História Jealous. - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook
Visualizações 84
Palavras 630
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpe qualquer erro e eh isto.

Capítulo 1 - Eu vou te provar que você sente sim ciúmes de mim.


Jeongguk estava começando a sentir falta de toda aquelas chatices que Jimin tem em relação a si. Jimin andava diferente, não obtinha mais reação, quando via o maior eram apenas um Bom dia ou Boa tarde e no final ambos iam embora. Queria saber a causa desses tipos de ação de sua parte mas Jeongguk nunca iria chegar e perguntar o que estava acontecendo para não dar o ar de que ele estava sentindo falta do Jimin de antes.

— Jimin venha em minha sala. — O menor revirou os olhos ao receber o telefonema, o que será que ele queria agora.

Ao chegar na sala Jimin não pronunciou nenhuma palavra, apenas entrou e se sentou de frente para Jeongguk com apenas uma mesa os impedindo de se aproximar o bastante.

— Quero que vá até na casa da Hyu e a peça que venha aqui.

— Não.

— Como é? — O olhou incrédulo.

— Não. Eu não vou ir na casa da Hyu e nem fazer favor nenhum a você, quer ficar fazendo coisas com ela em sua sala? Que vá você lá chamar ela. — Se levantou já indo em direção a porta. — Passar bem. — E assim saiu deixando um garoto confuso pra trás.

— Eu te amo e te odeio, Jimin. — Suspirou. — O que eu fiz pra merecer isso.

Jimin foi até o elevador para poder ir pra casa, já era a hora de ir embora e não iria ficar naquele lugar por muito tempo, ao abrir o elevador Jeongguk correu atrás de si para não perder o elevador e assim os dois conseguiram entrar, Jimin revirou os olhos, mas ao observar um alguém vindo correndo também para pegar o elevador sua fúria se transformou em um sorriso, era seu amigo Jung Hoseok.

Um dos homens mais importante daquele lugar, era o chefe de Kim Taehyung, mas agora não é a hora de falar do Tae. Enfim, Hoseok tinha a fama de o mais organizado e inteligente dali, Jeongguk não gostava dele, apenas por ele ter todo esse reconhecimento enquanto ele nenhum, apenas de "O chefe do garoto da bunda mais grande daquele lugar".

Bufou ao ver Jimin sorrir para Hoseok, ciúmes era o que ele estava sentindo? 

Nunca nem vi

— Jimin! Como você está? — Sorriu abertamente ao ver o menor na sua frente. — Só não vale responder lindo porque isso eu sei que você está. — Jimin corou e Jeongguk bufou pela segunda vez dentro daquele elevador.

— Bem, na medida do possível. — Encarou seu chefe, o que será que ele quis dizer com aquele olhar? — E você?

— Bem.

A porta de ferro do elevador abriu revelando a secretaria. Jeongguk foi o primeiro a sair e logo depois o casal veio atrás. 

— Hoseok tenho que ir embora.

O mesmo colocou as duas mãos na cintura de Jimin o puxando para perto, naquela hora Jeongguk achou que ele iria beijar o seu secretário, puxou o braço do Jimin o fazendo resmungar algo mas não se importou.

— O que pensa que está fazendo. — O chefe de Jimin disse para Hoseok com uma cara nada boa.

— Apenas abraçando o meu amigo, posso? 

— Não.

Jeongguk o puxou para fora dali de vez e segurava o braço do pequeno o levando para seu apartamento.

— Você me machucou Jeongguk.

— Desculpa.

— Não, você já está me enchendo a paciência. Isso tudo é ciúmes Jeongguk? — O fez parar onde estava para o encarar.

— Ciúmes Jimin? Ah, me desculpe mas, ciúmes de você? Logo de você? — Jimin o olhou incrédulo.

— Ta bom Jungkook, eu vou te provar que você sente sim ciúmes de mim.

— E o que você vai fazer? — Riu debochado

— Te provocar ciúmes até que você recue.

— Eu não vou recuar, muito menos sentir ciúmes de você.

— É o que veremos.


Notas Finais


Eu resumir por isso está pequeno, se estiver perdão mas é isto que temos pra hoje.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...