1. Spirit Fanfics >
  2. Purchase - Yoonkook - Hopemintae - ABO >
  3. Cap - 17

História Purchase - Yoonkook - Hopemintae - ABO - Capítulo 18


Escrita por:


Capítulo 18 - Cap - 17


Fanfic / Fanfiction Purchase - Yoonkook - Hopemintae - ABO - Capítulo 18 - Cap - 17

Volteiiii, depois de quase 1 mês, esrava passando por uma 'tempestade' , digamos que me senti muito perdida, em relação a tudo, bem...espero que gostem do capítulo de hoje e estejam bem, beijo beijo ^^




Yoongi Point of view



Ele está lindo, como sempre, seus cabelos negros contrastando com sua pele , ao redor de seus olhos dava para se notar leves marcas de olheira, mas isso não mudava muito nele. A tatuagem cobria parte de sua mão, realmente lindas, pareciam subir por seu braço

Desviei minha atenção para Jimin, com certeza que isso é coisa dele, afinal ao lado de Jungkook, Hoseok e Taehyung pelo sorriso forçado do mais novo com seu "dar de ombros" , encarei Jimin.


ㅡ Foi você? Não foi?


Não deu tempo do sem vergonha responder, logo escutei meu sobrenome ser chamado


ㅡ Min.


Tenho certeza que todos sentiram esse clima tenso. Engoli o seco.


ㅡ Jeon ㅡ sorri sem mostrar os dentes ㅡ Que surpresa vê você aqui.


Os três se sentaram na mesa.


ㅡ Digo o mesmo, afinal você que sumiu, pensei que teria que encontrá-lo primeiro. ㅡ Jungkook disse sério.


ㅡ Bom pessoal, já pediram a comida ? Tô faminto ㅡ Hoseok disse quebrando
o clima estranho.


ㅡ Ah sim, Jimin pediu, também estou com fome.


O Jantar agradável, mais do que esperava, falávamos sobre o passado, as coisas engraçadas e desastrosas decorrentes em nossa vida, apesar de sermos jovens.

Eu havia mudado de lugar para ficar ao lado de Jimin, sem querer acabei por derrubar soju no mesmo.



ㅡ Min Yoongi indigente !!! Como pode derrubar isso em mim?!


ㅡ Oh desculpa seu Hyung, eu sou meio desastrado sabe, vem eu te ajudo a limpar, Taehyung vem ajudar. ㅡ o puxei pra uma área que parecia ser um espaço de guarda material de limpeza.


ㅡ Aiai, espera, espera. ㅡ o soltei quando os três estávamos dentro.


Sinceramente, eu não estava pronto pra ver ou conversar com Jungkook, mas pelo visto alguém levou muito a sério quando eu disse que falaria com o mesmo quando o encontrasse.


Talvez seja por isso que eu, Jimin e Taehyung estamos presos em um mini espaço discutindo baixinho.


ㅡ Não interessa de quem é a culpa Taehyung, a culpa é de vocês dois.


ㅡ O Hyung acabou de dizer que não interessa mas está nos culpando. É você que nos arrastou até aqui.


ㅡ Verdade, o Tae tá certo.


ㅡ Certo vai ser quando eu quebrar essa vassoura em vocês


ㅡ Hyung a vasoura não serve pra brir a porta ㅡ me virei e o encarei com a sobrancelha levantada, óbvio que a vassoura não abre, mas vale a pena tentar ㅡ Jimin que me obrigou a trazer os dois.

ㅡ Você devia tá do meu lado Kim Taehyung !

ㅡ Desculpa meu amor, mas entre apanhar de você e do Yoongi, prefiro você.

ㅡ Calem a boca e tentem abrir essa merda aqui ㅡ falei tentando empurrar a portar emperrada ㅡ Tô ficando sufocado com esse cheiro, eu vou vomitar, tô avisando.

Falei na esperança de alguém nos tirar daqui, já que os gênios deixaram o celular na mesa.

O cheiro de material de limpeza, pano sujo, baldes, vassouras, o calor, tínhamos acabado de comer, pensado bem, estou realmente enjoado.



ㅡ Puta merda meu terno da Dior meu pai eternoo. ABREEE ㅡ Taehyung se jogou contra a porta derrubando-a
 

A situação seria hilária o Tae não tivesse machucado a mão durante o percurso, quem se joga contra uma porta com tanta força?! Ele continuava no chão, eu fiquei um pouco chocado.

Jimin dia igual um animal tentando ajudar o Tae e eu como bom amigo, vomitei no balde e comecei a ri também


ㅡ Puta merda Jimin para de ri desgraça. Que nojo !! ー Taehyung disse

ㅡ Oras, ao menos não foi no seu terno, eu se quer estou bêbado - continuei rindo, afinal tudo estava um desastre e realmente, que nojo !!

