1. Spirit Fanfics >
  2. Psicopatas não amam! JiKook >
  3. O Impossível acontece...

História Psicopatas não amam! JiKook - Capítulo 12


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura povo e desculpem os erros! 😗💖

Capítulo 12 - O Impossível acontece...


Fanfic / Fanfiction Psicopatas não amam! JiKook - Capítulo 12 - O Impossível acontece...

Jk: M-Mãe?...


Autora on•


Assim que JungKook viu sua mãe parada em sua frente ele ficou sem reação, paralisou. Sua mãe estava com um vestido branco longo, seus cabelos eram pretos e grandes e seu rosto era o mais lindo que JungKook já tinha visto. Então a mulher caminhou até chegar nele e lhe estendeu os braços ainda sorrindo.  Jeon não aguentou e a abraçou também e começou a chorar, ele estava emocionado em ver sua mãe ali, na sua frente. Depois de tantos anos, a saudade foi morta pelo amor. JungKook já soluçava nos braços da mulher, e ela fazia carinho em seus fios negros pouco tingidos de rosa. Até que ela fez os dois se agacharem e JungKook agora estava em seu colo ainda com o rosto no pescoço da moça, chorando e matando a saudade sufocada durante anos, que agora estava indo embora e um sentimento bom surgiu no coração do moreno. Quando ele finalmente tomou forças para se separar minimamente da mulher, olhou em seus olhos ainda não acreditando que ela estava ali, na sua frente e o olhando com aquele sorriso que JungKook amava.


Sra.Jeon: Não chore meu querido, eu estou aqui com você agora... - a moça disse fazendo JungKook se sentir mais acolhido naquele momento.

Jk: Eu... E-Eu... - ele engoliu em seco juntando forças para conseguir falar - Eu senti... Muito a sua falta... Mãe...

Sra.Jeon: Eu também meu amor... Eu também... - ela disse enquanto continuava passando as mãos suavemente nos fios do moreno. Ele parecia tão pequeno no colo dela, se encaixava perfeitamente a ela.

Jk: Me desculpe... Eu não consegui te defender, eu vi oque ele fez e mesmo assim não fiz nada... Me perdoe... - Jeon disse e se apertou mais contra o colo da mulher, chorando de novo.

Sra.Jeon: Olhe para mim, meu amor... - ela disse e pegou no rosto de JungKook com as duas mãos já vermelho de tanto chorar e o ergueu para si - A culpa não foi sua, não pense nisso, porque é mentira... - a moça disse e sorriu fazendo o coração do moreno esquentar e relaxar.

Jk: Tudo bem... Eu só quero ficar aqui com você... - Jeon disse ainda choroso no colo da moça e ela deu uma leve risada - Mas uma coisa que eu não entendi até agora, como eu estou no céu sendo que eu fiz tanta merda na vida?

Sra.Jeon: Existem coisas que não tem uma explicação, JungKook... Mas um ato seu mudou tudo.

Jk: Oque eu fiz? - o moreno a olha com confusão em seu olhar.

Sra.Jeon: Naquela hora em que o seu pai ia atirar naquele policial você entrou na frente, isso foi um ato que fez seu destino mudar. Mas seus erros ainda não foram esquecidos, você matou muitas pessoas e as torturou, só que você salvou a vida de uma pessoa, isso é muito bom...

Jk: Ah... Espera, eu morri? - Jeon pergunta a olhando assustado.

Sra.Jeon: Ainda não, você corre risco de vida e está quase morrendo, mas você pode escolher oque prefere...

Jk: Como assim? 

Sra.Jeon: Você tem duas opções, pode voltar para o seu corpo e pagar pelo que fez, ou pode passar o resto de sua vida aqui, comigo... Isso quem decide é você, JungKook. Eu não posso te ajudar nisso, você tem que começar a tomar as suas próprias decisões, sozinho.

