tão fácil.

- Fala onde tá o Kyungsoo.Falo sem olhar na cara do Yugyeom -Pelo menos oque eu achava-

- Foi a uma viajem

- Onde tá o Kim ? _Que ele tenha ido embora,que ele tenha ido embora.._

- Está na sala,no momento não tem ninguém,pode entrar

Entro na sala sem bater mesmo e sento na cadeira de frente pra ele

- Olá (S/N). Como você está? - Yu pergunta tentando fazer seu trabalho.

- Como sempre

- Como foi seu dia? - Perguntei tentando não me irritar.

Chorando e cortando meus pulços.-Falo tentando imitar a voz do Yugyeom

- Olha (S/N) nós começamos com o pé esquerdo, estou aqui para fazer o trabalho do dr. Kyung e te ajudar com seu problema. Então você pode pelo menos tentar facilitar as coisas pra mim?

- Mais eu to falando a verdade caralho

- E por que você fez isso? - Pergunto.

- Você não deve ter lido minha ficha toda mais meu melhor amigo -vulgou meu irmão- morreu de overdose quando eu tinha 12 anos.Eu conseguir superar a perda mais as pessoas começaram a fazer bullying pelo meu irmão ter sido drogado.-paro de falar e começo a chorar

- Você tem medo de que fique igual à ele? - Yu pergunta oferecendo um lenço.

- Eu não vou me drogar!.Eu não vou me drogar nem que eu quera,minha mãe monitora minha vida inteira pra não ter risco de me matar.-Falo. -Sim eu já tentei me matar,mas minha mãe chegou a tempo -Afirmo.

- E por que você se sente tão mal pelo seu irmão ter morrido? Quer dizer, a forma como ele morreu foi realmente trágica, mas ele fez as escolhas dele, e você já disse que usa drogas, então por que se sente assim?

-Todos tem amigos,até você que é insurportavel.E eu sou só eu

- Então não tem amigos?

- Não

- O que aconteceu com eles?

- Você é surdo por acaso ?! Eu já falei que se destaciaram depois da morte do meu irmão

- Já pensou em fazer amigos novos?

- Ninguém quer ser meu amigo

 - Eu vou ser seu amigo, (S/N)

 - O-oque ?

- Eu disse - Falo me levantando e sentando ao lado da (S/N). - que vou ser seu amigo. Pode contar comigo para o que for, ok?

 - Tá.Falo sorrindo pela primeira vez na frente do Kim

 - Bem, agora que nós amigos você precisa confiar em mim, e eu em você, certo?

  - E....Certo

 - Então você deveria me contar um segredo e em troca eu te conto outro.

 - Conta primeiro

 - Hã... - Pensei por um segundo. - Meu primeiro beijo foi aos 18 anos. Eu sofria muito dos meus amigos porque todos eles já tinham feito sexo e essas coisas, mas eu nunca tinha nem beijado ninguém.

 - Eu sou bv

 - Por que nunca perdeu o bv? Garotas bonitas sempre são mais desejadas. - Falei.

- Eu não fa....Pera...Você me acha bonita ?!.Pergunto supresa

 - Sim, você é bonita. Não entendo como nunca beijou antes

- Obrigado?!.Enfim...Eu acho que já vou você tem trabalho,Aliás meu numero tá na ficha

 - Significa que eu posso te ligar?

 - Sim

 - E você vai atender? - Perguntei como um idiota, mas já estou acostumado a fazer esse papel

 - Se eu estou falando meu numero,e porque eu vou atender,certo ?

 - Ah... Certo. - Falei. - Acho que já acabamos por aqui.

 -Sim,chau.Dou um abraço nele _é isso que amigos fazem,certo?_

Yugyeom parece não saber o que fazer.

- Tchau. Nossa próxima seção é semana que vem no mesmo dia e horário, ok?

 - Ok -abro a porta e saio comprimentando o Sr.Park

[...]

 - Olha só, é a irmã do drogadinho que morreu. Lembro de você.

