1. Spirit Fanfics >
  2. Psycho - Taekook, Vkook, KookV >
  3. Prologue 2: You Know Who Kim Taehyung Are..

História Psycho - Taekook, Vkook, KookV - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Prologue 2: You Know Who Kim Taehyung Are..


Fanfic / Fanfiction Psycho - Taekook, Vkook, KookV - Capítulo 2 - Prologue 2: You Know Who Kim Taehyung Are..



"Você sabe quem Kim Taehyung é.. apenas quando você está no mundo estranho de Kim Taehyung.."













"Kim Taehyung... quem é Kim Taehyung?.."

"Eu sou Kim Taehyung..."


Eles não sabem como Taehyung se sente, porque não estão no mundo estranho de Taehyung.

Bem, no fundo, ele só precisava de um tempo.

Talvez um novo começo, uma nova chance de ser ele mesmo.

Mas ao contrário, os outros com suas palavras o deixavam sufocado e o faziam pensar o quanto ser livre era impossível.

O mais alto, agora na frente do espelho sujo e quebrado se olhava sem parar de pensar um único segundo em como queria mudar.

Não aguentava mais olhar a cada momento para si mesmo e lembrar das palavras irritantes e que tanto o deixavam para baixo a cada dia.


"Ele mesmo depois de anos, não mudou nada, não?"

"Incrível, ele continua sendo o mesmo."

"Claro, ele não mudou nada, continua sendo o mesmo estranho Kim de sempre."


Respirar fundo e rir em seguida era a única forma de tentar esquecer as palavras que tanto corriam por sua cabeça.

Você sabe que alguém está acabado quando o vê chorar e desabar a sua frente.

Mas você não sabe a quanto tempo ele está totalmente destruído por dentro.

As vezes, apenas precisamos de um novo começo.

Mas as pessoas a nossa volta não nos deixam ter um novo começo.

Talvez, todos nós estejamos presos.

Por que.. quando somos nós mesmos, palavras ruins e pesadas chovem sobre nós.

E quando tentamos não se importar bem.. não existe essa opção. Porque no fundo todos nós nos machucamos com as palavras, e apenas engolimos e seguimos em frente.

Mas, a qualquer momento, uma única palavra ou ação, irá pôr abaixo tudo que tanto guardamos por tanto tempo.

E talvez, apenas talvez, sejamos pessoas mal interpretadas pelo resto do mundo.

Quando estamos totalmente derrotados por dentro, sentimos a vontade extrema de sumir, e até mesmo mudar drasticamente.

No momento, nos sentimos bem.

Mas no dia seguinte, podemos vir a nos arrepender.

Fazemos mudanças de uma hora para a outra em busca de alguma forma sermos irreconhecíveis.

Pode dar certo, porém, o nosso verdadeiro eu continua dentro de nós.

Algo complicado, talvez, mas bem, é assim que as pessoas "estranhas" se sentem.

Nosso passado nos corrói e nos deixa sem ar da pior maneira.

Por isso apenas queremos ser aceitos.

E acabamos fazendo isto da pior maneira possível.

O chuveiro foi ligado.

A água gelada caía sobre os fios agora loiros do Kim.

Era hora de um novo começo, talvez.

A tesoura estava ainda sobre a pia junto de alguns fios antes escuros.

Os pensamentos continuavam.

A Tv ainda estava ligada.

Taehyung prestava atenção nas notícias enquanto passava a ponta de seus dedos pelos fios loiros tirando o excesso de toda a química agora presente.

No final de tudo, Taehyung apenas queria ser compreendido.

O medo de ser levado para salas de vigilância extrema e ter o gosto amargo de vários remédios todos os dias em sua boca o deixava totalmente assustado por dentro.

Havia prometido para si mesmo, que nunca mais iria gostar de alguém.

Amar alguém novamente.

De tanto mostrar seu coração, de se virar de dentro para fora, para mostrar o quão sincero era, foi pisado várias e várias vezes.

O coração já estava machucado.

Mas quando ele voltava a bater e acelerar da noite para o dia..

Oh, não há quem o impeça de sentir amor novamente.

Podemos negar até o último, mas, os batimentos sempre são mais fortes.

Kim apenas queria encontrar alguém para abraçar quando precisasse e que, o interpretasse de forma correta.

Talvez fosse pelo seu jeito de pensar e agir na maior parte do tempo.

Ou talvez fosse pelo coração e a mente já tão machucados.

Bom, apenas, talvez.. apenas.. talvez.. naquela madrugada, o coração tivesse voltado a bater depois de tanto tempo.

Mas.. talvez tivesse se apaixonado pela pessoa que iria o machucar mais tarde.








"Querido, você me entende agora?

Ás vezes eu fico um pouco nervoso

Mas você deveria saber que não há um único ser vivo que consiga ser sempre um santo

Quando as coisas dão errado, eu pareço estar mal

Mas eu sou apenas uma criatura com boas intenções

Oh, Deus, por favor, não me deixe ser mal interpretado.."



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...