História Psicopatas não Amam! - Jhope ou Suga - - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jung Hoseok (J-Hope), Min Yoongi (Suga)
Tags Amor, Bangtan Boys (BTS), Hoseok, Jhope, Pscicopata, Suga, Yaoi, Yoongi
Visualizações 14
Palavras 430
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), LGBT, Luta, Policial, Saga, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Sorry pela demora, e q minha net e uma bosta.

Capítulo 5 - Sou Gay e edai?


Fanfic / Fanfiction Psicopatas não Amam! - Jhope ou Suga - - Capítulo 5 - Sou Gay e edai?


Já faz meses dez da morte do assassinato da quela garota,e eu ter acusado um dos bangtan Boys. Como esperado me fodi, já que eles são ricos e tudo mais. Resumo: fui afastado por um tempo e rebaixado de cargo. Sem contar que a minha tão zelada reputação foi pôr água abaixo. Ninguém me respeita lá na delegacia sie quê pôde chamar aquilo de delegacia. Mas se depender de mim isso não vai ficar assim. Eu vou provar que um deles e o culpado pelo assassinato.

DELEGACIA, ROMA.

S/n: Tem algum caso? Que não seja salvar gatos em sima de árvores, ou ajudar senhoras a atravessar à rua? - Pergunto sem ânimo algum.

Nicolas : Sim, Na Via veneto. Tem uma denúncia de perturbação a ordem. - Diz olhando o monitor.

S/n: Vou nessa. - Digo indo até meu carro.

Via veneto, 130

Bato na porta onde vilha a supostos denúncia. Ouvindo um grito, tento à abrir e da certo. Entro procurando quem deu esse grito.
A casa estava sem sinal algum de qualquer arrombamento ou algum tipo de invasão.

S/n:Polícia! - Grito

- Aqui em, cima no quarto. - Gritada desesperado.

Subo as presas a escadas e entro em cheio no quarto, vendo um homem quê estava amarrado e com um pano cobrindo seu rosto.

S/n: Calma que eu já cheguei. - Tiro o pano que cobria o rosto dele.

' Só pôde ser brincadeira com a minha cara.'

Yoongi: S/n? - Diz surpreso.

S/n: Não, Obama. - Digo me segurando pra não atirar ele dá janela. O solto de tudo oque ó prendia. Pucho ele pelo colarinho o jogando em sima da cama que ele estava sentando a pouco.

Yoongi: Mas já? Não vai nem me convidar pra sair não? - Diz debochando.

S/n: Cala a sua boca. - Digo o olhando.

Yoongi: Se for com a sua, quem sabe. - Se levanta e fica na minha frente.

' Eu vou quebrar a cara dessa porra. '

Yoongi: Você e Gay né? - Pergunta sorrindo.

S/n: Eu não sou essa coisa. - Digo com a intenção de ofende ele, e pêlo visto consegui.

Yoongi: Coisa? - Pergunta sério.

S/n: Tá surdo? Você me fez sair da delegacia pra cá, sendo quê não está acontecendo nada com você. - Grito. - Você não passa de um....
- Me interrompe.

Yoongi: Eu liguei pra Polícia, não pra você. E eu não estou fingindo. E sim eu sou Gay, e não vai ser você quê vai me fazer mudar isso. - Grita.

Tento sair dali mas ela pucha me braço.




Notas Finais


Contínua gente ^-^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...