 - O-oque ?

 - Você não lembra de mim? Mas deve lembrar de chorar feito uma idiota depois que aquele viciado do seu irmão morreu.

 - B-Baekhyu-un ?

 - Acertou. Você mudou bastante, está mais bonita. O que andou fazendo, huh? Por acaso ainda tem contato com os amiguinhos do seu irmão. Ou melhor "ex" irmão.

 - Por que você quer saber ?.-_Parabens não gagueijou_

 - Porque pensei que você poderia voltar a me divertir, como antes, só que dessa bem melhor.

 Me viro pra sair mais ele segura meu braço

 - Sabia que desde a época da escola que eu quero você? Mas o seu irmão, nossa, ele era muito chato. Nunca me deixou mexer com você, mas aí ele morreu, e agora você tá grande, e bonita. - Baekhyun fala tocando o seu rosto. - Acho que não teria problema se a gente se conhecesse melhor, não acha?

- Não.-Falo grossa

- Tanto faz. - Ele sorri como um gato diabólico. - Que tal a gente sair?

 - Agora?

 - Sim. Ou tem coisa melhor para fazer?

 - Dormir serve ?

 - Serve se você estiver planejando dormir comigo.

 - Chau Baekhyun,até outro dia.Decidiu ignorar

 - Até outro dia nada. Quero sair com você hoje.

 - Baekhyun!!

 - Ou você sai comigo, ou você sai comigo. Não tem outra escolha. - Baek fala segurando o braço da (S/N) com força.

 - Você ta me machucando...

 - Você nem sabe o quanto eu quero te machucar. - Baekhyun a puxa e beija a (S/N), mas antes de solta-lá ele morde sua boca fazendo sangrar

 - O-oque você tá fazendo ?.Falo com a voz já falhando

 - Estou provando se você é boa mesmo ou tem o mesmo gosto das meninas drogas que seu irmão pegava.

 - Me solta baekhyun!

 - Não, eu não vou te soltar enquanto não tiver o que quero. - Ele fala com os dentes cerrados.

 - A não?.-Pergunto com um sorrisso diabolico-dou um chute nos paises baixo nele,ele me solta e eu saio correndo

 






Naquela noite quando finalmente saí do trabalho e cheguei em casa resolvi ficar trancado no meu quarto.

Jack estava enchendo o saco do Jaebum e eu senti no fundo da minha barriga que aquilo ia gerar uma briga.

Depois de quinze minutos sem fazer nada peguei o número da (S/N) da ficha dela e liguei só para saber se ela me atenderia mesmo.

 - Oi,Quem é ?

 - É... É o Yugyeom. Você disse que eu poderia ligar e eu liguei.

 - A....Oi

 Percebo algo estranho na voz da (S/N), e resolvo saber se tudo está bem.

- Aconteceu alguma coisa, (S/N)? Parece que está chorando.

 - Eu....Encontrei ums das pessoas que fazem bullying comigo - Você está bem? Ele tentou alguma coisa? Onde você encontrou ele? - Pergunto desesperado

 - Ele me agarrou,na pracinha

 - Ele fez mais alguma coisa? Ele te bateu? Te tocou? Você está bem?

 - Ele me beijou

 - O quê?! - Gritei.

 - E-L-E-M-E-B-E-I-J-O-U .Soletrei

 - Mas... Mas... Ele só triscou a boca dele na sua? Ou foi um beijo com língua e essas coisas?

 - Eu não tô nem doida de deixar ele botar aquela lingua nojenta dentro da minha boca

 - Ele te machucou?

 - Não muito...

 - ENTÃO ELE TE MACHUCOU?

 - Não, não responda. Eu vou na tua casa ver como você está.

 - Para de drama Yugyeom..

Desligo o Telefone

Vesti um moletom por cima da minha camisa e saí de casa. Como a casa da (S/N) não era muito longe da minha, não teria problemas. Precisava ver como ela estava. Precisava saber que estava tudo bem.

Então em dez minutos cheguei na casa dela e bati.

