1. Spirit Fanfics >
  2. Punishment for the hybrid >
  3. Único

História Punishment for the hybrid - Capítulo 1


Escrita por: Michaeng-stan

Notas do Autor


Espero que gostem da minha primeira One-Shot

Capítulo 1 - Único


Estava de noite Mina sabia que teria problemas por chegar tarde em casa, sabia o que estava a esperando, Chaeyoung não iria perdoar... Ela iria ser punida. Abriu a porta com cuidado e não viu a Chae no andar de baixo, então pensou que estava livre de qualquer problema com a menor, deixou sua touca em cima do balcão da cozinha deixando assim as duas orelhinhas livres, quando a japonesa passou pela sala uma voz foi ouvida.

- Onde estava Mina?.- Mina direcionou o seu olhar para o sofá e lá estava ela, sentada e bebendo uma taça de vinho.

- A-amor, eu estava na casa da Jihyo, acabei perdendo o horário.- Ela tentava se explicar, suas orelhinhas mexiam descontroladamente, mas sabia que sua namorada não iria deixar barato.

- Você não avisou que iria voltar tarde... Se tivesse me contatado eu pegaria mais leve com você na punição...- Chaeyoung se levantou do sofá e foi até Mina, segurou o seu maxilar e apertou levemente para fazer um biquinho nos lábios da namorada - Agora, no nosso quarto, apenas com suas roupas íntimas...- Mina não disse nada apenas abaixou suas orelhinhas felinas aceitou a ordem de sua namorada, assim subindo para o quarto e Chaeyoung terminou seu vinho na sala e em alguns minutos ela subiu atrás de sua namorada e quando abriu a porta do quando deu de cara com a Mina sentada na cama com uma postura um tanto "sexy".

A coreana se aproximou da namorada e se sentou na cama.

- De quatro... Agora.- Ordenou e Mina o fez, se posicionou de quatro na cama e Chaeyoung se sentou atrás da mesma.

- Irei contar 20 tapas... Então conte comigo, porém, não poderá gemer, ou gaguejar.- Mina sabia que era algo complicado e tinha certeza que depois de uns quatro tapas ela iria começar a gemer, ou a gaguejar descontroladamente, mas ela acordou o desafio. Com isso a coreana desferiu um tapa forte na bunda da mais velha e com isso o corpo de Myoui estremeceu.

- Um...- Disse tentando não gaguejar, logo outro um tapa forte foi dados e a garota mordeu os lábios tentando não soltar algum som pornografico no ambiente - Dois.

...

Son Já estava no décimo tapa e até agora Mina não quebrou as regras da "brincadeira"

- Está indo bem baby... Mas será que aguenta se for mais forte e ao invez de um tapa, serão dois?.- Mina não sabia se iria aguentar a vontade de gritar o nome da namorada naquele ambiente enquanto sua nunca era espancada pela mesma, porém ela aceitou o próximo "desafio".

Chaeyoung ergueu sua mão e deu dois tapas forte na bunda da namorada, Mina quase se rendeu e gemeu, porém conseguiu segurar e o gemido se transformou em um suspiro pesado.

- onze e doze...- Disse com a respiração acelerada.

Quando estavam no décimo quinto golpe Mina se rendeu e quebrou as regras soltou um gemido baixo e Chae ouviu.

