História Public - Hiatus - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Francisco "Isco" Suárez, Marco Asensio
Personagens Francisco Román Alarcón Suárez, Marco Asensio, Personagens Originais
Visualizações 72
Palavras 885
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção Adolescente, Hentai, LGBT, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Pansexualidade, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Capítulo pequeno depois de semanas sem aparecer, mas é o que está dando para fazer em meio às pausas do meu TCC. Desculpem qualquer coisa e boa leitura.

Capítulo 6 - Fame


Fanfic / Fanfiction Public - Hiatus - Capítulo 6 - Fame

@aliciasuarez: the only man in my life

@iscoalarcon, @analiavb e outras 51.938 pessoas curtiram esta publicação

Os comentários desta publicação foram desativados


22 de abril de 2016

5° Estância da Policia de Madrid

- O que tens em mente, detetive Suárez?

- Eu irei me pronunciar sobre o caso, sargento Paceff.

- Não tens medo do que isso pode gerar?

- Prefiro me arrepender depois. Agora se me der licença, tenho que resolver este incidente.

A verdade é que Alicia já estava arrependida. A espanhola jamais imaginaria a proporção que o caso Asensio tomaria. Em menos de 12 horas, as contas do twitter e instagram da morena ganharam mais de 100 mil seguidores novos, os comentários de suas fotos estavam lotados de fãs do camisa 20. Até mesmo Francisco foi inserido nesta confusão devido a descoberta do parentesco de ambos. Alicia estava um caos.

- Delegada Suárez? - a batida suave na porta da dala da mais nova junto a voz forte e calma de Ana Lia, fizeram Alicia se assustar.

- Entre, sargento Vaz. 

Apesar de toda a formalidade, Alicia e Ana Lica eram amigas a anos. Se conheceram ainda na academia policial, onde foram companheiras de equipe. Apesar da pouca diferença de idade entre ambas, Ana Lia cuidava de Alicia como se fosse sua irmã mais nova e naquele momento, tudo o que a mais nova precisava era do colo de sua amiga.

- Vim ver como você está, sei que está sendo difícil!

- Eu... eu estou bem!

- Ali, não adianta tentar mentir para mim, sabes disto.

- Eu juro, estou bem. Apesar de tudo, isso é o que menos me incomoda. Eu tenho mais medo de ser afastada do que de enfrentar esses urubus.

- Não acho que te afastariam por conta de boatos.

- Você sabe o que acontece com policiais que se destacam muito, amiga. Seria loucura me deixar a frente das operações quando há mais de 100 mil pessoas me seguindo no instagram.

- Ninguém tentaria nada contra você, amiga.

- Não há certezas. Eu só... O Romeo já perdeu o pai, não é justo ele perder a mãe também.

- Oh meu amor, vem cá. - Com os braços abertos, Ana Lia recebeu a morena que não mediu mais esforços para segurar as lágrimas. - Você vai enxugar essas lágrimas, levantar a cabeça e acabar com toda essa palhaçada. Você é mais forte que isso e se eles te afastarem das missões, estarão sendo loucos. Eu te amo, morena, fica bem, ok? Eu estou aqui contigo.

- Eu também te amo, ruiva.

Horas mais tarde

- Boa tarde, agradeço a presença de vocês da imprensa aqui no departamento policial. Eu solicitei a presença dos senhores aqui para esclarecer de vez o assunto da prisão do jogador Marco Asensio, do Real Madrid. Como delegada deste departamento, é minha função assinar os papeis de soltura dos detidos pelos demais policiais que aqui trabalham. Em momento algum o meu parentesco com o também jogador do clube, Francisco Alarcón, interferiu nas medidas tomadas em relação ao senhor Asensio. O que de fato ocorreu é que, como o detido não possuiu históricos com a lei e cometeu infrações de pequeno porte, foi-se estipulado uma pena de 2 mil euros junto ao acréscimo de 3 pontos à carteira de motorista do mesmo. Com a multa paga, só me restou assinar a autorização de soltura do senhor Asensio. Perguntas?

- Delegada Suárez, aqui! Eu sou Andrés, representante da revista El Juego! Poderia nos informar se é verídico que a senhora e Marco estão juntos amorosamente?

- Bom, senhor Andrés, eu e o senhor Asensio não estamos envolvidos e, apesar de minha vida pessoal não dizer a respeito dos senhores, peço que parem com estas especulações pois isto mexe diretamente com o meu filho, que antes que pergunte, não é do senhor Asensio. Mais alguma coisa?

- Delegada, eu sou a Vânia da emissora Madrid TV, nós gostaríamos de saber se o fato de você e o jogador e colega de time de Marco, o senhor Isco Alarcón serem primos não influenciou na sua decisão.

- Como eu já disse antes, o meu parentesco com Francisco em momento algum interferiu no meu trabalho. A soltura do senhor Asensio seguiu os parâmetros de leis do nosso país e cidade. Agora, com licença, mas tenho de me retirar. Obrigada a todos.


5 novas mensagens em 3 conversas

~ Isqueiro

Você é foda. Queria saber lidar com a imprensa que nem você, sem xingar eles. Você arrasou, perebinha. Te amo, bom serviço.

PS: Romeo é o neném mais amorzinho da vida, vou roubar ele para mim e dar de presente pro Junior.


Obrigada, Isqueiro. Amo-te também.

Ps: Fica longe do meu filho se não tu nunca mais fará filhos outra vez


~ Mamá

Eu estou muito orgulhosa de você, meu bolinho. Volte logo para casa, Romeo não aguenta de saudade. Eu e seu pai lhe amamos muito.


~ Número Desconhecido

Oi, Alicia. Bom, sei que você talvez esteja se perguntando como eu tenho seu número. Digamos que eu roubei ele do celular do Isco. Mas isso não importa no momento. Eu queria lhe agradecer por tudo. Quer dizer, você me ajudou muito. Eu sei que não era sua obrigação, mas mesmo assim você assinou minha ordem de soltura e me fez sair apenas pagando uma multa e eu sou muito grato. De verdade. Espero poder pagar-tr por isso um dia.

PS: seu filho é uma graça (não deixe o Junior saber disto) ~Marco


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...