História Psycho Love - Imagine Jeon Jungkook - Capítulo 22


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens Jackson, Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Mark
Tags Got7, Hot, Imagine, Imagine Bts, Jackson, Jackson Wang, Jeon Jungkook, J-hope, Jung Hoseok, Jungkook, Kim Taehyung, Kpop Jin Kim Seokjin
Visualizações 235
Palavras 1.166
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


🌻Como prometido, ta aí o cap de hoje
🌻Boa leitura
🌻perdoem os erros

Capítulo 22 - Atrapalhe o Wang - leiam as notas finais


Fanfic / Fanfiction Psycho Love - Imagine Jeon Jungkook - Capítulo 22 - Atrapalhe o Wang - leiam as notas finais

- Conseguiu?

- Cara, eu atirei nele! – a voz gritava ao telefone

- Como é? Atirou nele? Pegou o diário pelo menos?!

- Não, eu não peguei, ele não sabia do que estava falando.

- Claro que ele sabia seu imbecil! Não devia ter atirado, não sem ele dizer onde estava! Burro, burro, burro!

- Ele iria atirar em mim! eu não podia deixar que ele fizesse isso!

- Você é um filho da puta, um filho da puta! E agora, como espera que eu encontre o diário se ele morrer!

- Não sei, te vira, o problema não é meu!

- O problema é nosso, você tá’ metido nisso até o pescoço!

-  já fui preso várias vezes cara, tu acha que isso me assusta?! Eu tô metido com caras que você nunca gostaria de conhecer, você é novo na parada, Wang!

- Tá me ameaçando? O que sabe de mim para dizer que sou novo? Se eu fosse você abriria os olhinhos.

- Eu não tenho medo de você não, cara – Hiroto disse firmemente.

- Ah! Dane-se, não importa! Eu só quero a merda do diário!

- Olha cara, essa porcaria nem deve estar com ele. Vai ver a Hani levou aquela porcaria com ela.

- ELA NÃO LEVOU! ELA ENTREGOU PARA ELE, VOCÊ ACHA QUE ELE IRIA TER A BRILHANTE IDEIA DE ME INVESTIGAR DO NADA?! – Wang gritava.

- Foda-se, eu não estou nem aí. Pelo que eu vi, não estava lá com ele, vai ver ele deixou com alguém, ou jogou no lixo, relaxa.

- Se falar mais uma vez que... – Hiroto desligou deixando Jackson mais estressado.

Jackson, que antes estava a caminho do Hospital para falar com o Doutor Daniel sobre a troca dos atestados de duas mulheres atropeladas, mudou de rota. Ele pensou em ir à delegacia, mas achou que seria suspeito, então, deu a volta e foi em direção ao apartamento de Jung Hoseok.

Quase tudo parecia estar a seu favor naquele dia.  Ele provavelmente não teria Hoseok no pé dele por muito tempo ou quem sabe, para sempre.

O porteiro não estava em seu devido local mas, mesmo assim, Wang preferiu não pular os portões, as câmeras eram bem notáveis. Resolveu ir pelos fundos.

Ele imaginava estar sozinho mas, um certo ajudante de seu maior rival estava bem atrás dele e era extremamente cauteloso.  Taehyung fez o mesmo percurso que Wang sem deixar ser notado.

- Vamos ver se há algo aqui, Hoseok – Wang disse para si mesmo. Ele sabia onde o policial morava. Parou em frente a porta e retirou o bolso alguma coisa que Taehyung não conseguiu ver, só sabia que não eram as chaves do apartamento.

De repente, a porta foi aberta e ele adentrou. Taehyung esperou alguns minutos e também entrou. 

Apenas a luz de um cômodo estava acesa, de longe era possível ver o rapaz remexendo as coisas de Hoseok: ele abria pastas, mexia nas gavetas, cogitou desbloquear o notebook mas, provavelmente não conseguiu; Derrubou o lixeiro com poucos papéis amassados e começou a olhá-los um por um.

Se alguém os visse lá, não os iria reconhecer; Taehyung usava um conjunto preto, só preto. Usava uma máscara e luvas. Jackson estava quase do mesmo jeito, sua calça era preta mas a camisa e a máscara eram brancas, as luvas, azuis. Eram exatamente dois criminosos no mesmo lugar torcendo para não serem pegos. A diferença era que um queria ajudar e o outro... eliminar (seria a palavra certa?).