- Hm... Vejo que a baby quebrou as regras e gemeu... Que peninha.- Deslizou sua mão pelas costas de Mina e desferiu mais um tapa estalado na bunda da maior a sua frente - Pode se sentar.- Ordenou e Mina o fez se sentando na cama - O que farei com você agora.- Perguntou para si mesma olhando a namorada, essa que mexeu suas orelhinhas e a sua cauda balançou.- Que tal a minha gatinha fazer um lap dances para mim?.- Pediu Chaeyoung se levantando e indo até uma cadeira que tinha em sua escrivaninha e se sentou na mesma - E então baby? Você vem?.- Mina tratou de se levantar da cama e foi até a sua namorada e iniciou um beijo demorado e pouco ousado. Chaeyoung não poderia tocar em Mina no momento daqueles movimento sexy e que a deixava maluca para foder a sua gatinha. Myoui separou o beijo e se distaciou, sentou no colo de sua Saeng e começou a rebolar lentamente enquanto seus braços estavam cruzados em volta do pescoço da menor, Chaeyoung olhava aqueles movimentos e podia perceber seu "amiguinho" começando a cria vida. Mina sentiu algo endurecido, mesmo estando usando o tecido da calcinha.

- A Mommy ja está durinha? Pena que por enquanto não poderá tocar em sua baby...- Disse Mina próximo ao ouvido de Son e assim mordeu o lóbulo da mesma e se levantou do colo da menor e voltou a fazer movimentos sexys próximo a cama, onde rebolava até o chão e Chae ficava hipnotisada com aquilo, não deixava Son tirar os olhares de Mina. A mais nova não se contei e abriu sua Jeans, colocando o seu membro para fora e começando a se masturbar enquanto assistia a cena sensual de Myoui a sua frente, começou com movimento lentos, mas logo foi aumentando o mesmo de acordo com o que Mina fazia.

Em um momento Mina abriu seu sutiã e o tirou, jogando ele em um canto qualquer do quarto e deixou os seus seios amostra, se aproximou de Chaeyoung e começou a provoca-la novamente, ainda com o tecido da calcinha em sua intimidade Mina não se importou e sentpu no colo da coreana novamente, não se importou com o que Chae estava fazendo e a japonesa começou a rebolar novamente sob o colo da mesma, o membro de Chae roçava na intimidade de Mina e a maior soltava suspiros baixos com isso...

- Baby... Chupa, por favor, quero sentir sua boquinha brincando com o meu pau...- Pediu para Sharon e a maior sorriu com a ordem de sua Mommy, assim ela se ajoelhou no chão e aproximou o rosto do membro da mais nova, balançou sua grande cauda de gato, estava animada para aquilo e Chaeyoung sabia disso. A hibrida segurou o membro de sua namorada e lambeu desde os testículos até a glande da mesma, de início apenas ficou lembrando a cabeça do membro da mais nova, o que fazia Chae delirar, logo a japonesa abocanhou o membro da mais nova e Chae levou sua destra até os cabelos negros da híbrida, entrelaçou suas mãos nos fios de cabelos dela e logo ajudou Mina com os movimentos. A garota por sua vez levou sua mão esquerda até sua intimidade, que ainda estava escondida pelo tecido da calcinha, Mina começou a massagear sua intimidade por cima do tecido.

Os gemidos das duas garotas ecoavam pelo quarto, porém o de Mina era menos audível, pois ela estava ocupada com o membro da namorada. Son sentia o seu membro ir de encontro com a garganta profunda de Mina, o que a deixava as coisas mais prazerosas para a coreana.

Chaeyoung não conseguiu se segurar e preencheu a boca da maior com o seu orgasmo, Mina afastou a boca da intimidade da mesma e logo olhou para Chae.

- Foi tão boazinha baby... Te deixarei brincar um pouquinho mais com o meu amigo.- Chaeyoung se levantou e foi até a cama e se deitou na mesma, Mina fez o mesmo e ficou de frente para Chaeyoung.

- Primeiro vamos retirar essa calça... Você fica mais bonita sem essas roupas...- Comentou a japonesa enquanto retirava a calça da namorada, Mina foi para o lado de Chaeyoung e a mesma iniciou um beijo quente e mais ousado com a coreana, a mão esquerda da Japonesa foi de encontrou ao membro de Chae, onde o segurou e começou a masturbar mais nova. Chaeyoung gemia abafado por causa do beijo das duas, por conta do falta de ar as duas se separaram e agora os gemidos roucos da mais nova eram ouvidos e Mina sorria com isso.

