1. Spirit Fanfics >
  2. Pulsante (jjk-pjm) >
  3. Amigos

História Pulsante (jjk-pjm) - Capítulo 3


Escrita por:


Capítulo 3 - Amigos


Jimin


Não sei o que deu em mim para tocar no garoto sem sua permissão, mas os fios de cabelo negros chamavam minha atenção, eram macios, brilhantes e cheirosos, eu conseguia sentir a fragrância de longe, e era muito bom, ver as expressões tímidas dele era lindo, seria maldade dizer que eu estava gostando de toda aquela situação? Talvez. Mas eu estava mesmo gostando.


Ele ficou surpreso ao me ouvir dizer que ele teria que me chamar de Hyung, mas não era uma obrigação, era só brincadeira.ー Jungkook-ah não precisa ficar tímido, eu estava brincando, não precisa me chamar de Hyung! ー Tenho certeza que se ele fosse humano ainda, estaria mais vermelho que uma maçã.


ー E-está tudo bem hyung… eu quero te chamar assim, eu só estou surpreso, não parece que você tem essa idade ー Ele estava envergonhado… ele tinha gaguejado… Tão adorável! Eu queria apertar ele, apertar muito, se controla Park!ー Hyung… eu não queria mais ficar aqui… eu posso ir pro meu quarto? ー Ele pergunta diretamente a Namjoon, e Namjoon somente acena positivamente.ー Obrigado hyung, até outro dia jimin-hyung, me sinto meio deslocado aqui, até a próxima Hoseok-hyung. ー ele se despede e como passe de mágica ele desaparece, fico meio preocupado, ele não me deu nem a chance de dizer adeus, bom… teremos outras oportunidades né.


O resto da comemoração eu e hoseok nós apresentamos, depois voltamos para nosso "camarim" para nos arrumar para ir embora, o dia tinha sido cheio, e por mais que eu ame dançar eu também amo dormir, devo ter herdado isso de Yoongi, ele mais dorme do que tudo. Vejo que Hoseok está meio cabisbaixo, vou até ele calmamente e o abraço por trás deixando minha cabeça apoiada em seu ombro.


ー O que ouve para meu sol estar tão apagado? ー Pergunto acariciando sua cintura de maneira calma e cuidadosa. Hoseok só ficava assim quando brigava com sua mãe, a Sra.Jung não era lá flor que se cheire, era uma mulher preconceituosa e cheia de rancor, ela fazia de tudo para ferir Hoseok desde que… seu irmão sofreu um acidente, isso resultou num Hoseok se sentindo culpado e sem brilho, tudo ocorreu numa tarde onde Hoseok acompanhava seu irmão adotivo no médico, Taehyung era um garoto especial, ele era transgênero, estava no fim de sua transição, ia passar o resto da vida tomando hormônios mas tinha o apoio de Hoseok, a mãe deles não apoiava, achava que era um fase e que ele iria se arrepender, mas Hoseok se manteve ao lado do irmão, pagou seu tratamento por Taehyung ser menor ainda, faltava um ano para o mais novo fazer 18, mas até lá ele teria a ajuda de Hoseok, Hoseok era apaixonado pelo mais novo, mas nunca ousou contar, achava que seria rejeitado e não achava apropriado contar aquilo ao irmão sabendo que ele poderia se sentir na obrigação de retribuir seus sentimentos. Naquele dia quando voltavam do médico, Hoseok decidiu comprar ao irmão um doce numa padaria local, e ao atravessaserem a rua um carro atingiu os dois, porém Taehyung foi o mais prejudicado, teve uma lesão na perna e no braço, sem contar que bateu a cabeça resultando num coma, Hoseok só teve uma fratura na costela e na perna, ficou dois meses para conseguir andar de novo, já Taehyung… fazia dois anos que estava em coma. 


ー Eu fui ver Taehyung ontem, o médico disse que ele estava dando sinais de que ia acordar, mas disse para eu não colocar tanta esperança nisso por que ele poderia não se lembrar de muita coisa, talvez ele perdesse a memória ou coisa do tipo… eu estou com medo Jimin, e se ele não se lembrar de mim? E se ele… e se ele me odiar pelo que aconteceu? Minha mãe disse que se ele tiver perdido a memória ela vai me afastar de taehyung e fazer ele voltar a ser garota, eu não quero isso, Taehyung lutou tanto para chegar onde está e ela quer fazer ele jogar fora todo seu progresso. ー Ele contava deixando as lágrimas caírem, o virei de frente para mim e o abracei, abracei forte o acolhendo no meio de meus braços, a diferença de altura era notável, porém eu gostava, ele era meu amigo e precisava de mim agora.


ー Ela não tem mais esse poder Hope, Taehyung já tem 19 anos, mesmo que esteja dormindo ainda, e ele pode decidir por si mesmo, ele está quase a fazer 20, se sua mãe insistir muito nisso… tomaremos medidas mais drásticas, você não está sozinho, tem a mim, tem a Yoongi, tem a minha mãe, e tem Namjoon, ele é justo, se falar com ele provavelmente vai conseguir ganhar a guarda de Taehyung até ele se recuperar e estar pronto para tomar as próprias decisões sozinho, vou estar do seu lado e te apoiar até o último momento. ー Hoseok foi se acalmando conforme eu falava baixo em seu ouvido, depois de alguns minutos ele parou de chorar e me agradeceu, ele não sabia que decisões tomar ainda mas eu estaria com ele.