 - Não acredito que você veio

 - Onde ele te machucou?

 - Não importa.-Fala puxando mais a manga do moletom

- Filha o jantar está...-Para de falar quando ver o Yugyeom.-Pronto....

 - Boa noite.

 - E....Boa noite.Desculpa está toda desarumada, tava fazendo a janta.E....você não quer entrar ?

 - Quero. Na verdade eu quero muito entrar, obrigado.

 - Fica avontade.Vou entrar.-Fala saindo

 - Sua casa é muito linda. A propósito o que vamos jantar?

 - Não sei,pergunta pra minha mãe

 - Está com raiva de mim?

- Não,só não sei o motivo qual você veio aqui

 Me aproximo da (S/N) ficando perigosamente perto do seu rosto.

- Eu vim aqui, porque alguém estava chorando, minha paciente precisava de mim e agora estou aqui. - Falei sabendo que minha proximidade a deixava desconfortável

 - Se afasta idiota

 - Por quê? Não gosta quando eu me aproximo assim? - Pergunto sem conseguir desviar os olhos da (S/N)

 - Não

 - Fica nervosa? Minha paciente deve me falar tudo que sente. E eu adoraria saber como você se sente agora. - Sussurrei para ela.

 - Eu to com votande de da na tua cara,serve ?

  - Serve. - Digo sorrindo. - Ele te mordeu na boca ou você tem mania de ficar se mordendo? - Pergunto olhando para o lábio vermelho da (S/N)

 - Ele mordeu.Falo naturalmente

 - Maldito. Sabe quem é? Onde mora? Nós poderíamos ir atrás dele agora para resolver isso.

 - Eu sei o nome dele...

 - E qual é?

 - Bae....

- Meninos vocês vão jantar agora? - Fala a mãe da (S/n) aparecendo na sala

 - Sim, estou morrendo de fome na verdade. - Falo para a mãe da (S/N) - Depois conversamos sobre isso.

Então seguro na mão da (S/N) e caminho de mãos dadas com ela até a cozinha.

 Enquanto a gente come minha mãe fica olhando pra a gente com uma cara de lua do whatszap -a antiga,essa atualizada e um lixo-

 - A comida está ótima.

 - Obrigado.Eu vou subir,fiquem avontade

- Ficaremos. - Falo com um pouco de malícia, admito.

(S/n) da um chute no pé dele por debaixo da mesa

 - Humpf. Boa noite, e obrigado pela comida.

 - Denada.-Fala subindo

 - Então, o que fazemos agora?

 - Não sei,que tal você ir embora ?

 - Estava pensando de conhecer seu quarto, que tal? É lá em cima? - Falo me levantando e subindo as escadas.

 - Espera.-Falo correndo atrás dele

 - Qual porta será? Será que é essa?

 - É a segunda

 - Ah, obrigado. Nossa, você tem muita coisa aqui.

 - Sim.Não é o famosa quarto de gente depressiva todo Preto e sem luz, mas dá pro gasto, né?

 - Nunca imaginei que você teria um quarto assim. Você gosta de ler é? - Pergunto olhando alguns livros no seu armário.

 - Sim, são meus melhores amigos

 - Qual você mais gosta?

 - As Crônicas de Nárnia.- Fala pegando um livro grosso na primeira fileira e me mostrando

 - Nunca li. Mas já li a saga do Percy Jackson toda e é muito boa.

 - Também já li

 - Já leu foi? E com quem a Hazel fica no final?

 - Não sei 

 - Por acaso você falou isso apenas para me impressionar (S/N)? - Falo me aproximando dela.

 - Claro que não idiota

 - Então por que mentiu? - Pergunto me sentando na sua cama.

 - E-e...Não sei

- Eu não gostei daquilo. - Oque ?

 - De você ter perdido o bv com ele. Na verdade, não gostei de você ter perdido o bv com outro cara.

 - Era pra ser com quem ? - Com alguém que você gostasse... Sei lá, podia ser até comigo. Mas não com um idiota completo.