- Minari... Quica gostoso no meu pau, para depois eu te dar o prazer de te fazer gozar até não andar mais...- Mina sorriu para a namorada e logo retirou a única peça de roupa que estava em seu corpo, em seguida ficou por cima da namorada e não demorou muito para encaixar sua intimidade no membro da menor. Mina gemeu arrastado com a entrada do pênis da menor em seu interior, e ficou alguns segundos parada para se acostumar com o tamanho e grossura do membro de Son.

De inicio Myoui começou a rebolar em seu colo, fazendo as duas gemerem, Chae prometeu que não iria gozar no interior de Mina e Myoui pediu para que ela dissesse quando seu orgasmo estivesse próximo.

Logo Mina começou a quicar sob o membro da menor e isso fazia as duas gemerem com vontade, não se importavam o quão alto fosse, ela estavam aproveitando aquele momento de prazer e de desejo. Myoui joga sua cabeça para trás e seus gemidos se tornam manhosos e roucos ao mesmo tempo. Chaeyoung não estava diferente da namora e também estava gemendo alto.

- Vo-cê é tão... Uh, apertadinha Minari... Mas tão g-gostosa ao mesmo tempo... Hm.- disse Chae segurando a cintura da híbrida e ajudando com os movimentos. Son sentiu a intimidade de Mina apertar mais ainda o seu membro e chegou a conclusão que a garota estava próxima ao seu orgasmo.

- Uh... M-mommy... Eu vou...- A menor mal terminou sua frase e se desfez no membro da maior, soltando um suspiro longo e pesado a japonesa cede e deita sob o corpo da menor.

- Aguenta mais um round?.- Perguntou a mais nova e Mina a olhou, sua respiração estava acelerada e o suor escorria pelo seu rosto, seus cabelos grudados era algo tão sensual para Chae, que ela não conseguia resisti aquilo. Mina lançou um sorriso de aceitação para a menor e com isso as duas trocaram de posição, fazendo com que Chae ficasse por cima, novamente um beijo entre elas foi selado, mas dessa vez Chae pediu passagem de língua enquanto o membro da menor estava fora da intimidade de Mina ela esfregava o membro no clitóris da mais velhas o que fazia Mina gemer abafado e pouco manhoso entre o beijo.

- Me diga o que você quer Baby, que eu farei...- Diz Chaeyoung afastando do beijo enquanto provocava a namora com a glande de seu pênis roçando na intimidade da menor. Mina soltava mais alguns suspiros baixos e logo olhou para Chae.

- Me passe prazer Son... Me faça gemer seu nome... Me fode do jeito que eu gosto... Forte, fundo e rápido.- Disse a menor com um pouco de dificuldade, pois Chae não facilitava os pequenos movimento que fazia em sua intimidade. Depois do que a híbrida falou, Chae penetrou seu membro na intimidade rosada da mesma e Myoui gemeu arrastado, Son levou sua mão até a mão de sua namorada e entrelaçou seus dedos, começou a estocar forte e rápido a intimidade de sua namorada, os gemido gemidos de Mina eram bem audíveis, Son estava feliz por fazer a sua namorada ter o prazer que sempre desejou ter.

Os sons pornograficos das duas garotas preencheram o ambiente. Mina confiava em Son, provavelmente a coreana iria cuidar de sua baby assim quando tudo aquilo acabasse, porém Mina queria mais daquele momento.

Chaeyoung decide tentar outra posição e com isso pegou Mina no colo, sem separar suas intimidades e deixou as pernas de Mina cruzadas ao redor de sua cintura, Mina voltou a gemer enquanto jogava sua cabeça para trás com as estocadas fundas de Chaeyoung. A maior não conseguia raciocinar direito, ela só sabia gemer e gemer o nome de sua mommy enquanto estava no colo da mesma.