Ok, para começar, era bem tentador para JungKook ficar e levar o resto de sua vida com sua mãe, a pessoa que ele mais amou em toda a vida estava ali, oferecendo uma opção de passar o resto da vida ao seu lado, mas ele também pensou em outra possibilidade... Oque aconteceria com o Jimin? Como ele ficaria se ele morresse? Acho que ele não se importaria, já que Jeon era só um Serial Killer. Ele lembrou de um detalhe muito importante, ele também era dançarino numa boate e Jimin sabia seu nome, então seria um problema se Jimin descobrisse que na verdade, Killer Bunny e Jeon JungKook eram as mesmas pessoas. 

Jk: Eu...

Sra.Jeon: Antes de tomar a sua decisão, querido, preciso que venha comigo, quero te mostrar uma coisa... - ela disse e pegou na mão do moreno e o puxou para um lugar um pouco distante. Era uma fonte toda branca com água e uma estátua de anjo no centro.

Jk: Ehh... Oque é isso?

Sra.Jeon: Isso é a fonte das lembranças JungKook, aqui você pode ver tanto as suas lembranças boas quanto as ruins... - ela disse e Jeon a olhou.

Jk: E como eu faço para ver? 

Sra.Jeon: Basta colocar seu rosto dentro da água, que você irá ver as que você quiser... - ela disse e Jeon se aproximou devagar até a fonte e a olhou, depois olhou para sua mãe atravéz de seu ombro e fez que sim uma única vez e o moreno voltou sua atenção para a água cristalina a sua frente. Sem enrolar mais, ele coloca seu rosto na água e então as lembranças começam a vir...


•A primeira vez em que Jimin e JungKook se encontraram...

-Você não vai conseguir me pegar, Park... Eu sou rápido demais pra você...-

-Aparece logo!!-

•O dia na boate, as encaradas de JungKook para Jimin...

-Que pecado... - Jimin pensou.

•O dia do esbarrão na noite em que JungKook deu um tiro naquele cara que tentou abusar dele...

-M-Me desculpe...-

-Mãos para cima!! Agora!!-

O primeiro beijo dos dois...

Estavam deitados na cama e Jimin beijava o moreno intensamente, mas são atrapalhados com a batida na porta.

•E por fim mas não menos importante... A última palavra de Jeon antes de apagar por completo...

-Ji...min...-


Era para ter acabado e JungKook quase saiu da água quando uma nova lembrança veio, ele vou seu corpo na cama de hospital e ele estava entubado, seus batimentos cardíacos estava caindo, estava morrendo. Então ele viu que a porta se abriu e seu coração bateu mais forte quando viu Jimin entrando... Ele caminhou até a cama e se sentou ao lado de Jeon. O rosto do moreno estava enfaixado então Jimin não o reconheceu. Ele chega mais perto de JungKook e puxa uma cadeira para ficar ao seu lado. Park começa a o encarar e então passa sua mão delicadamente pelo rosto do corpo do garoto, que mesmo estando fora de seu corpo sentiu o toque do loiro e uma faísca se ascendeu no peito de JungKook.

Jm: Você me lembra alguém... - ele disse e deu um pequeno sorriso. O sorriso foi pequeno, mas grande o bastante para fazer JungKook suspirar ainda dentro da água. 

Então o moreno tira a cabeça debaixo d'água e respira fundo. Ele se virou e viu sua mãe o olhando com um sorriso pequeno e com as mãos baixas. O moreno foi até ela e a abraçou.

Sra.Jeon: Já tomou sua decisão, meu anjo? - ela pergunta passando suas mãos novamente pelos cabelos do menor.

Jk: Sim...





Voltando para a realidade kk


Jimin ainda estava no quarto ao lado de JungKook o olhando fixamente. Ele percebeu que os batimentos do moreno caíram ainda mais. Então depois de muito tempo observando ele, o maior levanta e se dirige a porta, mas quando ele estava saindo, ele escuta um sussurro...

Jk: Ji...min... - Jimin se vira rapidamente e JungKook se meche minimamente.


Sim, o impossível aconteceu...



Notas Finais


Até mais genteee♡
Desculpem qualquer erro:((


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...