História Psychology of love - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Kim Nam-joon / Rap Monster, Park Ji-min (Jamie Park)
Personagens Jung Hoseok (J-Hope), Kim Taehyung (V)
Tags Bangtan Boys (BTS), Gay, Homossexual, J-hope, Lemon, Vhope, Yaoi
Visualizações 4
Palavras 628
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, LGBT, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiii
Tô no começo ainda,não vou desistir dessa fic...
Boa leitura...

Capítulo 2 - Tenho fé nessa fic


Fanfic / Fanfiction Psychology of love - Capítulo 2 - Tenho fé nessa fic

Taehyung:

Terça-feira 15:30h

Não vejo a hora de chegar em casa, hoje a aula foi mais cansativa do que eu esperava. Ainda bem que encontrei o Kai, seria deprimente ficar sozinho naquela lanchonete. É bom jogar conversa fora, ter alguém pra ouvir todas as coisas entediantes da vida. Não somos tão próximos mas sempre que nos encontramos conversamos um pouco.
O conheci quando Jimin foi ver Jungkook e o levou junto. Enquanto os pombinhos namoravam ficamos vendo TV e falando de séries.
Ainda bem que consegui pegar o ônibus, não queria ter que caminhar até em casa, não que seja longe mas seria meio cansativo e perigoso.

Narrador:

Assim que o Tae chega em seu andar, começa a sentir um cheiro bom. Segue o cheiro até ver que era em seu apartamento. Entra, segue até a cozinha e se depara com Jin cozinhando. No momento sentiu um alívio, só em pensar que depois de um dia cansativo, poderia apreciar da comida maravilhosa do Jin.
Tae adentrou a cozinha e se sentou à mesa. Jin não percebeu sua presença por estar muito concentrado no que fazia.

Tae: Jin, o cheiro tá maravilhoso, o que tá cozinhando?

Jin: Oi Tae, chegou cedo. Estou preparando um jantar especial: hoje o Jimin e Kai vão vir jantar com a gente.

Yoongi: Quem é Kai?

Yoongi chega com o rosto um pouco inchado, provavelmente estava dormindo. Vai até a geladeira, procurando por água. Quando encontra, se vira para Jin esperando por sua resposta.

Jin: É mesmo, você não estava aqui quando ele veio,. É primo do Jimin. Mora com ele e as vezes vem aqui.

Tae: Ele é legal, você vai gostar dele.

Yoongi: Quem sabe. Mudando de assunto, você conseguiu o jogo que te pedi?

Tae: Consegui. Ele entregou rápido de mais pra quem acabou de me conhecer.

Yoongi: Te falei que ele gosta de você, ele te daria o que quisesse. Coitado. Amor platônico.

Jin: Estão falando de quem?

Yoongi: Um garoto da sala do Tae que sempre gostou dele, mas nunca falou nada. E o Tae, sonso como sempre, nem percebeu.

Tae: Eí! Sonso não! Tenho culpa se esse garoto nunca disse nada?!

Jin: Nem sempre precisa se dizer, o modo de agir denuncia qualquer pessoa. Mas não vai se aproveitar do garoto, ok? Como o Yoongi disse ele vai querer fazer de tudo por você.

Yoongi: Foi só um jogo emprestado, eu vou devolver logo, juro!

Jin: Tá bem, vê se não esquece.

Tae: Eu o lembro.

Após um tempo se distraindo no celular, Tae ouve o barulho da porta sendo aberta. Jungkook entra com o rosto deprimido, algo o encomodava.

Tae:O que houve Kook?

Jk: Não é nada, tá tudo bem.

Tae: Deixa de ser mentiroso que eu te conheço. Desembucha logo.

Jk: Tá bom, calma. O Jimin tá me preocupando. Ele anda fazendo umas dietas exageradas. Hoje quando estávamos passeando ele desmaiou, consegui o segurar e levar pra casa. Kai prometeu a Jimin que não me contaria nada, mas quando viu o primo deitado, sentiu a necessidade de me contar tudo. Disse que ele não jantava, comia muito pouco no café da manhã, estava muito preocupado com aparência, se via gordo. Kai se sentiu culpado por não conseguir manter a promessa a Jimin.

Tae: Ele fez certo te contar, agora você vai poder o ajudar. Mas o que tem em mente?

Jk: Não sei ainda, preciso pensar um pouco. Tem que ser algo com que Jimin não se sinta incomodado.

Tae: Verdade. Pensa com calma.

Jk: Vou tomar um banho e descansar, amanhã já terei pensado em algo. Aliás, fala para o Jin que eles não poderão vir hoje. Espero que ele não fique chateado.

Tae: Aviso ele sim. Vai lá, descanse, vai te fazer bem.

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...