- Hm... C-chaeyoung... Uh, m-mais ra-pido.- Disse entre altos gemidos e Chae aumentou a velocidade das estocadas no interior de Mina, a esse ponto Chae também gemia, o impacto dos testículos de Chae com a intimidade de Mina dava para ser ouvido pelo quarto.

- É a-assim que você g-gosta baby?.- perguntou Chae próximo ao ouvido de Mina.

- S-sim Mommy... E-eu gosto muito.- Mina solta um gemido alto e novamente tem o seu orgasmo, seu líquido escorreu pelo membro da menor e assim Chaeyoung deitou ela na cama e retirou seu pênis de dentro de Mina. Chae também estava com vontade de gozar, porém não tinha chegado no seu clímax, ela queria mais, ela queria gozar fodendo Mina.

- Baby, de quatro, agora.- Ordenou e Mina obedeceu, mesmo estando cansada, porém era tão bom o prazer que Chae a dava que ela só queria mais. Chaeyoung sem um aviso prévio penetrou com força na intimidade da Japonesa o que a fez gemer alto até de mais, sem esperar a maior permitir, começou a estocar rápido e forte no interior da mais velha, essa que estava apoiada pelos cotovelos só sabia gemer igual uma vadia, tanto que a menor comentou.

- Minha putinha Uh... g-geme tão gostosinho...- Disse Chae com dificuldade por conta das estocadas rápidas.

- E-então fode g-gostoso a sua pu-tinha... Awn...- Murmurou Mina e Chae ouviu, assim estocando com mais velocidade, Mina gemia descontroladamente.

Com mais quatro fortes estocadas em sua intimidade Mina chega no seu terceiro orgasmo do dia, e Chae novamente retira seu membro de dentro da japonesa, a híbrida estava tremula, sua resposta estava desregulada, seu corpo cede e a mesma cai na cama cansada. Chaeyoung agora se masturbava, prometeu não gozar dentro de sua amada e isso fez, a coreana com ajuda de suas ágeis mãos agora tentava chegar ao seu orgasmo e logo isso foi feito, a mais baixa chegou ao seu clímax, assim sujando as costas de Mina com seu liquido.

Mina se virou de barriga para cima e Chae foi até ela, começando a chupar sua intimidade e engolindo todo o líquido que havia por ali, Mina tinha alguns espasmos por conta dos orgasmo que teve naquele dia, ao terminar de chupar sua intimidade Chae verte sua box preta e se deita ao lado de Mina.

- Baby quer tomar banho?.- Perguntou para Mina enquanto via a garota trêmula e regulando sua respiração, a mesma assentiu para sua Mommy e logo Chae se levantou, pegou Mina no colo e levou para o banheiro, colocou ela na banheira e banhou a híbrida tomando o maior cuidado com as suas orelhinhas felpudas, Chae deixou Mina na banheira morna por um tempo e foi arrumar o quarto, arrumou a cama, pegou as roupas que estavam no chão e colocou em um sexto de roupas sujas que tinha próximo a porta do quarto e depois tratou de limpar aqueles líquido que estavam no chão e também na cama.

Depois de tudo ela foi até Mina e a retirou da banheira, sentando a mesma na pia e a enxugando com cuidado, depois de colocar o pijama de pinguim na namorada Chae pegou novamente Mina no colo e levou até a cama, assim a cobrindo, deixou um selar em sua testa e a menor voltou para o banheiro, dessa vez ela iria tomar banho e então entrou na banheira e tomou seu banho morno.

...

Ao terminar o banho a menor vestiu um pijama qualquer e voltou para a cama, onde a japonesa e ataca dormindo angelicalmente. Chae sorriu com a cena que viu e se aproximou dela, se deitando ao lado da mesma e abraçando a menor, trazendo os eu corpo mais próximo do dela. Chae acariciou os cabelos de sua híbrida e assim ela dormiu junto a Myoui.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...