Hoseok e Jungkook apareceram correndo.

ㅡ O que houve ? ㅡ Perguntou o ruivo ajudando o Taehyung levantar ㅡ Hey, alguém falar alguma coisa.

ㅡ Não foi eu. - Me defendi - Mas confesso que foi o Minnie

ㅡ Aí minha nossa, não consigo parar de rir ㅡ Jimin continuava a ri da situação em vez de ajudar

Taehyung falou que pagaria pela porta, apesar da senhorinha dizer que não precisava e o menino já tinha se machucado bastante, eu fui no banheiro me limpar, que dia.

Depois disso resolvemos ir para casa, Hoseok levou os dois porque Taehyung torceu seu pulso na queda e Jimin estava mais bêbado que um bêbado, se quer sabia como abrir a porta do carro.

Como vim andando, resolvi voltar do mesmo jeito, mesmo que esteja tarde, a noite está linda, as ruas quase vazias e sem movimento, o barulho do vento, o frio, as luzes dos portes piscando e quase se apagando, okay, talvez um pouco ssustador mas lindo.

ㅡ Quer uma carona? ㅡ algo me fez engolir o seco após o susto

ㅡ Ah. Não. Não precisa, é perto. ㅡ era Jungkook, continuei andando, vai que ele para de me seguir.

ㅡ Faço questão, precisamos conversar, hey ㅡ buzinou me assustando e rindo logo depois ㅡ Desculpa, eu não vou parar, vamos conversa, por favor.


Bufei, realmente precisamos , analisando tudo, melhor agora do que depois, certo? Jungkook vai continuar me seguindo, se eu ceder posso...


ㅡ Tudo bem, mas no meu apartamento

O caminho foi trajado em silêncio, estava tentando assimilar o que falar e fazer. Não sei o que pode acontecer, me sinto tão nervoso, não devia ser assim.

ㅡ Pode entrar ㅡ tirei meus sapatos e fui na cozinha pegar uma água ㅡ Quer água ?

Jungkook negou. O segui com olhar, ele observava o máximo até o curto caminho em direção ao sofá o qual se sentou, fiz
o mesmo em seguida.

ㅡ Está tudo bem ? ㅡ Perguntou


Não consegui evitar o revirar de olhos, não por raiva, mas essa simples pergunta, envolve tanta coisa, afinal não acho que está tudo bem


ㅡ Senti sua falta. Te procurei em todo lugar, mas não lhe encontrava, por que não me disse nada? Ou ao menos se despediu? Não podia me ligar ?

ㅡ Pode ir parando, foi melhor assim, depois da nossa briga. Você me magoou muito, me machucou, eu não ficaria lá nem mais um dia.

ㅡ Me desculpe, eu errei, se quer pude me redimir porque no dia seguinte você já tinha sumido, em poucos dias tive que viajar e quando cheguei e fui atrás de você, não lhe encontrei, até ontem.

ㅡ Ontem ? ㅡ indaguei confuso.

ㅡ Eu vi você no ponto de ônibus, o segui mas acabei entrando no ônibus errado, me sinto tão frustrado e irritado, tudo por ter nos afastado.


ㅡ Nunca estivemos juntos de verdade, e outra, foi sua culpa também, antes estávamos indo bem.


ㅡ Você está certo, mas ia te matar esperar para conversarmos no outro dia ? Min Yoongi, quanta infantilidade , me deixou mal, e se alguém te fizesse algo ruim ? Não quero ninguém te machuque, nunca, se alguém o machucar, eu o mato.

ㅡ Não me venha com essa , pensasse assim antes de beijar aquela galinha despenada, porque aquilo me machucou muito... Eu sei me defender sozinho.

ㅡ Eu realmente me preocupo com você, acha que não me importo?! Eu errei, okay?! Me perdoa, ao menos dessa vez.

ㅡ Nos iríamos nos separar de qualquer forma, só antecipe o que iria acontecer.

ㅡ Você não sabe o futuro, você não sabe o que iria acontecer, são nossas escolhas que determinariam isso.


ㅡ Não vamos prolongar isso. Preciso te contar algo, é o plano desde que passou pela porta, tem haver com o futuro também ㅡ respirei fundo em busca de coragem, sentia seu cheiro inebriante junto de sua presença tão marcante quanto sua beleza, me sentia mais nervoso, brinquei com meus dedos, não queria lhe encarar, antes de dizer. ㅡ Estou esperando um bebê.

Sentia as lágrimas se formarem em meus olhos 








Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...