1. Spirit Fanfics >
  2. Psycho (Markhyuck) >
  3. The Passionate Photographer

História Psycho (Markhyuck) - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


Nossa eu sumi mesmo...
To aqui, de qualquer maneira.

É
Eu fiquei esse tempo todo pensando em como eu iria introduzir dois personagens na história.

Palmas para a autora despreparada!

Ah
Dia 25 foi meu aniversário!!!!
Palmas para a autora despreparada aniversariante!

Enfim
Boa leitura

Capítulo 5 - The Passionate Photographer


Andava pelas ruas limpas de Busan, animado como de costume. Com sua máquina fotográfica, tirava belas fotos de tudo o que conseguia. Sua luminosidade e seu sorriso parecia encantar todos que passavam pela mesma calçada.

Esse era Na Jaemin.

O Na com sorriso simpático, seguia para um local que já era frequentemente visitado por si. 

A cafeteria Decalcomanie, claro!

Ali era sem dúvidas um dos locais que o garoto mais gostava na cidade. O café, em sua humilde opinião, era o melhor que já tomara em toda sua vida.

Mas claro que esse não era o único motivo pelo qual ele gostava tanto de lá...

A paixão de Jaemin por Donghyuck era, sem dúvidas, um mistério! Nem ao menos o próprio sabia explicar como e quando caiu de amores pelo "Ruivo rabugento, mas com um sorriso lindo". Já se pode imaginar que o nome do garoto foi parar em sua lista de sonhos impossíveis.

A porta da tão conhecida cafeteria enfim estava próxima. Adentrou o local e foi para sua tão costumeira mesa.- Esta que o permitia total visão do atendente-

E era o exato momento onde Donghyuck comandava o lugar. Esse que ao ver o garoto ali, sentado no mesmo lugar de todos os outros dias, com sua câmera e prováveis vários papos sobre o trabalho.

Insuportável!- É o que o ruivo diz para Jungwoo em toda troca de turno. Woo por sua vez, dava risada todas as vezes.

"É para isso que as pessoas fazem amigos?"- Era uma questão frequente na cabeça do Lee.

Retornando para o fotógrafo apaixonado: Jaemin sorriu ao ver o outro revirar os olhos. Ele havia o notado, afinal!

Claro que sempre acaba escutando que é um otário de seu amigo jornalista Renjun.

Ele sabia que era. Mas sonhar não custa, certo?!

E como de costume, Donghyuck chega com o americano de Jaemin. (Que ele sabia que era o pedido padrão do garoto.)

-É tão lindo e faz café tão bem! Podíamos namorar, não acha?!- Ele disse sorrindo para o outro. Donghyuck desistiu de contar as vezes que Jaemin havia falado aquilo ao chegar na cantada número 50. E isto havia sido três anos atrás!

-Desencana, garoto!- Rebateu frio. Não podia xingar os clientes, muito menos jogar o café recém feito neles. Porém, vontade não o faltava!

-Delicado como sempre, Hyuck!- Deu uma bebericada em seu café, queimando a língua no processo. Típico!

-Isso 'tá quente, gênio!- Deu um guardanapo para o outro. Sempre pensava em lhe servir café gelado,  não aguentava mais ver o rosado daquele jeito patético.

Foi engraçado nas primeiras vezes, mas agora é só chato!

-Sempre esqueço de assoprar, você sabe hehe.- Riu sem graça mas logo se recompôs. Tinha um assunto interessante para contar ao Lee!- Sabe quem foi selecionado para fotografar um dos eventos de Lee Jeno?- Fez uma pausa dramática.- Na Jaemin! O melhor fotógrafo de Busan! E logo, o melhor de toda a Coréia do Sul!- Ele diz com orgulho.- E ei... Eu tenho um convite a mais!- Comentou tímido. E isso era bastante raro!

Os Lee's eram fundadores de umas das marcas mais famosas de aparelhos eletrônicos. Jeno, como o único filho da família, herdou todo o patrimônio que seus avós tanto lutaram para conseguir.

Uma péssima escolha, diria grande parte dos adultos do país. Jeno era irresponsável, gostava de gastar e ostentar. Envergonhava o nome Lee.

Era exatamente o tipo de homem que Donghyuck costumava seduzir.

-Legal!- Disse indiferente e saiu para atender outro cliente.

Aquele Jaemin não conhecia!

Será novo?

Um policial?

Naquele momento, Jaemin teve certeza de que não dormiria aquela noite.

 

 

 

-Ele é insuportável!- Reclamou Donghyuck, pela milésima vez.

Jungwoo riu.

-Dê uma chance a ele, Hyuck! O garoto se esforça tanto para te impressionar...- Fez um bico ao fim da frase. Golpe baixo! Ele sabia que faria Donghyuck pensar no assunto.

Mas ele nunca foi do tipo que se envolve por amor.

-Sai dessa, Jungwoo!- Deu um gole longo em sua garrafa de água cor-de-rosa.

E sim, foi Jungwoo quem deu o objeto!

-E qual as novidades do garoto fotógrafo?- Continuou no assunto. O Kim sabia ser irritante!

-Foi contratado para uma festa de Lee Jeno!- Disse como se não se importasse. E ele de fato não ligava!- E que tem um convite extra.

-ELE TE CONVIDOU?- Perguntou alterado, chamando atenção dos outros funcionários no local. Recebeu alguns olhares reprovadores e rapidamente se conteve, pedindo desculpas.- O que você disse?

- "Legal." e saí.- Respondeu como se fosse óbvio.

Jungwoo estava desconcertado.

Desacreditado.

Todas as palavras que se encaixem como: "Amigo, como assim você recusa um convite desses?!"

-Jungwoo, não estamos em um filme colegial e isso não é um convite para um baile!- Ele se aproxima e diminui o tom da voz.- Sou um assassino, Jungwoo! Esse tipo não vai para bailes de formatura!


-Mas você vai perder a oportunidade de beber de GRAÇA e ainda ficar menos de dez metros de Lee Jeno?

-Sabe que Jaemin vai á trabalho, não é?- Lembrou o garoto, que fez um bico. Sim, ele havia esquecido!- Esquece essa ideia, Jungwoo! Não vai rolar.

Foi o que ele disse.

Mas Na Jaemin não foi o único que passou a noite em claro.

Maldito seja Jungwoo e aqueles seus lábios! Eles sempre faziam Donghyuck pensar!

Ele pensou. Rolou na cama. Acabou acordando Jungwoo, que dormia na mesma cama que ele. Levou alguns tapas. E retornou a pensar.

Quem diria que iria conseguir inserir o Na e o Lee em seu plano?

Seduzir Mark, fazê-lo se atrapalhar com as próprias papeladas.

Matá-lo após ter o que deseja.

Se livrar de Jungwoo durante o processo.

Era o plano que colocaria sua vida em jogo, mas ele não via hora.

Estava tão ansioso para seu jogo sádico.

Pobre detetive, onde foi que se meteu?


Notas Finais


Opa

Nana paquerador decidiu se apaixonar pela pior pessoa possível!
Jeno irresponsável, vai levar puxão na orelha
Hyuck apanhando do Woo= Melhor cena! Espero que tenham imaginado comigo

É gente
Ele quer matar o Mark
Finjam surpresa

Cuidado Markinhos

Bem é isso
Tchau
Até mês que vem



MentiraKKKKKKKKKKK
Vou tentar escrever mais :')


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...