Depois de nos arrumarmos, fomos comer juntos numa lanchonete que ficava longe do castelo, em todo caminho eu tentava animar Hoseok, e eu consegui, conhecia o Jung como a palma da minha mão, compramos algumas besteiras e depois eu dei a ele torta de morango na boca, quem nos visse acharia na hora que somos um casal, mas não era isso, éramos somente muito carinhosos, quando conheci ele eu estava numa fase muito difícil para mim, foi um momento onde eu odiava me olhar no espelho e odiava ter que sair de casa, mas ele me fez sair, me fez olhar a imagem que eu refletia no espelho, e mostrou todos os pontos de meu corpo que eu deveria amar… eu deveria amar todo meu corpo, e eu passei a amar, então eu me sentia íntimo dele desde que ele se tornou meu melhor amigo, então eu demostrava todo esse amor a todo momento, principalmente quando dançamos.


ー Percebi que você estava todo bobo olhando para o novo transformado do nosso líder, ele é bonitinho né? Os olhos dele são profundos, mesmo que o coração dele não tenha vida os olhos tem, e transmitem uma paz incomum, eu gostei dele, achei fofo como ele te chamou de Hyung e começou a gaguejar, mas vi que você estava sendo malvado ao se aproveitar da timidez do menino ー Hoseok jogou aquilo do nada, e eu sabia que ele queria me deixar envergonhado, mas eu não cederia as vontade de um Jung Hoseok atrevido.


ー Achei ele fofo também, tem uns dentinhos de coelho fofo, tenho vontade de apertar ele, mas sei que não posso, não conheço o garoto e ele ainda não teve o surto do vampiro, tenho que tomar cuidado… ー Eu não tinha medo de vampiros, mas todo vampiro que acabou de ser transformado tinha esse surto, não era bem um surto, era mais uma necessidade. Ele ficavam com olhos pretos, não se via nada mais que isso, e depois eles bebiam sangue incontrolavelmente, sempre que alguém era transformado era mantido preso em um local fechado sozinho, até ter o tal surto, e quando acontecia o líder Namjoon mandava alimentar o transformado até ele voltar ao normal, geralmente era preciso de 8 a 15 bolsas de sangue, mas já era um costume isso acontecer, e como sempre tinha doação de humanos e bruxos ficava tudo sob controle, sangue era o que não faltava, não existia muitos vampiros, a raça com maior população eram os humanos, mas quem liderava cada lugar eram os vampiros, eram os mais fortes e sempre estariam ali, sabiam melhor que ninguém a história de cada região. ー Mas não nego que achei ele fofo, só temos que ter cuidado, ele não será mantido preso até ter o surto, então temos que tomar cuidando enquanto andamos no castelo do Rei Kim. ー Hoseok ficou pensativo por um momento e depois concordou, ele melhor do que ninguém sabia sobre esse surto, o pai de Hoseok virou vampiro depois de uns anos que ele nasceu, mas foi morto depois do surto por começar a roubar sangue dos postos de doação.


ー Espero que esse garoto fique bem, esse surto e coisa séria, mas fico contente dele ter Namjoon e Seokjin com ele, é mais seguro, mas me diz, como você está? Nunca mais falou do Taemin, terminaram mesmo? ー Hoseok sabia cutucar a ferida as vezes, Taemin foi um namoradinho que tive a uns meses atrás, mas depois de ele descobrir que era um bruxo começou a de afastar de mim e descobri que ele estava tendo um caso com um bruxa, jogou na minha cara que era um bruxo e que eu era somente um humano desprezível, eu ignorei por que eu me orgulho de ser um humano, nunca tive problemas com isso.


ー Ele está feliz com a bruxinha dele, e eu estou feliz sozinho, ultimamente penso que foi melhor assim, só acho que se ele queria terminar não precisa usar a humilhação, mesmo que eu não tenha ficado chateado nem nada do tipo, só espero que ele seja feliz, é isso. ー Hoseok sabia que eu dizia a verdade, eu nunca fui magoado por namorados ou namoradas, para mim era normal, eu tinha um sentimento pela pessoa mas não podia obriga-la a ficar ao meu lado, eu só deixa ir.


Depois mais conversas eu e Hoseok nós despedimos, eu comecei a andar vendo que já estava começando a ficar escuro, o melhor seria ir para casa, amanhã eu poderia visitar Yoongi quando voltasse do castelo, eu estava muito animado, Yoongi disse que queria me contar algo que era muito importante para si, e eu queria ouvir, queria saber o que meu irmão escondia a meses de mim, ele andava estranho, quase não falava comigo, isso me deixou chateado por um tempo mas entendi seu lado, e o dia finalmente tinha chegado, ele me contaria o que estava acontecendo. 





Notas Finais


Espero que estejam gostando.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...