História Pursuit - Capítulo 29


Escrita por:


Notas do Autor


ALOOOW MEU POVO

ADIVINHA QUEM STA COM 17 ANINHUS AGR???

Kshapwjwkw desculpa a sumida meu povo, comemorei meu aniversário por 2 fucking dias e depois me distrai por mais um tempo pq eu to começando a aprender a desenhar e agr eu estou realmente me esforçando, mas cá está mais um cap pra vcs

Capítulo 29 - A batalha na ponte


Fanfic / Fanfiction Pursuit - Capítulo 29 - A batalha na ponte

O sol começava a se por, o céu estava laranja e cada vez mais e mais escuro, mas uma iluminação esverdeada vinha das chamas de Yuu, que encarava Lacus com ódio, afinal, agora ele não havia apenas machucado seu irmão, havia machucado seu filho também.

Mika -- Wotty, você tá bem, meu bebê? Perguntou de uma maneira que quem o visee antes acharia simplismente impossível ele falar assim.

Wotty -- to sim -- olhou para Yuu de novo -- mamãe vai ficar bem?

Mika -- não se preocupe, ele não está sozinho.

Lacus que devido ao enjoo que a mordida de Wotty provocou ainda estava com dificuldade de se levantar, mas o efeito pareceu estar passando mais rápido daquela vez, por isso não julgou que valeria a pena recuar, fez então a primeira coisa que veio à sua mente: jogou uma coleira de captura de bruxas na direção de Yuuichirou, mas foi inútil, Kimizuki interrompeu a trajetória do objeto com uma de suas lâminas do caos antes que chegasse no pescoço de Yuu.

Yuu -- valeu mesmo, Kimizuki!

Kimizuki -- sem problema -- Lacus tentou jogar outra, mas percebeu que as coleiras haviam acabado, o caçador de bruxas independente se irritou, teria que fazer do jeito mais dificil.

O de cabelos roxos então sentiu o enjoo passar, estava pronto pra lutar com tudo, pegou sua espada e mais uma vez invocou aqueles que braços fantasmagóricos na direção dos três, Kimizuki e Yuu desviaram, mas Mikaela tentou cortar os braços com sua espada, grande erro, uma espada não era o suficiente para corta-los, e ao invés de ser atingido no braço como da última vez, foi atingido no peito, soltou um resmungo de dor e caiu no chão completamente mole.

Yuu e Kimizuki -- MIKA!!! -- gritaram os dois assustados.

Mika -- e-eu estou bem... só.... n-não consigo... mexer... meu corpo... -- Wotty então se pôs na frente de seu pai.

Wotty -- eu protejo o papai! Acabem com aquele boboca logo! -- obviamente uma criança não conseguiria protege-lo por tanto tempo, por isso, Yuu e Kimizuki sabiam que deviam derrota-lo logo...

Yoichi continuava assustado encolhido escostado no corrimão da ponte, sabia o quão Lacus podia ser insistente e como era poderoso, sabia que seu irmão estava em perigo.

Lacus então lançou novamente aqueles braços, Yuu e Kimizuki sabiam que não deveriam de maneira alguma deixa-los o acertarem, então fizeram de tudo para desviar, e assim que o fizeram, Kimizuki que estava mais perto avançou em sua direção, mas como Lacua era deveras habilidoso com a espada, conseguiu defender tranquilamente, os dois travaram uma pequena guerra de lâminas até Yuu chegar perto mais uma vez.

Yuu -- agora eu vou te matar bem devag... ah!!! -- se interrompeu ao ser obrigado a desviar quando mais braços vieram em sua direção, infelizmente dessa vez como estava muito perto, não conseguiu desviar a tempo se ser atingido no ombro esquerdo, perdendo todo o movimento do braço.

Lacus -- saiam do meu caminho!!! Se ficarem entre eu e meu trabalho serei obrigado a mata-los!!! -- vociferou.

Yoichi ao ouvir isso sentiu ainda mais repulsa de si mesmo, não bastava tudo o que havia acontecido, agora seu irmão estava sendo ameaçado de morte por sua causa. Só havia uma maneira, só uma maneira de parar de atrapalhar a voda de seu irmão, Só uma maneira de nunca mais parar nas mãos de Lacus novamente, Só uma maneira de acabar com seu sofrimento.

Yuu -- você não vai tocar no meu irmão!!! -- gritou no mesmo tom irritado.

Lacus -- você chama aquilo de "irmão"? -- perguntou desgostoso -- isso é apenas um demonio! Uma criatura abaixo até mesmo de você! O único lugar que ele pertence e em meu porão, servindo de cobaia! -- Yuu iria responder, mas os dois foram interrompidos quando uma sombra pairou sobre os dois, interrompendo o sol que ainda estava se pondo.

Os três se obrigaram a olhar e levaram um susto, Yoichi havia subido no corrimão da ponte com os braços abertos, enquanto olhava para Lacua irritado.

Yuu -- Y-Yoichi...

Yoichi -- prefiro a morte! -- disse firme, e com isso os medos de Yuu se concretizaram, Yoichi se jogou da ponte.

A cena pareceu passar em câmera lenta, era como se toda a vida de Yoichi passase pelos seus olhos enquanto seu corpo abadonava o chão e a gravidade o puxava para baixo, podia ouvir Yuu gritando seu nome, mas sabia que por mais que ele ficasse de luto inicialmente, iria se acostumar, iria ver que era inútil protege-lo.

Afinal, Yoichi só sabia atrapalhar mesmo, não é?

A queda de Yoichi porém foi interrompida, sentou seu corpo pender e algo segurar seu pulso, surpreso, olhou para baixo.

