História Psychopath Chaser - Interativa - Capítulo 3


Escrita por: ~ e ~BabyWeber

Postado
Categorias Diabolik Lovers, Yandere Simulator
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Ruki Mukami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Yuma Mukami
Visualizações 21
Palavras 1.323
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi meus amorecos! Cheguei com o primeiro capitulinhoooooo!!!

Me perdoem pela demora, estou em época de provas e também com três histórias pra escrever, falando nisso, ainda hoje tem capítulo da Filha de Lord Voldemort! E em breve, teremos uma fanfic nova sobre k-pop com o Bantang^~^

Eu pretendia postar ontem já que foi meu aniversário e eu estava no maior tédio, mas tive obrigações e fiquei sem tempo, perdão queridos, boa leitura!

Capítulo 3 - Prólogo.


5 anos atrás:

Com Samara e Akemi

Samara procurava seu ursinho,até esbarra em um menino.

-Itai...-Ela da um pequeno gemido de dor e olha quem é.

Samara: pensamento:q-que menino bonito...

- Está tudo bem? -faz careta ajudando ela

Ela assente vermelha.

- Okay... Tchau. - volta a andar para acompanhar os irmãos

Samara sai correndo vermelha.

Enquanto isso, com a Sachiko...

-Volte aqui!-Um loiro corria atrás de seu cachorro nos corredores.

A morena de cabelos curtos estava escondida em uma casinha de parque até ouvir latidos próximos a si

-Amigo?-O loiro o procurava.

A morena pega o cachorrinho confusa

- De onde você veio, pequeno..? -confusa, falava com o cachorro

-Cadê você? -Ele se pergunta chorando, num tom alto.

 -Shuu Sakamaki! Volte logo para casa! -Diz Beatrix brava e autoritária

A garota se vira e os avista, mas fica com medo de se aproximar

5 anos depois:

-Vem Sachiko-nee!-Puxando ela para o ponto de ónibus.

- Não precisa me puxar, Sam... - a mais velha resmunga, andando com a menor vontade

Começa a chover, e Samara para no meio do caminho para se esconder com Sachiko no ponto.

-S-Senpai tá passando.- Ela fala e cora.

Uma limusine passa por elas e joga água por todos os lados, menos nelas. Dentro dela haviam 6 meninos muito bonitos.

A maior apenas esconde o rosto no capuz, vermelha como um pimentão.

Dentro do carro...

-Ah Subaru deixe de ser tão idiota.-Reclamava um ruivo cansado de aguentar seu irmão não querendo ir estudar.

- Me deixa em paz, filho da puta - xinga o albino o olhando com indiferença

Os ruivos riem.

- Vamos parar com isso, sério. Parecem crianças. -suspira o moreno, ajeitando os óculos

-Cof cof Kanato cof cof.-Zoa o ruivo sem chapéu.

O de cabelo roxo sorri maligno e corta o pescoço do irmão, aparentemente se divertindo com a apuração de suas abilidades.

-Chega!-Grita o loiro deitado no banco.

- Se você não fosse o mais velho... - o ruivo mais novo passa a língua nos lábios irritado

O loiro abre um olho e apenas volta a dormir.

Na escola

Samara andava tranquilamente no corredor, até esbarrar em um ser de cabelos roxos, tirando os cabelos do rosto e ajeitando o caderno no braço.

-Gomena...-Antes dela terminar de falar ela percebe o braço do ursinho.- Você não é muito bom com costura.-Ela comenta rindo e leva o ursinho até o armário dela.

A mesma arruma e se vira para ver quem era o dono, levantando um pouco a cabeça para ver seu rosto.

-...- Termina ficando vermelha igual pimenta.

- Por que pegou o meu teddy de mim? -olhando ela

Ela devolve o ursinho e sai correndo envergonhada com o acontecido. Logo o gartoto de cabelos arroxeados, percebe que seu urso estava perfeito sem aquela horrível costura que havia feito. O garoto sorri e abraça o urso, tentando enxergar a garota que o havia "salvado".

Já do outro lado.

A morena passeava os dedos em seu violão, cantarolando baixinho sua música de infância, dentro da sala de música que tinha na escola.

-Mas que barulhenta...- Reclama um loiro no banco.

A morena o olha pronta para xingar, mas para estupefata quando o reconhece, pensando “não pode ser...”

-?-O loiro a olha com expressão de curiosidade. A morena desvia o olhar e levanta apressada para guardar seu violão e sair logo dali.

O loiro, por sua vez, apenas volta a dormir.

- Ele não mudou nada... - a morena murmura pra si sorrindo minimamente e coloca um papelzinho no bolso da camisa do rapaz, se afastando rapidamente

Conteúdo do papel: uma foto do cachorro dele e dizendo “ele sente sua falta”

Na saída

Samara percebe meninas a seguindo, apertando as alças da sua mochila.