- Droga! Vamos lá, onde você colocou?! – Ele já estava impaciente até que – Espera... Claro! Claro! Eu deveria saber! – Wang ria de forma amedrontadora – Claro, só pode estar com ela! Ele não seria burro de guardar aqui... quem poderia estar com o diário se não a pessoa que mais defendia o Jungkook?!

 O celular tocou.

- Puta que... Aish... para! – Taehyung tentava silenciar a ligação de Jungkook vinda de seu celular.

- Quem está aí? – Wang correu para a sala de estar – Quem é você? – Um olhar encontrou-se com outro.

Taehyung não respondeu, pegou rapidamente a mesinha de centro de madeira e jogou na direção de Jackson, derrubando-o no chão e correu para fora.

- Seu desgraçado! – empurrou o centro para longe, retirou rapidamente cacos de vidro que se encontravam perto de seu corpo e levantou-se indo na direção de Taehyung.

Jackson quase acompanhou taehyung, quando ele desceu, tae acelerou o carro e deu partida. Dentro dele, o celular tocou de novo.

- Hyung, por que não aten...

- Eu descobri... ai – respirou – o diário tá com a sua namorada...onde é a casa dela, eu vou tirar ela de... puta merda ele tá atrás de mim!

- Oi? Taehyung, do que você está falando? Que diário é esse? Eu não estou...

- Quê!?! O Jin não te explicou?

- Não... ele nem me ligou, não sei o que está havendo.

- Jungkook, tudo o que importa agora é: Sua namorada tá com algo que o Wang quer... eu tenho que tirar ela de casa... ele atirou no Hoseok, ele pode fazer o mesmo com ela!

- ELE O QUÊ? ELE... ELE ATIROU NO...NO... PARA DE BRINCAR!  – o garoto ficou em choque.

- Acha que estou brincando?! Ele tentou matar o Hoseok, Jungkook. Pode matar sua namorada também!

- Eu – pensou – Não! Taehyung, se for lá a S/n não vai com você, ela sequer vai abrir a porta para você então quero que preste atenção... Atrapalhe o Wang, atrase ele, eu vou tirar a S/n de casa...

- Como eu farei isso? Jungkook, Jungkoo...

Conectando mais um numero à chamada – a voz do smartphone completou.

- ASSIM, TAEHYUNG!

- Jin? Assim como? – Um forte barulho de batida ecoou nos ouvidos de Tae.

Um carro havia acabado de atingir o de Jackson em cheio.

- SEOKJIN VOCÊ É LOUCO?!

- Esse cara tá ferrando com a vida do meu amigo!

- Mas... Mas...

- Tá esperando o quê?! JOGA O SEU CARRO EM CIMA!

- JIN ISSO É UMA FERRARI! SABE QUANTO CUSTA?!

- Você tem umas três dessa, bonitão! Joga logo essa porcaria em cima do carro desse desgraçado!

- Muito obrigado Hyungs, não sei o que eu faria sem vocês... aviso assim que estiver longe.

- Vai na paz JK, a gente acaba com ele! – Jin confortou o amigo.

- Cuidado Jungkook – tae se pronunciou.

- Vocês também!

O celular de Jungkook desconectou da chamada.

- UHUL!  - Jin gritou

- Olha, eu não sei qual a graça de destruir um carro caro! – cada vez que uma parte do carro de Tae se chocava com o de Jackson, o moreno fechava os olhos esperando o momento que suas lágrimas começariam a cair, por Deus, Taehyung amava seus carros.

- A graça é destruir a pessoa que está dentro.

- A gente não vai matar ele, é só segurar ele aqui, não precisa bater os carros!

- Se o carro dele estiver funcionando, como a gente vai segurar ele aqui?! Deixe de ser fresco! ATACAAA!


Notas Finais


🌻Próximo capítulo sai sexta ou sábado viu nenéns? Desses dias não passa, caso aconteça algo, eu informo em um jornal ou então eu deixo aqui nos comentários, viu? FIQUEM LIGADAAS!

🌻YAAA, eu vou postar uma nova fanfic do Jungkook de Quinta para sexta, então para quem me segue, vai chegar as notificações para quem não segue, eu divulgo por aqui ❤ Ela vai retratar desde um amor de infância ao adolescente, mas não se enganem, não é fofa ou romântica demais.

🌻E cara, eu acho que já faz um tempo que eu não agradeço né? Muito obrigada pelos 243 fav! Sério, muito obrigada, essa fic não teria continuação se não fossem vocês❤❤❤
Muito obrigada da 1 até a 243❤❤❤❤
Eu amo vocês demaaaaaaais❤❤❤❤❤❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...