- Vocé é um completo idiota.-Afirma

 - Mas sou um idiota que beija bem. E que nunca te machucaria

 - Como eu vou saber que você beija bem ?

 - Vem cá. Senta aqui do meu lado

 - Tá.Sento do lado dele

 Tiro uma mecha do cabelo da (S/N) que cai no seu rosto, pouso gentilmente minha mão no seu queixo e puxo seu rosto contra o meu, sem pressa e sem tirar os meus olhos dos seus. Me aproximo com cautela e sinto sua respiração fazendo cócegas contra minha pele.

 -Oque...

 - Não fala nada. Vai estragar o clima. - Digo.

Então ainda com medo da (S/N) se afastar puxei mais um pouco o seu rosto e toquei seus lábios nos meus. Sua boca era macia, quente e doce. Não me movi, esperei que ela fizesse algo, que falasse algo, que me batesse, apenas esperei.

 - Eu...-Tentei falar algo quando acabamos de nos beijar,mas nada saia

 - O que achou?

 -Falo bem rapido mais acho que ele entendeu

 - É o quê? Não ouvi direito.

 - Você entendeu...

 - Me beijaria de novo?

 - Sim.-Falo ficando vermelha

  - Ótimo.

Puxei a (S/N) pela cintura e a beijei novamente. Dessa vez movi os lábios, explorei sua boca, e a fiz ficar sem fôlego, então afastei seu cabelo e beijei seu pescoço.

 - Acho que não deveria ter feito isso. - Digo tocando levemente seu rosto.

 - Porque?

- Porque eu sou um médico. - Respondo beijando sua bochecha. - E você uma paciente. E isso é errado. Não acha?

 - Mas no momento você não e meu medico,é meu amigo

 - E é certo um amigo beijar o outro assim? - Pergunto dando um selinho na sua boca, e mordendo também.

 - Sim....

 - Acho que devemos parar por aqui.

 -Ta, vc que sabe

 - Nossa, você me magoa falando assim.

 - Porque?

 - Porque parece que você quer que eu vá embora.

 - Eu não quero que você vá embora...

 - Quer que eu passe a noite aqui? - Pergunto a puxando pela cintura

 - Sim.-Falo botando meu braço no seu pescoço

 - E dá onde saiu essa coragem?

 - Não sei,você me passa confiança

 - Gosto de você assim.

 - Você vai passar a noite aqui ?

 - E a sua mãe? O que ela vai falar quando acordar?

 - Ela não liga...

  - Então, sim. Eu fico com você.

  - Obrigado.-Falo sorrindo

 - O que fazemos agora?

 - Não sei,alguma ideia?

 - Eu tenho várias idéias. Mas todas são impróprias.

- Quais ideias ?

 - Melhor você nem saber. Que tal um jogo? Ou um filme?

  - Filme.Tem alguma ideia?

  - Quer assistir Moana?

 - Moana ? Serio Yugyeom ?

 - Eu gosto. Você não gosta?

 - É muito infantil...Mas eu gosto

 - Sabia. Todos amam Moana.

 - Claro,Ela é muito fofa

 Coloco o filme e me deito na cama da (S/N).

- Deita comigo.

 Deito do lado dele e boto minha cabeça no ombro dele de apoio

 - Está confortável?

 - Sim,tá te encomodando ?

  - Nem um pouco.

 - Ok.- Falo voltando a ver o filme

 Não sei quando, nem como, mas sei que acabamos dormindo. Não lembro se vimos o final do filme. Lembro de dormir tão bem e tão tranquilo, que nem notei.

   


Notas Finais


Outras obras :
__________________________________
7 dias pra se apaixonar (Kaisoo) ~escrevendo~

https://spiritfanfics.com/historia/7-dias-pra-se-apaixonar-kaisoo-9345749
__________________________________
Forbiden Love (Yoonmin)
~Terminada~

https://spiritfanfics.com/historia/forbiden-love-yoonmin-801574
__________________________________


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...