-....?-Ela decide ignorar e continuar seu caminho, até ver que estava num beco sem saída.

Atordoada, Samara se vira para trás e vê as meninas bem perto dela.

- Aonde pensa que vai, queridinha? -debocha uma delas

-O-O que?-Samara as olha com expressão de confusa.

- Deixa de ser sonsa garota - a maior das meninas, a empurra

-I-itai...-A morena geme ao cair no chão.

-O-o que vocês querem? – Pergunta com medo

A mais alta sorri largamente para a garota no chão

- O garoto – Fala convicta

-Q-Que garoto? – Pergunta gaguejando, um pouco perdida de quem deve se tratar

-Aquele de cabelo roxo... – A garota sorri maldosa, chutando sua barriga

Samara da um grunido de dor, encolhendo-se em posição fetal.

- Acho melhor não tocarem mais nela - ??

- Quem pensa que é? -A mais velha fala, visivelmente irritada por ter sido atrapalhada em seu “joguinho”

A de cabelos castanhos suspira dando uma rasteira nelas e pegando Samara no colo, habilmente.

-Não lhe devo satisfações – Fala seca e sai andando como se nada tivesse acontecido

Samara não consegue ver quem é, apenas desmaia, tombando sua cabeça no peito da amiga.

Sachiko a leva para casa, deixando a mesma descansar, com raiva das garotas que cometeram isso com a sua pequena.

-Vou me vingar –Murmura pra si

Sachiko sai de casa rapidamente com seu cachorro, pronta para ir atrás das meninas, mostrar-lhes uma lição

No caminho ela esbarra em um ser alto e de braços fortes

-De novo você? -Shuu fala a olhando.

A morena o olha e desvia o olhar se afastando, definitivamente envergonhada, enquanto seu cachorro late animado e raivoso para com ele.

-...-O loiro cora e se vai.

O cachorro tenta ir atrás dele latindo mas a morena o segura envergonhada, impedindo o mesmo de ir até seu verdadeiro dono.

Depois, com Samara

Samara estava indo para a sala de aula, mas se depara com o ser de cabelos roxos rodiado de meninas.

-Me soltem, estão sufocando o Teddy...! -sussurra baixinho o rosto se afastando, agoniado, abraçando mais a pequena pelúcia de urso

Samara fica parada e quieta, apenas observando a situação. Com isso, roxo acaba perdendo a paciência e se vai com uma das garotas para longe dali.

A baixinha suspira e se vai pro lado oposto, meio abalada, enquanto Kanato volta de onde tinha saído e se senta a frente da moça, limpando a boca de vermelho.

Sam passa em frente a ele e tropeça, sua blusa de frio cai e revela os hematomas do acidente com aquelas meninas.

O mais alto arregala os olhos olhando a mesma, abobado vendo a pequena levantar-se e procurar por sua blusa, ele tenta ajuda-la, em vão, pois a mesma se afasta.

Ele suspira e volta a focar atenção na pelúcia, enquanto a menina continua a procurar por sua blusa até ver pessoas se aproximando, fica nervosa sem saber o que fazer, apenas sente alguém a puxando pra um abraço, escondendo seus hematomas.

 -?-ela olha e vê mechas roxas em seu rosto.

- Fique calada e quieta, prometo não causar muito estrago - o mesmo sorri fofo mas de uma forma psicótica

As pessoas passam por eles, olhando com desdém.

-Arg, que casal mais brega...-Diz a menina levando um menino embora

O roxo sorri com isso e olha a morena perto de si.

- você está bem?

-E-Eu...T-Tenho que ir...Arigato!- Ela fala saindo correndo, bastante vermelha.

- Heee...? -ele fica a olhando ir com cara de interrogação

Do outro lado da cidade

Sachiko andava pelas ruas indo a sua casa com seu pastor alemão quando viu pessoas de sua sala indo até ela, e seu cão encara as mesmas.

- Não faça nada, Kovu... -a morena sussurra temendo o pior pelo seu amigo e pra ela mesma.

- Mas olha só... A órfã bastarda precisa de um cãozinho pra se defender... - a garota sorri maldosa, olhando a morena intensamente

Depois de uma longa surra,a morena não avista seu cachorro e fica preocupada. E, apesar dos graves ferimentos, a mesma se arrasta no chão pra ir procurar pelo seu fiel amigo. Que quando menos espera, escuta latidos e um loiro acompanhando o mesmo. Com isso, a morena caiu na escuridão.


Notas Finais


Eai chocolatinhos? O que acharam? Hehe, até o próximo cap!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...