1. Spirit Fanfics >
  2. Psicopata? (V) Taehyung >
  3. Tira a roupa!

História Psicopata? (V) Taehyung - Capítulo 7


Escrita por:


Notas do Autor


OIE! Turu bão? Espero que gostem de mais um Cap. Err Hg as hzggzg agora leiam a fanfic

Capítulo 7 - Tira a roupa!


Fanfic / Fanfiction Psicopata? (V) Taehyung - Capítulo 7 - Tira a roupa!

Depois que ele beijou minha mão, a jogou como se não fosse nada.

- Aí!

- Foi só um agradecimento. 

- Porque você me trouxe até aqui? - Perguntei olhando pra ele.

- Tive que te fazer de refém pra conseguir pegar seu carro e vir pra cá. - Falou ele olhando pra TV.

- É por que não me deixa ir? Já conseguiu o carro! - Falei tentando convencê- lo, mas o mesmo me ignorou.

- Por que você já sabe onde eu moro, e onde o meu pai fica. Então, pra você não ir dizer nada a "seus" policiais, você tem que ficar aqui!

- Mas eu não vou dizer na...

- Não! - Gritou ele sem me deixar terminar a fala.

- Tá... - Falei me virando pro outro lado da cama com a voz de choro.

- Não começa! Ou eu não vou hesitar em calar sua boca! 

Eu não falei nada. Só fiquei olhando o tempo passar, e depois escutei um barulho de algema. Quando virei, ele tinha colocado o outro lado da algema em seu braço, os deixando presos. Minha mão, ficou em seu peito. Ele não dava espaço para eu me mexer. 

- Posso tomar banho? - Perguntei me virando pra ele, o que estava olhando a TV.

- Se me der trabalho vou te vigiar até dentro do banheiro.

- Aish! Me dê ao menos um pingo de liberdade! - Falei me sentando na cama batendo na mesma.

Ele olhou pra mim com um olhar assustador. Em seguida puxou meu cabelo levando meu ouvido até sua boca.

- Olha aqui! Comigo, você fala direito entendeu!? Você, vai me respeitar como se respeita ao seu pai! - Falou ele - Entendeu? - Contiunuou aprofundando mais o puxão e engrossando sua voz.

- Enten...di... - Falei.

- Ótimo. - Ele soltou meu cabelo, e em seguida alisou minha cabeça, dizendo: "Boa garota". AI  QUE RAIVA! Como pode ser tão mal?

--Você vai me soltar ou não pra eu tomar banho? Eu preciso me limpar...

- Ok. Não se preocupe, eu vou te soltar. Mas, você tem que se comportar. - Disse ele enquanto eu procurava o buraco da algema.

Eu já estou começando a ficar irritada... Eu simplesmente não posso fazer nada! Porque ele é tão autoritário? AISH! Eu preciso sair do lado dele o mais rápido possível. Eu não vou aguentá-lo por muito tempo. Ele, um dia, terá que me deixar ir.

- Tudo bem, mas pode ser logo. Estou com calor...

- Não me diga o que fazer ou quando! Se eu quiser eu te deixo presa! - Disse ele enquanto puxava o meu braço.

- Tá bem...- Murchei quando ele falou. Ele falou de um jeito que me deixou com muito medo, e isso não vai dar... Eu tenho que fugir, não importa o horário, se é bem planejado ou não. Não quero passar o resto da minha vida com ele, eu tenho planos com o Addy... Esse cara quer me matar custe o que custar e eu não quero morrer...

Ele pegou minha mão, e pegou a chave que estava em seu bolso, tirando a algema. Quando ele tirou, eu olhei o meu braço. Não há outra escolha a não ser correr. Ele vai me matar uma hora ou outra.

Quando eu olhei pra ele, vi ele com a mão na ferida olhando a TV. Olhei aos redores, e acho que dava pra correr e fugir.  Eu me levantei e fiquei andando pelo quarto lentamente fingindo ir em direção ao banheiro, e quando virei, corri. 

Ele se levantou mais rápido que um trovão, quase caindo. Ele ficou de pé e correu mesmo com dor em seu abdômem. Quando eu toquei na maçaneta da porta, ele me pegou pela barriga, e me puxando. Fala sério! Acho que vou morrer agora... porque eu fui fazer isso? Eu sou muito burra de tentar fugir desse jeito.

Ele me jogou na cama me chamando de vadia. Eu me levantei e ele me empurrou de novo indo pra cima de mim. Ele pôs o peso de seu corpo no meu, segurando o meu rosto pra dar um tapa que eu nunca senti na minha  vida. Após isso, tentei o empurrar.

- Saia! Eu quero sair daqui! - Falei gritando e chorando. - SOCORRO! - Disse repetidas vezes, tentando o tirar de cima de mim. Ele tapou minha boca com a mão, em seguida se levantando puxando meu cabelo, nos levando em direção ao banheiro.

- Solta! - Falava enquanto ele puxava ainda mais.

Ele me empurrou no banheiro.

- Tira a roupa! - Disse ele com raiva.

- Quê? Não! - Disse enquanto me escorava na parede me cobrindo com as mãos mesmo com roupa.

- Você não quer tomar banho!? Então vai tomar com eu te vigiando! Anda! Tira logo e toma banho! Se lavando na minha frente!

- Não! - Gritei.

- Então deixa que eu faço isso! - Veio ele em minha direção, me segurando pela gola da blusa. 

- Não... Não Taehyung, por favor não faça isso! - Disse chorando.

Ele me olhou e me soltou me empurrando, colocando as mãos na cabeça.

- Eu não vou fazer isso. Você vai. - Disse tirando suas mãos de sua cabeça. Ele saiu por um momento, chegando com uma cadeirinha e uma revista. Em seguida ele sentou.

- Pode tomar seu banho. Mas eu vou te vigiar, e eu não saio daqui, até que tenha terminado. - Depois de ter dito isso, ele olhou a revista.

- Não, Taehyung, pelo amor de Deus eu não vou tomar tomar banho com você aqui! por favor... eu não vou fugir no banheiro. - Disse tentando me cobrir mesmo com roupa.

- Chega! - Após ele dizer isso se levantou da cadeira e veio em minha direcão. Quando cehou até mim, pegou a gola da minha blusa.





Notas Finais


Oiee! Acabou mais um cap. Mas eu vou trazer o próximo bem rápido! Eu tive que terminar um drama, por isso esqueci dessa responsabilidade. Eu não vou mais demorar 💕❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...