Yuu conseguiu, havia corrido até lá a tempo para impedir sua queda, agora o segurava pelo pulso apenas com uma mão, pois a outra ainda estava paralisada.

Lacus -- ah... -- o caçador olhou a cena aliviado, mas sabia que devia agir logo, se não fizesse algo sua única cobaia escaparia ou se mataria, tentou ir até lá, mas foi interrompido por Kimizuki, que fez de tudo para segura-lo.

Kimizuki -- Yuu vai logo! Eu não sei se consigo segura-lo pra sempre!

Yuu continuou tentando puxar Yoichi para cima apenas com uma mão, obviamente estava difícil, parevia pesado e o feiticeiro estava praticamente pendurado no corrimão, correndo um risco enorme de cair.

Yoichi -- Yuu-kun... por que...? -- perguntou sofrido.

Yuu -- v-você ainda pergunta? -- as palavras saíam com dificuldade -- você tem alguma noção do quanto você é importante pra mim, Yoichi???

Yoichi -- m-mas eu sou...

Yuu -- você é meu irmão!!! -- interrompeu -- acima de tudo você é meu irmãozinho!!! Não importa quanto sangue demoníaco ou qual seja o tamanho da sua alma! Você é o meu irmãozinho! E enquanto eu viver Yoichi! Eu juro que estarei sempre ali pra te proteger! -- Yoichi arregalou os olhos em choque ao ouvir aquelas palavras que o atingiram diretamente no coração, havia esquecido como era ser tão amado quanto era por Yuu, sentiu uma gota de água cair em sua bochecha, por um instante pensou que havia começado a chover, mas viu que Yuu é que havia começado a chorar -- seu irmão promete que vai te salvar!!!

Yoichi sentiu seus olhos encherem-se de água também, a dor que a transformação o obrigava a passar pareceu ter sumido, e finalmente sentiu que queria viver novamente, esticou hesitante a mão para se apoiar na ponte e tentar subir, Yuu se encheu de esperança ao ver que Yoichi agora também lutava para viver.

Nezte momento Lacus estava chegando cada vez mais e mais perto, mas levou um chute na barriga com tamanha força que foi lançado para o outro lado novamente.

Lacus -- desgraçado, eu vou... -- mas não teve tempo de responder.

Lacus havia se esquecido de um detalhe crucial, paralisia que seus braços causavam tinha um tempo limitado, e que em algum monento, Mikaela iria se livrar daquilo, como havia acabado de acontecer, o loiro aproveitou que Lacus esqueceu completamente dele e o empurrou da ponte, não houve como se segurar, Lacus caiu na água, a possibilidade de sobreviver era quase nula.

Wotty -- hasta la vista, boboca! -- gritou.

Yoichi não pode deixar de olhar Lacus caindo na água, ver o seu maior pesadelo morrendo chegava a ser satisfatório, mas não pode aproveitar muito tempo.

Yuu -- woaaah! -- com um desequilíbrio, Yuu soltou o corrimão da ponte e começou a cair, Yoichi porém já estava com os dois pés na ponte, por isso continuou pendurado.

Yoichi -- YUU-KUN!!! -- gritou.

Mika -- YUU-CHAN!!! -- gritou desesperado indo até lá, mas se interrompeu no meio do percurso.

Yuu havia sido pego no ar por algo, parecia uma mão feita de uma espécie de massa negra, e ao virarem os olhos novamente para Yoichi ficou claro que ele que fazia isso, uma de suas mãos ainda de segurava no corrimão enquanto a outra estava pra baixo com o punho fechado, como se ele tentasse segurar algo, mas sua expressão de dor deixou bem claro que aquilo rstava sendo doloroso.

Yoichi -- você... não vai... morrer!!! -- disse eu firme e consegui levantar o braço, nesse momento a mão puxou Yuu de volta para a ponte, porém bem distante deles.

Depois disso, Yoichi tentou apoiar-se novamente com as duas mãos no corrimão, mas estava sentindo toda a sua força de esvair, aquele truque pareceu cansa-lo, demais, suas mãos iam soltando cada vez mais o corrimão, mas sentiu ser segurado novamente por outra pessoa desta vez.

Yoichi -- Kimi.... zuki?

Kimizuki -- você fez um bom trabalho, agora deixa a gente te ajudar -- disse gentilmente -- Mika, me ajuda!

O loiro então correu até lá, os dois conseguiram sem muita dificuldade puxar Yoichi de volta para a ponte, mas assim que seus pés tocaram o chão, seu corpo inteiro foi junto, e o pequeno demônio caiu de joelhos no chão, seu corpo estava cansafo e dolorido e sua respiração ofegante.

Yuu -- Yoichi!!! -- gritou enquanto vinha correndo de volta para onde todos estavam.

Yoichi -- Y-Yuu-kun... -- Yuu então caiu de joelhos em sua frente e lhe deu um abraço apertado, Yoichi se surpreendeu, a quanto tempo não recebia um desses, sentia o abraço ficar cada vez mais e mais forte, mas aquilo não machucava seu corpo, ao invés disso, aliviava sua dor, era como uma sensação de voltar pra casa.

Yuu -- agora está tudo bem Yoichi -- disse chorando de alegria -- eu prometo cuidar de você a partir de agora, bem vindo de volta -- Yoichi sentiu lágrimas de alegria caírem também, retribuiu o abraço.

Yoichi -- sim... estou de volta... desculpe a demora -- sorriu como não fazia em muito tempo.


Notas Finais


O YOICHI ENTROU NA PARTY

ISTO NÃO É UM TREINAMENTO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...