História Puro amor--Taekook - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 586
Palavras 445
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi oi armys.V se lembro do Kookie e de toda sua vida passada, mas ainda à coisas para desvendar.
Vou postar mais um ainda hoje.

Capítulo 28 - Impossível não amar


Fanfic / Fanfiction Puro amor--Taekook - Capítulo 28 - Impossível não amar


Eu acordei Jungkook estava com o seu corpo no chão sentado e sua cabeça deitada na cama,eu o olhei e olhei, olhar pra ele realmente não cansa.Começo a bagunçar seus cabelos o beijando, ele sorri tímido.


— Está acordado hyung.


Ele levanta do chão deitando na minha perna sorrindo.


— Seu folgado–riu.


O beijo o puxando para cima de mim, deixando ele sentado no meu colo, começo a beijar seu pescoço, deixando chupões.Jungkook não parava de rir e me abraçando mais e mais.Quando de repente entra uma enfermeira e nos olha e começa a ficar vermelha.


— Os remédios que o senhor tem que tomar.


Jungkook começa a me empurrar, mais eu o puxo para mim segurando suas costas.A enfermeira começa a rir e ficar toda corada.


— Vocês parecem bem próximos–falo em gaguejos.


Eu falo segurando Jungkook forte:


— Sim.Ele é meu marido.


— Oque!?....mari-do?–Falou Jungkook assustado.


Eu falo rindo:


— Oque?.


Eu o aperto mais perto de mim, olhando pra enfermeira rindo.


— Ó céus! Eu tenho que voltar ao trabalho, felicidades para vocês.–Falou e se retirou do quarto.


A enfermeira sai do quarto toda feliz eu olho para Jungkook rindo e ele apenas me encarava.


Então eu falo ao Jungkook:


— Ela deve gostar de yaoi.Hahaha...


Eu o olho o beijando, ele não nega meu beijo e sim me beija mais forte.


Pego meus remédios e saio do quarto meio dolorido.Jungkook segura minha mão me ajudando e as enfermeiras ficam todas bobas olhando e avermelhadas.


Jungkook estava tentando soltar minha mão, mais eu o puxava o segurando forte.Viramos em um corredor com poucas enfermeiras.Então Jungkook fala me soltando:


— Não faça esses tipos de brincadeiras. 


Eu falo sem entender nada:


— Que tipos de brincadeiras?


Ele fala olhando para o lado:


— Falar que somos casados.Só faz as pessoas de idiotas–falou franzindo a testa.


Ele está bravo?


Eu me ajoelho no chão mesmo doloroso e falo:


— Quer tornar isso realidade.


— Para eles estão olhando estranho–Falou e deu um pequeno passo para trás.


Eu falo pegando sua mão:


— Quer se casar comigo Jeon Jungkook? 


— O que você está louco?Só tenho 18 anos nem sou de maior.E também..... ainda nem estamos na faculdade. ....que tipo de pergunta é essa?–Fala ele assustado e vermelho.


Eu me levanto do chão e beijo a testa de Jungkook e falo:


__Uau, eu fui rejeitado. É melhor eu achar alguém que aceite se casar comigo–Falo me levantando do chão,dou um pequeno sorriso pra ele e vou andando.


Jungkook vai correndo até mim, segura minha mão.


— Eu....não disse....não–Fala gaguejando.


Eu o olho e sua expressão era tímida mas muito alegre,dou um abraço aperto no mesmo que retribui me apertando também.



~Vai dizer impossível não amar.





Notas Finais


Espero que tenham gostado. #Comente oque achou.
Até. ......


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...